2 de janeiro de 2017

73

Warner está dormindo.
Sei disso porque ele está dormindo bem ao meu lado. Está escuro o suficiente para eu precisar de muitas tentativas de piscar e abrir os olhos e entender que não estou cega desta vez. Tenho um vislumbre do lado de fora da janela e descubro a lua cheia até a borda, derramando luz neste pequeno quarto.
Ainda estou aqui. Na casa de Anderson. No que, provavelmente, costumava ser o quarto de Warner.
E ele está adormecido no travesseiro bem ao meu lado.
Seus traços ficam tão suaves, tão etéreos à luz da lua. Seu rosto está enganadoramente calmo, muito despretensioso e inocente. E penso no quão impossível é ele estar aqui, deitado ao meu lado. Eu estar aqui, deitada ao lado dele.
Estarmos deitados na cama da infância dele juntos.
Ele ter salvado minha vida.
Impossível é uma palavra tão idiota.
Eu me mexo quase nada e Warner reage na mesma hora, sentando-se ereto, com o peito arfando, os olhos piscando. Olha para mim, vê que estou acordada, que meus olhos estão abertos e congela no lugar.
Há tantas coisas que quero dizer a ele. Tantas coisas que tenho de lhe dizer. Tantas coisas que preciso fazer agora, que preciso analisar, que preciso decidir.
Porém, por ora, tenho apenas uma pergunta.
— Onde está o seu pai? — sussurro.
Warner precisa de um instante para encontrar voz. Ele diz:
— Ele voltou para a base. Foi embora logo depois... — ele hesita, tem dificuldade de falar por um segundo — logo depois de atirar em você.
Inacreditável.
Ele me deixou sangrando por todo o chão da sua sala de estar. Que presentinho agradável para o filho limpar. Que liçãozinha agradável para o filho aprender. Apaixone-se e você poderá ver seu amor levar um tiro.
— Então ele não sabe que estou aqui? — pergunto a Warner. — Não sabe que estou viva?
Warner balança a cabeça.
— Não.
E eu penso bom. Isso é muito bom. Será muito melhor se ele achar que estou morta.
Warner ainda está olhando para mim. Olhando e olhando e olhando para mim como se quisesse me tocar, mas está com medo de se aproximar demais.
Por fim, ele sussurra:
— Você está bem, amor? Como se sente?
E sorrio para mim mesma, pensando em todas as maneiras como poderia responder a essa pergunta.
Penso em como meu corpo está mais exausto, mais derrotado, mais esvaziado do que já esteve em toda a minha vida. Penso que não ingeri nada além de um copo de água em dois dias. Que nunca estive mais confusa a respeito das pessoas, sobre quem elas parecem ser e quem são na verdade, e penso em mim deitada aqui, dividindo uma cama em uma casa que nos disseram que não existia mais, com uma das pessoas mais odiadas e temidas do Setor 45. E penso que essa criatura assustadora tem capacidade de ser muito terna, que salvou minha vida. Que seu pai atirou em meu peito. Que, horas mais cedo, estava deitada sobre uma piscina do meu próprio sangue.
Penso que meus amigos provavelmente ainda estão presos na batalha, que Adam deve estar sofrendo sem saber onde estou ou o que aconteceu comigo.
Que Kenji ainda está lutando pela sua cota e a cota de várias pessoas. Que Brendan e Winston podem ainda estar perdidos. Que as pessoas do Ponto Ômega podem estar todas mortas. E isso me faz pensar.
Sinto-me melhor do que já me senti em toda a vida.
Estou admirada com como me sinto diferente agora. Quão diferente sei que as coisas serão. Tenho tanto a fazer. Tantas ofensas a revidar. Tantos amigos que precisam da minha ajuda.
Tudo mudou.
Porque, um tempo atrás, eu era apenas uma criança.
Hoje, ainda sou apenas uma criança, mas, desta vez, tenho uma vontade de ferro e dois punhos feitos de aço e envelheci 50 anos. Agora, finalmente sei.
Finalmente entendi que sou forte o bastante, que, talvez, seja um pouco corajosa o bastante, que, talvez, desta vez, possa fazer o que fui destinada a fazer.
Desta vez, sou uma força.
Um desvio da natureza humana.
Sou a prova viva de que a natureza está oficialmente arrasada, com medo do que fez, do que se tornou.
E estou mais forte. Estou mais brava.
Estou pronta para fazer algo de que, com certeza, vou me arrepender e, desta vez, não me importo. Chega de ser boazinha. Chega de ficar nervosa. Não tenho medo de mais nada.
O caos completo está no meu futuro.
E vou deixar minhas luvas para trás.

18 comentários:

  1. Nossa!!!Esperando o próximo livro!!
    Karinaaa suavlinda estou esperando o próximo livro*-*

    ResponderExcluir
  2. FINALMENTE!

    ~ filha de Zeus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana Schreave Forever 7314 de abril de 2017 17:57

      Serio Warner!Não chama sua namorada de ´´amor``!Já tá fora de moda!

      Excluir
  3. Só eu que fiquei animada com o fato de que ela vai se tornar a "vilã" da historia agora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Parece que ela finalmente aprendeu o que tem de fazer. Só espero que não perca sua essência

      Excluir
  4. nao acredito que acabou. sera que tem outro livro? uma continuacao?

    ResponderExcluir
  5. ai meu Deus estou em êxtase, super animadaaaa

    ResponderExcluir
  6. Isso mesmo! Ela tá aceitando quem ela é.
    Só espero que não faça nenhuma merda.

    ResponderExcluir
  7. Mds minha menininha cresceu, amadureceu, elas crescem tão rápido :'( E POR FAVOR JUJU, COME LOGO WARNER, ELE SALVOU TUA VIDA E VC O AMA

    ResponderExcluir
  8. Mas já acabou? Isso Juju muito orgulho de ti menina
    PS1: Acho lindo quando o Warner a chama de amor
    PS2: Obrigada, obrigada, obrigada Karina!

    ResponderExcluir
  9. Agora sim, chega de ser boazinha.
    LISTA DE AFAZERES DA JUJU:

    1.MATA LOGO AQUELE CRETINO DO SEU FUTURO SOGRO!
    2.FICA COM O WARNER.
    3.SALVE SEUS AMIGOS.
    4.AGRADEÇA KARINA POR TER POSTADO SUA HISTÓRIA. ;)

    ~POLLY~

    ResponderExcluir
  10. Aimeldels Juju saiu da concha e abandonou o personagem da donzela em perigo, será que a monga acordou??!!! Sei não essa guria tem muito barulho na cabeça.

    ResponderExcluir
  11. Isso ai Juju, arrebenta no próximo livro <3

    Warner seu lindo *-*

    ResponderExcluir
  12. Show!!! Nossa lagartinha está virando borboleta.
    Partiu próximo livro🎉😆💃

    ResponderExcluir
  13. A ~atitude~ que tanto queríamos finalmente será adotada. GRAÇAS A ZEUS!!!

    ResponderExcluir
  14. Amem ,finalmente jujuh !!!

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)