29 de maio de 2018

Capítulo 41

PETER E EU ESTAMOS SENTADOS na minha varanda; posso ouvir a TV na sala de estar. Kitty assistindo a um filme. Há um interminável longo silêncio entre nós, apenas o som de grilos cantando.
Ele fala primeiro.
— Não é o que você pensa, Lara Jean; realmente não é.
Tomo um momento para reunir meus pensamentos, reuni-los em algo que faça qualquer tipo de sentido.
— Quando começamos tudo isso, eu estava realmente feliz só de estar em casa com minhas irmãs e meu pai. Era aconchegante. E então nós começamos a sair, e foi como... como se você tivesse me trazido para o mundo. — Nisto seus olhos ficam mais suaves. — No começo foi assustador, mas depois eu gostei muito. Parte de mim quer apenas ficar ao seu lado para sempre. Eu poderia facilmente fazer isso. Poderia te amar para sempre.
— Então, basta fazer isso — ele tenta fazer com que sua voz saia leve.
— Eu não posso — tomo uma respiração instável. — Eu vi vocês dois. Você estava segurando-a; ela estava em seus braços. Eu vi tudo.
— Se você tivesse visto tudo, saberia que não foi nada parecido com o que você está dizendo — ele começa. Eu só olho para ele, e sua expressão cai. — Vamos. Não olhe para mim desse jeito.
— Eu não posso impedir. É a única maneira que eu posso olhar para você agora.
— Gen precisava de mim hoje, então eu estava lá para ela, mas apenas como amigo.
— Não adianta, Peter. Ela o reclamou há muito tempo, e simplesmente não há espaço para mim aqui.
Minha visão está ficando embaçada pelas lágrimas. Limpo meus olhos com a manga do casaco. Eu não posso mais ficar aqui, perto dele. Está me ferindo demais olhar para o rosto dele.
— Eu mereço mais do que isso, sabe? Eu mereço... eu mereço ser a garota número um de alguém.
— Você é.
— Não, eu não sou. Ela é. Você ainda a está protegendo, seu segredo, o que quer que seja. Do que, embora? De mim? O que eu fiz para ela?
Ele abre as mãos, impotente.
— Você me levou para longe dela. Você se tornou minha pessoa mais importante.
— Mas eu não sou, no entanto. Esse é o ponto. Ela é.
Ele esbraveja e tenta negar, mas não adianta. Como eu poderia acreditar nele quando a verdade está bem na minha frente?
— Sabe como eu sei que ela é a sua pessoa mais importante? Você a procura o tempo todo.
— Isso é besteira! — ele explode. — Quando descobri que ela fez aquele vídeo, falei que se ela a magoasse novamente, não haveria retorno.
Peter ainda está falando, mas eu não ouço mais nada o que sai de sua boca. Ele sabia. Ele sabia que foi Genevieve quem postou aquele vídeo; ele sabia e nunca me falou. Peter não está mais falando; está olhando para mim.
— Lara Jean? Qual o problema?
— Você sabia?
Seu rosto fica cinza.
— Não! Não é como você pensa. Eu não sabia esse tempo todo.
Umedeço meus lábios e os pressiono juntos.
— Então, em algum momento você descobriu a verdade, e não me contou. — É difícil para respirar. — Você sabia como eu estava magoada, e continuou defendendo-a, e aí descobriu a verdade e não me falou.
Peter começa a falar muito rápido.
— Deixe-me explicar. Foi só recentemente que descobri que Gen estava por trás do vídeo. Eu perguntei a ela sobre isso, ela cedeu e admitiu tudo para mim. Naquela noite, no passeio de esqui, ela nos viu no ofurô e gravou o vídeo. Ela mandou para o MeninaVeneno e colocou o vídeo na apresentação.
Eu sabia disso, e mas me deixei ir por Peter e fingi que não sabia o que eu sabia. E por quê? Por ele?
— Ela estava realmente louca por causa das coisas que está passando com sua família, e estava com ciúmes, e descontou em cima de nós...
— Como o quê? Pelo o que ela está passando?
Eu não peço esperando uma resposta; sei que ele não vai me dizer. Estou perguntando para provar um ponto. Ele parece triste.
— Você sabe que eu não posso te contar. Por que continua me colocando em uma posição onde eu tenho que dizer não para você?
— Você se coloca nessa posição. Tirou o nome dela, não foi? No jogo, você tirou o nome dela e ela tirou o meu.
— Quem se preocupa com o jogo estúpido? Covey, nós estamos falando sobre nós.
— Eu me preocupo com o jogo estúpido.
Peter é leal primeiro a ela, a mim em segundo. Primeiro Genevieve, então eu. Esse é o negócio. Sempre foi assim. E eu estou cansada disso. Algo clica na minha cabeça. De repente, eu lhe pergunto:
— Por que Genevieve estava lá fora naquela noite no passeio de esqui? Todos os seus amigos estavam no alojamento.
Peter fecha os olhos brevemente.
— Por que isso importa?
Volto a pensar naquela noite. Como ele pareceu surpreso ao me ver. Assustado, mesmo. Ele não estava esperando por mim. Estava esperando por ela. Ainda está.
— Se eu não tivesse saído para pedir desculpas, naquela noite, você a teria beijado?
Ele não responde de imediato.
— Eu não sei.
Essas três palavras confirmam tudo para mim. Elas tiram o meu fôlego.
— Se eu ganhar... você sabe o que eu vou desejar? — Não diga isso, não diga isso. Não diga algo que você não pode retirar. — Eu desejaria que nunca tivéssemos começado nada disso.
As palavras ecoam na minha cabeça, no ar. Ele prende a respiração. Seus olhos ficam pequenos; o mesmo acontece com a sua boca. Eu o feri. Era isso o que eu queria? Pensei que sim, mas agora, olhando para seu rosto, eu não tenho certeza.
— Você não tem que ganhar o jogo para ter isso, Covey. Você pode ter que agora se quiser.
Estendo as mãos, coloco as duas sobre o peito. Meus olhos se enchem.
— Você está fora. Quem você tem?
Eu já sei a resposta.
— Genevieve.
Eu me levanto.
— Adeus, Peter.
E então eu entro na minha casa e fecho a porta. Não olho para trás, nem uma vez. Nós terminamos tão facilmente. Como se fosse nada. Como se fôssemos nada. Isso quer dizer que não era para ser, em primeiro lugar? Que fomos um acidente do destino? Se era para ser, como poderíamos apenas continuar assim?
Penso que a resposta é que não era para ser.

