24 de julho de 2016

Capítulo 42

No acampamento, Halt e Crowley ouviram o relatório de Will. Ele já tinha enviado um relato escrito antes por um mensageiro, mas os dois arqueiros sêniores queriam um relatório em pessoa. Tanta coisa poderia ficar de fora de um relatório escrito. Eles assentiam conforme Will descrevia os eventos durante o jantar. Crowley estava particularmente interessado em sua descrição da habilidade de Malcolm como um curandeiro, assim como sua capacidade de criar ilusões e imagens e seu conhecimento dos produtos químicos.
— Ele poderia ser uma pessoa útil para ter ligação — disse ele. — Você acha que ele poderia estar disposto a trabalhar com a gente de vez em quando?
Will considerou a questão.
— Acho que sim. Contanto que nós garantimos proteger sua privacidade. Sua primeira prioridade é proteger as pessoas que vêm a ele por ajuda.
O comandante acenou com a cabeça várias vezes.
— Falaremos sobre isso mais tarde. Neste momento, é melhor eu começar a fazer meu relatório para o rei.
Halt levantou-se e chamou a atenção de Will.
— Vamos dar uma volta em torno da terra — sugeriu. — Eu não aguento ouvir Crowley resmungando e gemendo enquanto ele tenta escrever relatórios.
Will sorriu e levantou-se a juntar a ele.
Eles deixaram Crowley mastigando a ponta de um lápis e resmungando para si mesmo e caminharam em silêncio por algum tempo. Eles pararam em um gigante carvalho que marcava o fim do acampamento. Instintivamente, procuraram a ocultação das sombras, evitando o terreno à sua volta.
Parte de ser um arqueiro, Will pensou.
— Você fez bem — Halt disse finalmente. — Estou orgulhoso de você.
Will olhou para o velho mestre. As palavras simples significavam mais para Will do que qualquer número de prêmios ou condecorações e promoções. Como em tantas outras ocasiões, o rosto de Halt estava escondido na sombra de seu capuz.
— Obrigado, Halt — disse ele.
Halt virou para olhá-lo em sua volta. As características de Will estavam ocultas também, mas Halt era um estudante da linguagem do corpo, e viu que os ombros do menino estavam um pouco caídos. Ele sentiu um ar de tristeza em torno Will desde que ele tinha chegado.
— Tudo bem? — Perguntou ele.
Ele viu o movimento ligeiro encolher de ombros de Will, sob a capa.
— Sim... Bem, não... ah, eu suponho que sim .
— Bem, há três respostas para escolher — Halt disse, sem maldade.
Ele esperou, mas Will não parecia a ponto de dizer mais nada. Eles começaram a andar novamente. Ficaram em silêncio, mas era um silêncio companheiro. Ele tomou os dois de volta aos velhos tempos, e sentiram um calor na memória.
— Halt — disse Will, eventualmente — eu posso lhe fazer uma pergunta?
— Eu acho que você acabou de fazer — Halt respondeu, com uma leve sugestão de um sorriso em sua voz. Era uma velha brincadeira entre os dois. Will sorriu, então suspirou e tornou-se sério.
— A vida sempre fica mais difícil quando você fica mais velho?
— Você não é exatamente um ancião — Halt disse suavemente. — Mas as coisas têm uma maneira de acontecer, você sabe. Basta dar-lhes tempo.
Will fez um pequeno gesto frustrado com as mãos.
— Eu sei... Eu só, digo... ah, eu não sei o que dizer! — concluiu.
Halt olhou-o com cuidado.
— Pauline disse obrigada para você por resgatar sua assistente — disse ele.
Desta vez, ele tinha certeza que viu uma reação. Então era isso.
— Fiquei contente em fazer isso — respondeu Will, eventualmente, sua voz neutra. — Acho que vou dormir. Boa noite, Halt.
— Boa noite, filho — disse Halt.
Ele escolheu a última palavra intencionalmente. Ele assistia conforme a figura ia a passos largos em direção ao fogo, vendo-o endireitar os ombros conforme ia. Às vezes, a vida lançava problemas que, mesmo o mais sábio, mentor de maior confiança não poderia resolver para você. Era parte da dor do crescimento. E ter que ficar parado e só poder observar era parte da dor de ser um mentor.

2 comentários:

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!