5 de janeiro de 2017

14

Entramos na garagem subterrânea sem problemas e, depois de estarmos lá dentro, eu posso soltar a respiração. Sei que ficaremos seguros aqui.
Nós todos, os nove, saímos do tanque e ficamos ali em volta por um momento. Brendan e Winston estão se segurando um no outro com firmeza, ainda se recuperando dos seus ferimentos. Não tenho certeza do que aconteceu com eles exatamente, porque ninguém está falando sobre isso, mas não acho que eu queira saber. Alia e Lily ajudam Castle a sair do tanque e Ian está logo atrás. Kenji está parado ao meu lado. Ainda estou segurando James no colo e só o coloco no chão depois que ele pede.
— Vocês estão prontos para subir? — eu pergunto. — Tomar banho? Comer alguma coisa de café da manhã?
— Parece ótimo, cara — diz Ian.
Todos os outros concordam.
Eu mostro o caminho, James agarrado à minha mão.
É loucura; da última vez em que estivemos aqui, estávamos fugindo de Warner. Juliette e eu.
Foi quando ela conheceu James, a primeira vez em que senti que poderíamos mesmo ter uma vida juntos. E, depois, Kenji apareceu e redirecionou o curso de tudo. Eu faço que não com a cabeça, lembrando. De alguma forma, parece ter sido há um milhão de anos. Tantas coisas mudaram. Eu era praticamente um cara diferente naquela época. Eu me sinto muito mais velho e endurecido e bravo agora. É difícil acreditar que foi há apenas alguns meses.
A porta da frente ainda está estragada de quando Warner e seus homens a arrombaram, mas damos um jeito. Eu puxo a maçaneta e depois empurro, com força, e a porta abre para dentro.
De repente, todos nós estamos cruzando a soleira.
Estou olhando ao redor, surpreso por ver tudo quase da maneira exata como deixamos.
Algumas coisas estão derrubadas e o lugar precisa de uma faxina pesada, mas dará certo. Será um local ótimo e seguro por um tempo. Eu começo a mexer em interruptores e os pequenos aposentos ganham vida cintilando, luzes fluorescentes fazendo um chiado regular no silêncio.
James dispara na direção do seu quarto e eu procuro nos armários comida enlatada e itens não perecíveis; ainda temos muitos pacotes em embalagens de plástico da máquina de comida.
Eu solto um suspiro de alívio.
— Quem quer café da manhã? — pergunto, levantando alguns pacotes.
Kenji cai de joelhos, gritando “aleluia!”; Ian praticamente me ataca. James vem correndo do seu quarto gritando “EU EU EU QUERO QUERO” e Lily ri até não poder mais. Alia sorri e se apoia na parede conforme Brendan e Winston se deixam cair no sofá, gemendo de alívio.
Castle é o único que permanece em silêncio.
— Certo, pessoal — Kenji diz. — Adam e eu vamos cuidar da comida e o resto de vocês pode se revezar para se lavar. Além disso, odeio ser superóbvio, mas temos apenas um banheiro e todos nós precisamos dividir, então, por favor, lembrem-se disso. Adam tem alguns suprimentos, mas não muitos, então vamos ser econômicos, combinado? Lembrem-se de que vivemos à base de racionamento agora. A consideração é essencial.
Há um consenso geral e várias cabeças fazendo que sim, e todos se ocupam com um tipo diferente de preparação. Todos exceto Castle, que se senta na única poltrona e não se mexe.
Ele parece estar pior que Brendan e Winston, que estão passando por dores físicas de verdade.
Ainda estou olhando para eles dois quando Ian escapa do grupo para me perguntar se tenho algo para cuidar de Brendan e Winston. Eu garanto a ele que vou usar todos os recursos que tiver para curá-los o melhor que puder. Eu sempre tive um pequeno kit de emergência em casa, mas não é muita coisa, e eu não sou médico. Mas sei o suficiente. Acho que poderei ajudar.
Isso deixa Ian significativamente mais alegre.
É apenas quando Kenji e eu estamos ocupados preparando a comida na cozinha que ele toca no assunto mais urgente. Aquele que eu ainda não tenho certeza de como resolver.
— Então, o que vamos fazer a respeito da Juliette? — ele pergunta, jogando um pacote de comida de máquina em uma tigela. — Já estou preocupado por termos demorado tanto para ir atrás dela.
Sinto que estou ficando pálido. Não sei como dizer a ele que não tenho nenhum plano imediato de voltar lá para fora. Com certeza, não para lutar; não depois do que aconteceu com James.
— Não sei — digo. — Não tenho certeza do que nós podemos fazer.
Kenji me encara, confuso.
— O que você quer dizer? Temos que tirá-la de lá. O que significa que temos que fazê-la escapar de lá, o que significa que temos que planejar outra missão de resgate.
Ele me olha feio.
— Pensei que fosse óbvio.
Eu limpo a garganta.
— Mas e quanto ao James? E o Brendan e o Winston? E o Castle? Não estamos indo muito bem aqui. É certo simplesmente deixá-los aqui e…
— Cara, de que diabos você está falando? Você não está apaixonado por essa menina? Cadê a revolta? Pensei que você estaria enlouquecendo para ir buscá-la agora mesmo…
— Estou — digo, com urgência. — É claro que estou. Só estou preocupado... Faz tão pouco tempo que bombardearam o Ponto que eu só...
— Quanto mais esperarmos, pior vai ficar.
Kenji faz que não com a cabeça.
— Temos que ir o mais rápido possível. Se não formos, ela vai ficar presa lá para sempre, e o Warner vai usá-la como seu monstro de tortura. Ele provavelmente vai matá-la no processo sem nem ter a intenção.
Eu agarro o canto do balcão e olho fixamente para a pia.
Merda.
Merda merda merda.
Dou um giro ao ouvir a voz de James, escuto por um momento enquanto ele ri de algo que Alia disse. Meu coração aperta só de pensar em deixá-lo para trás de novo. Mas sei que tenho uma responsabilidade com Juliette. O que ela faria se eu não estivesse aqui para ajudá-la? Ela precisa de mim.
— Certo — eu suspiro. — É claro. O que temos que fazer?

8 comentários:

  1. Adam todo protetor e do nada disposto a abandonar a juliette por ai, dois bipolares!

    ResponderExcluir
  2. Entendi nada agora! O Kenji tá mais preocupado com a Ju do que o Adam que disse que ela " praticamente arrancou o coração dele" quando ela quis se afastar dele. Arg. ... que raiva!
    Bianca

    ResponderExcluir
  3. WARNER VAI VIRAR UMA BOA PESSOA ... E OS DOIS VAO FICAR JUNTOS !

    ResponderExcluir
  4. Que patético, Adam falou que tem uma "responsabilidade" com Juliette, quer dizer então que ela não passa de uma mera responsabilidade,uma obrigação? 😡

    ResponderExcluir
  5. Olha Adam eu amei toda sua preocupação c/o James e concordo que ele seja sua prioridade, mas agora... O Kenji todo preocupado c/a Juju e vc tipo: "ATA" Ok que vc não tem um plano, mas vc devia estar pirando o Warner estaria

    ResponderExcluir
  6. "Nós todos, os nove, saímos do tanque e ficamos ali em volta por um momento." Lembrei do nada de Os Legados de Lórien kkk.
    E Adam, nem parece que é você falando... Toma jeito.
    Se você realmente ama Juliette, corre atrás dela!
    #Team...Aff

    ~polly~

    ResponderExcluir
  7. Nossa,que ódio do Adam,é como se ele fosse obrigado a resgata-lá só por causa disso, espero que ele morra e ela termine com o Warner.

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)