8 de fevereiro de 2017

Epílogo

Seis meses depois

Gilan dobrou o pergaminho e colocou de volta em uma pasta de couro.
Ele olhou para a multidão de rostos, o mar de capas camufladas cinza e verde que o cercava. Havia uma ansiedade sobre todos eles, ele podia ver. A Reunião deste ano estava quase no fim e estava quase na hora de festejar, contar histórias e cantar com o que marcaria o fim da assembleia.
— Isto é apenas sobre todas as nomeações e promoções para este ano — disse ele, e um burburinho de expectativa percorreu os arqueiros reunidos. — Mas antes de chegarmos à festa — ele indicou a longa mesa posta ali perto sob as árvores, carregada com alimentos e bebidas — há mais um item importante.
Outro burburinho percorreu o grupo, que não era tão expectante. Eles soaram como O que há agora?
Ele ergueu as mãos pedindo desculpas.
— Só vai levar alguns minutos — disse ele — então tudo o que vocês terão que fazer é se ocupar em se encher com muita comida.
Uma pequena onda de diversão correu por eles até que todos se acomodaram. Eles sabiam que Gilan não era um daqueles oradores que dizia: “Serei rápido” e então falava por uma hora ou mais.
— E isso tem a ver com a razão pela qual os nossos dois convidados de honra estão aqui conosco hoje — acrescentou, apontando na direção de Cassandra e Horace, sentados à frente do grupo.
Isso causou um rebuliço de interesse. Os arqueiros reunidos estavam imaginando porque a Princesa e o cavaleiro campeão do Reino chegaram mais cedo naquela manhã para o último dia da Reunião Anual dos Arqueiros. Era altamente incomum que pessoas de fora fossem incluídas nas reuniões – mesmo sendo da realeza. Os arqueiros viraram-se para estudar o casal. Cassandra sorriu graciosamente. Horace corou e abaixou a cabeça. Ele ainda não estava acostumado a aparições públicas.
— Como vocês sabem — Gilan continuou — quando a Corporação assume um aprendiz, esse título é dado como cortesia até a conclusão satisfatória dos primeiros doze meses de treinamento. Nesse ponto, a folha de carvalho de bronze é dada ao aprendiz e ele se torna um arqueiro oficial.
Eles concordaram. Todos sabiam disso.
— Mas hoje, temos entre nós uma aprendiza de primeiro ano, que, depois de apenas nove meses de treinamento, já se provou digno do título oficial e da concessão da folha de carvalho de bronze. Ela também é, por coincidência, a nossa primeira recruta feminina e provou que as mulheres são mais do que capazes de servir nossa Corporação e realizar todas as tarefas que se esperam de um arqueiro.
Agora ele conseguiu uma reação. A maioria deles tinha ouvido rumores de que uma menina havia sido recrutada, embora eles não tivessem ideia de quem tinha sido nomeado como seu mentor. Gilan e Halt decidiram que talvez fosse melhor não deixar vazar informações sobre Maddie, caso a experiência não desse certo.
Alguns dos arqueiros sentados na parte de trás da plateia levantaram-se e olharam em volta, na esperança de obter uma visão da primeira mulher arqueira. Mas é claro que Maddie estava sentada com seu capuz puxado para cima e não se distinguia de todas as outras figuras intimidadoras ao seu redor.
