30 de janeiro de 2017

Capítulo 75

Rowan tinha se casado com Aelin antes do amanhecer a apenas dois dias.
Aedion e Lysandra foram as testemunhas que acordaram o capitão de olhos lacrimejantes, que os casou rapidamente e em silêncio e assinou um voto de sigilo.
Tiveram quinze minutos em sua cabine para consumar o matrimônio.
Aedion ainda carregava os documentos formais, o capitão com as duplicatas.
Rowan estivera ajoelhado naquela praia fazia meia hora agora. Silencioso, vagando pelos caminhos de seus pensamentos agitados. Aedion o mantinha de companhia, olhando inexpressivamente o mar.
Rowan sabia.
Parte dele sabia que Aelin era sua companheira. E tinha se afastado daquele conhecimento, uma e outra vez, por respeito a Lyria, por medo do que significaria. Tinha pulado na frente dela na Baía do Crânio sabendo disso, no fundo. Sabendo que os companheiros cientes do vínculo não poderiam suportar prejudicar um ao outro, e que poderia ser a única força a obrigá-la a recuperar o controle de Deanna. E mesmo quando tinha provado que ele estava certo... ele se afastara daquela prova, ainda não pronto, afastando-a de sua mente, mesmo que ele a reivindicasse de todos os modos.
Mas Aelin sabia. Que ele era seu companheiro. E não o afastara, nem exigiu que enfrentasse o fato, porque o amava, e ele sabia que preferiria esculpir seu próprio coração do que lhe causar dor ou angústia.
Sua Coração de Fogo.
Sua igual, sua amiga, sua amante. A esposa dele.
Sua companheira.
Aquela maldita cadela a tinha colocado em um caixão de ferro.
Tinha chicoteado sua companheira tão brutalmente que ele raramente vira sangue derramado como esse. Então a acorrentou. Em seguida, colocou Aelin em um verdadeiro caixão de ferro, ainda sangrando, ainda dolorida.
Para contê-la. Para quebrá-la. Para torturá-la.
Sua Coração de Fogo, trancada na escuridão.
Tinha tentado dizer a ele. Bem antes dos ilkens convergirem.
Tentou dizer-lhe que vomitara suas tripas no navio naquele dia, não porque estava grávida, mas porque tinha percebido que ia morrer. Que o custo de selar o portão, forjando um novo cadeado para isso, seria a sua vida. Sua vida imortal.
Goldryn estava junto dele, seu rubi aquecido ao sol brilhante, Rowan juntou dois punhados de areia e deixou os grãos escorregarem, deixou o vento levá-los para o mar.
Foi tudo tempo emprestado de qualquer maneira.
Aelin não esperava que viessem buscá-la.
Ela, que tinha vindo por eles, que tinha encontrado a todos. Ela tinha arranjado para que tudo caísse no lugar quando ela rendesse sua vida. Quando desistiu de mil anos para salvá-los.
E Rowan sabia que ela acreditava que fariam a escolha certa, a escolha sábia, e permaneceriam aqui. Conduzindo seus exércitos à vitória – os exércitos que ela tinha garantido para eles, supondo que ela não estaria lá para vê-lo.
Ela não pensou que o veria novamente.
Ele não aceitou isso.
Ele não aceitaria isso.
E ele não aceitaria que a encontrara, e ela o encontrara, e eles haviam sobrevivido a tal tristeza, dor e desespero juntos, apenas para serem separados. Ele não aceitaria o destino que lhe fora dado, não aceitaria que a vida dela fosse o preço pedido para salvar este mundo. A vida dela, ou a de Dorian.
Não aceitaria por um segundo.
Passos soaram na areia, e ele sentiu o cheiro de Lorcan antes de se preocupar em olhar. Por meia respiração, ele se debateu matar o macho onde ele estava.
Rowan sabia que hoje – hoje ele venceria. Alguma coisa tinha fraturado em Lorcan, e se Rowan atacasse agora, o outro macho morreria. Lorcan nem sequer se levantaria para uma luta.
O rosto de granito de Lorcan estava duro, mas seus olhos... era agonia ali. E arrependimento.
Os outros fluíam pelas dunas, o grupo de bruxas ficando para trás, e Aedion se levantou.
Todos olharam para Rowan enquanto ele permanecia ajoelhado.
O mar seguia para longe, ondulando sob o claro céu azul.
Ele lançou aquele laço no mundo, lançando-o como uma rede. Procurando com sua magia, sua alma, seu coração rachado. Procurando por ela.
Lute, ele quis dizer, enviando as palavras pelo vínculo – o vínculo de acasalamento, que talvez tivesse se estabelecido no lugar no primeiro momento que eles se tornaram carranam, escondidos sob chama e gelo e esperança de um futuro melhor. Lute com ela. Eu estou indo para você. Mesmo que leve mil anos. Eu vou te encontrar, vou te encontrar, vou te encontrar.
Somente o sal, o vento e a água lhe responderam.
Rowan levantou-se. E lentamente se virou para encará-los.
Mas a atenção deles estava presa nos navios que agora saíam do oeste – do local de batalha. Os navios de seus primos, com o que restou da frota que Ansel de Penhasco dos Arbustos tinha ganhado para eles, e os três navios de Rolfe.
Mas não foram os barcos que o fizeram parar.
Foi o que apareceu na ponta oriental da terra – um barco longo. Aproximou-se num vento fantasma, rápido demais para ser natural.
Rowan preparou-se. A forma do barco não pertencia a nenhuma das frotas reunidas. Mas seu estilo irritava sua memória.
De sua própria frota, Ansel de Penhasco dos Arbustos e Enda voavam sobre as ondas em uma embarcação própria, apontando para a praia.
Rowan e os outros observaram em silêncio enquanto o barco estrangeiro atravessava a espuma e deslizava para a areia.
Assistindo os marinheiros de pele olivácea arrastá-lo até a praia. Um jovem de ombros largos saltou com agilidade, os cabelos escuros ligeiramente ondulados na brisa do mar.
Ele não emitiu um sopro de medo enquanto olhava com gravidade para eles – nem sequer buscou o toque reconfortante da espada fina ao seu lado.
— Onde está Aelin Galathynius? — o estranho perguntou um pouco sem fôlego enquanto os examinava.
E seu sotaque...
— Quem é você?
Mas o jovem estava agora suficientemente perto para que Rowan pudesse ver a cor de seus olhos. Azul-esverdeados – com um núcleo de ouro.
Aedion respirou como em transe:
— Galan.
Galan Ashryver, Príncipe Herdeiro de Wendlyn.
Os olhos do rapaz se arregalaram quando ele viu o príncipe guerreiro.
— Aedion — ele falou roucamente, algo como espanto e tristeza em seu rosto. Mas ele piscou para longe, seguro de si e firme, e perguntou novamente: — Onde ela está?
Nenhum deles respondeu. Aedion exigiu:
— O que você está fazendo aqui?
As tenebrosas sobrancelhas de Galan se aproximaram.
— Pensei que ela o teria informado.
— Informado de quê? — Rowan perguntou em voz baixa.
Galan enfiou a mão no bolso da túnica azul desgastada, puxando uma carta enrugada que parecia ter sido lida cem vezes. Ele entregou a Rowan em silêncio.
O cheiro dela ainda se prendia a ele quando desdobrou o papel, Aedion lendo por cima do ombro.
A carta de Aelin ao príncipe de Wendlyn tinha sido curta. Brutal. As grandes letras estavam espalhadas pela página como se seu temperamento tivesse levado a melhor:

TERRASEN LEMBRA-SE DE EVALIN ASHRYVER.
VOCÊ LEMBRA?
EU LUTEI EM DEFESA NEBULOSA PELO SEU POVO.
RETORNE O MALDITO FAVOR, PELOS DEUSES.

