22 de outubro de 2018

Capítulo 10


MEU DISCURSO DE “MADRINHA”.
Boa noite a todos. Meu nome é Rosie, e, como vocês podem ver, Alex decidiu optar por algo não tradicional e me convidou para ser a sua madrinha nesta ocasião. Contudo, sabemos que hoje as honras não pertencem a mim. Pertencem a Sally, já que ela é claramente a melhor das mulheres para Alex.
Eu poderia dizer que sou a “melhor amiga”, mas acho que todos aqui sabemos que hoje esse título também não me pertence mais. Ele é todo de Sally.
O que não pertence a Sally é uma vida de lembranças da infância de Alex, da adolescência dele e da fase quase adulta que tenho certeza de que ele preferiria esquecer, mas que vou agora revelar (espero que se divirtam com o que vou contar).
Conheço Alex desde que ele tinha 5 anos. Cheguei à escola no meu primeiro dia de aula com os olhos marejados, o nariz vermelho e meia hora de atraso (tenho quase certeza de que Alex vai gritar: “Qual é a novidade disso?”). A professora me mandou sentar no fundo da sala, ao lado de um garotinho fedorento, melequento, cabelo desgrenhado, que tinha a cara mais feia deste mundo e que se recusou a olhar para mim ou a falar comigo. Detestei aquele menino. Sei que ele me detestava também, já que sempre chutava a minha canela debaixo da carteira; quando ele disse à professora que eu estava copiando as lições dele, foi como uma revelação. Sentamos um ao lado do outro por doze anos, todos os dias, reclamando da escola, das namoradas e dos namorados, ansiando por sermos mais velhos e mais experientes e desejando nos livrar da escola, sonhando com uma vida sem dobradinha de matemática bem na segunda-feira de manhã.
Agora Alex construiu a sua própria vida e eu tenho muito orgulho dele. Fico muito feliz que ele tenha encontrado a mulher da sua vida e melhor amiga na perfeita, inteligente e inconveniente da Sally.
Peço que ergam as suas taças e que brindem ao meu melhor amigo, Alex, e à sua nova melhor amiga, mulher da sua vida e esposa, Sally, e que lhes desejem toda a sorte e felicidade.
Para Alex e Sally!
OU ALGO NESSE SENTIDO. O QUE ACHA, RUBY?

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: Urrgggggh! Todos vão amar. Boa sorte, Rosie. Nada de lágrimas e NÃO beba.

QUERIDA ROSIE,
Lembranças aqui das Seychelles! Rosie, muito obrigado pela semana passada! Foi tudo muito bom. Nunca pensei que realmente conseguisse aproveitar o dia do meu casamento, mas você fez tudo ficar muito divertido. Não se preocupe, acho que ninguém percebeu que você estava bêbada durante toda a cerimônia (talvez tenham percebido na hora do discurso, mas foi engraçado), mas não acho que o padre tenha se surpreendido muito quando você soluçou bem na hora que eu estava prestes a dizer: “Sim!”.
Mal consigo me lembrar da despedida de solteiro, mas ouvi dizer que foi maravilhosa. Os caras não param de falar nisso. Acho que a Sally ficou um pouco chateada por ter de se casar com um homem com uma sobrancelha só, mas não me importo com o que os outros dizem, cei que foi você quem fez isso! Estou de perfil nas fotos do casamento, pegaram só o lado esquerdo do meu rosto, mas não tem problema, porque a Sally disse que esse é meu melhor lado mesmo. Diferente de você, que diz que o meu melhor lado é a parte de trás da minha cabeça.
O casamento correu muito bem, não foi? Pensei que eu fosse passar o dia inteiro uma pilha de nervos, mas você me fez rir tanto que acho que ajudou a me livrar dessa tensão. Embora não devêssemos rir durante as fotos, duvido que haja uma foto sequer decente em que o meu rosto ou o seu não apareça distorcido por causa da risada. A família da Sally te adorou. Pra ser sincero, eles não gostaram muito da ideia de eu entrar na igreja com uma madrinha em vez de um padrinho, mas o pai da Sally te achou o máximo. É verdade que você fez ele beber numa golada só uma dose de tequila?
Minha mãe e o meu pai ficaram muito contentes em ver você e a Katie. Adorei ver que a Katie estava usando o medalhão que eu dei pra ela de aniversário. Engraçado... A minha mãe diz que a Katie é igualzinha a você quando tinha 7 anos. Acho que ela meio que desejava que Katie fosse você e que eu tivesse aquela idade também. Ela estava muito emotiva naquele dia!
Mas todos não param de falar no quanto você estava bonita naquele vestido! É como se a noiva fosse você!
Você estava muito bonita mesmo, Rosie. Acho que nunca tinha visto você usando vestido (pelo menos não desde que você tinha a idade da Katie). Bem, suponho que eu teria visto se tivesse conseguido comparecer àquele baile de formatura anos atrás. Meu Deus, olhe pra mim! Pareço um velho relembrando os velhos tempos!
Todos concordaram que o seu discurso de madrinha foi incrível. Acho que todos os meus amigos ficaram a fim de você — e não, não vou passar o telefone deles pra você. Por falar nisso, Rosie, você foi a minha madrinha naquele dia e continua sendo a minha melhor amiga. E sempre será. Só pra você saber.
A vida de casado está indo bem até agora. Faz dez dias que nos casamos e desde então tivemos apenas... Deixe-me ver... Dez brigas. Haha. Tenho certeza de que alguém já me disse que isso é saudável para a relação... Não estou preocupado. O lugar onde estamos passando a lua de mel é incrível, o que me deixa bastante satisfeito, porque gastamos uma fortuna com isto aqui. Estamos hospedados numa espécie de cabana, feita de madeira, que fica apoiada sobre estacas, bem em cima da água. É lindo. A água tem aquele tom azul-turquesa, e quando se olha pra baixo dá pra ver os peixes coloridos. É o paraíso; você amaria. Este é o tipo de hotel no qual você deveria trabalhar, Rosie. Imagine seu escritório na praia...
Pra ser sincero, eu adoraria ficar na praia sem fazer nada, bebendo uns drinques o dia inteiro, mas a Sally não para, está sempre fazendo alguma coisa, então a cada segundo sou arrastado para o mar ou me pego voando, pendurado em algum equipamento maluco. Não me surpreenderia se ela decidisse que devemos almoçar debaixo d’água enquanto praticamos mergulho.
Enfim, comprei presentes pra você e pra Katie e espero que cheguem até a sua casa sem nenhum defeito e que não amassem durante o transporte. Aqui, parece que as pessoas acreditam que eles funcionam como um amuleto da sorte e cei que você sempre adorou catar conchas do mar quando a gente era criança, então agora você vai poder usar as conchas mais lindas no pescoço.
Bom, melhor eu ir agora. Acho que as pessoas não deveriam nem sequer enviar cartões-postais durante a lua de mel, imagine escrever um livro em vez de uma carta (de acordo com a Sally), então é melhor eu ir. Acho que ela quer fazer mais alguma maluquice, tipo ser arrastada num esqui aquático por algum golfinho.
Deus me ajude! Onde foi que eu me enfiei?
Beijos,
Alex
PS: Estou com saudade!

