22 de outubro de 2018

Capítulo 25

De: Stephanie
Para: Rosie
Assunto: Promoção!
Sei que está no trabalho, então nem vou te ligar. Recebi uma carta da mamãe hoje. Que história é essa de promoção? Mande um e-mail rapidinho.

De: Rosie
Para: Stephanie
Assunto: Re: Promoção!
Não acredito que a mamãe abriu aquela bocona! SIM!! É verdade e não vejo a hora de começar. O cargo é de “Anfitriã Hoteleira” e, antes que você se empolgue demais como os nossos queridos pais fizeram, não é gerente. Serei a principal fonte de informações para os hóspedes para garantir o máximo de satisfação por parte dos nossos clientes (pelo menos foi isso que me falaram...).
Foi a maior surpresa de todas! Fui me arrastando (no sentido literal) para aquela sala de reuniões imensa na qual fiz a entrevista alguns anos atrás, com o coração acelerado e sentindo as pernas bambearem. Minha linguagem corporal estava toda errada, as palmas das mãos transpiravam, meus joelhos vacilavam e eu não parava de ter visões de ser obrigada a voltar a trabalhar para Randy Andy, até que nós dois nos tornássemos dois velhos. De verdade, eu já tinha até me convencido de que o Bill e o Bob Lake me pediriam com muita gentileza e tranquilidade para voltar à minha mesa, recolher as minhas coisas, deixar o estabelecimento e nunca mais voltar a aparecer.
Mas eles foram tão generosos comigo! Eles me encheram de confiança ao descrever as responsabilidades da nova função. Disseram que estão satisfeitos com o meu “desempenho” dentro do hotel ao longo dos últimos anos (e realmente espero que não estivessem se referindo àquela vez em que deitei em cima do piano e comecei a cantar as músicas da Barbra Streisand depois que todos os hóspedes tinham se recolhido. Bem, não se pode julgar uma garota por tentar realizar suas fantasias quando ela tem a oportunidade...). E lá estavam eles, dizendo que eu era uma pessoa encantadora e cheia de confiança, quando lá no fundo eu estava só esperando pelo momento em que os dois cairiam na risada, me olhariam como se eu fosse uma imbecil por ter acreditado nesse papo de promoção antes de me dizerem que tudo não passava de uma piada. Fiquei o tempo todo olhando ao meu redor, à procura da câmera escondida.
Mas parece que vou trabalhar num hotel novo que ainda vai ser construído (por isso as reuniões sigilosas com homens e mulheres de roupa social preta, pasta de couro, gel no cabelo e nada de sorriso na cara, que andam circulando de maneira disfarçada pelo saguão do hotel; foi meio como se estivesse acontecendo alguma coisa bizarra tipo Matrix). Mas, se tiverem falando sério mesmo, na minha nova função serei a única responsável por administrar diversas funções do resort e terei de manter contato direto com a matriz e fornecer relatórios semanais.
Nunca “mantive contato direto” com a matriz de nenhuma empresa. Soa importante e ao mesmo tempo perigoso. Qualquer emprego que me diga que terei de “manter contato direto” com os mandachuvas da matriz simboliza uma vitória pra mim. Posso me imaginar toda emperiquitada num vestido de executiva, em meio a um “compromisso” de trabalho, entre outros homens e mulheres em trajes formais, falando num ritmo rápido sobre gráficos e relatórios financeiros. Se as pessoas perguntarem o que estamos fazendo, posso dizer despretensiosamente: “Ah, só estamos ‘mantendo contato direto...’.”
Ao que parece, tenho talento para a organização e boa habilidade de comunicação. Qualquer pessoa que tenha me visto fazendo, de última hora, todas as compras de Natal sabe a verdade. Mas todos temos formas diferentes de enxergar as coisas.

De: Alex
Para: Rosie
Assunto: Parabéns!
Estou tão orgulhoso de você! Se estivesse aí, ia te agarrar e te rodopiar no ar, e depois te daria um beijo molhado! Viu, Rosie? As coisas podem, sim, acontecer para você. Você só precisa de muita fé e confiança em si mesma e parar de ser tão negativa o tempo todo!
E aí, onde é o novo hotel? Conte-me tudo.