E então coordenadas – para este lugar.
— Só foi para mim — disse Galan suavemente. — Não para meu pai. Somente para mim.
Ao exército que Galan controlava – como um corredor de bloqueio contra Adarlan.
— Rowan — murmurou Lysandra em advertência. Ele seguiu seu olhar.
Não para onde Ansel e Enda chegavam agora à beira do grupo, dando as Treze um amplo espaço enquanto erguiam as sobrancelhas para Galan.
Mas para a pequena companhia de pessoas vestidas de branco que apareceu nas dunas atrás deles, salpicadas na lama e parecendo ter atravessado os pântanos.
E Rowan sabia.
Ele sabia quem eram antes mesmo de chegarem à praia.
Ansel de Penhasco dos Arbustos tinha ficado pálida à vista de suas roupas suadas e fluidas. E, quando o homem alto no centro, baixou o capuz para revelar um rosto moreno de olhos verdes ainda bonitos com a juventude, a rainha dos Desertos sussurrou:
— Ilias.
Ilias, filho do Mestre Mudo dos Assassinos Silenciosos, olhou para Ansel com as costas enrijecidas. Mas Rowan deu um passo em direção ao homem, chamando sua atenção. Os olhos de Ilias se estreitaram em avaliação. E ele, como Galan, os examinou, procurando uma mulher de cabelos dourados que não estiva ali. Seus olhos voltaram para Rowan como se ele o tivesse marcado como o eixo daquele grupo.
Em uma voz rouca por desuso, Ilias perguntou:
— Viemos para cumprir nossa dívida de vida com Celaena Sardothien... com Aelin Galathynius. Onde ela está?
— Você é o sessiz suikast — disse Dorian, balançando a cabeça. — Os Assassinos Silenciosos do Deserto Vermelho.
Ilias assentiu. E olhou para Ansel, que ainda parecia prestes vomitar, antes de dizer a Rowan:
— Parece que minha amiga convocou muitas dívidas além da nossa.
Como se as palavras fossem um sinal, mais figuras vestidas de branco encheram as dunas atrás deles.
Dezenas. Centenas.
Rowan se perguntou se cada assassino da Fortaleza do Deserto viera para honrar sua dívida com a jovem. Uma legião letal por si só.
E Galan...
Rowan virou-se para o príncipe herdeiro de Wendlyn.
— Quantos — ele perguntou. — Quantos você trouxe?
Galan sorriu um pouco e apontou para o horizonte oriental.
Onde as velas brancas se rompiam agora sobre sua borda. Navio após navio após navio, cada um carregando a bandeira cor de cobalto de Wendlyn.
— Diga a Aelin Galathynius que Wendlyn nunca esqueceu Evalin Ashryver — disse Galan a Aedion. — Ou Terrasen.
Aedion caiu de joelhos na areia enquanto a armada de Wendlyn se espalhava diante deles.
Eu juro a você que não importa quão longe eu esteja, não importa o custo, quando você buscar o meu auxílio, eu virei, Aelin dissera ter jurado a Darrow. Cobrar dívidas e promessas antigas. Erguer um exército de assassinos e ladrões, exilados e plebeus. Terminar o que foi iniciado há muito, muito tempo.
E ela tinha. Ela jurara e realizara cada palavra.
Rowan contou os navios que deslizavam pelo horizonte. Contou os navios em sua própria armada. Somando Rolfe – e os micênicos que estavam reunidos no norte.
— Pelos deuses — Dorian respirou enquanto a armada de Wendlyn se espalhava cada vez mais.
Lágrimas escorriam pelo rosto de Aedion enquanto ele soluçava silenciosamente. Onde estão nossos aliados, Aelin? Onde estão nossos exércitos? Ela tinha aceitado a crítica – aceitado, porque ele sabia que ela não queria decepcioná-los caso falhasse. Rowan pôs a mão no ombro de Aedion.
Tudo isso por Terrasen, ela havia dito naquele dia que havia revelado que planejara sua maneira de obter a fortuna de Arobynn. E Rowan sabia que cada passo que ela dera, cada plano e cálculo, cada jogo secreto e desesperado...
Por Terrasen. Por eles. Por um mundo melhor.
Aelin Galathynius tinha levantado um exército não apenas para desafiar Morath... mas para estremecer as estrelas.
Ela sabia que não poderia liderá-lo. Mas ainda se manteria fiel à sua promessa a Darrow: Juro por meu sangue, pelo nome da minha família, que não darei as costas a Terrasen como você deu as costas para mim.
E a última parte... se Chaol Westfall e Nesryn Faliq pudessem reunir forças do continente sul...
Aedion finalmente olhou para ele, olhos arregalados quando chegou à mesma conclusão.
Uma chance. Sua esposa, sua companheira, tinha lhes comprado uma chance de tolo nesta guerra.
E ela não acreditava que iriam por ela.
— Galan?
Rowan continuou imóvel como a morte à voz que flutuava sobre as dunas. À mulher de cabelos dourados que usava a pele de sua amada.
Aedion se levantou, prestes a rosnar, quando Rowan agarrou seu braço.
Quando Lysandra, como Aelin, como ela havia prometido, passou por eles, sorrindo largamente.
Aquele sorriso... foi um soco, um buraco em seu coração. Lysandra ensinara a si mesma o sorriso de Aelin, aquele pedaço de mldade e deleite, afiado com aquela navalha de crueldade.
A atuação de Lysandra, afiada no mesmo inferno que Aelin aprendera, era impecável enquanto conversava com Galan. Enquanto conversava com Ilias, abraçando-o como um amigo há muito perdido e aliado aliviado.
Aedion tremia ao lado dele. Mas o mundo não poderia saber.
Seus aliados, seus inimigos, não poderiam saber que o fogo imortal de Mala tinha sido roubado. Controlado.
Galan disse para aquela que acreditava ser sua prima:
— Para onde agora?
Lysandra olhou para ele, depois para Aedion, nenhum sinal de arrependimento, culpa ou dúvida em seu rosto.
— Vamos para o norte. Para Terrasen.
O estômago de Rowan se transformou em chumbo. Mas Lysandra chamou sua atenção e disse com firmeza:
— Príncipe... preciso que me traga uma coisa antes de se juntar a nós no norte.
Encontre-a, encontre-a, encontre-a, a metamorfa parecia implorar.
Rowan assentiu, sem saber as palavras. Lysandra pegou sua mão, apertou-a uma vez em agradecimento, uma despedida polida, pública, entre uma rainha e seu consorte, e afastou-se.
— Venham — Lysandra disse para Galan e Ilias, indicando-os para onde Ansel, de rosto branco, e Enda esperavam. — Temos assuntos a discutir antes de sairmos.
Então sua pequena companhia ficou sozinha mais uma vez.
As mãos de Aedion cerraram-se e abriram-se ao seu lado enquanto ele olhava para a metamorfa vestindo a pele de Aelin, levando seus aliados pela praia. Para lhes dar privacidade.
Um exército para enfrentar Morath. Para lhes dar uma chance de lutar...
A areia sussurrou atrás dele enquanto Lorcan se aproximou.
— Eu vou com você. Vou ajudar a trazê-la de volta.
Gavriel resmungou:
— Nós vamos encontrá-la.
Aedion por fim desviou o olhar de Lysandra. Mas ele não disse nada a seu pai, não lhe disse nada desde que tinham pousado na praia.
Elide deu um passo mancando mais perto, sua voz tão crua quanto a de Gavriel.
— Juntos. Vamos juntos.
Lorcan deu à Senhora de Perranth um olhar de avaliação que ela fez questão de ignorar. Seus olhos cintilaram quando disse a Rowan:
— Fenrys está com ela. Ele saberá que vamos buscá-la... tentará deixar trilhas se puder.
Se Maeve não o tivesse bloqueado. Mas Fenrys tinha combatido o juramento de sangue todos os dias desde voto. E se ele era tudo o que estava agora entre Cairn e Aelin... Rowan não se deixou pensar em Cairn. Sobre o que Maeve já tinha feito com ele, ou faria com ela antes do fim. Não – Fenrys lutaria contra isso. E Aelin lutaria com ele.
Aelin nunca pararia de lutar.
Rowan encarou Aedion, e o príncipe guerreiro afastou sua atenção de Lysandra tempo suficiente para encontrar seus olhos. Aedion compreendeu o olhar, e pôs uma mão no punho da espada de Orynth.
— Irei para o norte. Com ela. Para supervisionar os exércitos, certificar que está tudo no lugar.
