26 de novembro de 2018

Capítulo 44

A jovem demdji

CERTA VEZ, NO RAIAR DE UMA LONGA GUERRA, a Primeira Guerra, os djinnis imortais criaram a vida. E com ela veio a morte. Eles deram às suas criações corpos que podiam ser feridos, destruídos e desfeitos como areia, então acenderam neles uma única centelha de fogo djinni que um dia ia se extinguir.
Mas, entre eles, havia aqueles com uma centelha de fogo maior do que a concedida à maioria dos mortais. Eles foram chamados de demdjis. Muitos diziam que era por terem fogo a mais que queimavam mais forte e mais rápido.
Que morriam tão jovens.
A princesa Hawa deu seu último suspiro em uma muralha, olhando para um campo de batalha.
Ashra, a Abençoada, deu seu último suspiro enfrentando a Destruidora de Mundos, quando ninguém mais poderia.
O último suspiro de Imin das Milhares de Faces foi usando o rosto que a morte buscava.
Hala, a Dourada, respirou em liberdade uma última vez para que não tivesse que respirar mil vezes mais como prisioneira.
E a Bandida de Olhos Azuis deu seu último suspiro nas catacumbas embaixo de uma cidade em guerra, de mãos dadas com o homem que amava, enquanto o mundo desaparecia ao redor deles.
E então, depois do seu último suspiro, ela respirou mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!