25 de março de 2016

Mapa




Nota do editor
Esta é uma história de muito tempo atrás. Naquela época, as línguas e as letras eram muito diferentes das que empregamos hoje. O inglês foi usado para representar essas línguas. Mas dois pontos devem ser observados:
(1) Em inglês, o único plural correto de dwarf (anão) é dwarfs, e o adjetivo é dwarfish. Nesta história, usam-se dwarves e dwarvish*, mas apenas quando se fala do antigo povo a que pertenciam Thorin Escudo de Carvalho e seus companheiros.
(2) Orc não é uma palavra inglesa.
Ocorre em um ou dois lugares, mas é geralmente traduzida como goblin (ou hobgoblin no caso das espécies maiores). Orc é a forma hobbit do nome dado naquele tempo a essas criaturas e não tem nenhuma relação com orc, ork (orca), que se aplicam a animais marinhos aparentados com o golfinho. O motivo para este uso é oferecido em O Senhor dos Anéis, III, p. 639.
Runas eram antigas letras originalmente entalhadas ou riscadas em madeira, pedra ou metal e que, portanto, eram finas e angulosas. Na época desta história, apenas os anões empregavam-nas com regularidade, especialmente para registros privados ou secretos. Suas runas estão representadas neste livro por runas inglesas, que hoje são conhecidas por poucos. Se as runas no mapa de Thror forem comparadas com as transcrições em letras modernas, o alfabeto, adaptado ao inglês moderno, poderá ser descoberto e o título rúnico acima também poderá ser lido. No Mapa são encontradas todas as runas normais, para X. I e U são usadas no lugar de J e V. Não havia     runas  para  Q  (use  CW)  nem  para  Z  (pode-se  usar  a runa dosse necessário). Descobrir-se-á, porém, que algumas runas individuais representam duas letras modernas: th, ng, ee, outras runas do mesmo tipo  também foram usadas algumas vezes. A porta secreta estava marcada com D
 Na borda havia uma mão apontando para esta e embaixo estava escrito:



As duas últimas runas são as iniciais de Thror e Thrain. As runas-da-lua lidas por Elrond eram:


No Mapa, os pontos cardeais são indicados por runas, como era costume nos mapas dos anões, e, assim, leem-se em sentido horário: Leste (E), Sul (S), Oeste (W), Norte (N).

6 comentários:

  1. Espero que isso seja útil na história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é mais tenho um pressentimento q não...

      Excluir
  2. Desculpe, mas eu não consegui ler a página anterior e nem essa. Fazer o que, é meio tedioso. E além disso, minha memória fotográfica já está borbulhando com capítulos e mais capítulos de milhares de livros, e isso já lota demais.

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!