Rowan apertou o antebraço de Aedion.
— As linhas têm que se manter. Ganhe-nos o tempo que puder, irmão.
Aedion agarrou seu antebraço em troca, os olhos brilhando. Rowan sabia o quanto o matava. Mas se o mundo acreditasse que Aelin estava voltando para o norte, então um de seus generais tinha que estar ao seu lado para liderar seus exércitos. E desde que Aedion comandava a lealdade da Devastação...
— Traga-a de volta, Príncipe — Aedion falou, a voz rachando. — Traga-a para casa.
Rowan segurou o olhar de seu irmão e assentiu.
— Nos veremos novamente. Todos vocês.
Não desperdiçou palavras persuadindo o príncipe guerreiro a perdoar a metamorfa. Ele não tinha certeza absoluta do plano de Aelin e Lysandra. Qual seria seu papel nele.
Dorian deu um passo à frente, mas olhou para Manon, que encarava o mar como se pudesse ver para onde Maeve levara seu navio. Usando aquele poder de dissimulação que tinha empunhado para esconder Fenrys e Gavriel na Baía do Crânio – esconder sua armada dos olhos de Eyllwe.
— As bruxas voam para o norte — falou Dorian. — E eu irei com elas. Para ver se posso fazer o que precisa ser feito.
— Fique conosco — Rowan ofereceu. — Encontraremos uma maneira de lidar com as chaves, o cadeado, os deuses... tudo isso.
Dorian sacudiu a cabeça.
— Se você vai atrás de Maeve, as chaves devem ser mantidas longe. Se eu puder ajudar nisso, encontrando a terceira... servirei melhor assim.
— Você provavelmente morrerá — disse Aedion bruscamente. — Nós vamos para o norte para o derramamento de sangue e campos de batalha... você encarará perigos muito piores do que isso. Morath estará esperando.
Rowan lhe lançou um olhar. Mas seu irmão estava além da preocupação. Não, Aedion estava montando na borda afiada e vulnerável agora mesmo, e não seria preciso muito para que a borda se tornasse letal. Especialmente quando Dorian tinha desempenhado seu papel na separação de Aelin de seu grupo.
Dorian voltou a olhar para Manon, que agora sorria levemente para ele. Era um sorriso que suavizava seu rosto, o fazia viver.
— Ele não vai morrer se eu puder impedir — disse a bruxa, e depois examinou todos eles. — Nós viajamos para encontrar as Crochans... para reunir quais forças possam ter.
Um exército de bruxas para combater as legiões de Dentes de Ferro.
Esperança – a esperança preciosa, frágil – agitou o sangue de Rowan.
Manon apenas lançou a cabeça em despedida e rondou o penhasco até seu grupo de bruxas.
Então Rowan assentiu para Dorian. Mas o homem inclinou a cabeça – não o gesto de um amigo para um amigo. Mas de um rei para outro.
Consorte, quis dizer. Ele era apenas o consorte dela.
Mesmo que ela tivesse se casado com ele para que pudesse ter o direito legítimo de salvar Terrasen e reconstruí-la. Para comandar os exércitos que ela tinha dado tudo para reunir por eles.
— Quando terminarmos, me juntarei a você em Terrasen, Aedion — prometeu o rei de Adarlan. — Para que quando você voltar, Rowan... quando os dois voltarem... haja algo pela qual lutar.
Aedion pareceu considerar. Pesar as palavras e a expressão do homem. E então o príncipe general deu um passo adiante e abraçou o rei. Foi rápido e forte, e Dorian se encolheu, mas aquela borda nos olhos opressivos de Aedion tinha sido aliviada um pouco. Silenciosamente, Aedion olhou para Damaris, embainhada na cintura de Dorian. A lâmina do primeiro e maior rei de Adarlan. Aedion parecia pesar a sua presença, quem a carregava. Finalmente, o príncipe general assentiu, mais para si mesmo do que para qualquer um. Dorian ainda inclinou a cabeça em agradecimento.
Quando Aedion se aproximou dos barcos, deliberadamente indo para o outro lado quando Lysandra-Aelin tentou falar com ele, Rowan disse ao rei:
— Você confia nas bruxas?
Um aceno de cabeça.
— Estão deixando duas serpentes aladas para guardar seu navio até a fronteira do continente. De lá, elas se juntarão a nós novamente... e você partirá para onde quer que... aonde quer que precise ir.
Maeve poderia tê-la levado a qualquer lugar, desaparecido aquele navio no meio do mundo.
— Obrigado — Rowan disse a Dorian.
— Não me agradeça. — Um meio sorriso. — Agradeça à Manon.
Se todos eles sobrevivessem a isso, se ele tivesse Aelin de volta, ele o faria.
Abraçou Dorian, desejou bem ao rei, e viu o homem subir o banco de areia para a bruxa de cabelos brancos que esperava por ele.
Lysandra já dava ordens a Galan e Ilias no que dizia respeito ao transporte dos duzentos assassinos silenciosos para os navios de Wendlyn, monitorando Aedion com os braços cruzados. Ansel estava em conversa profunda com Endymion, que não parecia saber o que fazer com a rainha ruiva de sorriso lupino. Ansel, no entanto, parecia já inclinada a levantar o inferno e tomar um bom tempo fazendo isso. Rowan desejou ter mais do que um momento para agradecer a ambos – agradecer a Enda e a cada um de seus primos.
Tudo estava pronto, tudo estava pronto para aquele impulso desesperado para o norte. Como Aelin tinha planejado.
Não haveria descanso, nenhuma espera. Eles não tinham tempo de sobra.
As serpentes aladas se agitaram, batendo as asas. Dorian subiu na sela atrás de Manon e envolveu os braços ao redor da cintura dela. A bruxa disse algo que o fez sorrir. Realmente sorrir.
Dorian levantou a mão em despedida, estremecendo quando Abraxos subiu ao céu.
Dez outras serpentes aladas tomaram o ar atrás deles.
A sorridente bruxa de cabelos dourados – Asterin – e uma esguia de cabelos negros e olhos verdes chamada Briar, esperavam no topo de suas montarias por Gavriel, Lorcan e Elide. Para levá-los ao navio que os levaria à caça através do mar.
Lorcan deu um passo para Elide quando se aproximou da serpente de Asterin, mas ela o ignorou. Nem sequer olhou para o macho enquanto tomava a mão de Asterin e foi puxada para a sela. E embora Lorcan o escondesse bem, Rowan captou o vislumbre da devastação naqueles traços endurecidos pelos séculos.
Gavriel amaldiçoou ao agarrar a cintura da bruxa de cabelos dourados, foi o único som de seu mal-estar quando voaram para o céu. Somente quando todos estavam no ar, Rowan subiu lentamente a colina arenosa, atando a bainha antiga de Goldryn ao cinto de sua adaga enquanto andava.
A camisa manchada de sangue ainda estava ali, ao lado da piscina do sangue dela encharcando a areia. Ele não tinha dúvida de que Cairn a deixara propositadamente.
Rowan se inclinou, pegando a camisa, passando os polegares pelo tecido macio.
O grupo desvaneceu-se no horizonte. Seus companheiros chegaram ao navio, e os outros estavam se preparando para mover o exército que sua companheira havia convocado para eles, empurrando os barcos para as ondas.
Rowan trouxe a camisa para seu rosto e respirou seu cheiro. Sentiu algo se mexer nele – sentiu o vínculo cintilar.
Deixou cair a camisa, deixou o vento carregá-la longe para o mar, longe daquele lugar ensanguentado que cheirava a dor.
Eu vou te encontrar.
Rowan se transformou e subiu alto em um rápido em vento cruel de sua própria criação, o brilho do mar se alastrando à sua direita, os pântanos um emaranhado verde e cinza à esquerda. Acorrentando o vento para ele, rapidamente se aproximando com seus companheiros agora voando pela costa, ele prendeu seu cheiro na memória, prendeu aquele tremor no laço na memória.
Aquele brilho que ele poderia ter jurado que sentia em resposta, como o coração vibrante de uma brasa.
Soltando um grito que fez o mundo tremer, o Príncipe Rowan Whitethorn Galathynius, Consorte da Rainha de Terrasen, começou a busca para encontrar sua esposa.

