30 de outubro de 2015

Nove

Visto que estamos a passar a noite juntos, Damen não me seguiu para casa depois da escola. Em vez disso, nós compartilhamos de um breve beijo no estacionamento antes de eu subir em meu carro e ir para o shopping.
Eu quero comprar algo especial para esta noite, algo bonito para a apresentação de Miles e meu grande encontro – nos dois estávamos fazendo o nosso tipo de estreia. Mas depois de verificar o meu relógio e ver que não tenho tanto tempo como eu pensei, eu me pergunto se eu deveria ter aceito a oferta de Damen sobre a escola. Eu cruzei pelo estacionamento, me perguntando se eu deveria tentar encontrar Haven. Nós não temos realmente saído muito desde a coisa toda esquisita com Drina, e então, quando ela conheceu Josh, bem, apesar de ele não ir para a nossa escola, eles estavam com os quadris muito bem juntos desde então. Ela ainda conseguiu deixar o seu vício em grupos de apoio.
Seu ritual pós-escola de pular aleatoriamente os portões da igreja e carregar sucos e biscoitos, enquanto que compõe algumas histórias de soluço sobre esse dia vicioso em particular. E até agora, não tenho realmente me ocupado de vê-la menos desde que ela parecesse tão feliz. Como se ela tivesse finalmente encontrado alguém que não só gosta dela, mas que é bom para ela também. Mas ultimamente estou começando a sentir falta dela, e eu estou pensando que um pouco de tempo juntas podia me fazer algum bem.
Eu localizei ela e Roman encostados no seu carro esporte vermelho vintage, observando como Haven agarrava seus braços e ria de algo que ele disse. A severidade da sua calça jeans skinny preta, casaco preto enrugado, camiseta do Fall Out Boy, e cabelos propositadamente confusos tingidos de preto com listras vermelhas chocantes, tudo suavizado pela sua aura rosa, suas bordas em expansão, se elevando, até que ela envolva ambos. Não deixando espaço para dúvidas de que se Roman se sente da mesma forma, Josh será substituído em breve. E mesmo que eu esteja determinada a pará-lo antes que seja tarde demais, eu só comecei a cruzar olhares com Roman por cima de seu ombro e dos que me olhavam com tanta insistência, tão íntimos, tão carregados de intenções desconhecida – Eu soquei o acelerador e olhei o passado.
Porque apesar de todos os meus amigos pensarem que ele é tão legal, apesar do fato de que há Uma lista que concorda, apesar do fato de que Damen não esta nem um pouco assustado – eu não gosto dele.
Mesmo que meus sentimentos sejam baseados em nada mais do que um substancial do que um silvo constante em meu intestino sempre que ele está próximo, o fato é: Esse cara novo realmente me dá arrepios.
Desde que está quente, eu coloquei minha cabeça no interior do shopping South Coast Plaza em oposição ao shopping ao ar livre de Fashion Island, embora os habitantes locais, provavelmente, fazem o oposto.
Mas eu não sou uma local. Eu sou de Oregon. O que significa que eu estou acostumada ao meu pré-clima de primavera sendo muito mais, bem, pré-primaveril. Você sabe, gotas de chuva, céu nublado e muita lama. Como uma primavera real. Não esse calor, estranho, antinatural, híbrido de verão que tenta se passar como primavera. E pelo que eu sei, isso só vai piorar. O que me faz ter ainda mais saudade de casa. Normalmente, eu saio do meu caminho e evito lugares como este – um lugar tão saturado com luz e barulho e toda a multidão disso – gerando a energia que sempre me oprime e define-me no canto. E sem Damen ao meu lado, em pé, como meu escudo psíquico, eu volto a no meu Ipod.
