17 de janeiro de 2019

Adaga Obsidiana


Em um jardim de antigas ruínas nas falésias de Limeros, o príncipe Magnus se depara com uma bruxa. A velha incapacita-o com um feitiço, pressiona um objeto em sua mão - uma adaga obsidiana - e o manda levá-la para uma mulher chamada Samara antes que o sol se ponha e o seu portal para casa se feche para sempre. 
Um lampejo de magia negra transporta Magnus de volta no tempo para uma Mítica sobre a qual ele só ouviu falar em livros de histórias. Perdido nesta terra estranha, Magnus sai em busca de Samara, encontrando um aliado inesperado nesta aventura.



Tradução: Joyce Marielle e Felipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar, por favor utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!