22 de março de 2018

Demonologia

Pyrausta — Nível 2 (Otelo Thorsager)
Pyraustas são demônios tão raros que, até então, não havia registros de sua captura. Sua forma de lagarto alado parece ser formada a partir das partes do corpo de um inseto. Suas antenas multifuncionais funcionam como sensor de calor, captam a vibração do ar e detectam umidade.

Donzela  Nível 3 (Verity Faversham)
Um demônio-inseto; uma libélula gigante com carapaça iridescente e asas. Essas criaturas são velozes no ar, mudando de direção num piscar de olhos. Parentes dos Carunchos, têm ferrões até 3 vezes mais letais e são comuns no éter.

Kamaitachi  Nível 3
Demônio similar a uma doninha, com placas ósseas serrilhadas no lugar das patas. Comum nos domínios órquicos do éter, sempre atacam as linhas de frente de Hominum.

Vespe  Nível 4
Parecidos com uma vespa gigante, são demônios difíceis de capturar, porque voam em enxames. Dotados de um ferrão tão potente quanto o da Donzela e fortes mandíbulas, são um dos favoritos dos xamãs orcs.

Estirge  Nível 4 (Inquisidor Damian Rook)
Bastante confundido com a Griforuja, o estirge se parece com corujas, mas tem quatro garras. As penas são vermelhas, dando a ele uma aparência amedrontadora. Comum em partes conhecidas do éter, raramente são capturados por conta de sua natureza agressiva. Estirges matam e comem seus irmãos quando atingem a maturidade.

Griforuja  Nível 4 (Fletcher Raleigh)
É uma combinação de gato e coruja, próxima dos Grifos e dos Chamrosh, porém mais raro. O bico e as garras são sua maior arma, mas é a inteligência e agilidade que fazem dele um demônio tão desejado. Solitário por natureza, cria laços fortes com seu conjurador e demônios companheiros.

Raiju  Nível 5 (Cress Freyja)
Tão raro que apenas cinco foram capturados até hoje. Um híbrido de esquilo, guaxinim e mangusto, tem olhos grandes e amarelos e pelos azul-escuros, com espirais e listras irregulares em cerceta.
Tem um alto mana e seu ataque de eletricidade é capaz de matar um orc. Gosta de dormir na barriga de seu conjurador, se enroscando ao redor do umbigo do mestre.

Salamandras — Nível 5 (Fletcher Raleigh)
Salamandras são demônios raríssimos. São imunes ao fogo e, se expostos continuamente à lava vulcânica, podem se metamorfosear num Drake e, no estágio seguinte, num Dragão.

Enfield  Nível 5 (Verity Faversham)
É mais raro e menor que seu primo, o Vulpídeo, e é do tamanho de um grande cão. Tem cabeça de raposa, patas dianteiras de águia, tronco de galgo e quartos traseiros de lobo. Suas garras frontais são afiadas e as penas castanhas se misturam aos pelos vermelhos e cinza.

Chamrosh  Nível 5
Esse híbrido de cão e falcão é bem menor que seu parente, o Grifo. O Chamrosh é conhecido por sua lealdade e natureza amorosa. E se sentirá sozinho se separado do seu mestre. Um dos demônios mais utilizados pelo Corpo Celeste, ele também é um favorito entre os conjuradores.

Araq  Nível 6 (Didric Cavell)
O Araq, ou Arach, é uma enorme aranha, quase do tamanho de um javali. Suas oito patas são habilidosas e permitem que o demônio salte até 3 metros. O Araq tem 3 fortes habilidades. A primeira é o feitiço de seda; a segunda é o ferrão temível, com um veneno letal; finalmente, o Araq é capaz de lançar seus pelos das costas no ar, ferindo e até cegando seus oponentes. Apenas seu conjurador é imune ao Araq.

Caládrio  Nível 7 (Átila Thorsager)
Um dos pássaros elementais, o Caládrio é próximo da Fenix nascida nas chamas, a gélida Polárion e a relampejante Alcione. Com penas brancas de pomba, o alto mana desse demônio e seus poderes de cura são muito desejados, apesar de suas pequenas garras. Passam a maior parte do tempo acima das nuvens do éter, onde o ar é muito rarefeito para que outros demônios o encontrem.

Fênix  Nível 7
Um pássaro enorme com plumas alaranjadas e uma longa cauda de pavão. A Fênix é o mais raro das aves primas. Com um mana muito alto e capaz de lançar fogo como a Salamandra, esses demônios supostamente habitam as proximidades de vulcões ativos no éter.

Alcione  Nível 7
É a mais comum das quatro aves dos elementos, com penas brilhantes e metálicas que o fazem brilhar quando voa. Com garras muito afiadas, mana elevado e a habilidade de lançar um golpe de energia da cauda, sua única desvantagem é ser muito nobre.

Polárion  Nível 7
Voam sobre os mares no éter, usando suas habilidades congelantes para caçar qualquer presa que salta para fora d’água. Poucos avistamentos reportam que esse demônio tem plumagem azul-escura e barriga branca. Com mana alto e a habilidade raríssima de congelar seus inimigos, é uma ótima aquisição para qualquer conjurador.