— No decorrer dos últimos nove meses, ela passou em todos os testes definidos pelo seu mentor – um juiz extremamente difícil, se é que eu poderia dizer – e introduziu uma nova arma para o Corpo de Arqueiros. Sugiro que vocês peçam a ela para fazer uma demonstração quando o lado oficial das coisas terminar.
— Que será quando? — uma voz lúgubre gritou a partir do meio da multidão e todos riram.
Gilan assentiu com bom humor na direção da pessoa.
— Não muito. Mas continuando, esta recruta não só mostrou sua capacidade de treinamento, mas provou seu valor e sua coragem no campo também. Há seis meses, ela realizou uma missão com Will Tratado – cujo nome vocês podem estar familiarizados – para quebrar um grupo de escravagistas na costa leste e retornar dez crianças sequestradas para suas casas...
Agora mais e mais cabeças se moviam, buscando o paradeiro da nova arqueira.
— E, no processo — Gilan continuou — ela salvou a vida de Will. Algo que feito por muito poucas pessoas no passado — ele acenou com a cabeça em direção a uma figura de cabelos grisalhos na terceira fila. — Halt é um desses, é claro. E os outros dois são os pais da menina... — ele fez uma pausa dramática. Havia muita presunção em Gilan. — E eles são... Princesa Cassandra e Sir Horace, o Cavaleiro da Folha de Carvalho, Guerreiro do Nascer do Sol e Campeão da Princesa.
Agora, os arqueiros estavam todos de pé, entendendo por que Cassandra e Horace estavam presentes, querendo ver essa garota que tinha feito tanto em tão pouco tempo. Alguém nas fileiras de trás começou a bater palmas, em seguida, estavam todos aplaudindo e gritando para Gilan.
— Queremos vê-la!
— Onde ela está?
Gilan sorriu e acenou para Maddie. Ela se levantou, jogou o capuz de sua capa para trás e fez seu caminho para o pódio onde ele estava. Ela ainda mancava um pouco, ele notou. Provavelmente mancaria pelo resto de sua vida.
Quando ela se virou para enfrentar os membros da Corporação, as palmas aumentaram e houve muitos assobios. Ela olhou ao redor do mar de rostos, procurando algum que ela conhecesse. Will, é claro, tinha os dois dedos na boca e emitia um assobio cortante, sorrindo imensamente ao mesmo tempo. Halt estava de pé, acenando e sorrindo ligeiramente. Para Halt, era o equivalente a cornetas e tambores. Lady Pauline também estava presente, uma concessão ao prestígio e posição como uma figura sênior de Halt na Corporação. Ela estava assobiando também, Maddie viu com surpresa.
Quanto à sua mãe e seu pai, eles estavam radiantes com orgulho.
Maddie acenou timidamente para eles e ficou chocada quando sua mãe de repente saltou para seus pés e deu um soco no ar, emitindo um grito que parecia algo como:
— Uhuu! Uhuu! Uhuu!
Horace olhou para sua esposa, um tanto perplexo. Ela sorriu para ele e socou o ar com ainda mais força.
— Uhuu! Uhuu! Uhuu!
— Parabéns, Maddie. Como é a sensação de ser uma pioneira? — Gilan falou baixinho em seu ouvido.
Sentiu-o colocando a corrente sobre a cabeça. Ela pegou o pingente de folha de carvalho de bronze entre o indicador e o polegar, segurando-o para que pudesse vê-lo. Seus olhos se encheram de lágrimas de orgulho.
— E agora vamos comer! — Gilan gritou, e os aplausos redobraram.