107 comentários:

  1. Realmente jamais esperei ter tanto ódio de uma escritora e ama-lá ao mesmo tempo.Essa trama toda, tudo que ela, que Aelin, fez, foi tudo miraculosamente planejado para manter todos que ela ama em primeiro lugar, para salvar seu reino, e as pessoas nele, e ainda sim eu odeio a escritora por simplesmente fazer com que tudo isso faça sentido, faça com que aceitemos que ela tem um destino pela frente e a odeio por nos fazer esperar por mais um ou dois anos para que vejamos o fim da história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou me sentindo exatamente igual à você!!!!!

      Excluir
  2. Jesus, que quer foi isso. Amei o livro todo. Menos o sofrimento de Aelin. Obrigado por posta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu to em choque com tudo isso. Tudo muito bem pensando, as peças todas se encaixando. Eu tô impressionada e realmente me sinto desolada. Desolada por Aelin e seu povo é ter que esperar pela continuaçao. Essa série é muito boa, e eu admiro essa escritora.

      Excluir
  3. NÃOOOOOOOOOOOOOOOO!!! F*da-se tudo, deuses malditos, eu não li o livro em um dia para terminar chorando e sem uma continuação, eu não li seis livros para as coisas acabarem desse jeito!!! Vou entrar na droga do livro e matar Maeve, Erawan e cada um daqueles deuses desgraçados... Se Aelin morrer no fim, deuses malditos, sou eu quem vai queimar a porcaria do mundo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mano...me descreveu agora, mano to pirando...me chama, nos juntamos e queimaremos essa bagaça todinha!!!

      Excluir
    2. Não vai fazer tudo sozinha,alguém vai ter que te ajudar
      E no caso vai ser eu,fiz até listinha de quem matar primeiro
      O que acha de começarmos com Aquela Rainha Cadela?

      Excluir
    3. Louco
      Curuis ....

      Excluir
    4. 4 intao sibora queimar a bagaça a duvida c queima a escritora ou n 😕

      Excluir
    5. Eu não quero queimar o mundo não, quero queimar a autora!chicotear, chicotear, chicotear até as costas dela ficarem iguais a da Aelin e depois amarrar ela num tronco no centro de uma fogueira e só então ver queimar! Sim esta é meu nível de ódio, por ela ter feito isso com a Aelin e por ela terminar o livro assim. Morte a vc Sarah!!! Sua Cadela!!!!!!!!
      ~Yasmin

      Excluir
    6. Mas meu senhor cristinho!! Quanto ódio no coração minhs gente. Mata a autora não eu ainda quero ler o livro dela sobre a Catwoman.

      Excluir
  4. Estou dececionado! Realmente preferia ela com o Chaol, porém devo admitir que a história é Boa. Ainda assim, não superei o que a autora fez com os dois. Meu favorito é e sempre será o segundo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara concordo com você preferia ela com o Chaol choremosssss
      _ Jhady

      Excluir
    2. Que Mala queime todos que queiram Aelin com o chato do Chaol. EoS melhor livro de longe

      Excluir
    3. Falando no Chaol,cadê ele?!

      Excluir
    4. Gente a coisa mais chata das pessoas leitoras é esse apego ao shipp. Queria ver se estivessem lendo GOT ou vendo TWD.

      Excluir
    5. #TeamChaol <3 É bom ver q n sou a unica q não conseguiu engolir o fim deles

      Excluir
    6. Foi tão legal ver o chaol deixando de ser hostil e depois querer ela mesmo com tanta diferença entre si e chega o final da nisso... ESPERO UM PLOT TWIST porque o personagem só decaiu

      Excluir
    7. Chaol virou um chato, e mesmo quando era legal nunca chegou aos pés do Rowan.

      Excluir
  5. Livroo muuuito bom e ruim ao mesmo tempo, odiei o que fizeram com Aelin. Chorei e nn foi pouco. Geeente, e agora ?????? Li o livro mt rápido, e já estou sofrendo😭 amei demais. Mais um ano pra ler o outro

    ResponderExcluir
  6. OMG q livro e esse a cd pagina sempre surpreendendo cada vez mais

    ResponderExcluir
  7. Aelin prepa tudo tão bem... E ela poupou tantas vidas...Que agora todos tem que pagar a dívida!
    Só eu mesma para fazer piada 😂😂😂
    Vaeve sua vaca 😂

    ResponderExcluir
  8. cara essa escritora quer me matar de ansiedade... aquela doida pranejou tudo ... eu quero que maeve queime no fogo do imferno de aelin... Cara esse livro acaabou comigo nao sei se vou conseguir esperar pelo proximo vou morrer de ansiedade

    ResponderExcluir
  9. PS 1: Eu tinha prometido a mim mesma que ia esperar o livro fisico, mas estava tão ansiosa que não aguentei. (Valeu Karina!) Ainda assim vou comprar depois pq eu preciso pega-lo, senti-lo, cheira-lo e reler de novo, de novo (seu blog é top, mas cheiro de livro novo... Até arrepia)
    PS 2: Eu amo e odeio a Sarah como ela pode? Como ela consegue? E agora a pior tortura do leitor... A Espera! :/

    ResponderExcluir
  10. Kkkkkkkkkkkkkk gostei dos comentários!!
    Entaooooooo... eu amo esse capítulo, é tão emocionante quando você percebe o quanto a Aelin é foda! Eu amo essa mulher. Massssssss ela está com nossa rainha odiada, não é mesmo?
    E que final bom! Meu Deus, quero muito o próximo livro confesso que estou com um pouco de medo de COMO eles vão encontrar a Aelin. Ó vou explicar aqui o que eu acho, penso que eles vão SIM encontrar Aelin (acho que vcs tbm sabem disso até pq n teria graça se n encontrassem), porém acho que Maeve vai ter feito algo muito ruim com ela (obviamente), não sei se vamos encontrar ela traumatizada ou não. Também penso neles encontrando ela sem memória, não sei pq pensei nisso mas imagina A MERDA. Pfvr que não seja assim. Sarah J Mass a senhora já pode publicar o próximo livro pra eu tirar a dúvida!
    Beijo amores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se conseguirem colocar o colar de pedra preta no pescoço dela? e se maéve se aliar com aquele demônio?. Provavelmente vai ser muito torturada, ela não suporta o escuro, e esta trancada em um caixão de ferro isso vai enfraquecer ela. kkkk vou pirar até 2018(se ja não sou pirada)...