Embora eu me recuse a usar o meu gorro e óculos escuros para bloquear o ruído, como eu costumava fazer. Eu me faço parecer como uma aberração. Em vez disso, meu foco se estreita com o que está bem diante de mim, e bloqueia todos os periféricos como Damen me ensinou a fazer. Eu inseri meus fones de ouvido e aumentei o volume, permitindo que o ruído seja a barreira de tudo, mas o arco-íris do turbilhão de auras e alguns espíritos desencarnados flutuando (que, apesar de o meu foco estar estreitado, realmente estão bem na frente de mim). E quando eu ponho a cabeça na Victoria's Secret, com o objetivo direto para a seção de lingeries perversas, eu estou tão focada, tão empenhada em minha missão, que não vejo Stacia e Honor apenas do lado.
— O. Migawd! (Uma forma divertida de dizer Oh my god = Oh meu Deus) — Stacia canta, aproximando-se com tal finalidade que você pensaria que eu era uma caixa marcada: Guccimeia-desligada! — Você não pode estar sendo séria — Ela aponta para a lingerie que eu tenho em minhas mãos, suas unhas tão bem cuidadas apontando para a fenda que começa a partir de ambos os topos inferiores e se reúne em um cristal-incrustado algum círculo no meio.
E mesmo que eu estivesse apenas curiosa, e não pensando em comprá-lo, ver seu rosto todo amassado e até gostar de ouvir os pensamentos de zombaria em sua cabeça que me fizeram sentir-me totalmente insensata.
Eu larguei-o de volta na prateleira e brincar com minhas orelhas florescentes, fingindo como se eu não ouvisse uma coisa que eu mexi nos conjuntos de algodão combinados, que são mais o meu estilo e velocidade.
Mas quando eu comecei a navegar através das várias quentes-rosa-listradas-de-laranja camisolas, eu percebo que elas não estão provavelmente em nenhum lugar perto da velocidade de Damen. Ele provavelmente prefere algo um pouco mais atrevido. Algo com muito mais renda e muito menos algodão. Algo que poderia ser considerado sexy. E sem sequer olhar, eu sei que Stacia e seu fiel cão de guarda estão me seguindo.
— Ah, olha, Honor. A aberração não consegue decidir entre sujo ou doce — Stacia balançou a cabeça e deu um sorriso para mim.
— Confie em mim, quando em dúvida, vá sempre com sujo. É muito mais a uma coisa certa. Além do mais, do que eu sei sobre Damen, ele não é assim tão doce — Eu congelei, apertando meu estômago com um ciúme irracional como a minha garganta apertada. Mas só por um momento antes de eu me esforçar para retomar a respiração e navegação, me recusando a deixar que ela pense, nem por um segundo, que suas palavras poderiam ter chegado a mim.
Além disso, eu sei tudo sobre o que aconteceu entre eles, e eu estou feliz de informar que não foi nem sujo nem doce. Principalmente porque não era nada. Damen apenas fingia gostar dela para que ele pudesse chegar até mim. E, no entanto, apenas o pensamento dele mesmo fingindo ainda me deixava enjoada.
— Venha, vamos. Ela não pode te ouvir — diz Honor, arranhando-lhe o braço e olhando entre mim e Stacia, em seguida, verificando seu telefone pela centésima vez, para ver se Craig lhe respondeu a mensagem. Mas Stacia permanece enraizada, apreciando demais para desistir tão facilmente.
— Oh, ela pode me ouvir muito bem — diz ela, um sorriso brincando no canto dos lábios. — Não deixe que o Ipod e os fones enganem você. Ela pode ouvir tudo o que dizemos e tudo o que pensamos. Porque já não é apenas uma aberração, ela também é uma bruxa.
Dirijo-me afastada e sigo para o outro lado da loja, navegando em uma prateleira de sutiãs para-levantar e espartilhos, dizendo pra mim mesma: ignore-a, ignore-a. Apenas se concentre no shopping e ela vai embora.
Mas Stacia não foi a lugar nenhum. Em vez disso, ela agarrou o meu braço e me puxou direto a ela, dizendo:
— Vamos, não seja tímida. Mostre a dela. Mostre a Honor que tipo de aberração você é!
Seus olhos estão fixos nos meus, mandando uma torrente de energia negra perturbadora correndo através de mim quando ela apertou meu braço tão apertado praticamente marcando o seu polegar e indicador. E eu sei que ela está tentando me por uma isca, estimulando-me, ciente do que exatamente o eu sou capaz, após esse tempo, depois que eu perdi o controle no corredor da escola.
