6 de janeiro de 2017

24

James é meu primeiro pensamento.
Eu me viro, procurando-o pela sala, esperando que ele esteja bem e descubro que Lily já teve a precaução de levá-lo para seu quarto.
Todos os outros estão me encarando.
— O que foi aquilo? — Ian é o primeiro a quebrar o silêncio.
Ele, Brendan e Winston estão me olhando admirados. Alia está parada no canto, os braços envolvendo o corpo. Castle ainda deve estar no banho.
Eu me retraio quando alguém toca no meu ombro.
Warner.
Ele se inclina em direção à minha orelha, falando baixo para que só eu possa ouvi-lo.
— Está ficando tarde, amor, e eu preciso mesmo voltar para a base.
Uma pausa.
— E, desculpe por eu ficar perguntando, mas você tem certeza de que quer ficar aqui?
Levanto o olhar para ver os olhos dele. Faço que sim com a cabeça.
— Preciso conversar com o Kenji — digo a ele. — Não sei mais como os outros se sentem, mas não quero fazer isto sem o Kenji.
Hesito.
— Digo, eu posso — falo —, se precisar. Mas não quero.
Warner faz que sim com a cabeça. Olha para além de mim, para um ponto atrás da minha cabeça.
— Certo.
Ele franze um pouco as sobrancelhas.
— Um dia você vai me contar o que acha tão incrivelmente atraente nele?
— Em quem? No Kenji?
Outro aceno da cabeça.
— Ah — eu digo, piscando de surpresa. — Ele é o meu melhor amigo.
Warner olha para mim. Levanta uma sobrancelha.
Olho de volta.
— Isso vai ser um problema?
Ele olha para as próprias mãos.
— Não, é claro que não — diz, em voz baixa.
Ele limpa a garganta.
— Então, eu volto amanhã? Às 1300 horas.
— Mil e trezentas horas... contando a partir de agora?
Warner ri. Olha para cima.
— À uma da tarde.
— Certo.
Ele olha nos meus olhos então. Sorri por apenas um momento mais longo que o usual antes de se virar e sair pela porta. Sem falar nada para ninguém.
Ian está me olhando admirado. De novo.
— Eu... Certo, estou confuso — Brendan diz, piscando. — Agora pouco... O que acabou de acontecer? Ele estava sorrindo para você? Sorrindo de verdade para você?
— Para mim pareceu que ele estava apaixonado por você — Winston diz, franzindo as sobrancelhas. — Mas isso provavelmente só aconteceu porque minha cabeça está estragada, certo?
Estou fazendo o melhor que posso para olhar para a parede.
Kenji abre a porta da frente com força.
Entra.
Sozinho.
— Você — ele diz, apontando para mim, os olhos apertados. — Vem já para cá, agora. Você e eu precisamos conversar.

9 comentários:

  1. A historia devia ser do kenji apaziguando esse pessoal tenso kkk

    ResponderExcluir
  2. Descoberta fascinante essa de Winston. kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Podia lançar um livro sobre o Kenji,né?
    Contando uma parte da historia do ponto de vista dele
    Ia ser legal

    Bia

    ResponderExcluir
  4. Nossa Winston descobriu o Brasil hein kkkkk corre Juju, corre pros braços do Kenji e.e
    #KenjiSeuLindo
    #VemNimim

    ResponderExcluir
  5. O Kenji tá bancando o adulto e líder ali kkkk
    AMO ESSE CARA! E realmente, devia ter uma história do ponto de vista dele.
    E, meu Deus tô tipo: "Winston, temos um problema". Que é: Você só percebeu agora que ele está apaixonado pela Juliette?
    AMO TODOS DESSA TURMA :D
    S2 <3 ~POLLY~

    ResponderExcluir
  6. 5 da manhã e eu lendo ahuahuahuahua

    Mas poxa... Essa nova Juliette ta incrivel e o Warner *-* Sem comentários 😍😍😍

    ResponderExcluir
  7. — Um dia você vai me contar o que acha tão incrivelmente atraente nele?
    — Em quem? No Kenji?
    Outro aceno da cabeça.
    — Ah — eu digo, piscando de surpresa. — Ele é o meu melhor amigo.
    Warner olha para mim. Levanta uma sobrancelha.
    Olho de volta.
    — Isso vai ser um problema?
    Ele olha para as próprias mãos.
    — Não, é claro que não — diz, em voz baixa.

    Um ciuminho básico ou eu estou enganada produção? heuheuheu

    ResponderExcluir
  8. Amo o jeito do kenji dar um jeito em tudo bota moral mesmo kkkk

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)