30 comentários:

  1. Aaaaffff PETER, Q IDIOTA!!! Eu tbm te amava..... Vc e a Gen se merecem

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus ela abriu os olhos e encherhou a verdade.

    ResponderExcluir
  3. Ele quebrou a regra.
    Ele magoou ela.
    Agora merece sofrer as consequências.
    De viver sem o amor dela

    ResponderExcluir
  4. Desde que Peter aparece no 1° livro eu queria que ela ficasse com Peter mas quando eu li isso minha gente estava eu aqui chorando e mandando Peter morrer

    ResponderExcluir
  5. Peter...Eu quero socar esse seu rostinho lindo.

    ResponderExcluir
  6. Eu terminei o capítulo 40 super magoada e passei VÁRIOS dias sem ler. Pensando em como o Peter era um idiota... E agr, quando resolvo ler o 41 pensando que tudo fosse se resolver, isso acontece... 😢

    ResponderExcluir
  7. É isso q a Gen, quer desde o começo!😛
    Peter vacilão...

    ResponderExcluir
  8. Decepcionada com petter.. putsss estou chorando litros😭😭😭😭

    ResponderExcluir
  9. Decepcionada com petter .. putsss estou chorando litros 😭😭😭💔💔

    ResponderExcluir
  10. Mano,tô triste pq no fundo já sabia de tudo e mesmo assim me sinto tão envolvida; sinto como se fosse comigo. Imagino qual seja o final desta trama, mesmo torcendo pelo contrario.

    ResponderExcluir
  11. Nunca fui com a cara do Peter. Sabia que tinha algo estranho.

    ResponderExcluir
  12. que sensação ruim. Pelo menos agora ela tem o John

    ResponderExcluir
  13. Só eu chorei na hora que ela passa pelos dois na rua , esse ridículo tem q ficar sozinho

    ResponderExcluir
  14. Que facada no peito eu espero que isso não aconteça com migo💔

    ResponderExcluir
  15. Eu sabia que ela ia se ferrar com esse Peter...

    ResponderExcluir
  16. Eu queria que ela pegasse a Genevive, mas que pegasse ela no tapa, porque essa vagabunda merece, ai que odio

    ResponderExcluir
  17. Eu realmente gostavá dos dois juntos, tinha química, mas sempre vai ser a Gen, ser tapa buraco alheio é horrível a Lara Jean merece alguém que só queira a ela, que a ame incondicionalmente, todo mundo merece! Mas eu me apeguei de verdade aos dois, retiro meu comentário anterior, não quero a Lara com o John nem com o Josh. Quero Ela sozinha, nós somos nossa melhor companhia

    ResponderExcluir
  18. Peter, vc merece ir pro inferno. Ainda bem que nunca gostei de vc :)

    ResponderExcluir
  19. Sempre soube que vc não valia nada Peter,nem adianta escrever poema pra tentar reconquistar a Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem o poema ele escreveu 😒 mano ele tirou a vaca e não tirou ela do jogo ou seja ele deu oportunidade a gen de ganhar, Peter vc e ridículo

      Excluir
  20. espero q o Peter morra

    ResponderExcluir
  21. Não foi so o coração da Lara jean que ficou despedaçado! Como pode ter feito isso com todas nós, Peter?? 😭😤😠

    ResponderExcluir
  22. Eu já tinha dito que ele não fazia bem a ela...

    ResponderExcluir
  23. Ah Peter, seu imbecil! Você tinha uma tarefa, cara, uma.

    ResponderExcluir
  24. Eu gostava tanto do Peter estou muito chateada... mas a Lara Jean fez o certo....já vive a mesma situação
    :(

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!