3 de novembro de 2016

Fanfic: Sonhos

 

Sinopse:
   Myllie é uma garota comum de uma vida normal. Até que conhece Alex, seu professor. A partir desse momento sua vida nunca mais será  a mesma.

   Quem é Alex de verdade? Será que Myllie é comum como ela pensa? Que segredo sua família carrega escondido a séculos? Ela terá que desvendar esses e outros mistérios que a rodeiam para conseguir sobreviver em um mundo de seres sobrenaturais que ela nem imagina que existe.

Categorias: aventura, romance, ficção, história original
Autora: Jaqueline Parastchuk

_____________________________________



Prólogo


 Deisy, Lisa e Jessy estavam de mãos dadas no centro de uma sala pouco iluminada, apenas algumas tochas de fogo colocadas nos cantos do lugar iluminavam o ambiente frio e negro.
 A decoração era antiga, símbolos e imagens de mulheres caídas no chão com as roupas sujas de sangue se estendiam ao longo das paredes. Em cada canto da sala havia uma grande estátua de um homem com a boca no pulso de uma mulher que estava ajoelhada diante dele.
 Deisy – uma mulher de meia idade – fechou os olhos e começou a pronunciar palavras em um idioma não identificado.  Jessy e Lisa – que aparentavam ter  pouco mais de dezessete anos - também fecharam os olhos e começaram a falar as mesmas palavras. Foi quando perceberam a presença de quatro pessoas – três homens e uma mulher, todos vestidos com capas vermelhas que se estendiam até os pés – surgirem na porta de entrada sala, sentindo a presença deles, elas se apressaram em pronunciar ainda mais alto as palavras. As estatuas localizadas nos cantos da sala se estilhaçaram e as pessoas de capa vermelha caíram de joelhos, gemendo e soltando algumas palavras que amaldiçoavam as mulheres. Sangue começou a sair do nariz, ouvido e boca deles enquanto grunhiam de pavor, sua pele começou a esbranquiçar, ficando quase transparente, foi então que caíram em um sono profundo.

  As tochas de fogo se apagaram, e as três mulheres saíram pela porta da sala. Restou apenas o frio e o silêncio da sala escura.



