17 de dezembro de 2016

Fanfic: A filha da noite


Sinopse:
Margo não era uma garota normal. Tudo bem que adolescentes não são normais, mas ela ultrapassa todos, ou pelo menos a maioria.
Como se já não bastasse ser órfã e não saber nem os nomes dos pais, ela via coisas estranhas.
Ver monstros andando pelas ruas não pode ser normal.
Monstros, deuses e sonhos malucos que se tornam realidade.
Como lidar? Como se adaptar?
Talvez Margo finalmente descubra o seu lugar.

Categorias: ficção, aventura, romance, Percy Jackson
Autora: Didinhaaah


_____________________________________

Os olimpianos estavam sentados em seus tronos no palácio do Olimpo. Dessa vez a reunião estava contando com a participação de alguns deuses que não vinham com muita frequência.
Lá em cima estava tudo uma calmaria. Nem parecia que lá em baixo estava o transito infernal de Nova York
Todos os deuses estavam cansados, sem nenhuma excessão e eles sabiam muito bem que tinha algo de errado acontecendo com eles.
Eles só não sabiam o que exatamente.
Até mesmo os deuses menores haviam sido afetados. Iris estava com dificuldades para realizar suas ligações. Hipnos estava com problemas para dormir e fazer os outros dormirem.
A única que não parecia muito afetada era Hécate e isso trazia desconfianças para a deusa.
− O que vamos fazer? – Hefesto perguntou para todos os deuses que se encontravam ali.
O deus do fogo, que nunca se cansava de trabalhar, não estava entendendo o que estava acontecendo com si mesmo.
Em um dia ele estava bem, transbordando saúde e fazendo peças e mais peças para o olimpo. No dia seguinte ele segurava tudo com muita dificuldade e ás vezes via tudo girando.
− Não pergunte para mim. Não sou adivinha – Ares disse e tentou se levantar para, provavelmente, bater em alguém. Infelizmente - ou felizmente - ele não conseguiu se levantar.
O deus da guerra estava indignado. Ele não aceitava esse cansaço. Ele não aceitava não estar conseguindo fazer alguma coisa.
Em um dia ele estava com Afrodite, os dois estava fazendo um passeio incrivel e ele não poderia escolher companhia melhor do que a deusa do amor. No outro dia ele quase não conseguiu mandar uma mensagem de Iris para a deusa.
− Por que estão olhando para mim? Sei que sou lindo e reluzente, mas isso não significa que eu saiba o que está acontecendo – Apolo falou para todos que quisessem ouvir.
O deus do sol - e de tantas outras coisas - também estava confuso sobre o que estava acontecendo.
Em um belo dia ele estava terminando sua passagem com a carroagem do sol, sorrindo para todos e até mesmo tocando sua bela lira. Mas no outro dia ele quase que não conseguia controlar seus cavalos.
− Você é o criador do oráculo, não é? Deveria saber o que está acontecendo – Artemis rebateu.
A deusa da lua e da caça não acreditava no que estava acontecendo. Para ela aquilo era tudo uma grande brincadeira de algum deus idiota.
Em um belo dia ela estava com suas caçadores, caçando alguns animais e salvando outros. No outro dia ela quase não conseguiu salvar sua caçadora do ataque de um animal feroz.
Todos os deuses que estava ali, estavam sofrendo da mesma coisa que os outros. O cansaço enorme tomando conta deles.
Até os maiores e mais poderosos estavam do mesmo jeito.
Zeus, Poseidon e Hades também estavam jogados nos tronos. Eles não faziam a minima ideia do que fazer.
− Atena que é a inteligente daqui. Perguntem para ela – Apolo disse apontando para a sua irmã.
A deusa da sabedoria criava teorias em sua mente, mas ela sabia que nenhuma dessas teorias estava certas.
Em um dia ela estava preparando alguns planos caso acontecesse algum ataque ao olimpo. Já no outro dia ela não conseguia colocar sua mente para pensar em como impedir um mortal de invadir algum templo seu.