      Excluir
  11. Isso sim é uma RAINHA. A melhor rainha que eu ja vi em livros ou filmes, não gostei nem um pouco do fato dela ter sido levada por aquela bruxa maldita ta Maeve, e nem do fato de que pra salvar o mundo no final ela terá que morrer, mas espero que encontrem um outro jeito de fazer isso sem que ela morra, o que acho difícil. Fiquei tão orgulhasa dela no final, ojeito como ela planejou tudo, conseguio exercitos para lutarem por Terrasen, ela sabia que no final provavelmente não teria a chance de contemplar todos os seus feitos, mas ficou agradecida por ter sido feliz antes de tudo isso.
    P.S: ODEIO esses Deuses.

    ResponderExcluir
  12. Bom que esse povo todo chegou aí bem a tempo né....

    DE NÃO FAZER PORRA NENHUMA NÉ...😠😠😠😠😠

    Custava ter chegado um tikinho mais cedo não????? affffsss










    Bom, mas como é o último capítulo, vou fazer uma breve crítica desse livro que é... F.A.N.T.Á.S.T.I.C.O (*-*)
    Personagens extremamente carismáticos e envolventes, TODOS eles...
    Enredo incrível, de explodir o cérebro e o coração de nós (reles mortais)...fazendo a gente rir, chorar, se emocionar, vibrar, torcer...enfim, viver a história.
    Confesso que não gostei muito do último livro dessa saga, mas esse foi sensacional... To ansiosa pra saber o desfecho dessa história!!!

    Obrigada Karina por postar e por todo o trabalho que vc e sua equipe deve ter, valeu mesmo!!!
    Vou comprar a saga, é claro, pra valorizar o trabalho da autora que é maravilhosa e pra ter esses livrinhos lindos guardados na minha estante *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! É, dá um trabalhinho, mas nada de mais. Isso mesmo, compre os livros sempre que puder!
      E concordo... Se eles tivessem chegado um pouco antes... T.T provavelmente não poderiam fazer muita coisa contra uma Maeve e sua guarda completamente descansada, mas doeu. De qualquer maneira, foi impressionante eles vencerem da frota da rainha feérica. Adorei o que Rowan fez.
      E sério que não gostou de Rainha das Sombras? É o meu favorito, seguido desse e de Herdeira do Fogo.
      Bom, o jeito é esperar agora. Tomara que a espera não seja muito longa!

      Excluir
    2. Eu sempre leio por aqui porque geralmente sai mais rápido e nem sempre posso comprar o livro logo que lança, mas acabo comprando de qualquer forma, porque Ô SAGA MARAVILHOSA, JESUISE! E os livros ficam lindos na estante, com as lombadas brancas divinas, amoooo. E n sei vcs mas sempre tenho que reler pq leio os livros tão rápido que acabo deixando passar algumas coisas...

      Excluir
    3. Velho se eu fosse a Sarah teria escrito que tipo eles chegavam mais cedo e lutavam pra resgatar Aelin ja presa no caixão mas sem ter sido levada ainda e ela conseguirá sair e via que eles tinham machucado Rowan e descobria um novo poço de poder e destruia todo mundo queimando a Maeve (vaca) e o Cainr.

      Excluir
  13. Eu nao sei o que falar agora. Eu to destruída com esse final. Mas Fenrys tá com ela e ele é inteligente pakas e vai levar a cavalaria pra ela. Eu to acabada, são 4:20 da manhã e eu to chorando aqui!
    CADÊ A CONTINUAÇÃO PRA SALVAR A MINHA VIDA!!!????

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho uma teoria bem louca q espero q esteja certa: Elena disse q quando criança Aelin já tinha poder para criar o cadeado e falaram sobre esse tal de Estabelecimento q disseram q muitos perdem o controle dos seus poderes ou ficam sem poder usa-lo até se acostumar com o novo corpo (WTF? Foi o q eu compreendi), e se Elena salvou Aelin não apenas para dar a ela uma chance, mas porque com tanto poder ela pode criar o cadeado sem acabar se matando... A Maeve (vadia desgraçada q vai queimar no inferno de fogo das sombras) disse q a linha de Mab é verdadeira e tal e sla quem pensou q faltava muito pró poder da Aelin se estabilizar, já passou pela cabeça de vocês q talvez o poder de Mab na Aelin vai permitir que ela se cure de criar o cadeado e sobreviver??? O poder dela cresceu pra caramba, mas é o poder sobre a água e cura? Provavelmente vai crescer tbm e isso vai ser uma vantagem...
    Essa é minha teoria pq eu não posso suportar a ideia de Aelin prisioneira de Maeve e ser liberta só pra morrer no fim... Eu não consigo nem pensar nela no caixão de ferro sem morrer por dentro... Quero matar a autora por isso mas não posso se não não tem novo livro...
    E será que Aelin pode convocar fogo lunar como Deanna e destruir todo aquele ferro???
    Tantas perguntas...

    ResponderExcluir
  15. Eu não sei como a Tia Sarah consegue fazer isso, Trono de Vidro e A Corte são maravilhosos, eu estava tão ansiosa pra EOS que agora não se compara a minha urgência do ultimo livro, não to preparada pra abandonar essa historia que virou uma das minha favoritas, mas preciso saber o fim :/

    Karina muito obrigada por posta aqui e não me fazer esperar ate poder comprar o livro! Sou muito grata ❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Munique, imagina! Também amo esses livros, é um prazer compartilhá-los com vocês.
      E ouvi dizer que depois de Trono de Vidro Sarah pretende continuar escrevendo sobre esse universo. Contando sobre Chaol, agora. Não gostei muito da escolha do personagem, né, mas...

      Excluir
    2. Também não gostei da escolha, queria um livro sobre o Rowan e o esquadrão, mas fazer oq né =/

      Excluir
  16. Cara, eu não tenho palavras para descrever essa história. Eu senti todo o sofrimento da Aelin e mano... estou destruída psicologicamente. Não sei de onde essa autora tira tanta criatividade para acabar com as pessoas assim, (kkkkkk) mas eu a amo de todo o coração!

    ResponderExcluir
  17. Perfeito até agora a MELHOR saga q li tem tudo q gosto.infartando até o próximo livro. Chorei horrores to seca. :-)

    ResponderExcluir
  18. chorando rios de lagrimas!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  19. EU NÃO ACREDITO QUE JÁ ACABOUUUU!!!!
    DPL 0.o

    ResponderExcluir
  20. Eu to é morta
    Por mim cada livro poderia ter uns 200 capítulos
    Não sei se estou preparada para o último livro. Mas vou ter uns meses para me preparar emocionalmente
    Mas tenho medo do final, não parece que vai ser muito alegre

    ResponderExcluir
  21. Mais um ano!!! N sei se vou aguentar 😥

    ResponderExcluir
  22. Vontade d comprar o livro em ingreis e bota tudo no tradutor
    1 ano até o próximo 😭😭😭😵

    ResponderExcluir
  23. Esse é um daqueles livros q são mastigados e engolidos totalmete. Mesmo depois de terminar ainda estou completamente presa nele e de coração partido. Karina, muito obrigada por postar esse livro maravilhoso. Nem imagino o trabalho que deve ter dado, mas de leitora pra leitora, muito obrigada ❤ (Nem acredito q só tem mais um livro e eu vou ter que esperar 1 ano todo pra ver o rumo de tudo. T-T Aja coração.)

    ResponderExcluir
  24. Tô desidratada mano,não consigo parar d chorar, e eu choro ainda mais quando lembro q o próximo livro só sai em 2018...COMO VOU SOBREVIVER ATÉ LÁ???? :'( cara a Aelin pode ter o defeito q for, mas ela sempre irá colocar a vida dos outros primeiro lugar, ela aceitou o destino dela sem reclamar (aceitou melhor do q eu, pq eu NÃO ME CONFORMO), ela sim é uma verdadeira rainha, ESSA MULHER É FODASTICAMENTE FODA e ela conseguiu o exército, bem q eles poderiam ter chegado um pouquinho mais cedo...TRONO DE VIDRO É A MELHOR SÉRIE QUE EU JÁ LI NA VIDA E A AELIN É A PERSONAGEM MAIS FODA DE TODO O MUNDO LITERÁRIO <33333333

    ResponderExcluir
  25. Agora meu core para de vez! Esperar tanto pra ler o final dessa história!

