29 de maio de 2018

Capítulo 34

CHRIS APARECE NA MINHA CASA com o cabelo cor de lavanda. Tirando o capuz, vejo que a coloração começa mais ou menos na metade do comprimento, as raízes estão naturais.
— O que você acha?
— Eu acho que está lindo — respondo.
Kitty fala com os lábrios, Como um ovo de Páscoa.
— Eu fiz isso principalmente para irritar a minha mão. — Há uma pontada de incerteza em sua voz que ela está tentando esconder.
— Faz você parecer sofisticada — aponto.
Chego a tocar as extremidades, e seu cabelo parece sintético, como o cabelo de uma Barbie depois de ter sido lavado.
Kitty fala com os lábios, Como uma avó, e eu lanço um olhar cortante para ela.
— Ficou uma merda? — Chris pergunta para ela, mordendo o lábio inferior nervosamente.
— Não xingue na frente da minha irmã! Ela tem dez anos!
— Desculpe. Ficou como porcaria?
— Sim — admite Kitty. Graças a Deus por Kitty – você pode sempre contar com ela para dizer as verdades duras. — Por que você não vai ao salão e pede para eles fazerem isso para você?
Chris começa a correr os dedos pelo cabelo.
— Eu fui — ela exala. — Mer... Quero dizer, droga. Talvez eu deva cortar a metade de baixo.
— Eu sempre pensei que você ficaria ótima com cabelo curto — respondo. — Mas, honestamente, não acho que lavanda fique ruim. É bonito, na verdade. Como o interior de uma concha.
Se eu fosse tão corajosa quanto Chris, cortaria o meu cabelo curto como Audrey Hepburn em Sabrina. Mas eu não sou tão corajosa, e também tenho certeza de que sentiria remorso imediato por meus rabos de cavalo, tranças e cachos.
— Certo. Talvez eu mantenha assim por alguns dias.
— Tente encher de condicionador e ver se isso ajuda — Kitty sugere, e Chris olha para ela.
— Eu tenho uma máscara coreana para cabelos que minha avó me comprou — eu digo, colocando meu braço em torno dela.
Subimos, e Chris vai para o meu quarto enquanto eu entro no banheiro procurando a máscara para cabelos. Quando volto para o meu quarto com o frasco, Chris está sentada de pernas cruzadas no chão, mexendo na minha caixa de chapéus.
— Chris! Isso é privado.
— Estava aberto! — ela levanta o cartão de Dia dos Namorados de Peter, o poema que ele me escreveu. — O que é isso?
— É um poema que Peter escreveu para mim no Dia dos Namorados — respondo orgulhosamente.
Chris olha para o papel novamente.
— Ele disse que escreveu? Ele é tão cheio de merda. Isto é de um poema de Edgar Allan Poe.
— Não, Peter definitivamente escreveu.
— Vem daquele poema chamado “Annabel Lee”! Nós o estudamos na minha aula de inglês do ensino fundamental. Lembro-me porque nós fomos para o museu Edgar Allan Poe, e então em um barco chamado Annabel Lee. O poema estava emoldurado na parede!
Eu não posso acreditar nisso.
— Mas... ele me disse que escreveu para mim.
Chris ri.
— Clássico do Kavinsky. — Quando Chris vê que não estou rindo com ela, ela diz: — Ah, que que seja. É a ideia que conta, certo?
— Só que não é a ideia dele.
Eu fiquei tão feliz ao receber esse poema. Ninguém nunca me escrevera um poema de amor antes, e agora descubro que foi plagiado. Uma imitação.
— Não fique chateada. É divertido! É evidente que ele estava tentando impressioná-la.
Eu deveria ter percebido que Peter não o escreveu. Ele quase nunca lê em seu tempo livre, muito menos escreve poesia.
— Bem, o colar é real, pelo menos — eu digo.
— Você tem certeza?
Atiro-lhe um olhar raivoso.

* * *

Quando Peter e eu falamos ao telefone naquela noite, estou com tudo pronto para confrontá-lo sobre o poema, para, pelo menos, provocá-lo sobre isso. Mas, então nós começamos a falar sobre o seu próximo jogo fora de casa na sexta-feira.
— Você virá, certo? — pergunta ele.
— Eu quero, mas prometi Stormy que pintaria o cabelo dela na sexta.
— Você não pode simplesmente fazer isso no sábado?
— Não, a festa da cápsula do tempo é no sábado, e ela tem um encontro nessa noite. Por isso que o cabelo precisa ser feito na sexta... — soa como uma desculpa fraca, eu sei. Mas eu prometi. E também... Eu não seria capaz de ir no ônibus com Peter, e não me sinto confortável dirigindo 45 minutos até uma escola em que nunca estive. Ele não precisa de mim lá, de qualquer maneira. Não como Stormy precisa de mim.
Ele fica em silêncio.
— Eu vou no próximo, prometo — digo.
— A namorada de Gabe vem a cada jogo, e ela pinta o número da camisa dele no rosto — Peter explode — e ela nem sequer é da nossa escola!
— Houve somente quatro jogos e eu fui a dois! — Agora eu estou irritada. Sei que lacrosse é importante para ele, mas não são menos importantes do que os meus compromissos em Belleview. — E sabe o que mais? Eu sei que você não escreveu aquele poema para mim no Dia dos Namorados. Você copiou de Edgar Allan Poe!
— Eu nunca disse que escrevi — ele acoberta.
— Sim, você disse. Você agiu como se o tivesse escrito.
— Eu não ia fazer isso, mas aí você ficou tão feliz com ele! Desculpe por tentar fazê-la feliz.
— Sabe de uma coisa? Eu ia assar biscoitos de limão para você no dia do jogo, e agora não sei mais.
— Tudo bem, então não sei se irei para a sua festa de casa na árvore, no sábado. Eu poderia estar muito cansado do jogo.
Eu suspiro.
— É melhor você estar lá!
A festa é pequena como está, e Chris não é a pessoa mais confiável. Não pode ser apenas eu, Trevor e John. Três pessoas não fazem uma festa.
Peter resmunga.
— Bem, então é melhor eu ver alguns biscoitos de limão em meu armário no dia do jogo.
— Ótimo.
— Ótimo.