De: Rosie
Para: Alex
Assunto: Re: Promoção
Bom, não tenho muita certeza de onde fica o hotel novo, mas tenho uma leve suspeita de que é na orla. Dá pra acreditar que até que enfim vou trabalhar num hotel de frente para o mar?
Vou levar mais tempo pra me deslocar pro trabalho, mas vai valer muito a pena deixar a cidade por algumas horas todo dia. Devo começar nos próximos meses. Esse resort fica nas imediações do novo campo de golfe com 18 buracos que eles estão construindo. Vai haver também academia, piscinas e outras opções de lazer, diferentemente daqui, que fica bem no coração da cidade e não tem nada além de quartos, uma academia pequena e restaurantes. Não sei muitos detalhes porque eles ainda não me passaram todas as informações. Só me perguntaram se eu estava interessada no novo trabalho e é claro que eu não poderia recusar a oferta!
Mas toda essa experiência me ensinou uma coisa: mostrou que estou preparada para mudar de emprego. Estou pronta para aceitar um novo desafio, e, sem ter absolutamente nenhum tipo de plano traçado, parece que estou me aproximando cada vez mais do meu sonho. Quem poderia imaginar que aquele sonho de infância de gerenciar um hotel não estava, afinal, tão longe assim do meu alcance? Engraçado, porque, quando a gente é criança, acredita que pode ser tudo o que quiser, ir para onde se tem vontade. Não há limites. Você espera o inesperado, acredita em mágica. Aí você cresce e a inocência acaba. A realidade da vida mostra a sua cara e você se sente golpeada quando constata que não pode ser tudo o que quer e que só precisa se conformar com um pouco menos do que aquilo que havia imaginado. Por que deixamos de acreditar em nós mesmos? Por que permitimos que os acontecimentos ou os números ou qualquer outra coisa além dos nossos sonhos governem a nossa vida?
Mas agora mudei de ideia de novo. Nada é impossível, Alex. Estava lá o tempo todo. Eu só não estava esticando o meu braço o suficiente para alcançar, só isso.
Nada é impossível. Uma declaração nada estranha vindo da caneta (ou melhor, do teclado!) de uma pessoa cínica. Obrigada por acreditar em mim, Alex. Adoraria poder retribuir esse abraço e esse beijo agora mesmo! Mas, por outro lado, talvez algumas coisas apenas estejam mesmo fora do nosso alcance.

De: Alex
Para: Rosie
Assunto: Sonhos
Mais uma vez, Rosie, você não está esticando o braço o suficiente. Estou bem aqui. Sempre estive e sempre estarei.
Lembre-se: Sonhe, sonhe, sonhe, Rosie Dunne!

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: O que diabos significa aquela última mensagem do Alex pra você?
Rosie: Pelo amor de Deus, Ruby, pare de ler os meus e-mails!
Ruby: Desculpe, não aguentei, mas te digo com toda a certeza que vou continuar lendo os seus e-mails até você mudar a sua senha e até que eu consiga encontrar um trabalho pelo qual me sinta interessada de verdade.
Rosie: Bom, parece que vou ter de mudar a minha senha então...
Ruby: Haha. Vai, fala sério, agora eu já li mesmo. Do que é que ele está falando? O que é esse papo de “não esticar o braço o suficiente”?
Rosie: O que acha que isso significa?
Ruby: Sou eu quem está perguntando e eu perguntei primeiro.
Rosie: Ah, corta essa, Ruby, não seja tão infantil. É só um amigo dizendo que vai estar sempre lá, pra quando eu precisar, seja pro que for, e que ele não está tão longe assim de mim e que tudo o que tenho de fazer é ligar e ele estará lá, pronto pra me atender.
Ruby: Ah, tá bom, então.
Rosie: Lá vem você de novo com esse sarcasmo, Ruby! Qual é a sua teoria agora? Suponho que esteja pensando que esse foi o jeito discreto de o Alex dizer que me ama e que sempre vai estar lá me esperando, e que bastaria eu esticar o braço até ele pra ele largar tudo por mim, sua nova vida em Boston, sua família, seu trabalho incrível. Tudo pra me salvar, pra me levar pra morar na praia e... Ah, deixe-me ver... Havaí! E lá viveríamos felizes pra sempre, longe de todo o estresse e das complicações do mundo. Deduzo que é assim que você interpretaria as coisas. Você e sua mente doentia sempre distorcendo tudo, tentando insinuar que nós dois...
Ruby: Não, Rosie, não foi irônico, não. Fui sincera quando disse “ah, tá bom, então”. Tudo bem. Acredito em você.
Rosie: Ah.
Ruby: Tudo bem pra você?
Rosie: Ah sim, claro. Só achei que você tinha interpretado além da mensagem, como sempre faz. Só isso.
Ruby: Não, tudo bem. Acredito que ele tenha dito aquilo de um jeito que amigo fala pra amigo mesmo. Nada além disso.
Rosie: Ah... Tá bom.
Ruby: Por quê, você queria que significasse algo a mais?
Rosie: Não, imagine! Só estava esperando que você fosse vir com um daqueles discursos inflamados... Só isso.
Ruby: Então não está decepcionada? Tudo bem pra você ele ser só seu amigo?
Rosie: Não, não estou decepcionada, não. Por que deveria? Ele sempre foi isso pra mim. Estou feliz!
Ruby: E você não quer ser salva e levada para o Havaí?
Rosie: Claro que não! Isso seria... Terrível!
Ruby: Ah, que bom, então.
Rosie: É, ótimo... Está tudo ótimo...
Ruby: Que bom.
Rosie: E com o trabalho novo tudo vai melhorar!
Ruby: Que bom.
Rosie: E meu casamento está salvo e acredito piamente que o Greg me ama mais do que nunca...
Ruby: Que bom.
Rosie: Vou ganhar muito mais que antes, o que é ótimo. Dizem que o dinheiro não compra a felicidade, mas sou uma pessoa volúvel, Ruby... Vou poder comprar aquele casaco novo que vi na Ilac Centre ontem... Estou animada!
Ruby: Que bom.
Rosie: Com certeza! Bom, enfim, preciso sair agora, tenho umas coisas pra fazer por aqui...
Ruby: Que ótimo, Rosie...
Rosie fez logoff.

