30 de outubro de 2015

Onze

Quando chego aos bastidores, Miles está rodeado por sua família e amigos e ainda vestido com as botas brancas go-go e o mini vestido que Tracy Turnblad usou na última cena de Hairspray.
— Bravo! Vocês foram incríveis! — Eu lhe digo, entregando as flores ao invés de um abraço já que eu não posso assumir qualquer risco ao receber mais energia quando estou tão nervosa que mal consigo lidar com a minha. — Sério, não tinha ideia de que pudesse cantar assim.
— Sim você sabia. — Ele move para um lado sua longa peruca e enterra seu nariz nas pétalas. — Você me escutou cantar no carro muitas vezes.
— Mas não assim. — Eu sorrio, e estou falando sério. De fato, ele era tão bom, que até estou planejando assistir outra apresentação em outra noite que não esteja tão nervosa como esta noite. — E onde está Holt? — Pergunto, embora já saiba a resposta, mas só estou tentada a manter a conversa até que Damen chegue. — Com certeza vocês já se reconciliaram...
Miles franziu o cenho e fez um gesto com a cabeça em direção a seu pai, enquanto eu me encolho e gesticulo que sinto muito. Esquecendo que, embora todos os seus amigos saibam ele saiu do armário, seus pais ainda não sabem.
— Não se preocupe, está tudo bem. — Ele sussurra, elevando suas falsas sobrancelhas e acariciando seus cachos dourados. — Tive um mau momento, mas está superado, e tudo perdoado. Falando do príncipe encantado...
E me viro para a porta, ansiosa por ver Damen caminhar por ela. Meu coração se sobressaltando só no fato de pensar nele, por maravilhoso e glorioso que é pensar nele... E não faço muito para dissimular minha decepção quando me dou conta que ele se refere a Haven e Josh.
— O que acha? — Ele pergunta, sinalizando com a cabeça para eles. — Acha que conseguem?
Eu observo como Josh desliza seu braço ao redor da cintura de Haven, curvando seus dedos e puxando-a para mais perto dele. Não importa o quanto ele tente, não adianta. Apesar do fato que eles são perfeitos juntos, ela está focada em Roman, observando a maneira em que ele fica, a maneira em que ele coloca sua cabeça para trás quando ri, a maneira em que ele sustenta as mãos... Toda a energia dela flui diretamente para ele, como se Josh não existisse. E embora Roman parecesse não estar interessado, infelizmente ele é o tipo que estaria mais que disposto a convidá-la para sair para um test-drive.
Viro-me de volta para Miles e finjo que dou de ombros de maneira casual.
— Na casa de Heather terá uma festa com todos os atores. — Disse Miles. — Estamos indo para lá em breve. Vocês querem ir?
E dou-lhe um olhar em branco. Nem sei quem é ela.
— Ela interpretou a Penny Pingleton.
Tampouco sei quem é essa, mas sei muito bem que não devo o deixar saber disso, então que assento com a cabeça como se soubesse quem é.
— Não me diga que vocês estiveram fazendo coisinhas durante todo o espetáculo e não viram nada! — Ela balança a cabeça de uma maneira que deixa claro que está só parcialmente brincando.
— Não seja ridículo, eu vi a peça inteira! — Lhe digo, mas meu rosto está tão vermelho que sei que ele nunca vai acreditar em mim, embora seja mais ou menos verdade. Porque, mesmo que estivéssemos comportados e de nenhuma maneira estávamos fazendo coisinhas, era como se nossas mãos estivessem fazendo pela maneira, em que Damen cruzou seus dedos com os meus e nossos pensamentos estivessem fazendo, com todas essas mensagens que compartilhamos telepaticamente. Porque, embora meus olhos estivessem todo o tempo observando o espetáculo, minha mente estava em outra parte, em nosso quarto em Montage.
— Você vem ou não? — Pergunta Miles, embora em sua mente já suponha que vou dizer não e não está tão chateado como pensei que iria ficar. — E aonde vocês vão? O que poderia ser mais emocionante que uma festa com os atores e a equipe de produção?
E quando olho pra ele, estou tão tentada a lhe dizer, de compartilhar meu grande segredo com alguém que conheço e em quem confio. Mas quando me convenço de dizer, Roman se aproxima com Josh e Haven colados em seus calcanhares.
— Nós estamos indo. Alguém quer carona? Meu carro só tem dois bancos, mas posso acomodar mais alguém. — Roman me fez um gesto com a cabeça, pressionando e retendo com seu olhar, inclusive quando olho para outra parte.
Miles diz que não com a cabeça.
— Vou com Holt, e Ever tem um plano ultrassecreto do qual se recusa a falar.
Roman sorri e os cantos de seus lábios se curvam enquanto seus olhos viajam pelo meu corpo e apesar de tecnicamente falando, seus pensamentos provavelmente poderiam ser considerados mais lisonjeiros do que grosseiro, mas o fato de estar vindo dele é suficiente para me dar arrepios.
Eu evito olhá-lo, indo até a porta, sabendo que Damen já deveria estar aqui e estou a ponto de mandar uma mensagem telepática para que venha aqui e se reúna comigo quando sou interrompida pela voz de Roman dizendo.
— Deve ser secreto inclusive para Damen porque ele já foi.
Eu me viro, meus olhos encontrando os seus e sentindo esse inegável barulho nas minhas entranhas, enquanto o frio rasga minha pele.
— Ele não foi embora — lhe digo sem nem sequer tentar dissimular o nojo em minha voz. — Ele só foi buscar o carro.
Mas Roman dá de ombros e me olha com pena.
— Qualquer coisa que disser, só pensei que deveria saber que agora pouco, quando sai para fumar, vi Damen sair do estacionamento e se afastar a toda velocidade.

7 comentários:

  1. Eu sabia que essa noite quente não iria acontecer! Quando planejamos um coisa, ela nunca acontece do jeito que a gente quer! Até nos livros podemos ver isso!
    Ass: Bina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vish Bina, tenho a impressão de que a culpa dessa noite não rolar eh desse novato estranho, Roma (ele me parece um obstáculo no amor de Ever e Damen)

      Excluir
  2. Sabia que ia acontecer algo u.u

    ResponderExcluir
  3. Ai q raivaaaaa!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Sabia que NÃO iria acontecer! Culpa desse Roman!

    ResponderExcluir
  5. Falando do príncipe encantado...

    E me viro para a porta, ansiosa por ver Damen caminhar por ela. Meu coração se sobressaltando só no fato de pensar nele, por maravilhoso e glorioso que é pensar nele... E não faço muito para dissimular minha decepção quando me dou conta que ele se refere a Haven e Josh.
    me senti exatamente como a Ever nesse momento..rsrs
    anciosa e decepcionada, aiai o que esse autores fazem com a gente ^^

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!