Capitulo 1

    Acordei com o toque do despertador, pulei para fora da cama, ansiosa e animada para o primeiro dia de aula do último ano do ensino médio. Vesti um jeans azul escuro e uma regata branca, prendi o cabelo em um rabo de cavalo alto e desci as escadas correndo, indo direto para a porta da frente.
   Destranquei a porta e sai, o céu estava azul e aparentemente sem nuvem, fiquei parada alguns segundos imaginando até quando aquele calor gostoso de verão iria durar – o inverno começava cedo em minha cidade, e era bem rigoroso.
   Caminhei até o ponto de ônibus que ficava a duas quadras da minha casa, três minutos depois embarquei e segui para a escola. A escola estava cheia, os corredores estavam lotados de professores e alunos novos que andavam de um lado para outro tentando se localizar.
    No meio de muitos rostos desconhecidos localizei Will, meu ex namorado – havíamos terminado há oito meses, mas ele ainda não tinha superado essa separação- acenei sorridente para ele, mas ele virou-se e cochichou algo para um garoto que estava ao seu lado e que parecia ser quatro anos mais novo que ele. O sinal de entrada tocou e o diretor subiu no palco central da escola, pegou o microfone e convidou todos os alunos a se dirigirem até lá para que se iniciasse a apresentação dos novos professores. Caminhei lentamente junto com a multidão de alunos que se empurravam e se batiam uns contra os outros devido ao pouco espaço nos corredores.
    Logo que cheguei á frente do palco fui surpreendida por um abraço apertado que me deixou sem ar, depois que consegui recuperar o fôlego, percebi que era Lucy – minha melhor amiga.
 --Myllie, porque você não atendeu minhas ligações e não respondeu minhas mensagens?  Passei o fim de semana todo tentando falar com vo...
-- Também senti saudades Lucy – eu disse interrompendo-a - perdi meu celular na quinta-feira passada quando fui ao supermercado.
    O diretor interrompeu nossa conversa pedindo silêncio para que ele pudesse começar a falar. Depois de um longo discurso de boas vindas, chamou todos os professores no palco para começar a apresentação. O primeiro foi o professor Marlow que já era conhecido por quase todos na cidade, neste ano ia ser professor de sociologia e história. Depois foi a vez de Mickel, um senhor que aparentava ter sessenta anos, era professor de química. O terceiro a ser apresentado foi o professor de física, o nome era Alex, ele aparentava ser apenas quatro anos mais velho que eu, depois de ser apresentado, percorreu o olhar pela multidão de alunos parados em frente ao palco e parou o olhar em mim. Seus olhos negros me causaram calafrios e um tremor percorreu meu corpo, logo ele desviou o olhar, então deduzi que foi impressão minha ele ter percebido eu, ali, no meio de tantas pessoas.
    Eu não era uma garota popular – tinha cabelo preto e liso ate no meio das costa, pele branca e de altura eu era média – minha aparência não chamava atenção, eu era como qualquer outra garota de dezessete anos. Pensei na hipótese de que ele estava olhando para Lucy, ela sim chamava a atenção por onde passava. Cabelos loiros e longos, olhos de um azul destacados, corpo de modelo e tinha um ótimo gosto para se vestir.
-- Que gato. Lucy disse, me tirando dos meus pensamentos.
    A apresentação dos professores continuou. O último professor a ser apresentado foi à senhorita Gaber – professora de Inglês –aparentava ter cerca de quarenta e cinco anos e sem duvida estava acima do peso, qualquer um podia perceber que ela era muito mal-humorada.
­­-- Esse vai ser um ano longo – falou Lucy, dando um breve suspiro.
   A primeira aula foi de matemática, seguindo de uma de química e depois duas de história. Na hora do intervalo percebi que o “vuco-vuco” de alunos tumultuando os corredores tinha diminuído. Quando tocou o sinal para a passagem para última aula o professor Alex entrou na sala. Agora que eu estava a pouca distancia dele, pude perceber que seus olhos eram ainda mais negros do que tinha percebido na primeira vez que olhei para eles, e que músculos se estendiam por todo o se corpo e eram bem destacados por sua camisa preta super justa e seu jeans escuro que se ajustava perfeitamente em seu corpo. Cabelos negros e bagunçados completavam o visual, que eu podia classificar como interessante.
    Eu estava sentada na quarta carteira na fila que ficava em um dos cantos da sala, mas mesmo assim podia sentir o cheiro suave que ele tinha. Alex se apresentou á turma e, sim, eu estava certa sobre ele ser apenas quatro anos mais velho que eu. O restante da aula seguiu normalmente, apesar de eu não conseguir parar de olhar aqueles olhos que tanto me chamaram a atenção. Depois da aula, dei uma rápida passada no hotel onde minha mãe trabalha, para pegar a chave da porta de entrada da minha casa, que naquela manha eu tinha esquecido devido á pressa de chegar logo na escola.
    Eu morava com minha mãe em uma casa simples em um bairro não muito popular. Na maioria do tempo eu ficava sozinha em casa, pois minha mãe trabalhava o dia todo e eu não tinha irmãos e também nunca tive notícias do paradeiro de meu pai.
   Cheguei em casa, joguei a mochila em um dos sofás e deitei em outro. Fiquei ali por alguns minutos até que adormeci. Comecei a sonhar.
    Estava correndo, sem conseguir ver nada, apenas a escuridão estava diante de meus olhos, gritos ecoaram longe, percebi que eu estava em uma espécie de túnel, que parecia ser longo e ter pouco espaço para que eu pudesse me movimentar. Corri por mais algum tempo e então encontrei algo. Uma porta! Empurrei com toda a minha força e então ela se abriu bem lentamente. Lá dentro também estava escuro, mas pude perceber que eu não estava sozinha. Risos e gargalhadas faziam eco por todos os lados e luzes vermelhas se acendiam e  se apagavam muito rapidamente, senti calafrios em minhas costas. As luzes piscaram ainda mais depressa, os risos pareciam estar cada vez mais perto de mim e tudo começou girar, de repente tudo parou, e eu já não estava mais naquele lugar escuro, agora eu estava em uma sala de aula e lagrimas escorriam pelo meu rosto. Usei as costas das mãos para secá-las, foi quando percebi que minhas mãos estavam sujas. Não era lagrimas, era sangue.
  __________________________________

