16 de outubro de 2016

Oito - Sou salvo da morte certa ao ser morto

EU NUNCA TINHA existido em dois lugares ao mesmo tempo. E concluí que não gostava da experiência.
Em meio à dor, fiquei pouco ciente da luta na floresta: Grimwolf estava prestes a me morder e me partir ao meio quando de repente ele jogou a cabeça para trás; agora, Alex estava montada no pescoço dele, puxando o cabo com tanta força ao redor do pescoço do dragão-serpente que ele se debateu e botou a língua preta bifurcada para fora.
T.J. e Mallory pararam na minha frente, agindo como escudo. Eles gritaram para Grimwolf, balançando as armas e tentando fazê-lo recuar.
Eu queria ajudá-los. Queria ficar de pé ou pelo menos rolar para fora do caminho. Mas estava paralisado, de joelhos, preso entre Valhala e o escritório de Randolph.
Eu não disse que funcionaria, Randolph? A voz de Loki me arrastou mais para a visão. Está vendo? O sangue é importante. Nós temos uma conexão sólida!
A cena enevoada se definiu em cores. Eu estava ajoelhado no tapete oriental em frente à mesa de Randolph, suando sob um feixe quadrado de luz do sol manchado de verde por causa do vitral em cima da porta. O aposento tinha cheiro de lustra-móveis de limão e carne queimada. Eu tinha certeza de que o segundo odor vinha da minha cara.
À minha frente estava Loki, com o cabelo desgrenhado da cor de folhagem no outono, o rosto delicadamente esculpido marcado por queimaduras de ácido no nariz e nas bochechas e com cicatrizes de sutura ao redor dos lábios.
Ele sorriu e abriu os braços. O que você acha da minha roupa?
Ele estava usando um smoking verde-esmeralda com uma camisa marrom de babados, gravata-borboleta estampada e faixa combinando. (Isso se dava para dizer que alguma coisa no traje combinava.)
Havia uma etiqueta de preço pendurada na manga esquerda do paletó.
Eu não conseguia falar. Não conseguia vomitar, por mais que quisesse. Não podia nem deixar Blitzen orgulhoso ao oferecer dicas de moda grátis.
Não? A expressão de Loki azedou. Eu falei, Randolph. Você devia ter comprado o amarelo-canário também!
Um som estrangulado saiu da minha garganta.
— Magnus — disse a voz do tio Randolph —, não escute...
Loki esticou as mãos, com as pontas dos dedos soltando fumaça. Ele não tocou em mim, mas a dor no meu rosto triplicou, como se alguém estivesse me queimando com ferro em brasa. Eu queria desabar, implorar para Loki parar, mas não conseguia me mexer.
Percebi que estava vendo tudo pelos olhos do meu tio. Estava habitando o corpo dele, sentindo o que ele estava sentindo. Loki estava usando Randolph como uma espécie de telefone operado pela dor para fazer contato comigo.
A dor diminuiu, mas o peso adicional de Randolph me envolveu como um terno de chumbo. Meus pulmões tremiam. Meus joelhos cansados doíam. Eu não gostei de ser um homem de meia-idade.
Já chega, Randolph, repreendeu Loki, se comporte. Magnus, peço desculpas pelo seu tio. Onde eu estava? Ah, sim! Seu convite!
Enquanto isso, em Valhala, eu continuava paralisado no campo de batalha enquanto o dragão Grimwolf cambaleava de um lado para outro, derrubando trechos inteiros da floresta. Um dos pés do lindwyrm acertou Mallory Keen e a esmagou. T.J. gritou e balançou pedaços do rifle agora quebrado, tentando chamar a atenção do monstro. De algum modo, Alex Fierro conseguiu ficar no pescoço do dragão e foi apertando o cabo conforme Grimwolf se debatia.
Um casamento!, anunciou Loki com alegria. Ele mostrou um convite verde, dobrou-o e colocou no bolso da camisa de Randolph. Daqui a cinco dias! Peço desculpas por estar em cima da hora, mas espero que você possa comparecer, principalmente porque você precisa levar a noiva e o dote. Senão, bem... guerra, invasão, Ragnarök etc. Um casamento vai ser bem mais divertido! Agora, vamos ver. Quanto Samirah contou para você?
Meu crânio se comprimiu até parecer que meu cérebro sairia pelo nariz. Um grito irregular saiu pelos meus lábios, mas eu não sabia se era meu ou do tio Randolph.