De: Rosie
Para: Stephanie
Assunto: Que vida maravilhosa!
A vida é maravilhosa, é ótima! Tenho um emprego bom e acabo de ser promovida para uma função ainda melhor. Tenho uma filha que conversa comigo e um marido que não. Brincadeirinha! Tenho um marido que me ama! Tenho uma família compreensiva — mãe, pai, irmão e irmã. Tenho dois amigos que fariam tudo por mim e que eu amo com todo o meu coração. Eu me lembro de ter dito a você alguns anos atrás, antes de assumir o meu emprego na recepção, que a fase dois da minha vida só estava começando. Bem, parece que a fase três vem aí! As coisas estão começando a acontecer pra mim e eu me sinto tão feliz! Estou delirando de bom humor hoje, empolgada ao extremo com a minha vida, deduzo!

De: Ruby
Para: Rosie
Assunto: Cork?
O que quer dizer? Que o maldito hotel novo está sendo construído em Cork? E só te disseram isso agora? Vai se mudar pra Cork? Achei que tinha dito que ficava na orla de Dublin... Eles acharam que essa informação era irrelevante pra você? Deus do céu, Rosie, como é que você vai arrastar toda a sua família para o outro lado do país? Você ao menos quer se mudar? Ah, meu Deus, acho que vou ter um ataque do coração!
Mande um e-mail RAPIDÃO!!!

De: Rosie
Para: Ruby
Assunto: Re: Cork?
Ai, Ruby, me deu uma dor de cabeça, não sei o que fazer. Sei que quero esse emprego, mas tem outras duas pessoas em jogo. Vou ter de conversar sobre isso com a Katie e o Greg hoje à noite. Reze por mim! Ah, meu Deus, por favor, se Você não estiver ocupado espalhando pó de ouro em cima das pessoas sortudas deste mundo, eu Lhe peço que faça uma lavagem cerebral na minha família para que pelo menos uma vez eles façam o que eu quero. Agradeço seu tempo e sua paciência. Pode continuar espalhando o pó de ouro agora.

De: Ruby
Para: Rosie
Assunto: Deus
Oi, Rosie, aqui sou eu, Deus. Sinto muito por lhe trazer más notícias, mas a vida não funciona assim. Você precisa ser sincera com a sua família e tentar convencê-la por si mesma. Conte-lhes que sonhou a vida inteira com esse emprego que lhe foi oferecido e que, se forem pessoas generosas, compreenderão o seu desejo de se mudar pra Cork. Minha pipoca ficou pronta, então preciso ir agora. Já perdi a primeira atração desta noite. Preciso correr para a vida da sua amiga Ruby hoje à noite. Boa sorte com a sua família.

QUERIDA MAMÃE E GREG,
Não se preocupem com a gente, mamãe. O Toby e eu vamos ficar bem. Fugimos porque não queremos ficar longe um do outro. Ele é o meu melhor amigo e eu não quero me mudar para Cork.
Com carinho,
Katie e Toby

De: Rosie
Para: Ruby
Assunto: Re: Deus
Não pude deixar de notar que Deus se conectou usando o seu nome ontem. Se você O vir por aí, por favor, diga que, se está procurando algum drama pra assistir, deve sintonizar no canal da minha família hoje.

Lembrete:
Pare de sonhar, Rosie Dunne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!