Ela estava um ataque de nervos. Seu cerebro não ajudava ela e isso era desesperador.
Atena é a deusa da sabedoria. Ela é obrigada á saber pensar como ninguém poderia.
− Eu não tenho ideia – Atena resmungou a resposta. Seu orgulho estando ferido. Ela odiava essa sensação de não saber de alguma coisa.
− Se nem a deusa da sabedoria sabe, então estamos perdidos – Dionisio disse.
O deus do vinho queria apenas curtir uma grande festa.
Ele estava curtindo uma festa maravilhosa quando der repente o cansaço lhe abateu.
O que poderia ser pior para um deus festeiro do que não conseguir festejar.
− Iremos achar uma solução – Zeus disse fazendo todos focarem seus olhos nele.
O deus do céu, o rei do olimpo, estava fazendo o possivel para se manter estável.
Ele não queria que percebessem como estava cansado, em dúvida e abatido.
Ele nem conseguia mais causar tempestades como antes. Só conseguia umas trovoadas e mais nada.
− E você tem essa solução, meu irmão? – Poseidon perguntou para seu irmão.
O deus do mar nunca havia passado por algo igual ao que estava passando agora.
Ele não estava conseguindo fazer suas inundações. Ele também quase não saia de seu palácio no fundo do mar. Sua esposa estava procupada com ele e filhos também.
Tudo o que ele queria era voltar ao normal.
− Bom... Não tenho no momento, mas não vai demorar muito para eu achar uma solução – Zeus disse tentando ainda manter sua segurança de si mesmo.
− Maravilha! Enquanto isso a gente vai se desgastando – Hades disse com a ironia necessaria.
O deus do mundo inferior estava com fé de que aquilo só poderia ter sido causado por outro deus, mas todos ali estavam desconfiados.
Hades estava em seu palácio quando percebeu algo de errado em si mesmo.
Ele estava armando planos para arranjar um jeito de aumentar seu territorio, pois o mundo inferios estava ficando cheio. O cansaço dele veio junto de uma dor de cabeça.
Hades até mesmo se perguntou se foi assim que Zeus se sentiu quando Atena ainda estava em sua cabeça.
− Sim. Nós iremos esperar, ou você tem uma ideia melhor? – Zeus perguntou para Hades e os deuses encararam os dois.
Não seria a melhor hora para ter briga entre os irmãos.
Já bastava os problemas que eles estavam tendo.
− Tenho sim. Que tal a ideia de descobrir o que está acontecendo e não ficar parados esperando? – Hades disse para seu irmão, aumentando o volume de sua voz.
− Eu não acredito que irei dizer isso, mas Hades tem razão – Deméter disse falando pela primeira vez desde que a reunião começou.
Todos se chocaram por ela ter concordado com Hades. Ela o odiava!
− E como iremos descobrir? – Zeus perguntou, desafiando alguém ter a resposta.
Todos ficaram calados. Ninguém sabia e isso era o que mais preocupava.
− Exatamente. Vocês não sabem e eu também não. Por isso iremos deixar como estar – Zeus disse.
Todos os deuses se encararam em dúvida.
− Mas nossos poderes estão se esgotando – Afrodite disse chamando a atenção toda para si.
A deusa do amor continuava bela, mas tão esgotada quanto os outros.
Em um dia ela estava juntando e separando alguns casais, para deixar tudo mais emocionante. Mas no outro dia ela não conseguia nem juntar um casalzinho de crianças.
As portas do salão foram abertas, deixando o caminho livre para a deusa passar.
Parece que tudo estava ruim e acabou de piorar.
Os deuses evitaram soltar algum barulho de surpresa, mas em suas expressões já dava para notar o quanto estava surpresos.
− Olá olimpianos – Nyx disse para todos os deuses presentes ali.
_____________________________________

Deixe sua opinião nos comentários!

Saiba mais: https://www.wattpad.com/story/78289454-a-filha-da-noite

3 comentários:

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!