Eles festejaram. Eles riram. Fizeram brindes aos membros antigos da Corporação – Liam entre os nomeados. Eles haviam cantado, concluindo com a música tradicional dos arqueiros que fechava com todas as Reuniões – Cabana nas árvores. Maddie uniu-se ao canto, pensando em como era apropriado para a vida de arqueiro, pensando na pequena cabana que tinha compartilhado com Will nos últimos nove meses.
Agora, ela estava em um pequeno círculo de pessoas mais próximas a ela: Cassandra e Horace, Halt e Pauline, Gilan e, claro, Will.
Ela continuou segurando e tocando a pequena folha de carvalho de bronze em volta do pescoço. Gilan e Will entendiam como ela se sentia. Eles tinham compartilhado aquela sensação de incredulidade e alegria quando receberam os seus pingentes, tanto de bronze quanto o de prata.
Horace envolveu sua filha em um abraço de urso.
— Estou orgulhoso de você — ele falou. — Tão, tão orgulhoso.
Houve uma tremor em sua voz e, quando ele a soltou, virou-se para que os outros não o vissem enxugando uma lágrima. Ela lhe deu um tapinha no ombro.
Em seguida, a mãe abraçou-a também. Mas quando ela a soltou, Cassandra puxou um pergaminho enrolado de dentro de sua manga.
— Isto é para você — ela falou e entregou-o a Maddie.
A aprendiza de arqueiro olhou para o pergaminho com curiosidade. Parecia muito oficial, pensou.
— O que é isso?
Cassandra sorriu para ela.
— É a sua reintegração. Oficialmente, você é mais uma vez uma Princesa Real de Araluen. Você merece — acrescentou.
Maddie hesitou, olhando rapidamente para Will. Ele desviou o olhar. Esta era decisão dela e ele não iria influenciá-la.
— Bem, isso é maravilhoso, e sou muito grata. Muito grata, na verdade... Mas... poderia esperar um pouco? — ela perguntou.
Sua mãe olhou para ela, confusa.
— Esperar um pouco? Para quê? Você provou que é digna do título. Você não tem que fazer mais nada. É hora de você voltar para casa.
— Mas... Eu prefiro terminar meu treinamento como arqueira — Maddie deixou escapar.
Halt e Gilan se viraram para esconder seus sorrisos. Cassandra olhou acusadoramente para Will.
— A culpa é sua! — ela gritou para ele. — Eu devia saber! — ela se voltou para Maddie. — Mas isso vai levar mais quatro anos! — ela falou, sua voz aumentando em descrença e angústia.
Maddie assentiu, mordendo o lábio nervosamente.
— Acabará antes de você perceber — ela respondeu. — E eu vou visitá-la com frequência.
Cassandra, por uma das raras vezes em sua vida, ficou sem palavras.
Ela olhou para os rostos em torno do grupo. De repente, teve uma sensação de déjà vu, quando sua memória a levou de volta para um dia, muitos anos atrás. Ela era uma menina, de pé em uma varanda no Castelo Araluen, Horace ao seu lado, enquanto eles observavam Will se afastar com Halt. Ele tinha acabado de escolher a vida como arqueiro, abrindo mão da vida na Corte Real de Araluen. Agora estava a acontecer novamente.
— Eu já estive aqui antes — ela finalmente conseguiu dizer.
Horace balançou a cabeça, sabendo o que ela estava pensando.
— E eu disse-lhe então, os arqueiros são diferentes do resto de nós. Eu estava certo na época. E estou agora.
Cassandra abriu a boca e fechou-a novamente várias vezes.
Finalmente, ela apelou para Horace, cuja força e bom senso a tinham apoiado em muitas ocasiões através de sua vida.
— O que eu devo dizer? — ela perguntou.
Ele sorriu para ela, depois para Maddie.
— Diga sim — ele respondeu-lhe.

