5 de janeiro de 2017

3

— O que está acontecendo? Por que precisamos conversar?
Mais perguntas de James.
— Está tudo bem? Você pode dizer para a Juliette não comer o meu café da manhã?
Ele inclina o pescoço para dar uma olhada nela, ainda sentada à mesa.
— Às vezes ela come o meu pudim.
— Ei — eu digo, agarrando os ombros dele. — Olhe para mim.
James se vira para me olhar.
— Qual é o problema, Addie?
Ele procura em meus olhos.
— Você não vai morrer de verdade, vai?
— Não sei — digo a ele. — Talvez sim, talvez não.
— Não fale isso — ele diz baixinho, virando o olhar para o chão. — Não fale isso. Não é bacana falar assim.
— James.
Ele levanta o olhar de novo, devagar desta vez.
Eu me abaixo apoiado nos joelhos e o puxo para perto, descansando minha testa contra a dele. Estou olhando para o chão e sei que ele também está. Posso ouvir nossos corações batendo depressa em silêncio.
— Eu amo você — por fim, digo a ele. — Você sabe disso, não sabe? Você sempre vem em primeiro lugar. Tudo o que eu faço é para cuidar de você. Para protegê-lo. Para sustentá-lo.
James faz que sim com a cabeça.
— É você em primeiro lugar — falo para ele. — Sempre é você em primeiro lugar e todas as outras pessoas depois. E isso nunca vai mudar. Tudo bem?
James faz que sim de novo. Uma lágrima cai no chão entre nós.
— Tudo bem, Addie.
— Venha aqui — eu sussurro, envolvendo-o em meus braços. — Nós vamos ficar bem.
James se agarra mim, agindo mais como criança do que tem agido há muito tempo, e estou feliz por ver isso. Às vezes eu me preocupo que ele esteja crescendo rápido demais neste mundo de merda, e, embora eu não consiga protegê-lo de tudo, ainda assim eu tento. Ele tem sido a única constante na minha vida desde que consigo me lembrar; acho que eu seria destruído se algo acontecesse a ele.
Nunca vou amar ninguém da maneira como amo este menino.

10 comentários:

  1. Está tudo bem? Você pode dizer para a Juliette não comer o meu café da manhã?
    Ele inclina o pescoço para dar uma olhada nela, ainda sentada à mesa.
    — Às vezes ela come o meu pudim.
    Kkkkkkk eu ri James fogo

    ResponderExcluir
  2. Acho tão lindos esses momentos entre irmãos♥

    ResponderExcluir
  3. To pressentindo que o James vai morrer :ccccccc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que esteja enganado.
      Isso me lembrou do final de Jogos Vorazes-A Esperança,a morte...daquela pessoa encantadora que se foi cedo demais e me fez sofrer muito.Não quero passar por isso de novo.

      Excluir
  4. O Adam foi tão fofo com o James
    "Nunca vou amar ninguém da maneira como amo este menino" ❤❤

    ResponderExcluir
  5. FILOSOFANDO:

    -Eu tenho certeza absoluta que todos os outros personagens de outros livros -sim aqueles gatos lindos sexys fofos os introvertidos os tímidos, os pobres os ricos os sobrenaturais os humanos "todos eles" mas "todos eles" sempre colocam as meninas que eles se apaixonam em PRIMEIRO LUGAR "11111" NUNCA EM SEGUNDO !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colocar a garota que se ama acima da família,não é algo que costumo admirar,mesmo que se trate apenas de ficção.

      Excluir
  6. Adam é muito fofo com James. É muito lindo mesmo, esse amor. Mas parando para pensar, Aaron não teve isso. Amor de lugar nenhum e acho que por isso acho tão bonito ele e a Juliette. Torço por eles, acho que Adam não vai conseguir achar uma forma de tocar ela sem se machucar, ainda mais quando eles tivere... vocês sabem... ele vai relaxar...
    No entanto, Aaron e Julitte tem tudo para dar certo, ela não machuca ele, pelo contrário e acho isso tão bonito. Amo o Adam, e quero ele para mim. A Ju devia ficar com o Aaron.
    Acho que seria um jantar em família um tanto complicado, Ju, Aaron, mini Aaron, Addie e o James heheeheh muito assunto e o James perigoso hehehe (imaginação voou longe agora)

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)