    Flavia

    ResponderExcluir
  26. c vc for ver ela tem tudo pra c soltar ela tem as marcas de wyrd pra abrir com sangue

    ResponderExcluir
  27. Não poderia deixar de comentar também: A história realmente é fascinante, e pena que o último livro vai demorar pra chegar. Mas a história está perfeita, pra ficar um pouquinho melhor deveria ter tido algum capítulo sobre o Chaol, dele se tratando. Ele e a Celaena (Aelin) ñ têm nada em comunhão, então ñ tem como imaginar ainda os dois juntos. Acredito também que a Aelin irá ainda descobrir mais poder, e também acho que acontecerá algo que a deixará meio diferente quando o Rowan encontrá-la. Se não, não teria graça. Mas bora lá amigos, a vida continua, vamos fazer as apostas e torcer para que o último livro possa ser surpreendente maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também esperava que tivesse Chaol aqui, mesmo não gostando tanto dele. (E a tal notícia de que vai sair série dele? Vamos ver o que vem pela frente...). Mas imagino que isso foi proposital, Elaine. Ele estava bastante debilitado da última vez que o vimos. No próximo livros, com certeza estará bem melhor, pra não ficar cansativo mostrando todo o processo de cura dele. Bem, é o que imagino :P

      Excluir
    2. Oi Karina, então, não gostei muito dessa notícia, o Chaol é meio sem sal, sem açúcar, sem pimenta .. rsrsrsr. Agora se fosse sobre o Rowan ou algo sobre a Manon e o Dorian, enfim, vou torcer para o que você falou sobre o Chaol, que ele possa nos surpreender, e se redimir de todas as vezes em que ele foi cético e do contra. Grande abraço, obrigada por nos proporcionar essas leituras fantásticas.

      Excluir
  28. então... sobre este livro... até um ponto era pegação, agora tá depressão.
    E o volume 6, último... CARALHO n vou aguentar! Este livro(5) nem lançou no br e já tô me matando pelo próximo!
    Mas, hein, keFOOODAAAA!
    no sexto livro o exército vai ser: wendlyn(seja lá como escreve), gangue do deserto, gangue dos assassinos do deserto, já tem dentes de ferro, agora vai ter crorchans(seja lá como escreve) e espero, a gangue inteira das bruxas, feéricos família do Rowan, a gangue do Rolfe ela já tem, e se der certo a gangue do sul que chaol vai trazer(pq ele vai trazer. sarinha não o fará voltar de mãos vazias né?).
    EFE, O, DE, A, FODA!

    ResponderExcluir
  29. Amor incondicional por essa série só o que posso dizer ansiosa pelo final obrigado Karina por dos deleitar com esses livros .

    ResponderExcluir
  30. Nao acredito que li desesperadamente esse livro pra o final terminar assim. 😑 alguem me Mate !!(mentira, mata nao 😅) MERDAAA!! Vamos ter que esperar mais um ano pra saber o que vai acontecer. 😭😭😭

    ResponderExcluir
  31. Chocada com esse desfecho mas acho q aquela marca q Elena ativou vai ser fundamental na recuperação das forças e fogo de Aelin e so faltou a moça não lembro o nome q ela deu dinheiro pra ela aprender magia da cura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquela marca é a Marca do Bastardo, do Sem Nome, do Inominável... "Inominável é o meu preço"... Acho q o q vai salvar ela mesmo é a magia de água que ela tem...
      Em uma entrevista do lançamento de Rainha das Sombras a SJM disse q é possível q a Yrene (a Curandeira q vc citou) cure o Chaol e venha lutar por Aelin com um exército de Antica... Espero que aconteça msm...

      Excluir
  32. Quando o próximo livro?

    ResponderExcluir
  33. Não aguentei ler o 73. Pulei pra cá. Mas as notícias não foram boas.

    ResponderExcluir
  34. só vou ler mesmo ate antes do final kkkkkkkkk e esperar para ler o final no final do ano.

    ResponderExcluir
  35. Ai Meu Deus!!!! Amo essa serie, não vou aguentar esperar um ano para a continuação.....
    E que não mate a Aelin, ela tem que acabar com o Rowan, adoro quando ele chama ela de " Seu CORAÇÃO DE FOGO" AMO DE PAIXAO.....
    Essa serie é a melhor que eu já li!!!

    ResponderExcluir
  36. Eu sabia. Sabia, quando abri o primeiro capítulo, talvez até antes, nas inúmeras vezes que ouvi falar dessa série. Sabia que seria uma dessas em que teria dor, sofrimento, morte sem dó... Só não imaginei que tudo seria tão foda. Esses autores, que têm a capacidade de escrever esse tipo de história... não sei se os amo ou odeio.
    Mas sério. Aelin é uma das heroínas mais incríveis que já vi/li. Ela é simplesmente fodástica. Aliás, todos nesse livro são. Todos os sacrifícios, as traições... coisa de gênio.
    Mas, apesar da dor, apesar de sentir meu coração se quebrar com mais uma série dessas... não me arrependo de ter começado a ler, nem de ter devorado.
    Uma das melhores séries da vida.
    Obrigada por postar, Karina. Você é outra heroína fodástica HAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  37. depois de todo esse tempo ainda estou chorando com esse final.

    ResponderExcluir
  38. Apaixonada, essa palavra resume meu sentimento por essa série... Desde o primeiro livro eu vibrei em cada página. Fiquei com raiva da Celaena quando foi para Doranelle e largou Chaou, Fiquei com mais raiva de Chaou quando ele se envolveu com Faliq, torcia pelos dois, mas vendo ela com o Rowan... Não tem como dizer que os dois não são simplesmente PERFEITOS um para o outro. Todo o envolvimento dos dois, e a entrega a causa, que os dois tem se encaixam...
    Terminei o livro anterior e comecei este odiando o Lorcan, mas todo o cuidado com Elide, me fez querer dar três tapas na cara dela por rejeita-lo no final, sendo que se ele não fez mais foi por estar preso aquele maldito juramento de sangue!
    E ainda não consegui achar uma forma para Aelin e Dorian permanecerem Vivos e ainda assim um deles forjar o cadeado, mas tenho certeza que irão conseguir.
    E não tenho noção de como vou conter minha ansiedade até o próximo livro!!!!!! COMO PODE????? SOMENTE EM 2018!?!?!?!?!? TA CERTO ISSO PRODUÇÃO????? SERÁ QUE SE FIZERMOS UM ABAIXO ASSINADO ELA LIBERA METADE (pelo menos) DEPOIS DO MEIO DESTE ANO (mesmo em inglês), KKKKKK...
    Karina obrigada por postar este livro!!!! AMEI!!!!!!
    E você sabe para qual mês do ano que vem esta previsto o próximo???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Deborah, acho a rejeição de Elide justa. Lorcan chamou Maeve porque quis... Ele viu a frota e entrou em pânico, chamou a rainha pra defender Elide. E com isso acabou condenando Aelin. Eles poderiam ter um pouco mais de tempo juntos...

      E não, sem chance de lançar antes. Ela adiou pq vai lançar o primeiro livro da nova série - sobre o Chaol.
      Acredito que o último livro chegue aqui lá pra maio/junho

      Excluir
    2. Sim ele chamou por que quis... A ideia foi péssima, mas a intenção foi boa... a intenção dele foi proteger ela... Ele só foi burro demais...

