18 de outubro de 2015

Nove - Você vai querer a chave do frigobar

VOCÊS FICARIAM SURPRESOS em descobrir que a mansão era maior por dentro?
Só o saguão podia ser considerado o maior chalé de caça do mundo, e era duas vezes maior do que a mansão vista de fora. O piso de madeira estava coberto com peles de animais exóticos: zebras, leões e um réptil de doze metros de comprimento que eu não teria gostado de encontrar quando vivo.
Na parede da direita, fogo estalava em uma lareira do tamanho de um quarto. Na frente dela, alguns caras usando roupões verdes felpudos com idade para estar no ensino médio relaxavam em sofás de couro, rindo e bebendo em cálices prateados. Acima da lareira, havia uma cabeça de lobo empalhada.
Ah, que alegria, pensei, sentindo um arrepio. Mais lobos.
Colunas de madeira maciça sustentavam o teto, que tinha fileiras de lanças no lugar do caibro. Escudos polidos cobriam as paredes. De todos os lados parecia irradiar luz, um brilho dourado quente que fazia meus olhos doerem como uma tarde de verão depois de uma sessão de cinema.
No meio do saguão, um cavalete com um cartaz anunciava:

ATIVIDADES DE HOJE
LUTAR ATÉ A MORTE! – SALA OSLO, 10H
LUTAR EM EQUIPE ATÉ A MORTE! – SALA ESTOCOLMO, 11H
COMER ATÉ A MORTE! – SALÃO DE JANTAR, 12H
GUERREAR ATÉ A MORTE! – PÁTIO PRINCIPAL, 13H
PRATICAR BIKRAM YOGA ATÉ A MORTE! – SALA COPENHAGUE, LEVE SEU TAPETE, 16H

O porteiro Hunding disse alguma coisa, mas minha cabeça estava doendo tanto que não entendi.
— Desculpe — interrompi — o que você disse?
— Bagagem — repetiu ele. — Você trouxe alguma?
— Hã... — Estiquei a mão para tocar meu ombro. É, aparentemente minha mochila não tinha ressuscitado comigo. — Não.
Hunding grunhiu.
— Ninguém mais traz bagagem. Não colocaram nada na sua pira funerária?
— Na minha o quê?
— Deixa pra lá. — Ele olhou com cara feia para o canto da sala, onde um barco virado servia de recepção. — Não adianta enrolar. Vamos.
O homem atrás do casco aparentemente ia ao mesmo barbeiro que Hunding. A barba dele era tão grande que tinha o próprio endereço. O cabelo parecia um abutre que deu de cara em um para-brisa. Ele estava vestido com um terno risca de giz verde-floresta. O crachá dizia: HELGI, GERENTE, GOTLÂNDIA ORIENTAL, MEMBRO ESTIMADO DA EQUIPE DESDE 749 EC.
— Bem-vindo! — Helgi ergueu o rosto da tela do computador. — Veio fazer o check-in?
— Hã...
— O check-in é a partir das três da tarde — disse ele. — Se você morre mais cedo, não posso garantir que o quarto esteja pronto.
— Eu não posso simplesmente voltar a ficar vivo — comentei.
— Não, não. — Ele digitou no teclado. — Ah, agora sim. — Ele sorriu e exibiu exatamente três dentes. — Fiz um upgrade na sua reserva, você vai para uma suíte.
Ao meu lado, Hunding murmurou:
— Todo mundo ganha upgrade para suíte. Nós só temos suítes.
— Hunding... — avisou o gerente.
— Desculpe, senhor.
— Você não vai querer que eu use a vara.
Hunding fez uma careta.
— Não, senhor.
Olhei de um para o outro e verifiquei os crachás deles.
— Vocês começaram a trabalhar aqui na mesma época — observei. — Foi em 749... o que é EC?
— Era Comum — explicou o gerente. — O que você poderia chamar de AD.
— Então por que vocês não dizem AD?
— Porque Anno Domini, o ano do Senhor, é ótimo para cristãos, mas Thor fica chateado. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo.
— Como é que é?
— Não importa — disse Helgi. — Quantas chaves você quer? Uma basta?
— Ainda não entendi onde estou. Se vocês estão aqui desde 749, isso já tem mais de mil anos.
— Nem me fale — resmungou Hunding.
— Mas isso é impossível. E... e você disse que estou morto? Não me sinto morto. Estou ótimo.
— Senhor — disse Helgi — tudo vai ser explicado esta noite, durante o jantar. É quando os novos hóspedes são recepcionados formalmente.
— Valhala. — A palavra surgiu das profundezas do meu cérebro, a reminiscência de uma história que minha mãe leu para mim quando eu era pequeno. — O HV na sua lapela. O é de Valhala?
Os olhos de Helgi deixaram claro que ele estava se esforçando para ser paciente.
— Sim, senhor. Hotel Valhala. Parabéns. Você foi escolhido para se juntar ao exército de Odin. Mal posso esperar para ouvir sobre seus feitos valorosos durante o jantar.
Minhas pernas ficaram bambas. Eu me apoiei no casco da recepção para não cair. Estava tentando me convencer de que aquilo era um erro, de que não passava de algum hotel temático onde fui confundido com um hóspede. Agora, eu não tinha tanta certeza.
— Morto — murmurei. — Você quer dizer que estou mesmo... estou mesmo...
— Aqui está a chave do quarto. — Helgi me entregou uma pedra com um único entalhe de runa viking, como as pedrinhas na biblioteca de Randolph. — Você quer a chave do frigobar?
— Hã...
— Ele quer a chave do frigobar — respondeu Hunding por mim. — Garoto, confie em mim, você vai querer a chave do frigobar. Vai ser uma longa estadia.
Minha boca estava com gosto de cobre.
— Quão longa?
— Para sempre — disse Helgi — ou pelo menos até o Ragnarök. Hunding vai acompanhá-lo até seu quarto. Aprecie sua pós-vida. Próximo!

