4 de novembro de 2015

Epílogo

Oklahoma – Dias atuais

― Não.
Mesmo com as lágrimas escorrendo por seu rosto, a voz de Dragon estava sem emoção enquanto mirava perdidamente a pira funerária de Jack.
― Nunca poderei esquecer ou perdoar. Aquela coisa que libertei foi o espírito de um corvo escarnecedor, a criatura que, conseguindo um corpo, te assassinou. Se eu o tivesse destruído, minha amada, meu amor, poderíamos ter evitado este destino, este futuro ― ele balançou a cabeça e repetiu ― não, nunca poderei esquecer.
Então, com movimentos frios e perfeitamente controlados, ele envolveu o medalhão de Anastasia com sua mão e o pressionou contra o coração, inclinando-se em reverência e dizendo:
― Já não tenho uma sacerdotisa. Não estou mais preso ao meu juramento. Sem você, Anastasia, eu sou apenas o dragão, um dragão que não modera força com misericórdia.
Ele abriu os dedos e manteve o medalhão em sua frente, beijou-o e lançou-o dentro da ardente pira.
Chamas verdes resplandeceram na pira e a realidade se dividiu e separou como uma cortina para revelar uma visão fantasmagórica de Anastasia. Ela soluçava e sua voz, como um eco, chegou a ele.

Cortou meu coração com sua espada, Dragon Bryan Lankford.

Ele caiu de joelhos desesperado, tentando alcançar as chamas, como se pudesse arrebatar o espírito da vampira para ele e começou a chorar.
― Sua morte me quebrou, o dragão foi tudo o que restou.
A aparição estava desbotando, mas escutou-se sua voz sobre o estalido do fogo.

Se já não é meu consorte, amável e descente,
Como te encontrarei novamente?

Quando seus olhos famintos a contemplaram, Anastasia, ainda chorando, se separou da ruptura da realidade e subiu as etapas até o braço de Nyx. A Deusa ergueu uma palma em sua frente e a luz iluminou em cascata a alma da sacerdotisa.
― Nyx! ― Dragon implorou ― deixe-a ficar comigo!
O olhar da deusa estava infinitamente triste.

Você deve ser valente para encontrar a paz que tanto deseja.

A cortina para o Outromundo tremeu e fechou, cortando a visão de Dragon da Deusa e de sua consorte.
― Bravo! ― ele gritou ― essa é sua única resposta para mim antes que leve minha consorte? Como pode ser tão cruel? Eu a nego, Nyx! Encontrei Anastasia uma vez por mim mesmo. Farei outra vez, mas só depois que eu tenha vingado sua importuna morte. Assim eu juro sobre minha espada, meu juramento como Dragon Lankford!
Dragon caminhou para longe na escuridão, e o flanco branco de um enorme touro refletiu a luz da lua enquanto a besta, contente, girava para longe para perseguir outros prazeres.
No Outromundo, Nyx contemplou abaixo o guerreiro caído de Anastasia e chorou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!