18 de outubro de 2015

Quarenta e nove - Ah, já sei qual é seu problema. Tem uma espada enfiada no seu nariz

NÃO CONSEGUI EVITAR.
Quando ouvi o nome Thor, pensei no cara dos filmes e dos quadrinhos, um grande super-herói do espaço sideral, com calça de lycra colorida, capa vermelha, cabelo louro e talvez um capacete com asinhas fofinhas.
Na vida real, Thor era mais assustador. E mais vermelho. E mais desgrenhado. Além disso, xingava como um marinheiro bêbado e muito criativo.
— Balde de esterco da sua mãe suja! — gritou ele. (Ou alguma outra coisa parecida. Meu cérebro pode ter filtrado a linguagem verdadeira, pois teria feito meus ouvidos sangrarem.) — Onde está meu apoio?
Ele estava afundado até o peito na água perto da margem oposta, agarrado a um arbusto do penhasco. A pedra era tão lisa e escorregadia que não havia nenhuma reentrância onde se segurar. As raízes do arbusto pareciam prestes a se soltar. A qualquer momento, Thor seria levado pela correnteza, onde fileiras de pedras irregulares cortavam o fluxo em uma série de cataratas, perfeitas para fazer um milk-shake de Thor.
De longe, com os borrifos de água e a névoa, eu não conseguia ver direito o deus: ele tinha cabelo ruivo que caía até os ombros, uma barba ruiva encaracolada e braços de fisiculturista para fora de um colete de couro sem mangas. Usava manoplas de ferro escuro que lembravam mãos de robô e um colete de cota de malha que Blitzen não acharia muito elegante.
— Filho da pura barba repuxada! — vociferou o deus. — Otis, é você? Onde está minha artilharia? Meu suporte aéreo? Onde em Helheim está minha cavalaria?
— Estou aqui, chefe! — gritou Otis. — Eu trouxe... dois adolescentes e um elfo morto!
— Ele não está morto — repeti.
— Um elfo quase morto — corrigiu Otis.
— De que adianta isso? — bradou Thor. — Quero que matem aquela giganta e quero que matem AGORA!
— Giganta? — perguntei.
Marvin me cutucou com a cabeça.
— Aquela, seu burro.
Ele indicou a cachoeira. Por um momento, a névoa se partiu no alto do penhasco, e eu vi o problema.
Ao meu lado, Sam fez um som de quem estava sendo enforcada.
— Heimdall do céu.
Os pilares de pedra do tamanho de arranha-céus na verdade eram pernas, pernas imensas e tão cinzentas e ásperas que se misturavam com os penhascos ao redor. O restante da mulher era tão alto que ela fazia o Godzilla parecer um poodle toy. Fazia a Sears Tower parecer um cone de trânsito. O vestido até as coxas era feito de pele de tantos animais que provavelmente levou várias dezenas de espécies à extinção. O rosto, em algum lugar lá na estratosfera, era tão pétreo e sério quanto o dos presidentes do Monte Rushmore, cercado por um furacão de cabelo preto e comprido. Estava segurando os cumes dos penhascos dos dois lados do rio como se aguentar a torrente fosse difícil até para ela.
Olhou para baixo, sorriu com crueldade para o pontinho de deus do trovão preso na correnteza e apertou as pernas mais um pouco. A cachoeira jorrou entre as panturrilhas dela como uma cortina de força líquida de alta pressurização.
Thor quis gritar, mas ficou com a boca cheia de água. A cabeça dele submergiu. O arbusto no qual estava pendurado se inclinou para o lado, e as raízes se partiram uma após a outra.
— Ela vai jorrá-lo para o esquecimento! — gritou Marvin. — Façam alguma coisa, humanos!
Como o quê?, pensei.
— Ele é um deus — falei. — Não pode voar? Não pode explodi-la com um raio ou... que tal o martelo? Ele não tem um martelo?
Marvin rosnou. Ele era muito bom em rosnar.
— Caramba, por que nós não pensamos nisso? Se Thor pudesse fazer qualquer uma dessas coisas sem se soltar e ser instantaneamente morto, você não acha que já teria feito?
Tive vontade de perguntar como um deus podia morrer, já que todos supostamente eram imortais. Mas pensei em Mímir existindo para sempre como uma cabeça decepada e em Balder sendo ferido por um dardo de visgo e passando a eternidade no reino de Hel.
Olhei para Sam.
Ela deu de ombros, sentindo-se impotente.
— Contra uma giganta desse tamanho, não tenho nada.
Hearthstone murmurou dormindo. As pálpebras dele estavam começando a ter espasmos, mas ele não faria magia tão cedo.
