20 de janeiro de 2018

Pântano de Sangue


Miguel, Crânio, Calu, Magrí e Chumbinho envolvem-se com o crime organizado que está agindo no Pantanal de Mato Grosso, liderado pelo misterioso e implacável Ente. Em um enredo fascinante, repleto de suspense do começo ao fim, discute-se a dramática destruição dos jacarés, dos índios e da natureza em um dos últimos lugares do mundo que ainda poderia ser chamado de Paraíso Terrestre. Crânio, o Geninho dos Karas, é quem terá de arrastar os amigos em sua mais perigosa missão! Esse é mais um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas!

Capítulo 1. Um crime brutal
Capítulo 2. O ouro da Máfia
Capítulo 3. O inferno começa no paraíso
Capítulo 4. A voz grossa do Pantanal
Capítulo 5. Três vezes destruição
Capítulo 6. E se chamava Robson
Capítulo 7. Cemitério para milhares
Capítulo 8. Veneno nas veias
Capítulo 9.  Bancando o Montecristo
Capítulo 10.  O sangue banha o Taquari
Capítulo 11. O formigueiro do crime
Capítulo 12. O hálito do demônio
Capítulo 13. Nos dentes da morte
Capítulo 14. Ninguém escapa do grandalhão
Capítulo 15. Na trilha do Pequeno Polegar
Capítulo 16. A batalha do Pantanal
Capítulo 17. Morte pantaneira
Capítulo 18. Uma canção morre no mar

Um comentário:

  1. O livro é muito bom!!! Eu adoro os livros do Pedro Bandeira e principalmente dos Karas. Obg por colocar no blog, sem isso eu poderia tirar zero no trabalho. heheheh Muito obg.

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no Google e quiser comentar, utilize a opção Nome/URL e preencha seu nome/apelido/nick; o URL pode deixar em branco.

Boa leitura, E SEM SPOILER!