29 comentários:

  1. Que livros incrivel!! Adorei!! Não acredito que acabei de terminar esta fabulosa e surpreendente serie!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente perfeito! Serio não ha palavras!

    ResponderExcluir
  3. Será que acabou mesmo?

    ResponderExcluir
  4. Uhuu! Uhuu! Uhuu! Caramba valeu cada momento de espera livro realmente incrível maravilhoso empolgante pena que acabou fazer o que né ? Vou ler de novo porque eu não sou obrigada kkkkk
    Karina maravilhosa te amo!!!!


    ResponderExcluir
  5. Ai vc termina o livro dentro de um shopping cheio de gnt e chora, como se alguem tivesse morrido! Nao morreu, mas eh como se fosse, a dor da perda e do fim! Will e Harry, juntos agora para sempre no meu coracao!

    ResponderExcluir
  6. Vai ter mais livros da série Karina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... o próximo trata-se da juventude de Halt e Crowley, do período em que "reformularam" (esqueci o termo certo ~_~) a Ordem

      Excluir
  7. vc vai postar o livro 13?

    ResponderExcluir
  8. Mas n faz sentido acabar assim!!! Tem que ter mais 💔💔😭😭

    ResponderExcluir
  9. Eu ameeeeei a Série, de verdade...Mas sinceramente, eu esperava mais desse último livro. Achei o inicio incrível com a morte da Alyss e a Ida de Mddie para o corpo dos Arqueiros como aprendiza. Porém esperava no final, bem mais. Tipo, esperava que o Will encontrasse alguém, sabe. Uma outra pessoa, para não ficar sozinho, mesmo tendo a Maddie quando ela acabar o treinamento ele ficará sozinho de novo. Espera uma morte melhor para Jory. E eu achei a parada do estilingue legal, porém ela o usar mais que que o arco não achei digno. (E espero sinceramente que ela não maque pelo resto da vida)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei o livro todo do começo ao fim. E pra fechar com chave de ouro Lucas achei um errinho aqui (E espero sinceramente que ela não maque "MARQUE" pelo resto da vida).kkkkkkkk;D

      Excluir
  10. Chorei!! Amo a Maddie. >< Will nem se fala! Na hora que a Cassandra ofereceu a realeza ao arqueiro, já vi toda a cena, e Maddie a realizou. Adorei esta saga. Adorei a introdução dela nos arqueiros! E a inovações. Só não me conformo com Will tendo quase 40 XP na minha cabeça todas as historias juntas ele chegou as 28 (com a mais nova aprendiz). Sentirei sua falta

    ResponderExcluir
  11. Não sei esse final deixou muito a desejar! Mas amei a seria. Estou a espera do próximo livro!
    Ass: Bina.

    ResponderExcluir
  12. Nossa chorei no capitulo anterior e nesse tbm
    Simplesmente épico .
    Incrível como eles tem historia de vida em plenos quinze anos ,tudo o que eu fiz com quinze anos foi ser reprovada :| vidinha sem emoção essa...

    ResponderExcluir
  13. Chorando muito!!! Amei a série, mas estou triste, acabou!!! Saudades eternas.
    Ass: Milla

    ResponderExcluir
  14. Amei a série. Não acredito q ue realmente acabou. Não acredito que vi Will crescer e envelhecer, vou sentir saudades de todos os personagens. Cada madrugada, cada manhã, cada tarde e cada noite lendo esta série maravilhosa valeram apena. Muito obrigada, Karina, por ter permitido minha leitura ♥♥♥. Me dêem um dia pra sentir a depressão pós livro ( série no caso kkkkkk ). Foi ótimo enquanto durou.
    PS: vai deixar saudades ♡♡
    Ass: Lua

    ResponderExcluir
  15. Eu amei o livro. Mais não iria reler, a morte da Alyss foi muito impactante para mim.
    Ass: Lua

    ResponderExcluir
  16. Isso nao se faz. Esse povo me faz sofre por semanas lendo todos os livros pra chega no final e ele ser insastifatorio. Porra, se era pra fazer isso nao precisava ter matado a Alyss. Eu amei a serie, mas podia ter terminado melhor.
    -Sinead

    ResponderExcluir
  17. Final muito show. Mas ele não podia te acabado sozinho.
    Seria massa se tivesse um próximo livro em que ele achasse uma fonte da juventude ou sei lá fosse amaldiçoado e ficasse mais jovem não so o corpo mais também a mente fazendo a garota ensinar a ele tudo de novo e os dois ficassem juntos...

    ResponderExcluir
  18. Poxa, realmente essa série é muito boa... Particularmente,existem alguns detalhes que não gostei muito, como por exemplo alguns fatos serem muito previsíveis, ou alguns eventos muito improváveis... Mas de modo geral, a história é muito envolvente e faz você se apegar aos personagens ( como o Will, eu queria derrubar uma lágrima por Alyss, mas não consegui). Enfim, recomendaria muito kk"
    By. Rick

    ResponderExcluir
  19. A propósito, queria agradecer à você, Karina, pelo ótimo trabalho, e por proporcionar ao pessoal várias obras excelentes como esta. Abraços...
    By. rick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa agradecer, Rick, fico feliz por poder levar a leitura até vocês, tirá-lo um pouco do Facebook haha

      Excluir
  20. Eu. Não. Acredito. Que. Acabou. Não consigo me conformar! 12 livros... Por que não podia ter um décimo terceiro?

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)