29 de janeiro de 2018

Capítulo 59

Chaol debateu estrangular a princesa sorridente. Mas ele conseguiu manter as mãos ao seu lado, conseguiu manter o queixo alto apesar do fato de estar vestindo apenas a calça e disse:
— O. Que. Aconteceu.
Uma batalha naval. Aelin contra Maeve. Ele esperou que a espada pendurada caísse. Se ele estivesse atrasado demais...
Hasar ergueu os olhos das unhas.
— Foi um espetáculo, aparentemente. Um exército de feéricos contra uma força humana remendada...
— Hasar, por favor — murmurou Yrene.
A princesa suspirou ao teto.
— Bem. Maeve foi derrotada.
Chaol afundou no sofá.
Aelin – graças aos deuses, Aelin conseguiu encontrar um jeito...
— Embora tenha havido alguns detalhes interessantes. — Então a princesa sacudiu os fatos. Os números. Um terço da armada de Maeve, que trazia bandeiras Whitethorn, se virou e juntou-se à frota de Terrasen. Dorian lutou – manteve a linha de frente com Rowan. Em seguida, um grupo de serpentes aladas apareceu – para lutar por Aelin.
Manon Bico Negro. Chaol estaria disposto a apostar sua vida que de alguma forma, fosse através de Aelin ou Dorian, aquela bruxa lhes fizera um favor, e possivelmente alterara o curso desta guerra.
— A magia, eles dizem, foi impressionante — Hasar continuou. — Gelo e vento e água. — Dorian e Rowan. — Até o boato de uma metamorfa. — Lysandra. — Mas nenhuma escuridão. Ou com o que quer que Maeve lute. E nenhuma chama.
Chaol envolveu os joelhos com os antebraços.
— Embora alguns relatórios afirmem terem avistado chamas e sombras na costa – muito longe. Ondulações de ambos. E ninguém viu Aelin ou a Rainha Sombria na frota.
Era a cara de Aelin, mover a batalha entre ela e Maeve para a costa. Para minimizar baixas, para que ela pudesse liberar todo o seu poder sem hesitação.
— Como falei — continuou Hasar, esfregando as saias de seu vestido — eles foram vitoriosos. Aelin foi vista voltando para seu exército horas depois. Eles estavam navegando para o norte, aparentemente.
Ele murmurou uma oração de agradecimento a Mala. E uma oração de agradecimento a qualquer deus que tivesse cuidado de Dorian também.
— Quaisquer grandes baixas?
— Para seus homens, sim, mas nenhum dos jogadores interessantes — disse Hasar, e Chaol a odiou. — Mas Maeve... estava lá e se foi, nenhum sussurro restou. — Ela franziu a testa para as janelas. — Talvez ela navegue para cá para lamber suas feridas.
Chaol rezou para que não fosse assim. No entanto, se a armada de Maeve ainda estivesse no Mar Estreito quando eles tornassem a atravessar...
— Mas os outros navegam para o norte agora – para onde? — Onde posso encontrar meu rei, meu irmão?
— Eu assumiria Terrasen, agora que Aelin tem seu exército. Ah, exércitos.
Hasar sorriu para ele. Esperando a questão – o pedido.
— Que exércitos? — Chaol se forçou a perguntar.
Hasar deu de ombros, caminhando pela sala.
— Acontece que Aelin reclamou uma dívida. Para os Assassinos Silenciosos do Deserto Vermelho.
Os olhos de Chaol queimaram.
— E para Wendlyn.
Suas mãos começaram a tremer.
— Quantos navios — ele respirou.
— Todos eles — disse Hasar, chegando a porta. — Toda a armada de Wendlyn veio, comandada pela coroa do próprio Príncipe Galan.
Aelin... O sangue de Chaol acendeu, e ele olhou para Yrene. Os olhos dela estavam arregalados, brilhantes. Brilhantes com esperança, esperança preciosa.
— Acontece que — refletiu Hasar, como se fosse um pensamento passageiro — há algumas pessoas que pensam dignamente dela. E que acreditam no que ela está vendendo.
— Que seria? — sussurrou Yrene.
Hasar deu de ombros.
— Suponho que seja o que ela tentou vender para mim, quando me escreveu uma mensagem semanas atrás, pedindo minha ajuda. De uma princesa para outra.
Chaol respirou fundo.
— O que Aelin prometeu a você?
Hasar sorriu para si mesma.

— Um mundo melhor.

4 comentários:

  1. Ai mano, é to é morta com esse livro. Com todos os livros. Meu coração não aguenta essas coisas

    ResponderExcluir
  2. Aelin foi vista voltando para seu exército horas depois. Eles estavam navegando para o norte, aparentemente.

    Não é Aelin. Lembram? É Lysandra.

    ResponderExcluir

Comentários de volta!
Passamos algumas horas sem essa opção, mas estamos à ativa novamente :)

Boa leitura! E SEM SPOILER!