17 de dezembro de 2017

Capítulo 34

No avião de volta para Londres a mulher que estava sentada ao lado deles olhava os dois de forma bem estranha. Eles conversavam baixinho entre si.
— Eu ainda tenho que descobrir isso — disse Fenchurch — e tenho certeza absoluta de que você sabe de alguma coisa que não quer me contar.
Arthur suspirou e apanhou um pedaço de papel.
— Você tem um lápis aí? — perguntou ele. Ela revirou a bolsa e encontrou um.
— O que você está fazendo, querido? — perguntou ela, depois de observar Arthur durante vinte minutos, franzindo a testa, mordiscando o lápis, rabiscando algumas coisas no papel, riscando outras, rabiscando novamente e resmungando irritado.
— Estou tentando me lembrar de um endereço que alguém me deu uma vez.
— A sua vida seria infinitamente mais simples — disse ela -se você comprasse um caderninho de endereços.
Finalmente ele passou o papel para ela.
— Fique com isso — pediu ele.
Ela olhou para o papel. Em meio a todas as anotações e os rabiscos, Arthur escrevera as palavras “Montanhas de Quentulus Quazgar. Sevorbeupstry. Planeta Preliumtarn. Sol Zarss. Setor Galáctico QQ7, Ativo J Gama”.
— E o que é que tem lá?
— Aparentemente — respondeu Arthur — é a Mensagem Final de Deus para a Sua Criação.
— Ah, agora sim a coisa está ficando interessante — disse Fenchurch. — E como é que a gente chega lá?
— Você tem certeza de que...?
— Quero, sim — respondeu Fenchurch, decidida. — Eu preciso saber.
Arthur olhou pela janelinha do avião para o céu aberto lá fora.
— Com licença — disse, de repente, a mulher que estava olhando os dois com uma cara esquisita. — Espero que não me achem grosseira. É que fico tão entediada nesses voos muito longos e é sempre bom conversar com alguém. O meu nome é Enid Kapelsen, eu sou de Boston. E vocês? Voam muito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)