22 de outubro de 2018

Capítulo 9

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: Ei, e aí? Excelente segunda-feira.
Rosie: Ah, ótimo. Aguenta um pouco aí enquanto pego um champanhe.
Ruby: O que você fez no fim de semana?
Rosie: Ah, espere até ouvir isso! Eu passei a manhã inteira morrendo de vontade de te contar... É tão excitante! Você nunca vai acreditar, eu...
Ruby: Hum, percebo um tom de sarcasmo aqui. Deixe-me adivinhar: você ficou vendo TV.
Rosie: Apresentando Ruby... e seus poderes psíquicos!! Tive de assistir com a TV no volume máximo para abafar os gritos do casal apaixonado do apartamento vizinho aqui, que estava se esgoelando. Algum dia eles ainda vão acabar se matando. Não vejo a hora. A pobrezinha da Katie não sabia o que estava acontecendo, então mandei ela pra casa do Toby.
Ruby: Sério, será que algumas pessoas não entendem o significado da palavra DIVÓRCIO?
Rosie: Haha, bem, essa é uma palavrinha mágica pra você, né?
Ruby: Eu ficaria muito grata se você parasse de tirar sarro de uma época da minha vida que foi devastadoramente difícil, e que me deixou em pedaços e transtornada.
Rosie: Ah, sem essa! O dia em que você conseguiu aquele divórcio foi o dia mais feliz da sua vida! Você comprou o champanhe mais caro de todos, enchemos a cara, saímos pra dançar e você beijou o homem mais feio do mundo.
Ruby: Er, bem, as pessoas têm maneiras diferentes de encarar a fossa...
Rosie: Você terminou de digitar toda aquela merda que Randy Andy deu pra gente?
Ruby: Não, ainda não. E você?
Rosie: Não.
Ruby: Que bom. Como recompensa, vamos fazer uma pausa para um café. A gente não devia mesmo se sobrecarregar. Fiquei sabendo que isso é perigosíssimo. Pode trazer o cigarro? Esqueci o meu.
Rosie: Sim. Te encontro lá embaixo em cinco minutos.
Ruby: Isso é um encontro. Deus do céu, que empolgante! Faz tempo que nenhuma de nós duas sabe o que é isso.

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: Onde diabos você está? Te esperei meia hora no café! Tive de me obrigar a comer dois muffins de chocolate e um pedaço de torta de maçã.
Rosie: Desculpe, foi mal. Randy Andy aqui não me deixou sair do escritório.
Ruby: Ah, maldito senhor do engenho! Você deveria reclamar com a sua chefia, fazer com que esse imbecil leve um chute no traseiro.
Rosie: Mas ele é o chefe.
Ruby: Ah, é.
Rosie: Bem, sejamos justas, Ruby. Ele pode ser um babaca, mas acabamos de fazer uma pausa... Tem uma hora. E foi a terceira em menos de três horas...
Ruby: Você está se transformando num DELES!
Rosie: Haha. Tenho uma criança pra dar de comer.
Ruby: Assim como eu.
Rosie: Mas aquela criança come sozinha, Ruby.
Ruby: Ah, deixe o meu gordinho em paz. Ele é meu bebê e eu o amo, apesar disso.
Rosie: Ele já tem 17.
Ruby: Sim, e tem idade o suficiente para ter o seu próprio bebê, de acordo com as suas convicções...
Rosie: Bem, ele vai ficar bem desde que não vá ao baile da escola acompanhado do homem menos interessante do mundo, nem pelo mais feio. Assim, ele não vai ter de beber até encher a cara, enganar o cérebro e fazê-lo pensar que esse homem é, na verdade, lindo e divertido e... Bem, você já conhece o resto da história.
Ruby: Por acaso você está sugerindo que o meu filho poderia, talvez, ter um relacionamento gay no baile de formatura do colégio?
Rosie: Não! Eu só estava dizendo que...
Ruby: Ah, eu sei muito bem o que você está dizendo, a não ser pelo fato de que talvez meu querido filhinho vá ser justamente essa pessoa por quem as garotas terão de beber e encher a cara para poder amar.
Rosie: RUBY!! Você não pode dizer uma coisa dessas do seu filho!!
Ruby: E por que não?! Eu o amo de todo o coração, que Deus o abençoe, mas ele não nasceu com o físico da mãe. Bom, de qualquer forma, quando é que você vai sair com alguém, qualquer pessoa?
Rosie: Ruby, não vamos começar esse papo de novo. Todos que você tentou me arranjar eram muito esquisitos! Não sei onde você encontrou esses homens e, pra falar a verdade, eu até acho que não gostaria de saber jamais, mas depois do último fim de semana nunca mais volto no Joys. Aliás, você não pode falar nada de mim. Quando foi a última vez que você saiu com alguém?
Ruby: Ah, é uma questão bem diferente! Sou uma mulher dez anos mais velha que você e que acabou de passar por uma separação muito difícil, me divorciei de um cafajeste egoísta e tenho um filho de 17 anos que só se comunica comigo por grunhidos monossilábicos. Acho que ele deve ter nascido de uma mãe macaca (na verdade, tenho certeza). Não tenho tempo pra homem!
Rosie: Bem, nem eu.
Ruby: Rosie, querida, você está com 26 anos, tem pelo menos mais uns dez anos de vida à frente antes que tudo se acabe. Você deveria sair e se divertir, parar de carregar o peso do mundo sobre as suas costas; este é o meu trabalho. E parar de esperar por ele.
Rosie: Parar de esperar quem?
Ruby: O Alex.
Rosie: Não sei do que você está falando! Não estou esperando por Alex!
Ruby: Sim, está sim, minha amiga querida. E ele deve ser um homem e tanto porque ninguém pode ser comparado a ele. E eu sei que é isso que você faz toda vez que conhece alguém: compara o cara a ele. Tenho certeza de que o Alex é um amigo fabuloso, assim como sei que ele sempre diz coisas doces e maravilhosas para você. Mas ele não está aqui, está a quilômetros e quilômetros de distância, trabalhando como médico num excelente hospital e morando num apartamento todo emperiquitado com sua noiva médica toda emperiquitada. Não acho que ele esteja pensando em largar essa vida tão cedo para voltar para uma mãe solteira que mora numa quitinete apertada e que trabalha meio período numa espelunca que fabrica clipes e que tem uma amiga maluca que lhe manda um e-mail por segundo. Portanto, pare de esperar e mexa-se. Vá viver a sua vida.
Rosie: Mas eu não estou esperando.
Ruby: Rosie...
Rosie: Preciso voltar pro trabalho agora.
Rosie fez logoff.

