23 de outubro de 2015

Conclusão

Não há dúvida de que o Quadribol passou por tantas mudanças que se tornou irreconhecível desde que Trude Keddle viu pela primeira vez “aqueles idiotas” jogando no brejo de Queerditch. Se fosse viva hoje, ela também teria se emocionado com a poesia e a força do Quadribol. Que o jogo continue a evoluir por muitos anos e que as futuras gerações possam continuar a apreciar o mais glorioso dos esportes!

4 comentários:

  1. Bem legal, embora não seja tão lá algo tão atraente para mim. Aliás, se a ideia de tomar uma bolada já me incomoda, imagine lidar com violentas pancadas de balaços de ferro? Kkkkkkkk JK é um genio. Sério. Já quero um exemplar de história da magia e Hogwarts, uma história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! E do jeito que sou, essas bolas só me acertam na cara... kkkkkkkk

      Excluir
  2. É o mais glorioso MESMO! Meu sonho era jogar, mas... o que digo a mim mesma éé: não deixe de sonhar kkkk

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!