13 de novembro de 2015

Capítulo 16

16 de dezembro, segunda
Stefan me deu isto. Ele arrumou a maioria das coisas de seu quarto. No princípio disse que não o queria, porque não sabia o que fazer com ele. Mas agora acho que tenho uma ideia.
As pessoas já começaram a esquecer. Lembram dos detalhes incorretamente, dizem coisas que simplesmente imaginaram. E, principalmente, inventam explicações. Que não foi realmente sobrenatural, que existe um motivo racional para isso ou aquilo. É simplesmente estúpido, mas não há um modo detê-los, principalmente, os adultos.
Eles são os piores. Se dedicam a dizer que os cachorros tinham hidrofobia ou algo parecido. O veterinário acredita que existe um nome novo para isso, um novo tipo de raiva que se propaga através dos morcegos. Meredith disse que é irônico, acho que é simplesmente idiota.
Os jovens são um pouco melhores, em especial os que estavam no baile. Há alguns que acredito que possamos confiar, como Sue Carson e Vickie. Vickie mudou tanto nos últimos dois dias que é como um milagre. Não se comporta como nos últimos dois meses e meio, mas tampouco está como antes. Era bem mais imbecil, andando por aí com qualquer garoto. Mas agora acho que está legal.
Mesmo Caroline não esteve tão mal hoje. Não falou na outra cerimônia, mas discursou nesta. Disse que Elena era a real Rainha da Neve, meio que copiando o discurso anterior de Sue, mas provavelmente era o melhor que Caroline podia fazer. Foi um gesto bom.
Elena tinha um aspecto muito plácido. Não parecia uma boneca de cera, e sim, como se dormisse. Sei que todo mundo diz isso, mas é verdade. Desta vez é realmente verdade.
Mas então as pessoas começaram a falar de “como escapou surpreendentemente de morrer afogada” e coisas parecidas. E dizer morreu de uma embolia ou algo assim. O que na verdade é ridículo. Mas isso é o que eu acho.
Vou pegar seu outro diário do closet e então pedirei à Sra. Grimesby que os coloque na biblioteca, não em por trás de um vidro como o de Honoria Fell, mas num local onde as pessoas possam pegá-lo e lê-lo. Porque a verdade está lá dentro. É lá que está a verdadeira história. E que ninguém a esqueça.
Acho que talvez os jovens se lembrarão.
Suponho que deveria anotar o que aconteceu com o resto das pessoas por aqui. Elena gostaria disso.
Tia Judith está bem, mesmo sendo um dos adultos incapazes de lidar com a verdade. Precisa de uma explicação racional. Robert e ela vão se casar no Natal. Isso deve ser bom para Margaret.
Margaret está certa. Me disse durante a escola que vai ver Elena e seus pais algum dia, mas não agora, porque há muitas coisas que ainda deve fazer aqui. Não sei quem pôs essa ideia na cabeça dela. Ela é  bastante esperta para ter só quatro anos. 
Alaric e Meredith também estão bem desde então. Quando viram um ao outro naquela terrível manhã, depois de tudo estar tranquilo e tentarmos voltar à normalidade, praticamente se jogaram um nos braços do outro. Acho que alguma coisa está acontecendo ali. Meredith disse que saberemos quando ela fizer dezoito anos e se graduar.
Típico, totalmente típico. Todas as outras ficam com os garotos. Estou pensando em testar um dos rituais da minha avó, só para ver se alguma dia me casarei. Por aqui nem sequer há alguém com quem queira me casar.
Bom, tem o Matt. Ele é agradável. Mas agora só pensa em uma garota. Não sei se isso mudará algum dia. Deu um soco no nariz de Tyler depois da escola hoje, porque Tyler disse algo impróprio sobre ela. Tyler é uma pessoa que sei que jamais mudará; não importa o que aconteça. Sempre será o repugnante, imbecil e mesquinho que é agora.
Mas Matt... Bom, os olhos de Matt são terrivelmente azuis. E têm um cruzado de direito fabuloso.
Stefan não pôde bater em Tyler porque não estava lá. Ainda há muita gente na cidade que pensa que ele matou Elena. Deve ter feito, dizem, porque não havia mais ninguém lá. As cinzas de Katherine estavam jogadas por todas as partes quando a equipe de resgate chegou na cripta. Stefan disse que queimou daquela forma porque era muito velha. Disse que deveria ter se dado conta da primeira vez, quando Katherine fingiu ter queimado, porque um vampiro jovem não virava cinzas desse jeito. Simplesmente morria, como Elena. Somente os velhos se desfazem.
Algumas pessoas – em especial os Sr. Smallwood e seus amigos – provavelmente culpariam Damon se pudessem pôr as mãos nele. Mas não puderam. Não estava lá quando chegaram à cripta, porque Stefan o ajudou a fugir. Stefan não quer dizer para onde, mas acho que para algum lugar do bosque. Os vampiros devem se curar rapidamente, porque hoje, quando me encontrei com Stefan depois do funeral, disse-me que Damon tinha abandonado Fell’s Church. Não era algo que o deixasse feliz; acho que Damon não lhe avisou. Agora a questão parece ser esta: O que estará fazendo Damon? Anda por aí mordendo garotas inocentes ou mudou? Não apostaria em nenhuma das duas coisas. Damon era um cara estranho.
Mas lindo. Definitivamente, lindo.
Stefan também não quer dizer para onde iria, mas tenho a leve suspeita de que Damon pode ter uma surpresa se olhar para trás. Ao que parece, Elena fez Stefan prometer que cuidaria dele ou algo assim. E Stefan leva as promessas muito, muito a sério.
Desejo a ele sorte. Mas estará fazendo o que Elena queria que ele fizesse, o que acho que o fará feliz. Tão feliz quanto estar aqui sem ela. Agora carrega o anel de Elena pendurado no pescoço com uma corrente.
Se você acha que quaisquer destas coisas soem frívolas ou como se eu não me importasse com Elena, isso simplesmente demonstra quão errado você está. Desafio qualquer um a me dizer isso. Meredith e eu choramos todo o sábado e grande parte do domingo. E eu estava tão furiosa.
Gostava de Elena. E vou sentir terrivelmente sua falta. Toda a escola permanece a mesma. É como uma luz que se apagou. Robert diz que isso é o que seu nome significa em latim, “luz”.
Agora sempre haverá uma parte de mim onde a luz se foi.
Quem dera eu pudesse ter me despedido dela, mas Stefan disse que ela me mandou seu amor para mim. Tentarei pensar nisso como uma luz que levarei comigo.
Será melhor que eu pare de escrever agora, Stefan vai embora, e Matt, Meredith, Alaric e eu vamos nos despedir dele. Não era minha intenção falar tanto; nunca tinha escrito em um diário. Mas quero que as pessoas conheçam a verdade sobre Elena. Ela não era uma santa. Não era sempre doce, boa, honesta e agradável. Mas era forte, afetuosa e leal aos seus amigos, e no fim fez a coisa mais generosa que alguém poderia fazer. Meredith disse que significa que escolheu a luz no lugar da escuridão. Quero que as pessoas saibam disso para que sempre se lembrem.
Eu sempre lembrarei.

BONNIE MCCULLOUGH
16/12/91

2 comentários:

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!