* * *

Na sexta-feira, levo os biscoitos de limão e uso o número da camiseta dele na minha bochecha, isso deleita Peter.
Ele me ergue e me joga no ar, e seu sorriso é tão grande. Me faz sentir culpada por não ter feito isso antes, porque tomou pouco de mim para deixá-lo feliz. Vejo agora que são as pequenas coisas, os pequenos esforços, que mantêm um relacionamento. E agora eu também sei que, de alguma forma, eu tenho o poder de feri-lo e também o poder de torná-lo melhor. Esta descoberta me deixa com um estranho sentimento inquietante em meu peito, por razões que não sei explicar.

9 comentários:

  1. OUEOUOEOOO esse foi o Poema que a Cassandra colocou em "Senhor das Sombras"!!! Eu pensei q ela tinha escrito, mas ela tbm pegou do Edgar Alan Poe... Q ironia 😂😂😂
    Agr eu entendi, ela fez como se o Malcom fosse o Cara q "estava" no poema.. Q amou a Annabel!! AGORA TUDO FAZ SENTIDO 😱😱 q manero como as autoras fazem tudo se encaixar 💚

    Annabel Lee
    DE EDGAR ALLAN POE
    Foram muitos e muitos anos atrás,
    Em um reino pelo mar
    Que uma donzela morava quem você conhece
    Com o nome de Annabel Lee;
    E essa donzela ela viveu sem outro pensamento
    Do que amar e ser amado por mim.

    Eu era criança e ela era criança
    Neste reino pelo mar,
    Mas nós amamos com um amor que era mais do que amor
    Eu e minha Annabel Lee
    Com um amor que o wingèd serafins do céu
    Cobiçada ela e eu.

    E esta foi a razão que, há muito tempo,
    Neste reino pelo mar,
    Um vento soprou de uma nuvem, esfriando
    Minha linda Annabel Lee;
    De modo que seus parentes mais ricos vieram
    E a abandonei de mim
    Para calá-la em um sepulcro
    Neste reino pelo mar.

    Os anjos, não tão felizes no céu,
    Fui invejando ela e eu—
    Sim! - essa foi a razão (como todos sabem,
    Neste reino pelo mar)
    Que o vento saiu da nuvem durante a noite
    Chilling e matando minha Annabel Lee.

    Mas nosso amor era mais forte do que o amor
    Dos que eram mais velhos que nós
    De muitos mais sábios do que nós
    E nem os anjos no céu acima
    Nem os demônios embaixo do mar
    Pode sempre dissever minha alma da alma
    Da linda Annabel Lee;

    Para a lua nunca raios, sem me trazer sonhos
    Da linda Annabel Lee;
    E as estrelas nunca se levantam, mas eu sinto os olhos brilhantes
    Da linda Annabel Lee;
    E assim, toda a maré da noite, deito-me ao lado
    Da minha querida, minha querida, minha vida e minha noiva
    No sepulcro dela junto ao mar
    Em sua tumba ao som do mar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pq eu consegui me forçar a esquecer de Annabel Blackthorn... Ranço dessa fdp :/

      Excluir
    2. Muito lindo! A Cassandra se inspirou no poema!💛

      Excluir
    3. Quando vi tbm só lembrei de senhor das sombras, fui até procurar no livro o poema, fui enganada duas vezes 😂😂😂

      Excluir
    4. Meninaaaaaaa, pensei a mesma coisa, fui até pesquisar na internet para ver se era o mesmo, quando eu li, dei pulos de alegria por lembrar da Annabel Blackthorn (mesmo que eu tenha uma empatia por ela) e de todos os caçadores de sombras,super anciosa para Queen of air and darkeness!!!

      Excluir
    5. E Agora, tudo com Malcom faz sentido!!!!

      Excluir
  2. anem o Piter e tao lindooo e fofooo

    ResponderExcluir
  3. anem o Piter e tao lindooo e fofooo

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!