Só que naquele tempo ela não fez isso de propósito – ela não tinha ideia do que eu poderia fazer.
Honor começa a incomodar, de pé ao lado dela lamentando.
— Venha, Stacia. Vamos. Isto é entediante.
Mas Stacia ignorou ela e pegou no meu braço mais forte, pressionando suas unhas em minha carne quando ela sussurra:
— Vá em frente, diga a ela. Diga-lhe quem você vê!
Eu fecho meus olhos, meu estômago girando quando minha cabeça se enche com imagens semelhantes às que eu vi antes: Stacia coçando e arranhando seu caminho para o topo da pirâmide da popularidade, batendo muito mais difícil do que o necessário em todos aqueles abaixo dela. Incluindo Honor, especialmente Honor, que está com tanto medo de ser impopular que ela não faz nada para detê-la... Eu poderia dizer a ela o que uma amiga horrível como Stacia realmente é, expô-la para a pessoa horrível que eu sei que ela é... Eu poderia erguer a mão de Stacia de meu braço e arremessá-la em toda a sala tão forte que ela voaria diretamente através da janela de vidro antes de colidir com o centro comercial ....
Só que eu não posso. A última vez que me soltei na escola, quando eu disse a Stacia todas as coisas horríveis que eu sei sobre ela, foi um erro colossal, que eu não tenho o luxo de fazer de novo. Há muito mais a esconder agora, segredos muito maiores em jogo – segredos que pertencem não só a mim, mas a Damen também. Stacia ri quando eu luto para ficar calma e não exagerar. Lembrando-me que, apesar de parecer fraco ser bom, dar à fraqueza definitivamente não é. É absolutamente imperativo que me pareça normal, sem pistas, e permitir que ela tenha a ilusão que ela é muito mais forte do que eu. Honor verifica o relógio, revirando os olhos, querendo sair. E assim quando eu estou prestes a me afastar, e talvez até mesmo acidentalmente devolver a mão de Stacia enquanto estou lá, eu vejo algo tão terrível, tão repulsivo, eu bato uma prateleira inteira de lingerie no chão na tentativa de me libertar.
Sutiãs, tangas, cabides e luminárias, tudo isso cai no chão em uma grande pilha. Comigo, como a cereja no topo.
— O. Migawd! — Stacia grita, agarrando Honor enquanto caem sobre si todos estão rindo de mim.
— Você é tão aberração! — Ela diz, pegando seu celular para que ela possa gravar tudo em vídeo. Olho as cenas na tentativa de me libertar de uma cinta liga de renda vermelha que está ao redor do meu pescoço. — Melhor quebrar e começar a limpar isso! — Ela pisca, ajustando o seu ângulo quando eu me esforço para ficar.
— Você sabe o que eles dizem, você quebra, você paga! — Eu cheguei aos meus pés, observando Stacia e Honor faiscando para a porta no momento que um vendedor chegou. Stacia fez uma pausa longa o suficiente para olhar sobre seu ombro e dizer, — Eu estou te observando, Ever. Acredite, eu não estou com você por completo ainda.

6 comentários:

  1. -Primeira a comentaar uuuhh. NSS Q ODIO DESSA STACIA SEM OFENSA MAS ELA E UMA PUTA; COITADINHA DA EVER; OBS- Quero um DAMEN PRA MIN AMO MUIIITO; KARINA AMO DEMAAIISS SEU BLOG BJS; ASS:Sarah

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo paga mico na vida, eu não deixaria Stacia me afetar, apesar de ser difícil não dar um soco nela... Mas, afinal de contas, O QUE A EVER VIU DE TÃO TERRÍVEL??!!

    ResponderExcluir
  3. A partir desse capítulo a tradução ficou tão ruim💔 Karina , se quiser tenho um PDF com tradução melhor karolpietro18@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karoline, sério? Me envia sim, por favor! Livroson-line@hotmail.com

      Excluir
  4. O menina imunda essa stacia a ever é muito tola eu ja teria colocado ela no seu próprio lugar

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!