33 comentários:

  1. aahhhh, o otimismo... tão encorajador!

    ResponderExcluir
  2. E eu achando que os campos elísios eram um lugar de primeira kkk

    ResponderExcluir
  3. ATIVIDADES DE HOJE
    LUTAR ATÉ A MORTE! – SALA OSLO, 10H
    LUTAR EM EQUIPE ATÉ A MORTE! – SALA ESTOCOLMO, 11H
    COMER ATÉ A MORTE! – SALÃO DE JANTAR, 12H
    GUERREAR ATÉ A MORTE! – PÁTIO PRINCIPAL, 13H
    PRATICAR BIKRAM YOGA ATÉ A MORTE! – SALA COPENHAGUE, LEVE SEU TAPETE, 16H
    Que bom que o povo já morreu...
    — Porque Anno Domini, o ano do Senhor, é ótimo para cristãos, mas Thor fica chateado. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo.
    — Como é que é?
    Magnus tirou as palavras da minha boca: Como é que é? kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo.
    MEUS DEUSES TO MORRENDO KKK
    pera, quê?

    ResponderExcluir
  5. Agora entendi pq tem tantos capítulos, eles são tão curtos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... tem gente que até gosta, mas eu não. Esses capítulos minúsculos são tão ruins...

      Excluir
  6. Vontade de falar:Desculpa,acho que não deu tempo de eu pegar alguma mala enquando eu morria num rio lutando contra um gigante de fogo negro.Minhas sinceras desculpas.

    ResponderExcluir
  7. Meus Deuses, Karina!!! AD? Armada de Dumbledore?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk não, Anno Domini mesmo :P

      Excluir
    2. Okay. Mas eu vou continuar associando AD a HP <3

      Excluir
  8. O tapete de réptil e igual o da mansão do Brooklin dos Kane

    ResponderExcluir
  9. Kkkkkk Gostando desse livro.. O karina aqi nao tem versao para impresao nao?? kkk Seria melhor q carregar um capitulo de cada vez..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Melissa! Não... a versão para impressão daria no mesmo, seria um capítulo de cada vez. Capítulos curtos são ruins para o blog, né?

      Excluir
  10. será q as Ilhas dos abençoados são algo assim?
    como mortos lutam até a morte?
    nn quero que o magnus morra
    ragnarok é um jogo, se ai tiver wifi ele pode reviver =D

    ResponderExcluir
  11. Acho meio insano você contar uma história depois de estar morto, mas ok, estamos do tio Rick.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ué vc nunca foi obrigada a ler memórias póstumas de brás cubas?

      ~Webster

      Excluir
  12. — Porque Anno Domini, o ano do Senhor, é ótimo para cristãos, mas Thor fica chateado. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo. Come que é? What? Masoq? Bebeu ? Como assim? Buguei pra pakas.

    ResponderExcluir
  13. ATIVIDADES DE HOJE
    LUTAR ATÉ A MORTE! – SALA OSLO, 10H
    LUTAR EM EQUIPE ATÉ A MORTE! – SALA ESTOCOLMO, 11H
    COMER ATÉ A MORTE! – SALÃO DE JANTAR, 12H
    GUERREAR ATÉ A MORTE! – PÁTIO PRINCIPAL, 13H
    PRATICAR BIKRAM YOGA ATÉ A MORTE! – SALA COPENHAGUE, LEVE SEU TAPETE, 16H

    ResponderExcluir
  14. GOTLÂNDIA.. Terra de Game of Thrones.. hahaha nao? Só eu? Ok.

    ResponderExcluir
  15. Cara serio O Que eu Gosto das Historias do Rick Riordan e que na mente doentia dele Todas as mitologias existem , Imagina so Um X1 entre o Thor e Jesus cristo *----* eu amo mt O Tiu RIck

    ResponderExcluir
  16. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo.
    Morri kkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Se Magnus é filho de um deus nórdico,só pode ser do deus do sarcasmo,porque,sério nunca vi uma língua tão afiada quanto a dele. E olha que quem me conhece sabe que eu sou a ironia em pessoa.

    ResponderExcluir
  18. Kkkk
    Tio Rick fez um trocadilho aí
    Thor era conhecido como anti-cristo na época que a igreja cristã "dominava o mundo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora minha vida faz sentido! Minha mãe tem uma idéia q mitologia nórdica é anti-cristã

      Excluir
    2. Tecnicamente, toda mitologia é contra as crenças de hoje

      Excluir
  19. Quando eu morrer quero ir para um hotel desses,só que nos campos Elisíos.
    Mano,eu tô bugando com isso

    ResponderExcluir
  20. o cara morre e vai para um hotel de luxo legal

    ResponderExcluir
  21. Estou confusa... Isso é contra PJ. Afinal, se um herói morresse não iria para os campos Elísios? Eita... Se eu morrer (Exemplo) pra que lugar eu vou caramba? Já estava me acostumando com a mistura (Percy Jackson) de Nova York e disneyland. °-°

    ResponderExcluir
  22. Ele ainda se ressente de Jesus não ter aparecido quando ele o desafiou para um duelo.

    Sorte de Thor por Jesus não ter aparecido nesse duelo!!!

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!