Diante disso, só me restava um amigo para pedir ajuda.
— Jacques.
A espada pairou ao meu lado.
— O quê?
— Está vendo aquela giganta enorme bloqueando o rio?
— Falando tecnicamente — disse Jacques — não consigo ver nada, pois não tenho olhos. Mas sim, estou vendo a giganta.
— Você acha que consegue voar até lá e, sei lá, matá-la?
Jacques zumbiu com indignação.
— Você quer que eu mate uma giganta de seiscentos metros?
— Quero.
— Ah, a questão é a seguinte. Você precisaria me arremessar como nunca arremessou nada antes. Precisaria realmente acreditar que matar essa giganta é uma tarefa que vale a pena. E precisaria estar preparado para o que aconteceria com você quando me segurar de novo. Quanta energia seria preciso para você subir nessa giganta de seiscentos metros e matá-la?
O esforço provavelmente me destruiria, pensei. Mas não vi muita escolha. Precisávamos de informação de Thor. Sam e Hearthstone e dois bodes falantes antissociais dependiam de mim.
— Vamos lá.
Peguei a espada.
Tentei me concentrar. Eu não me importava muito com a vida de Thor. Nem conhecia o cara direito. E também não queria saber por que uma giganta de mais de meio quilômetro achava divertido ficar de pé em cima de um rio espremendo uma cachoeira entre as panturrilhas.
Mas eu me importava com Sam, Blitzen e Hearthstone. Eles arriscaram a vida para me levar até ali. Independentemente do que Loki prometesse, eu tinha que encontrar um jeito de impedir Surt e manter Fenrir acorrentado. O Lobo provocou a morte da minha mãe. Mímir disse que Fenrir mandou os dois filhos... Eles queriam me matar. Minha mãe sacrificou a vida dela por mim. Eu tinha que fazer o sacrifício dela valer alguma coisa.
Aquela giganta cinza representava tudo que estava no meu caminho. Ela tinha que morrer.
Com toda a minha força, joguei a espada.
Jacques saiu cortando o ar como um bumerangue com motor de foguete.
O que aconteceu depois... bem, eu não sei se vi corretamente. Era muito alto. Mas pareceu que Jacques entrou pela narina esquerda da giganta.
A giganta arqueou as costas. Fez uma cara de quem ia espirrar. As mãos escorregaram do topo dos penhascos. Jacques saiu pela narina direita na hora que os joelhos da giganta se dobraram e ela caiu na nossa direção.
— Madeira! — gritou a espada, espiralando para mim.
— CORRAM! — berrei.
Tarde demais. A giganta caiu de cara no rio com um tremendo SPLASH!
Não tenho lembrança do muro de água que me empurrou contra os galhos de uma árvore junto com Sam, um Hearthstone meio adormecido e os dois bodes assustados. Mesmo assim, deve ter sido o que aconteceu. Por pura sorte, nenhum de nós morreu.
O corpo da giganta mudou completamente a topografia do lugar. Onde antes havia um rio, naquele  momento era um pântano grande e gelado, com água gorgolejando e jorrando ao redor da Ilha da Moça Morta enquanto tentava encontrar novas formas de seguir seu curso. A praia estava com quinze centímetros de água. O acampamento de Thor sumiu. O deus não estava em lugar nenhum.
— Você matou Thor! — baliu Otis. — Jogou uma giganta em cima dele!
O braço direito da giganta teve um espasmo. Eu quase caí da árvore. Fiquei com medo de Jacques só tê-la atordoado, mas aí Thor se contorceu para fora do sovaco da giganta com muitos palavrões e xingamentos.
Sam e eu ajudamos Hearthstone a descer da árvore enquanto o deus do trovão seguia pelas costas da giganta, pulava no pântano e se aproximava de nós. Os olhos dele eram azuis, envoltos em um vermelho furioso. A expressão era tão feroz que javalis teriam saído correndo chamando a mamãe.
Jacques, a espada, apareceu do meu lado, coberto de vários tipos de gosma tipicamente encontradas na narina de um gigante.
— O que você achou, señor? — As runas dele brilharam. — Está orgulhoso de mim?
— Vou responder se sobreviver aos próximos dois minutos.
O deus zangado parou na minha frente. Água pingava da barba ruiva no peito extremamente largo coberto de cota de malha. Os punhos do tamanho de frigideiras estavam fechados dentro das manoplas.
— Isso — ele abriu um sorriso — foi incrível!
Ele me deu um tapa tão forte no ombro que deslocou várias juntas.
— Venham jantar comigo! Podemos matar Otis e Marvin!