      Excluir
    3. Acho que foi o fato dele rastejar para a Maeve foi a gota d'água para a Elide

      Excluir
  39. Agora é ficar na agonia da espera, Aelin juntou uma grande força, sem contar com Chaol, AFF é muita sofrencia e ao mesmo tempo muita emoção para tentar vislumbrar o que a Sara vai escrever
    Vontade louca de pendurar essa Deusa de m...pelos pés e deixar os urubus comer ela.

    ResponderExcluir
  40. Mortaaaaa......
    Ansiosa para ler o próximo!!!
    Esperar um ano... Não aguento!!!📚🗡❄👑🔥🛡⚒😍❤

    ResponderExcluir
  41. Gnnnnnt q livro! Todos os capítulos tão simplesmente mt bons. Não tm parte chata nesse livro, não consigo lembrar d nm um único parágrafo. E o jeito cmo a autora consegue surpreender o leitor a cada capítulo? Cm crtz esse livro é o mais emocionante da série, e isso é mt coisa! Espero q o próximo esteja tão top qnto ou até melhor, e q a autora continue fzndo a espera valer a pena!
    Esse livro devia vir cm um alerta d Fim Altamente Chorante
    ♡♥♡

    ResponderExcluir
  42. Ai meu coração!!! Gente que dó da Aelin,que ódio dessa Maeve !
    E apesar das burradas , gosto do Lorcan e, se a escritora abreviar a vida dele como fez com a Sorcha (até hj não superei) vou ficar p da vida com ela kkkkkkkkk by Naiane

    ResponderExcluir
  43. COMO EU AMO ESSE LIVROOOOOOOOO
    😢😢😢😢😢😢😢😢

    ResponderExcluir
  44. AMEIIIIII O LIVRO ,mas eu vou matar esses deuses ,Maeve, erawañ, cain ,e todos esses idiotas ,mano ñ sei como lidar com esse final,tá literalmente acabando comigo
    E o pior é que agora é só ano que vem 😢😢😢😢😢
    E a mesma coisa combro ACOTAR e ainda tem boatos de um crossover TIA SARAH você está acabando com meu emocional
    Aelin você não pode morrer você é a personagem mas foda de todas amo você demais ,da uma jeito de acabar com todos eles e rápido a espera e uma tortura

    ResponderExcluir
  45. Poxa, administradora! Meu comentário foi apagado?

    ResponderExcluir
  46. Só sei chorar e sentir muita raiva 😭😭😭😭😭😭😭

    ResponderExcluir
  47. Caralho.. acabou ��

    Aelin vai fingir se aliar a Maeve, vcs vão ver.

    Ficaremos putos, mas ela é cheia dos truques. Na hora H, ela vai por a porra toda abaixo.

    De verdade, tenho certeza que ela está grávida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliar-se como? Maeve não está procurando uma aliança. Ela só quer torturá-la. Prendê-la, mantê-la afastada do mundo

      Excluir
    2. Se ela tiver grávida, perdeu naquelas chicotadas e o Rowan sentiu o cheiro dela várias vezes pra confirmar. Maeve não a quer aliada, e vai saber que tudo e falsidade e vai pedir um juramento de sangue caso Aelin tente fingir

      Excluir
  48. amei o livro todo
    menos o sofrimento da aelin :'(
    DOIDO AGORA SO TEM 2018 ... TOMARA Q CHEGUE LOGO !!!!!

    ResponderExcluir
  49. essa e a 6 vez leio essa saga.e não importa quantas vezes eu lei continua incrivelmente maneiramente espetacularmente fodastica!!!!!!!(:.KARINA EU TE ADORO SUA LINDA!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  50. Corrigindo:
    Me incomoda o final (desse livro) que a Sarah deu pro Lorcan e pra Elide. Deu um jeito de denegrir ele na visão da Elide em função do trauma que o fim do laço com a Maeve causou nele.
    Gente, ele fez coisas detestáveis, mas foi por amor à ela. Será que não percebeu?
    E o fato de "rastejar", de ficar impune frente ao que a Maeve estava fazendo pra Aelin foi em função do laço e da quebra dele.

    Lorcan <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é verdade, ele conseguiu resistir ao laços de sangue, bem conveniente ele se não conseguir depois e falar que tudo foi a amor aquela vadia da Maeve. Deu a entender que até a Elide foi um dos planos para alcançar Aelin e entrega-la a Maeve. Preferia que Rowen tivesse o matado mesmo

      Excluir
  51. Céus, o livro é tão bem escrito, tudo acaba se interligando.
    Desejo profundamente que eles encontrem um contorno para a professia do cadeado.
    Eu to apostanto tudo naquela gota d'água que ela possui se salvar.
    Ansiosíssima para o próximo, e que o Chaol e aquela moça lá apareça com um exercício gigantesco e juntem forças pra acabar com a raça dos valg e aikens ds Erawen e todos que ousar desafiar Aelin-Lysandra, pegar a chave e fimalmente ficar tudo bem

    ResponderExcluir
  52. Uma palavra pra descrever esse livro: FODA!
    A escritora definitivamente entrou para meu seleto top 5 de favoritos. A única coisa ruim que fica depois de um livro incrível desses, é a depressão pós-livro e a longa e ansiosa espera de mais de um ano para ler o próximo. Assim meu pobre coração leitor não aguenta. T_T

    ResponderExcluir
  53. Amo essa série, a autora me ganhou na primeira frase do primeiro livro. E o que eu aprendi é que a protagonista que ela criou não faz nada por acaso,e isso ficou muito bem claro no final desse livro e tenho para mim que se ela já sabia que a Rainha Piranha da Maeve estava vindo atrás dela alguma coisa tem... É sou uma suposição mas a Aelin só vai ser feliz quando ela destrunir os inimigos dela e a Maeve é um deles,e nunca a deixaria em paz se no final do sexto livro essa COISA ainda estivesse viva. Então minha teoria é que ela se deixou levar para destruir a "tia amada" e algo mais como por exemplo pegar o máximo de guerreiros feéricos que ela conseguisse para lutar contra o Rei do mal Erawan( ou Seja lá o que for) e nesse livro ela mostrou um certo interesse nas propriedades do Novo Rei Maravilhoso Rowan... 😂😂😂😂 Sou muito doida e criou muitas hipóteses. 😂😂😂😂😂😂😂😂 # VAMOS SACUDIR AS ESTRELAS ❤❤😌#QUE VENHA 2018 # QUE A MAEVE PAGUE POR TUDO... E por último mas não menos importante #QUE TODOS OS MEUS SHIPPIS DE CERTO😍😍😍☺😂😂

    ResponderExcluir
  54. Muito bom! Que "saga" ótima para ler. Gostei muito dos personagens, que por sinal são todos bem escritos e aprofundados..nada de superficial. E a trama? Ótima! Apesar de todo o sofrimento para nós leitores hahaha.


    Particularmente? Super gosto da história de superação, tanto física quanto emocional de cada personagem.

    Tenho só uma ressalva, essa é beem particular, só eu que não consigo gostar muito da Manon e do Dorian juntos? Eles dois são lindos, inteligentes e poderosos, tem uma química mais selvagem. Porém não consigo desgrudar o pensamento de que eles são fogo de palha...São "incompatíveis" e estão buscando algo momentâneo um no outro por ser fácil? Ainda não decidi se isso é trauma do meu coração em querer gostar deles e der repente...Puff eles sumirem hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, gosto de Manon e Dorian. Mas sei que é só pegação. Eles não se amam, não estão apaixonados nem nada. É só desejo.

