20 de fevereiro de 2018

Capítulo 73

— Vossa Alteza.
Eu, Rafe e Kaden estávamos acabando de passar pela fonte da praça quando fui interceptada pelo general. Uma dúzia de soldados, incluindo Gwyneth, Pauline, Berdi e Jeb, pararam com tudo atrás de nós. O general esticou a mão e pegou a minha, dando tapinhas nela. — Perdoe-me pela audácia, princesa Arabella, mas fico aliviado pelo mal-entendido da sua traição ter sido esclarecido.
Olhei para ele com incerteza, já sentindo que isso não terminaria bem. Eu me lembrava apenas vagamente dele, como um dos generais que havia servido à coroa havia mais tempo.
— Não foi nenhum mal-entendido, general Howland. Foi uma conspiração e uma mentira muito bem-orquestradas.
Ele assentiu, curvando o lábio inferior em biquinho.
— Sim, é claro. Uma conspiração orquestrada por traidores da pior espécie, e todos nós estamos em dívida com você por expor esses traidores. Obrigado.
— Não precisa agradecer, general. Expor traições é o dever de todos...
— Sim — disse ele rapidamente — dever! E é disso que gostaríamos de falar com você. — Os generais Perry, Marques e três outros oficiais estavam parados atrás dele. — Com seu pai doente e seu irmãos longe, tanta coisa recaiu sobre os seus ombros. Eu quero que saiba que não há nenhuma necessidade de que você se preocupe com questões militares. Posso ver que já ficou profundamente agitada com a questão desse exército bárbaro, o que é compreensível, considerando o que passou nas mãos deles.
Engoli em seco. Não, isso não vai terminar nem um pouco bem. Rafe e Kaden mexiam os pés perigosamente ao meu lado, mas eu coloquei as mãos uma de cada lado do meu corpo. Esperem. Eles entenderam a mensagem.
Profundamente agitada, general? Você já se encontrou com o Komizar alguma vez na vida?
Ele deu risada.
— Bárbaros! Eles mudam de regente com mais frequência do que trocam as roupa de baixo. O Komizar de hoje é o moleque esquecido de amanhã.
Ele olhou de relance por cima do ombro para aos outros oficiais, partilhando com eles uma leve gargalhada, e então se virou de volta para mim. Ele enfiou o queixo bem perto do seu peito e mexeu a cabeça em ângulo, e eu suspeitava de que ele estivesse prestes a confiar uma grande verdade que eu deixara de notar.
— O que eu estou lhe dizendo é que isso não é uma coisa com a qual deveria se preocupar. Você não é treinada em táticas militares, nem mesmo na avaliação de ameaças, além de não ser um soldado. Ninguém espera que seja nada disso. Está livre para voltar aos seus outros deveres. Nós vamos lidar com isso.
Sorri e, com minha voz mais doce, respondi.
— Que alívio, general, porque eu realmente queria muito voltar para os meus trabalhos com a agulha. Você poderia agora me dar uns tapinhas de leve na cabeça e me dispensar?
O sorriso dele desapareceu.
Dei um passo mais para perto dele, estreitando os olhos.
— No entanto, antes de fazer isso, poderia, por favor, me falar como abordaria o fato de que estes dois soldados que estão ao meu lado concordam comigo em relação à ameaça com a qual acha que fiquei emocionalmente agitada?
Ele olhou por um breve momento de relance para Rafe e Kaden e então soltou um suspiro.
— Ambos são homens jovens e... como dizer isso de uma forma delicada?... são facilmente influenciados por um rosto bonito. — O sorriso dele estava de volta, como se estivesse me educado em relação aos modos do mundo.
Fiquei tão pasma com essa opinião rasa que, por um instante, não consegui falar. Olhei para fonte atrás dele, mas Rafe e Kaden foram mais rápidos do que eu. Eles deram passos a frente ao mesmo tempo, cada um deles segurando o general por baixo de um dos seus braços, e o arrastaram para trás. Os outros oficiais pularam para fora do caminho enquanto eles o arrastaram até a fonte. Rafe e Kaden se viraram, olhando para os outros oficiais, desafiando-os a se atrever a dar um passo à frente para ajudar o general. Fiquei observando enquanto a fúria deles virava satisfação quando os dois ouviram o general tossindo e cuspindo água atrás deles. Minha raiva não era tão facilmente esfriada, e fui marchando até a fonte.
— E agora, general, espero dizer isso com delicadeza suficiente para os seus tenros ouvidos. Apesar da minha suprema repulsa, em vez de chamá-lo de palhaço ignorante, iludido, pomposo e egoísta, vou estender a mão e sugerir enfaticamente que você se segure nela, porque não vou permitir que os seus insultos condescendentes nem que o meu orgulho fiquem no meio da salvação de Morrighan. Por mais que eu possa odiar a ideia, preciso de qualquer miserável habilidade especial que você trará à mesa, e então, quando nos reunirmos para planejarmos as estratégias, em um momento e lugar que eu vou designar, você estará pronto para a servir ao seu reino. Porque, não se engane quanto a isso, estou no comando de Morrighan agora como regente do meu pai e ficarei emocionalmente agitada com coisas tolas como traidores e exércitos que buscam nos destruir. Está me entendendo?
O peito dele era um barril que subia e descia com raiva, e a água escorria do seu nariz. Estendi a minha mão, e ele ficou com o olhar fixo nela, olhando para os oficiais, que não se atreviam a correr em ajuda. Ele estendeu a mão e pegou na minha, e deu um passo para fora da fonte. Ele assentiu como se estivesse aquiescendo com a ordem e saiu andando, e o som sugado da água agitava-se nas suas botas. Eu não achava que a palavra bonito estava mais nos seus pensamentos.
Gwyneth soltou uma generosa bufada de ar.
— Muito bem! Fico feliz porque não o chamou de palhaço.
— Nem de pomposo — completou Pauline.
— Nem de ignorante — falou Jeb.
— Ou asno — disse Kaden.
— Eu não o chamei de asno.
Rafe soltou um grunhido.
— Poderia muito bem tê-lo chamado disso também.
Agora as coisas estavam resolvidas. Eu podia ter a confiança das tropas, mas havia ao menos uns poucos oficiais que ainda estavam entrincheirados em um sistema que não tinha lugar para mim. Algumas coisas duram, até mesmo depois de uma rebelião decisiva, e eu sabia que eles estariam contando os dias até que o meu pai se recuperasse ou meus irmãos estivessem de volta.

10 comentários:

  1. Kkkkkkkkkk adorei essa última parte, ainda bem que ela não xingou ele de asno!

    ResponderExcluir
  2. Adorreeeeeiiiii lia vc tem todo meu respeito

    ~MIRELLE

    ResponderExcluir
  3. Kkk... Ainda bem que não chamou ele de animal, kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Ele é um animal só q racional

    Mirtiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na parte do animal concordo, mas acho que faltou letra ai no seu comentário, ~~cof cof Irracional cof cof~~

      Excluir
  5. ASNOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  6. Asno se tornou meu xingamento oficial agr

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!