Do pescoço do dragão, Alex gritou:
— Qual é o problema com o Magnus?
T.J. parou ao meu lado.
— Não sei! Tem fumaça saindo da cabeça dele! Isso é ruim, não é?
— Pegue a espada dele! — Alex apertou mais o cabo, fazendo sangue preto escorrer pelo pescoço do dragão. — Se prepare!
Ah, caramba. Loki bateu no meu nariz/nariz do tio Randolph. A pressão na minha cabeça diminuiu de prestes a desmaiar para tortura moderada. Samirah não contou. A pobrezinha está constrangida, eu acho. Eu entendo! Também é difícil para mim entregar minha filha favorita. Os filhos crescem tão rápido!
Tentei falar. Queria dizer: Suma! Você é ridículo! Saia da minha cabeça e deixe Samirah em paz!
Mas o que saiu foi:
— Aaaaaah.
Não precisa me agradecer, disse Loki. Nenhum de nós quer que o Ragnarök comece agora, não é? E eu sou o único que pode ajudar você! Não foi uma negociação fácil, mas eu sei ser bem persuasivo. O martelo em troca da noiva. Uma proposta única. Eu conto mais quando você encontrar o dote.
— Agora! — gritou Alex.
Ela puxou o fio com tanta força que o dragão arqueou as costas, o que separou os segmentos da pele reforçada que protegia sua barriga. T.J. atacou e enfiou minha espada de treino em um ponto macio abaixo do coração de Grimwolf. Ele rolou para o lado quando o monstro caiu com todo o seu peso, se empalando. Alex pulou do pescoço do lindwyrm, ainda segurando o garrote pingando sangue.
Foi Alex que ouvi agora? Loki curvou o lábio marcado. Ela não foi convidada para o casamento. Vai estragar tudo. Na verdade — os olhos de Loki brilharam de malícia —, dê um presentinho meu a ela, tá?
Meus pulmões se contraíram, e a sensação foi pior do que quando eu era asmático. Meu corpo começou a superaquecer; eu estava com tanta dor que meus órgãos pareceram se dissolver em moléculas, com a pele brilhando e soltando vapor. Loki estava transformando meu cérebro em fogo, me enchendo com flashes de lembranças que não eram minhas, séculos de raiva e sede de vingança.
Tentei expulsá-lo da minha cabeça. Tentei respirar.
Alex Fierro parou ao meu lado com a testa franzida. O rosto dela e o de Loki se fundiram.
— Seu amigo vai explodir — disse Alex, como se as pessoas explodissem todos os dias.
T.J. secou a testa.
— O que exatamente você quer dizer com... explodir?
— Quero dizer que Loki está canalizando poder por ele — disse Alex. — É intenso demais. Magnus vai explodir e vai destruir boa parte deste pátio.
Trinquei os dentes. Consegui balbuciar uma palavra:
— Corram.
— Não vai adiantar — disse Alex. — Não se preocupe, tenho uma solução.
Ela se adiantou e enrolou calmamente o fio de metal no meu pescoço.
Consegui dizer outra palavra:
— Espere.
— É a única maneira de tirar Loki da sua cabeça. — Os olhos castanho e mel de Alex eram impossíveis de decifrar. Ela piscou para mim... ou talvez tenha sido Loki, com o rosto cintilando de leve embaixo da pele de Alex.
Nos vemos em breve, Magnus, disse o deus.
Alex puxou as duas pontas do garrote e me matou.


9 comentários:

  1. Uiii!
    Credo. Essa família é meio doente

    ResponderExcluir
  2. Alex puxou as duas pontas do garrote e me matou.

    Muito bom hein, gostei dela mesmo kkkkkkkkkkkkk, que casamento será esse, hein? Será que é o que estou imaginando?!?!?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei primeiro Samirah e Alex... talvez Loki curta um incesto. Mas agr to pensando q quero Samirah e Magnus... a unica certeza é q a Sam é a noiva kk

      Excluir
  3. NAOOOOOO! SAMIRAH NÃO OUSE SER A NOIVA

    ResponderExcluir
  4. Perá!!! Casamento??? entroca do martelo??? olha a estoria se repetindo!!!

    ResponderExcluir
  5. "Credo.Essa família é meio doente" - Luciely Moraes - KKKKKKKKKKKKK REALMENTE.
    Alex é tão mozona,mas dá um medinho dela as vezes.

    ResponderExcluir
  6. Acho que a noiva e a Samirah, Loki vai dar ela em troca do martelo, que está com alguem, que eu não sei quem é 😂😂

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!