29 comentários:

  1. Não consigo imaginar ele ruivo, os filmes da Marvel me estragaram '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né! Pra mim Thor sempre será aquele do filme. Não consigo imaginá-lo de outra maneira

      Excluir
    2. Até consigo ver uma barba grande e sardas mas ele ruivo não rola

      Excluir
    3. Eu consegui. Acho que foi pq um dia assisti um filme sobre vikings e Thor era desse jeito msm. A Freya não era tão bonita.

      Excluir
    4. Nem é só o Thor. Odin, Heimdall, Loki não consigo imaginar nenhum do jeito que são descritos no livro. #PartiuProcessarAMarvelPorBloquearMinhaImaginação.

      Excluir
    5. Lara Erudite Maris27 de outubro de 2015 15:03

      Na minha cabeça o Thor desse livro é uma mistura de Thor da Marvel e Istoico, pai do Soluço (do filme como treinar o seu dragão)

      Excluir
    6. #PartiuProcessarAMarvelPorBloquearMinhaImaginação

      Excluir
    7. #PartiuProcessarAMarvelPorBloquearMinhaImaginação

      ~coruja

      Excluir
    8. Ahhhh n sei vcs mas eu sempre soube q o Thor n era daquele jeito. Sempre imaginei ele parecido com o Estóico (pai do Soluço) da animação da Disney Como criar seu dragão...

      Excluir
  2. Se é dificil imaginar o Thor imaginem o Loki então kkk

    ResponderExcluir
  3. Gente depois desses últimos capítulos escutando a voz da espada meio robótica, lembrei da ligação. O Jacques do Homem de Ferro o//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É msm kkkkkkk. Esse livro ta demais. Altas referências kkkkkkkk

      ezequiel

      Excluir
    2. Eu não acho que o loki da marvel é tão diferente do distrito pelo livro a diferença é o olho vermelho que parece ta peganu fogo bixu

      Excluir
  4. Jacques, jarvis, istoico, kkkkkkkk mds!!! Q comentarios galera! Vao me matar rindo kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu já morri
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      ~coruja

      Excluir
  5. Imaginar o Thor foi tenso.
    Imaginei o Thor do filme com cabelos e barba ruivo. E não ficou muito bonito.
    cara, preciso de um Jacques na minha vida <3 kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. #PartiuProcessarAMarvelPorBloquearMinhaImaginaçãoAlexandre fontanet

    ResponderExcluir
  7. KKKKKKKKK O CARA É ESMAGADO POR UM SUVACO E FICA FELIZ KKKKKK THOR LINDOOOO
    mas meus Deus como ousa deixar ele ruivo??? Não consigo imaginar ele assim mano só vejo ele como o Chris Hemsworth KKKKKK #PartiuProcessarAMarvelPorBloquearMinhaImaginação

    ResponderExcluir
  8. — Jacques.
    A espada pairou ao meu lado.
    — O quê?
    — Está vendo aquela giganta enorme bloqueando o rio?
    — Falando tecnicamente — disse Jacques — não consigo ver nada, pois não tenho olhos. Mas sim, estou vendo a giganta.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Por que Marvel?
    mas sinceramente,acho bem melhor o Thor com esse vocabulário do que o Sr.Todo-Certinho que é o Thor do filme.Pra imaginar o Thor ruivo,eu usei o ator Michael Fassbender que faz o Magneto,só que com barba,quando ele faz o filme ''12 anos de escravidão''.
    Mas não consigo imaginar ele girando o martelo,não

    ResponderExcluir
  10. Jacques poderosa
    que comentários em rindo ate 2100

    ~coruja

    ResponderExcluir
  11. — Filho da pura barba repuxada! —
    Kkkklk tive que ler três vezes essa parte! Eu só entendia Filho da Pu*a!

    Ñ consigo de maneira nenhuma ver o Thor ruivo! Com barba até que dá, mas a barba instantaneamente fica loira Kkkkkkkk Assim como Magnus o descreveu parece uma mistura do "Thor Vingador" e o pai do Soluço ou da Merida! Tô chateada com a Marvel por não me deixar imaginar o Thor de outro jeito!

    ResponderExcluir
  12. Eu imaginei ele mais ou menos como imagino Vulcano. Vermelho, cabeça quadrada, cabelo preto e olhos sem a parte branca, a pele como em latão e tal... Se eu esforçar vejo ele ruivo, mas a idéia n vem naturalmente...

    ResponderExcluir
  13. Ninguém se ligou que a giganta estava menstruando em Thor, mas ok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. menstruando???não entendi!!!???

      Excluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!