Alicórnio  Nível 8
Um cavalo com asas de cisne e apenas um chifre. Esses demônios equinos dificilmente são capturados, graças a sua velocidade no ar e na terra. Seus rebanhos atravessam as áreas de Hominum do éter uma vez a cada década. E os que são lentos o bastante para serem capturados tendem a ser os que estão doentes, machucados, ou ainda são muito novos.

Hipogrifos  Nível 8
É um híbrido de águia e cavalo. Apesar de ser rápido na terra, não tem tanta força nas garras como o Grifo. Por isso, usa mais seus golpes com o bico e os cascos. É popular no Corpo Celeste, perdendo apenas para o Periton.

Nanauê  Nível 9
Esse tubarão humanoide é um dos demônios favoritos entre os xamãs orcs, graças a suas presas e mandíbulas ferozes, garras afiadas e agilidade impressionante. Com uma postura mais parecida com a de um chimpanzé do que a de um humano, é excelente em escaladas e pode pular grandes distâncias. Existe em diversas espécies, sendo os mais comuns o tubarão branco, o tubarão-martelo e o tubarão-tigre.

Periton  Nível 9
Favorito do Corpo Celeste, o Periton é como um veado grande com asas e majestosos chifres. As patas dianteiras terminam em cascos e as traseiras em garras como as de um falcão, mortais a ponto de causar sérios ferimentos nos inimigos. No lugar da cauda dos veados, esses demônios têm uma elegante e longa cauda de penas. Como seus rebanhos atravessam as áreas de Hominum do éter, são as montarias aladas mais comuns para os conjuradores.

Sobeks — Nível 9
São enormes criaturas bípedes, semelhantes a crocodilos, que usam as garras e mandíbulas para destroçar seus oponentes, isso se suas grandes caudas não os espancarem até a morte antes.

Oni  Nível 10
Onis têm corpos e estaturas parecidos com os de orcs e são um dos favoritos dos xamãs veteranos. Têm a pele carmesim, um par de grandes chifres e caninos superdesenvolvidos. Apesar de parecerem espertos, são menos inteligentes que carunchos.

Mantícora  Nível 12 (Charles Faversham)
Esse raro demônio tem asas e membros anteriores de morcego, um rabo de escorpião e o corpo de leão, com seu pelo escuro misturado a espinhos afiados. A cabeça de leão aparenta ser quase humana e é capaz de expressar emoções complexas. Seu veneno é tão potente que apenas uma gota pode matar um humano. Dizem que os membros da família Raleigh são imunes a ele.

Ifrit  Nível 12
É um elemental aparentado do Golem, mas formado com fogo em vez de pedra. Parente próximo do Jotun, a pele parece lava. É incrivelmente forte e pode até lançar chamas da boca. É um dos demônios mais poderosos que os orcs são capazes de capturar em suas áreas do éter.

Jotun  Nível 13
Jotuns são conhecidos apenas por uma rápida menção num texto élfico muito antigo, apesar de acadêmicos sempre duvidarem da autenticidade do texto. Descritos como humanoides gigantes que parecem ser feitos de gelo e supostamente são capazes de congelar tudo o que tocam, é dito que esses demônios vivem nos mais altos picos gelados das montanhas do éter.

Wendigo  Nível 13 (Zacarias Forsyth)
É um demônio raro, conhecido por seguir as baixas nas migrações pelo éter, comendo as carcaças de suas vítimas. Apesar da fama de comedor de carniça, é muito poderoso, com músculos definidos sob sua pele fina. Com mais de 2 metros de altura, galhadas e cabeça de lobo, tem braços longos que usa para bater no chão, como um gorila. A pele é manchada de cinza e fedorenta, por conta de seu hábito de comer carne podre.

Serpe  Nível 15
São as maiores armas contra os demônios do Corpo Celeste. Enormes, têm asas como as de um morcego, caudas espinhosas e cabeças de crocodilo, com chifres. Sua pele é tão firme que apenas armas muito afiadas podem lhe ferir. Além das presas, sua maior arma são os poderosos membros inferiores, que possuem grandes garras. São mais lentos do que a maioria dos demônios voadores, normalmente contando com a retaguarda de Picanços, Estirges e Vespes.

Zaratan — Nível 15
Demônio similar a uma gigantesca tartaruga anfíbia, com uma cabeça reptiliana e íris dourada. Seu casco enorme pode ser confundido com uma ilhota por desavisados, e podem ficar muitas vezes maiores quando chegam à idade adulta.

Fantauro  Nível 20
Com cabeças de elefante, grandes presas, punhos robustos e uma altura de mais de 3 metros, é uma grande força para se contar numa batalha. Sendo o mais raro e poderoso demônio disponível para xamãs orcs, apenas um foi visto. Sabemos muito pouco sobre seu comportamento e habitat. O único Fantauro já capturado passou pela posse dos xamãs orcs ao longo de suas gerações, e sua origem se perdeu no tempo.

4 comentários:

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!