8 de fevereiro de 2016

Capítulo 54

Quando a reunião do conselho terminou, Chaol fez o possível para não olhar para o pai, que o observava tão cuidadosamente enquanto o capitão anunciava os planos ao rei, ou para Dorian, cujo senso de traição irrompeu conforme a reunião prosseguiu. Ele tentou correr de volta para o quartel, mas não ficou tão surpreso quando a mão de alguém o agarrou pelo ombro e o virou.
— Wendlyn? — grunhiu Dorian.
Chaol manteve o rosto impassível.
— Se ela é capaz de abrir um portal como fez na noite passada, acho que precisa sair do castelo por um tempo. Pelo bem de todos nós.
O príncipe não podia saber a verdade.
— Ela jamais o perdoará por mandá-la embora assim, para conquistar um país inteiro. E de uma forma tão pública, fazendo um espetáculo da situação. Está maluco?
— Não preciso do perdão dela. E não quero me preocupar com Celaena permitindo a entrada de uma horda de criaturas de outro mundo apenas porque sente saudades da amiga.
Chaol odiava cada mentira que saía de sua boca, mas Dorian as aceitou, os olhos pareciam brilhar com ódio. Aquele era o outro sacrifício que o capitão precisaria fazer; porque se Dorian não o odiasse, se não quisesse Chaol longe, partir para Anielle seria muito mais difícil.
— Se algo acontecer com ela em Wendlyn — rosnou Dorian, recusando-se a recuar —, vou fazer com que você se arrependa do dia em que nasceu.
Se algo acontecesse com ela, Chaol tinha quase certeza de que se arrependeria desse dia também.
Mas o capitão apenas disse:
— Um de nós precisa começar a liderar, Dorian. — Então ele saiu pisando duro.
O príncipe não o seguiu.



O dia amanhecia quando Celaena chegou ao túmulo de Nehemia. A última neve do inverno havia derretido, deixando o mundo estéril e marrom, esperando pela primavera.
Em algumas horas, ela partiria pelo oceano.
Celaena se ajoelhou no chão úmido e fez uma reverência com a cabeça diante do túmulo.
Então disse as palavras que queria dizer à princesa na noite anterior. As palavras que deveria ter dito desde o início. Palavras que não mudariam, não importava o que descobrisse sobre a morte dela.
— Quero que saiba — sussurrou Celaena para o vento, para a terra, para o corpo bem abaixo — que estava certa. Estava certa. Sou uma covarde. E tenho fugido há tanto tempo que esqueci o que significa ficar e lutar.
Ela fez uma reverência mais acentuada, apoiando a testa na terra.
— Mas prometo — sussurrou Celaena para o solo —, prometo que vou impedi-lo. Prometo que jamais perdoarei, jamais esquecerei o que fizeram com você. Prometo que libertarei Eyllwe. Prometo que verei a coroa de seu pai devolvida à cabeça dele.
A jovem se levantou, sacando uma adaga do bolso, então fez um corte na palma da mão esquerda. Sangue se acumulou, forte como rubi, contra o amanhecer dourado, escorrendo pela lateral da mão antes que ela pressionasse a palma da mão na terra.
— Prometo — sussurrou Celaena de novo. — Por meu nome, por minha vida, mesmo que isso tome meu último suspiro, prometo que verei Eyllwe libertada.
Ela deixou o sangue penetrar na terra, desejando que carregasse as palavras do juramento para o outro mundo, no qual Nehemia estava a salvo por fim. Dali em diante, não haveria mais juramentos além daquele, nenhum contrato, nenhuma obrigação. Jamais perdoar, jamais esquecer.
E Celaena não sabia como faria aquilo, ou quanto tempo levaria, mas cumpriria o juramento. Porque Nehemia não podia. Porque estava na hora.

4 comentários:

  1. Esse livro é muito bom!!!!!
    Mas fico triste q para proteger a Celena (leio o nome sim) o Chaol tenha q sacrificar a amisade com o Dorian.

    E queria muito q a ela ficasse com o Chaol, mas a lealdade dele ao Rei e a incapacidade dela de confiar e ver o quanto ele está sacrificando por ela enterou o possível relacionamento dos dois.
    O problema é q já ficou claro q ela só gosta do Dorian como amigo o q eu acho super massa (pq cansei dessas história de heroínas com príncipes q vivem felizes para sempre!), mas com quem será q ela vai ficar?!!!!!
    Tomara q não seja q nem Eragon e ela acabe sosinha por causa das responsabilidades!
    Tomara q ela encontem um boy legal. Nem q seja um Feérico ou algo do tipo, mas ela já sofreu de mais, já perdeu gente q amava de mais e fez muitos sacrifícios! Ela merece ser feliz!!!
    Também não quero q o Dorian fique sozinho eu shipaveis muito ele com a Nehemia...
    E o Chaol também tem q encontra uma tia legal!!!
    No final todos tem q estar felizes e o rei morto em alguma latrina fétida sem honra e totalmente esquecido!!!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo esse juramento!
    Força cel! Vc consegue! 🙋

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!