15 de junho de 2018

Warner

— Problemas no paraíso, senhor Warner?
Em segundos, já o agarrei pela garganta. A surpresa desfigura seu semblante quando empurro seu corpo contra a parede.
— Você… — começo furioso. — Você me forçou a entrar nesta posição impossível. Por quê?
Castle tenta engolir a saliva em sua boca, mas não consegue. Seus olhos se mantêm arregalados, mas não demonstram medo. Quando volta a falar, suas palavras saem roucas, sufocadas.
— Você tinha de fazer o que fez — arfa. — Tinha que acontecer. Ela precisava ser avisada, e tinha que vir de você.
— Não acredito em suas palavras — grito, empurrando-o com mais força contra a parede. — Aliás, não sei por que cheguei a acreditar em você.
— Por favor, garoto, coloque-me no chão.
Solto-o só um pouco e ele dá várias lufadas de ar antes de prosseguir:
— Eu não menti para você, senhor Warner. Ela precisava ouvir a verdade. E se tivesse ouvido da boca de qualquer outra pessoa, jamais o perdoaria. Pelo menos agora… — Tosse. — Com o tempo, pode ser que o perdoe. É sua única chance de ser feliz.
— Como é que é? — Baixo a mão. Solto-o de vez. — Desde quando se importa com a minha felicidade?
Ele passa tempo demais em silêncio, massageando a garganta enquanto me encara. Por fim, retruca:
— Acha que não sei o que seu pai fez com você? O que ele o fez passar?
E agora dou um passo para trás. Castle prossegue:
— Você acha que não conheço sua história, garoto? Acha que o deixaria entrar no meu mundo, que lhe ofereceria um santuário entre meu povo, se realmente acreditasse que nos causaria mal?
Respiro dificultosamente. De repente, estou confuso. Sinto-me exposto.
— Você não sabe nada a meu respeito — respondo, sentindo a mentira enquanto ainda a pronuncio.
Castle sorri, mas noto um tom de dor em seu rosto.
— Você é só um garoto — fala baixinho. — Tem apenas dezenove anos, senhor Warner. E acho que sempre se esquece disso. Não tem perspectiva, não tem ideia de que só viveu pouquíssimo tempo. Ainda tem muita vida pela frente. — Suspira. — Tento dizer a mesma coisa a Kenji, mas ele é como você. Teimoso, muito teimoso.
— Kenji e eu não somos parecidos em nada.
— Sabia que você é um ano mais novo que ele?
— A idade é um fator irrelevante. Quase todos os meus soldados são mais velhos que eu.
Castle tosse.
— Todos vocês, jovens… — responde, negando com a cabeça. — Vocês sofrem demais. Carregam essas histórias horríveis e trágicas. Personalidades voláteis. Eu sempre quis ajudar. Sempre quis corrigir isso, fazer deste mundo um lugar melhor para vocês, os jovens.
— Bem, pode ir salvar o mundo em outro lugar — retruco. — E fique à vontade para fazer o papel de babá de Kishimoto sempre que quiser. Mas eu não sou responsabilidade sua. Não preciso que sinta pena de mim.
Castle apenas inclina a cabeça para mim.
— Nunca poderá escapar da minha pena, senhor Warner.
Meu maxilar se contrai. Ele prossegue:
— Vocês, garotos… — Seus olhos parecem distraídos por um momento. — Vocês me fazem lembrar tanto dos meus filhos…
Fico em silêncio por um instante.
— Você tem filhos?
— Sim. — Sinto a onda de dor repentina e sufocante apoderando-se dele quando esclarece: — Eu tinha.
Dou vários passos para trás sem nem me dar conta, afastando-me de suas emoções. Só consigo encará-lo. Surpreso. Curioso.
Lamentando.
— Olá.
Ao ouvir a voz de Nazeera, viro-me, assustado. Está acompanhada de Haider, os dois com uma expressão muito séria no rosto.
— O que foi? — questiono.
— Precisamos conversar. — Nazeera olha para Castle. — Seu nome é Castle, certo?
Ele assente.
— Sim, sei que você sabe muito sobre um assunto, Castle, então vou precisar da sua ajuda para também entender. — Nazeera ergue o dedo no ar para traçar um círculo entre nós quatro. — Precisamos conversar. Agora.

2 comentários:

  1. MEDO

    Eu tô lendo tão rápido q n paro nem pra coletar KAKAKKA
    Porém amando

    ResponderExcluir
  2. — Tem apenas dezenove anos, senhor Warner. E acho que sempre se esquece disso

    Eu tbm esqueço!

    Flavia

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!