QUERIDAS ROSIE E KATIE DUNNE,
Shelly e Bernard Gruber têm a honra de convidá-las para a cerimônia de casamento de sua adorada filha, Sally, com Alex Stewart.

De: Stephanie
Para: Rosie
Assunto: Re: Sem chance. Não vou a esse casamento por nada neste mundo!
Fiquei muito irritada com a sua última carta! Você não pode deixar de ir ao casamento do Alex! Isso estaria completamente fora de cogitação!
Estamos falando do Alex! Alex, o garoto que costumava dormir num saco de dormir no chão do seu quarto, o garoto que costumava entrar escondido no meu quarto para ler o meu diário e xeretar a minha gaveta de lingerie! O Alexzinho de quem você corria atrás na rua para atingi-lo com uma banana como se ela fosse uma arma! O Alex, que ficou na carteira ao lado da sua por doze anos!
Ele esteve ao seu lado quando você teve a Katie. Te apoiou o tempo todo, e, tenho certeza, até mesmo no momento em que foi muito difícil para ele acostumar-se com a ideia de que a pequena Rosie, que dormia num saco de dormir no chão do quarto dele, teria um bebê. Enfrente essa por ele, Rosie. Comemore com ele. Compartilhe a felicidade e o entusiasmo dele. Partilhe também com a Katie. Fique feliz! Por favor! Tenho certeza de que ele precisa de você neste momento. É um grande passo na vida dele, e ele precisa que sua melhor amiga esteja lá, ao seu lado. Faça um esforço para conhecer a Sally também, já que ela é uma pessoa importante na vida dele agora. Exatamente como ele fez com a Katie — a pessoa mais importante na sua vida. Sei que você não quer ouvir isso, mas, se você não for ao casamento, vai pôr um fim no que foi e ainda é um dos vínculos de amizade mais fortes que eu já vi.
Sei que você fica constrangida pelo que aconteceu há alguns anos, naquela visita que fez a Alex, mas engula o orgulho e erga a cabeça. Você vai a esse casamento porque Alex quer que você esteja lá por ele; você vai porque precisa fazer isso por si mesma.
Tome a decisão certa, Rosie.

QUERIDA ROSIE,
Olá! Com certeza você recebeu o nosso convite maravilhoso de casamento que Sally levou mais ou menos três meses para escolher. O motivo, não sei, mas parece que um convite na cor creme e com as bordas douradas era algo muito diferente de um convite branco com as bordas douradas... Vocês, mulheres...
Não sei se devo ficar preocupado ou não, mas parece que a mãe da Sally não recebeu sua resposta ainda! Cei que não preciso da sua resposta porque estou supondo que você vai estar lá!
Bom, o motivo pelo qual estou te escrevendo em vez de ligar é que quero que você pense antes de responder ao que vou te pedir. Sally e eu ficaríamos honrados se você permitisse que a Katie fosse a nossa dama de honra. Precisamos da resposta o quanto antes, assim Sally e Katie podem escolher o vestido.
Quem poderia imaginar que isso aconteceria, Rosie? Dez anos atrás, se alguém tivesse nos contado que a sua filha seria a dama de honra do meu casamento, teríamos rido muito diante do ridículo de toda essa situação, muito embora Sally e eu tenhamos demorado tanto para oficializar a nossa união — também, com essas agendas de médico malucas que mandam e desmandam nas nossas vidas!
Em relação ao outro pedido que preciso fazer, tenho certeza de que você vai precisar pensar pra responder. Você é a minha melhor amiga, Rosie, não preciso nem dizer isso. Não tenho nenhum amigo por aqui, nenhum que se compare ao que você significa pra mim, portanto não tenho padrinho. Você aceitaria ser a minha madrinha? Aceitaria ficar ao meu lado no altar? Sem dúvida, preciso de você lá! E cei que você vai organizar a despedida de solteiro de um jeito muito melhor do que qualquer um dos colegas que tenho por aqui!
Pense nisso e me dê a resposta. E, por favor, responda que sim!
Beijos pra você e pra Katie,
Alex

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: ROSIE.
Rosie: Você não vai acreditar no que tenho pra contar.
Ruby: Você arranjou um encontro.
Rosie: Não, é mais inacreditável do que isso. Alex me convidou para ser a “madrinha” dele.
Ruby: Não me diga que isso quer dizer que você vai ficar de pé à esquerda dele no altar?
Rosie: Eh, não... À direita.
Ruby: Mas, e o irmão dele?
Rosie: Ele vai ser o anfitrião ou alguma coisa do tipo...
Ruby: Uau! Então ele vai mesmo levar esse negócio a sério?
Rosie: Sim. É o que tudo indica.
Ruby: Acho que você deve parar de esperar por ele agora, querida.
Rosie: Eu sei. É melhor que eu faça isso mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!