29 de novembro de 2017

Terra dos Sonhos

Edgar Allan Poe

Por uma rota obscura e solitária,
Assombrado apenas por anjos doentes,
Onde um Fantasma, chamado Noite,
Em um trono negro, reina erguido,
Eu alcancei essas terras há tempos,
De uma escuridão completa de Thule
De um clima selvagem e estranho que está, sublime,
Fora do Espaçofora o Tempo.
Vales sem fim e cheias sem limites,
E abismos, cavernas e bosques titãs,
Com formas que nenhum homem pode descobrir
Pois os orvalhos pingam de todos os lados;
Montanhas ruindo cada vez mais
Em mares sem costas;
Mares, que aspiram inquietos,
Ondulando em céus de fogo;
Lagos, que se estendem infinitamente
Suas águas solitáriassolitárias e mortas –
Suas águas paradasparadas e geladas
Com as neves do lírio.
Perto dos lagos que então se espalham
Suas águas solitárias, solitárias e mortas
Suas águas tristes, tristes e frias
Com as neves do lírio caído
Nas montanhasperto do rio,
Murmurando humildemente, murmurando eternamente
Perto dos bosques cinzentosperto do pântano,
Onde o sapo e a salamandra acampam
Perto dos lagos sombrios e piscina
Onde habitam os Espíritos,
Em cada pedaço, o mais maldito
Em cada canto, mais melancolia
Lá o viajante encontra, horrorizado,
Lembranças cobertas do Passado
Formas cobertas que se assustam e suspiram
Ao passarem pelo errante
Formas cobertas de vestes brancas, de amigos que se foram,
Em agonia, para a Terrae para o Céu.
Para o coração, cujos infortúnios são incontáveis
É uma região pacífica e calmante
Para o espírito, que caminha em sombra
Éah, é um Eldorado!
Mas o viajante, atravessando-a,
Não podenão ousaolhar abertamente;
Nunca seus mistérios são expostos
Ao frágil olho humano;
Assim deseja o seu Rei, que proibiu
Que se abrisse a tampa;
E assim a triste Alma que aqui passa
Suporta através de vidros escuros.
Por uma rota escura e solitária
Assombrado apenas por anjos doentes
Onde um Fantasma, chamado Noite,
Em um trono negro, reina erguido,
Voltei para casa há muito tempo
Desta completa escuridão de Thule.

10 comentários:

  1. Ai, pelo Anjo, ainda bem que você postou Ka, não aguentava mais esperar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente, né? Hauhauda boa leitura, Mari!

      Excluir
  2. Eu amo Poe😍😍😍 esse poema me tirou o ar

    ResponderExcluir
  3. karina vc é incrível .

    ResponderExcluir
  4. Edgar Allan Poe sempre arrasando😍😍😍

    ResponderExcluir
  5. Karina te amo sério....
    Tava muito ansiosa pra ler esse livro❤

    ResponderExcluir
  6. Edgar foi um poeta incrível
    Seus poemas são lindos de tirar o fôlego pra quem os entendem
    P.S. estava morrendo de vontade de ler esse livro muito obrigada por postar Karina......
    ASS:kath

    ResponderExcluir
  7. Êêêêêêê 👏👏👏👏👏 passei um tempo louca por esse livro kkkkk fiquei esperando tu postar ❤❤❤

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)