20 de fevereiro de 2018

Fim da jornada. A promessa. A esperança.
Reúnam-se, cheguem perto, meus irmãos e minhas irmãs.
Hoje é o dia em que mil sonhos vão nascer.
Nós tocamos as estrelas, e a poeira de possibilidades é nossa.
Pois, era uma vez, três mulheres que eram uma família,
Como nós somos agora, e elas mudaram o mundo
Com a mesma força que temos dentro de nós.
Nós somos parte da história delas,
E uma história ainda maior está pela frente.
Porém, o trabalho nunca termina.
O tempo circula. Repete-se.
E nós não devemos apenas estar preparados
Para o inimigo de fora,
Mas também para o inimigo de dentro.
Embora o Dragão esteja descansando por ora,
Ele acordará novamente
E vagará pela terra,
Com a barriga cheia de fome.
Por medo de repetirmos nossa história,
Que as histórias sejam passadas
De pai para filho, de mãe para filha,
Pois, com apenas uma geração,
A história e a verdade ficam perdidas para sempre.
E assim será,
Irmãs do meu coração,
Irmãos da minha alma,
Família da minha carne.
Para todo o sempre.
— A Canção de Jezelia

4 comentários:

  1. — A Canção de Jezelia

    Orgulho define
    ❤❤

    ResponderExcluir
  2. — A Canção de Jezelia

    Orgulho define

    ResponderExcluir
  3. Concordo linda! Não esperaria algo diferente dela! Mas quero bater no Rafe por desistir de tudo que viveram! DM

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!