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: Daqui da janela, vi você vindo pro trabalho. Que diabos é isso que está usando no pescoço? Conchas?
Rosie: Dão sorte.
Ruby: A-ham! E aí, já deu alguma sorte?
Rosie: Não perdi o ônibus hoje.
Ruby: A-ham.
Rosie: Ah, pare de me encher.
Rosie fez logoff.

De: Rosie
Para: Ruby
Assunto: Você não vai acreditar.
Estou mandando por fax uma carta que Sally enviou para Katie. Depois me diga o que achou.

QUERIDA KATIE,
Obrigado por ter sido a minha daminha de honra no casamento. Todo mundo disse que você estava linda, parecendo uma princesa de verdade.
Alex e eu estamos de férias num lugar chamado Seychelles, bem onde a sua mãe quer morar. Diga a ela que o lugar é lindo, cheio de sol e muito quente, e pode mostrar a ela a minha foto com Alex deitados na praia para ela ver como é aqui. Estamos muito felizes e muito apaixonados.
Coloquei junto da carta uma foto do nosso casamento, em que estamos com você. Assim, você pode colocá-la num porta-retratos e deixá-la aí na sua casa. Espero que goste.
Ligue pra gente quando puder.
Com carinho,
Sally

VOCÊ RECEBEU UMA MENSAGEM DE: RUBY.
Ruby: Parece que a vadia está fazendo xixi ao redor do homem dela pra marcar território.
Rosie: Mandando uma carta pra uma garota de 7 anos??!!
Ruby: Bem, ela provavelmente sabia que essa carta iria parar nas suas mãos. É cruel, verdade. Não deixe que a Sally te abale. Ela só está tentando fazer com que você saiba quem é a mulher na vida de Alex agora. Mas, enfim, por que é que ela está fazendo isso? Você fez alguma coisa pra ela se sentir ameaçada?
Rosie: Nadinha! Até parece!
Ruby: Rosie?
Rosie: Tá, tudo bem, talvez ela tenha se sentido um pouco ameaçada porque Alex e eu aproveitamos mais o casamento deles do que ela.
Ruby: Bingo!
Rosie: Sim, mas a gente sempre foi assim, Ruby. Não estávamos flertando, não era nada disso. Era só felicidade. E ela, por outro lado, não deu nem um sorrisinho sequer o dia inteiro. Só ficou sugando as próprias bochechas e fazendo cara feia pra todo mundo.
Ruby: Tudo bem, acredito em você, mas milhões de pessoas, não. Ainda assim, não se ponha à altura dela, apenas ignore.
Rosie: Ah, fica tranquila, não vou responder. Só lamento o fato de essa imbecil não ter o bom senso de deixar a minha filha fora das próprias inseguranças.
Ruby: Katie vai ficar bem, ela é uma menina esperta. Igualzinha à mãe dela.

QUERIDA SALLY,
Obrigada pela carta. Fico feliz que você gostou do meu vestido, mas se eu fosse você tinha usado um vestido mais bonito, que nem o que a minha mãe estava usando no dia do seu casamento. Todo mundo falou que o vestido dela combinou muito bem com a roupa do Alex. Os dois ficaram tão bonitos juntos, você não achou? Mostrei pra mamãe e para o Toby (meu melhor amigo) a foto que você mandou junto com o Alex na praia e o Toby disse que espera que a sua queimadura de sol não doa muito. Parece que está doendo muito.
Isso é tudo. Preciso ir agora porque o namorado novo da mamãe está vindo pra cá. Diz pro Alex que eu, a mamãe e o Toby mandamos um oi.
Beijo da Katie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!