      Excluir
    2. Elaine Mantovani21 de maio de 2017 18:33

      Eu acredito que é mais do que pegação ... A Manon ñ está acostumada com demonstraçôes de sentimentos, então a ficha dela vai demorar pra cair. Já o Dorian, ele ainda sofre pela Sorcha, então ele vai fazer de tudo pra lutar contra novos sentimentos .... Enfim, meu lado romântico está aflorado, kkkk, quero todo mundo junto.
      Quem sabe autora nos presenteia com novos casais, tipo o Fenrys com alguma bruxa ?? Eu gosto dele, e aparentemente ele aparecerá um pouco mais no próximo livro já que o mesmo por enquanto é a única salvação da Aelin.
      Ñ consigo parar de escrever ... Torço para que a Elide tenha algum poder, porque ela ainda está muito chorona, precisa lutar agora. E acho que será uma junção de poderes de todos para fazer o novo cadeado para acabar com o Erawan.

      Excluir
    3. Eu estou esperando q Elide tenha algum poder e participação também, pq fora isso vai ser só mais um peso novamente.
      Achei nada a ver ela ir junto com os machos pra resgatar Aelin, até pq assim ela só vai atrasar e atrapalhar eles.. Fora o fato que a Manon não discutiu sobre a decisão da Elide ir, o que ficou esquisito.

      Excluir
    4. Não é? Elide ficaria tão melhor rem Terrasen, finalmente em casa. Ela é uma lady, e superinteligente. Poderia ajudar nos esforços de lá. É óbvio que ela foi junto sópra fazer as pazes com Lorcan... E como a única mulher no grupo, é provável que ajude Aelin quando eles a resgatarem... Talvez nossa rainha esteja mal, e precise de alguém para auxiliá-la, de cuidados

      Excluir
  55. Isso sim é tortura, o livro acabar assim e nós sermos obrigados a esperar 1 ou 3 anos pelo próximo (e último).

    Só espero MUITO que a Aelin no final não morra, e tenha seu final feliz com Rowan, a Rainha já sofreu demais pra ter que morrer ainda no final

    ResponderExcluir
  56. Quando eu encontrar com a Rainha Cadela Cuspidora de Histórias-Sarah J. Maas, vou fazer ela me dá um autógrafo tatuato nas minhas costas... ❤

    ResponderExcluir
  57. LÓGICA! Esse livro tem uma das melhores lógicas literárias que eu já vi! E olha que eu sou leitura compulsiva kk
    Eu sempre gostei de livros de guerra mas eles sempre eram resolvidos de forma rápida, com aliados vindos de lugar nenhum. Mas não os livros da Sarah, tanto ACOTAR e ToG, ambos, tem um sentido, tem artimanhas que só se descobre ao final. Tem a dor da guerra e tbm toda a dor da perda, e a coisa toda de se aliar com o inimigo.
    Outra coisa fantástica dos livros da Sarah, e que ela não usa o romance como coisa principal. Não, ela resolve rápido isso. Da um amor para os personagens e mostra como a relação deles se desenvolve durante as dificuldades. Ela NUNCA apela para o romance para segurar os leitores. Resolve isso faltando um ou dois livros para o fim da série.
    Ela da profundidade pro romance e experiência com ex amores para todos.

    E o jeito que ela arquitetou o fim desse. Onde todos os shippers acabaram indo para o mesmo lado. Não ficou forçado, foi super natural e não tinha como ser de outra forma,não teria sentido.

    Lorcan e Elide para salvar a Aelin.
    Lyssandra e Aedion organizar os exércitos.
    Dorian e Manon reunir o reino das Crochan.

    Esse sera o melhor livro da série! E certeza. Eu mataria para saber o q a Manon disse pro Dorian kk

    Outra coisa que eu amo e que os personagens são todos bem desenvolvidos. Eles tem defeitos, e erram um monte. São humanos. E msm assim eles são amigos e se perdoam.

    P.S: Só q acho q o Dorian tem um lado mal? Tipo ele matou o pai dele msm dps de descobri que ele tava possuído. Ele quebrou o castelo de vidro e matou toda a corte dele. E não parece arrependido. Ele tbm e o mais poderoso (toda a questão da magia crua não treinada) e o jeito que ele fala com a Manon, o jeito dele se soltar nessas partes. Ele tem uma coisa sombria, só esconde ela. Acho q a Manon vai despertar isso aí.
    Ela já começou, falando que ele tbm e rei e agr entregando as chaves para ele, falando do msm sangue.

    P.S²: Sabem o rumor de que ACOTAR passa dps de ToG? Que é a msm terra mas mudou de novo depois da guerra? E se a razão de não sabermos o sobrenome de quase nenhum personagem de ACOTAR seja exatamente por isso? De que eles são descendentes desses personagens??? Muita Piraçao?

    ResponderExcluir
  58. Cara. Que susto. Eu nao tava acreditando que tinha acabado assim.
    Pensei que esse era o último livro... mds do céu
    Quando que terá o próximo Entao?
    Te amo Karina

    ResponderExcluir
  59. Relendo esse capítulo pela milésima vez, e ainda é um tiro no meu coração.Fiquei muito triste, porque poxa ela já sofreu tanto... E agora ainda isso.Mas eu meio que entendo por que a autora fez isso. A Aelin sempre faz tudo pelos outros ta na hora de alguém fazer algo mais sério por ela, além disso ela ainda não passou pro estado "imortal" e acho que é mais ou menos isso que vai acontecer, porque o corpo dela ainda ta se "decidindo" . Penso que ela vai passar pro estado imortal e colocar a Maeve no lugar dela, porque a bruxa disse que eles teriam tido mil anos ou mais juntos, então já da pra criar um expectativa (me iludindo aqui T-T). E também, não dá pra esquecer que o Rowan (lindo, maravilhoso quero guardar num potinho q tenha ela junto) é tipo só o guerreiro feérico mais perigo do World e merece dar o troco na rainha de sombras por ela ter engando ele sobre a Lirya, o que foi muito, sla, da parte dela fazer isso pra ele ficar com raiva e não ter mais com o que se preocupar e sair tacando o fo$%#%-se em todo mundo. Mano, o coitado ficou se culpando por séculos! Que rainha desgramenta, tomara que ela se ferre muito na mão deles ainda. Enfim, só esperando o próximo livro dessa saga maravilhosa, que amo muito, com certeza uma das minhas preferidas. Aproveitando pra te perguntar Karina, eu estou lendo Ciclo da Herança agora aqui, e bateu a duvida, qual a diferença de feéricos pra elfos?

    Bjs, Josi

    ResponderExcluir
  60. Deuses... Eu quero matar a Aelin e ao mesmo tempo abraça-la. Tudo que ela fez, nos mínimos detalhes, pra garantir que todos que ela ama ficarem em segurança, é tão diferente daquela pessoa do 1 livro. é fascinante ver a evolução da personagem. Já estou sofrendo por antecipação por causa de tudo que ela vai passar nas mãos dessa demonia da Maeve

    ResponderExcluir
  61. So vem tiro atrás de tiro, olha so q ela fez esse tempo todo, cumprimdo o juramento q fez a Darrow �� Por falar nisso, n vejo a hora de chegar no prox livro e o pessoal mostrar o exercito ���� a reação dele vai ser tão... Interessante :3

    VAI ROWAN ENCONTRA SUA PARCEIRA!! ❤��
    Onde eu acho um botão q adiante o lançamento de livros ?? AHHHH CHEGUE LOGOOOO 2018!! #Não_Morra_Aelin ��❤

    ResponderExcluir
  62. Alguém me dá o endereço da casa da autora pq eu quero ter uma conversinha com ela =).

    ResponderExcluir
  63. Meu coração está arrancada até q saia o próximo livro😦

    ResponderExcluir
  64. Aelin fez o que prometeu .. Muito emocionada e super ANCIOSA para o próximo livro
    Os casais estão brigados , nao harmonia ate Aelin galathynius voltar !!



    Tess

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)