Deixe sua opinião nos comentários!

Contato: jaquelineparastchuk135@hotmail.com

28 comentários:

  1. Ameei
    Vai ter mais capítulos?

    ResponderExcluir
  2. Curiosíssima pelos próximos capítulos, Jaqueline. Megabjos e Boa escrita! O/

    ResponderExcluir
  3. Olá , como faço para mandar a minha Fanfic? Como proceder?

    ResponderExcluir
  4. Aaaaaah cade os proximos capitulos??????????

    ResponderExcluir
  5. Ameii❤️ Vc vai postar mais capítulos?

    ResponderExcluir
  6. gostei, é muito interessante, agora fiquei curiosa

    ResponderExcluir
  7. livronática keyce3 de outubro de 2016 15:15

    já tem no blog??? se não, posta karina por favor!!! ja me apaixonei! acabei de terminar uma saga (agorinha mesmo, à 5 minutos) e estou sofrendo de uma síndrome que só os leitores conhecem, a síndrome pós final de livros e series incriveis!! por favor, seja minha salvação!!



    Amo blog! nunca pare de postar! você é um anjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Então, só tem o primeiro capítulo mesmo... Foi uma divulgação. O restante tem que perguntar pra autora, mandar e-mail pra ela

      Excluir
  8. Ka como posso entrar em contato com voc? tenho algumas perguntas..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca, pelo meu e-mail :) livroson-line@hotmail.com

      Excluir
  9. Nossa!! Muito bom!!Adoraria mais...

    ResponderExcluir
  10. Oi pessoinhas, que bom que estão gostando. Eu não posto a fanfic em nenhum blog, mas se quiserem o 2° capitulo posso mandar p e-mail de voces. é só me passar o e-mail. bjinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que bom que você apareceu rs, eu ameiiiiiiiiiiiiiii seu livro e gostaria de ler, se for possível você me envia pois estou doida pro mas cap,meu email é esse ai Kelsymason432@gmail.com, pro favor não demora ta bjs.

      Excluir
    2. Jaque meu email é julia.h.amorim@gmail.com

      Excluir
    3. Já mandei p e-mail, :) espero que gostem. bjokas.

      Excluir
    4. Me manda também? Meu e-mail é laraleyd753@gmail.com amei demais essa fanfic!

      Excluir
    5. Pode me mandar também? Gostei demais da sua fanfic, meu e-mail é beatriznfb28@gmail.com

      Excluir
    6. Oee me manda também por favor? meu e-mail é y.zzymeireless@gmail.com

      Excluir
  11. Oii Karina, td bom? Queria saber se vc colocaria a minha fanfic aqui, ou essa fic é sua e vc não coloca de outras pessoas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Coloco sim, Maria :) envie o primeiro cap, resumo, imagem ilustrativa e link para livroson-line@hotmail.com

      Excluir
  12. Muto bom o 1 capitulo vai ter mais

    ResponderExcluir
  13. Fiquei curiosa !!!! Quero os próximos ...

    ResponderExcluir
  14. Alguem tem uns romances sobrenaturas pra me sugerir?

    ResponderExcluir
  15. Amei o primeiro capitulo quero ler o restante... Manda aqui kerolenvenancio@outlook.com bjuus!

    ResponderExcluir
  16. é possível passar o e-mail dela? estou interessada em entrar em contato com o autor, desde já agradesço.

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!