20 de fevereiro de 2018

Capítulo 29

RAFE

— Pode ser a minha vez agora?
Limpei o suor que escorria da minha face com a manga da camisa. Eu sabia que uma multidão estava observando os meus exercícios de luta com outros soldados, mas não sabia que Lia estava entre eles. Eu me virei, seguindo o som da voz dela. Ela desceu em um pulo do corrimão do cercado e veio andando até mim. Dispensei o soldado que estava em posição para lutar comigo em seguida.
Eu tinha visto Lia usar uma espada na nossa fuga do Sanctum, mas aquilo foi um ataque-surpresa, e eu não sabia o quão bem ela realmente sabia lutar. Não doeria para ela expandir as habilidades.
— Tudo bem — respondi.
— Praticar seria uma boa ideia para mim — disse Lia enquanto se aproximava. — Eu treinei com os meus irmãos, mas eles enfatizavam a luta suja.
— Não existe nenhum outro tipo quando se está lutando pela vida. Em primeiro lugar, vamos procurar uma espada que seja adequada a você.
Fui andando até a prateleira de espadas de treino, testando os pesos.
— Experimente esta daqui. — Era uma espada mais leve, que não causaria fadiga no braço dela tão rapidamente, mas que ainda tinha um alcance decente. Selecionei um escudo para ela também.
Sven deu um passo à frente.
— Vossa Majestade, isso é mesmo sábio?
Lia lançou a ele um olhar fixo e mortal. Eu sabia que ela já estava cansada de que todas as decisões fossem legadas a mim.
— Ficaremos bem, coronel.
— Movimento astuto, Vossa Majestade. — Disse Lia bem baixinho. — Ou eu poderia ter sido capaz de derrubar seu supervisor.
Nós passamos por umas poucas e lentas investidas e defesas de modo que ela pudesse sentir a arma, e depois apliquei mais pressão.
— Não use a espada para bloquear ou defender, a menos que você tenha que fazer isso — falei, enquanto nossos golpes reverberaram pelo pátio. — Avance! A espada é uma arma mortal, e não de defesa. Se você estiver usando-a para se defender, está perdendo uma chance de matar.
Mostrei a ela como usar o escudo para evitar os golpes e desequilibrar o oponente para ter uma vantagem melhor, enquanto, ao mesmo tempo, usava a espada em investidas e cortes.
— Ataque! — Berrei, provocando-a da mesma forma que eu fazia com os outros soldados. — Ataque! Não espere que eu deixe você cansada! Me mantenha em movimento! Deixe que a surpresa seja sua aliada!
Ela levou a sério os meus conselhos. A poeira foi chutada para cima ao nosso redor.
Os soldados assoviaram. Eu não tinha dúvida de que era a primeira vez que eles viam uma mulher lutando no pátio de treino, ainda por cima com o rei deles.
Os reflexos dela eram rápidos, e a concentração era tenaz, excelentes qualidades para um espadachim, mas eu tinha a vantagem da altura, do peso e da força, como a maioria dos oponentes que ela provavelmente enfrentaria teria.
A vantagem de Lia era que ela parecia entender o conceito de movimento e sincronia. Alguns soldados ficavam com os pés plantados no chão como se fossem árvores, como se o tamanho deles fossem mantê-los em pé. Vi muitos deles derrubados por guerreiros não muito maiores que Lia. O rosto dela brilhava com o suor, e fui tomado por uma onda de orgulho.
— Cuidados com as canelas — alguém gritou. Olhei de relance para a multidão, Kaden. Nosso público havia aumentado.
A espada dela ralou pelas minhas costelas, e assovios irromperam. Como um lobo sentindo gosto de sangue, as investidas dela tornaram-se vorazes, os movimentos tornando-se um caos gracioso que me mantinham cada vez mais alerta. Avancei, fazendo mais pressão, e os golpes dela ficaram mais lentos, reagindo a isso. Eu sabia que todos os tendões do ombro dela estavam ardendo.
— Ataque para matar — berrei — antes que a escolha seja tomada de você.
Ela aprendia rápido, usando bem o escudo, desviando com habilidade dos meus golpes, mas então um som penetrante de uma trombeta ressoou, dividindo sua atenção. Recuei no meu gingar, mas não antes que a parte plana da espada pegasse no maxilar dela e ela fosse voando de volta para o chão. O gemido de choque da multidão ricocheteou pelo pátio, e eu fui correndo até o lado dela, caindo no chão.
Peguei-a nos braços.
— Lia! Meus deuses! Você está bem? — Os soldados se aproximaram ao nosso redor e gritei para que alguém fosse chamar o médico.
Ela fez uma careta, esticando a mão para segurar o maxilar onde a vermelhidão já estava ficando azul.
— Idiota — sibilou ela.
— Sinto muito. Eu não...
— Não você. Eu. Walther me disse uma centena de vezes que eu não podia me deixar tomar por distrações. — Ela empurrou a minha mão para longe e abriu a boca, testando para ver se o maxilar estava bem. — Eu ainda tenho todos os meus dentes. Pare de fazer tempestade em copo d’água.
A trombeta ressoou novamente.
— O que é isso? — ela perguntou.
Eu não sabia ao certo.
— Um aviso ou boas-vindas. — Ergui o olhar para a torre de vigia, e um soldado acenava com o estandarte de Dalbreck.
— Nossos soldados! — Ele berrou.
A rotação de tropas havia chegado.
Enfim, eu poderia partir em direção a Dalbreck com Lia.

13 comentários:

  1. a Lia é muito fodonaaaa

    ResponderExcluir
  2. "Cuidado com as canelas" kkkkkkk morri

    ResponderExcluir
  3. O que Lia vai fazer agora, ir com Rafe para Dalbreck ou para Morrighan?

    ResponderExcluir
  4. morri com o aviso do Kaden hahahahha

    ResponderExcluir
  5. Lia aprende rápido. Não deixe ninguém controlar você!

    ResponderExcluir
  6. Kaden é a melhor pessoa !! kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Nada parecido com Tamlin, hein? Isso aí, meu rei. Valorizando a mulher. <3
    #TeamRafe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De novo xD Não sei quem é, mas estão comparado o mozão com ele de forma ruim, e o mozão não é machista ><"

      Excluir
  8. Q a discórdia comece...ata q ela vai pra Dalbreck

    ResponderExcluir
  9. Q a discórdia comece...ata q ela vai pra Dalbreck

    ResponderExcluir
  10. Pra quem falou que ele era machista:

    "Berrei, provocando-a da mesma forma que eu fazia com os outros soldados."

    Ele a trata como igual, apesar de não querer admitir sabe que ela é um soldado tb.

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!