2 de outubro de 2015

Capítulo 8

Todos já estavam lá quando eu cheguei. Até mesmo Nala. Eu juro que ela olhou para mim com olhos que diziam que ela sabia exatamente o que tinha acontecido na biblioteca. Então ela disse um mal humorado "mee-uf-ow!" na minha direção, espirrou, e se afastou. Deus, estou tão feliz por ela não poder falar.
De repente os braços de Erik estavam ao meu redor. Ele me beijou rapidamente e me abraçou quando sussurrava no meu ouvido, — Eu passei o dia todo ansioso para te ver.
— Bem, eu estava na biblioteca. — Eu percebi que meu tom era muito brusco e odioso (em outras palavras, culpado) quando ele se afastou de mim e me deu um doce mas confuso sorriso.
— Yeah, foi o que as Gêmeas nos falou.
Eu olhei nos olhos dele, me sentindo como cocô. Como eu pude arriscar perder ele? Eu nunca deveria ter deixado Loren me beijar. Eu sabia que era errado e –
— Hey, Z, bonito colar — Damien disse, puxando uma das pontas com o boneco de neve e interrompendo minha culpa mental.
— Obrigado, meu amigo me deu — eu tentei provocar, mas sabia que tinha soado toda estranha e provocativa.
— Por esse comentário ela quis dizer o namorado dela que é um cara — Shaunee disse, me dando um virada de olhos.
— Yeah, não se estresse Jack — Erin disse. — Damien não está mudando de time.
— Você não deveria estar dizendo para mim não me estressar? — Erik perguntou divertido.
— Não, querido — Erin disse.
— Se Z largar você pela Rainha Damien estaremos aqui para ajudar você a lidar com sua dor. — Shaunee disse. Então as Gêmeas deram uma batidinha improvisada e riram para Erik. Apesar da culpa que eu estava sentido, as duas me fizeram rir, e eu cobri os olhos de Erik.
Damien franziu para as Gêmeas e limpou a garganta. — Vocês duas são incorrigíveis.
— Gêmea, eu esqueci, o que incorrigível significa? — Shaunee disse.
— Eu acredito que significa que somos mais sexys e quentes do que a orda das corrigíveis — Erin disse, ainda batendo e rindo.
— Vocês duas são bobas, o que significa que tem pouco senso — Damien disse, mas mesmo ele não pode se impedir de rir, especialmente quando a risada de Jack se juntou e riu. — De qualquer forma — ele continuou. — Eu quase fui para biblioteca, mas daí Jack e eu nos envolvemos assistindo a reprise de Will and Grace e eu perdi a noção do tempo. Da próxima vez que quiser pesquisar, me avise, e eu vou ficar feliz em ajudar.
— Ele é uma traça — Jack disse, dando nos ombros de forma divertida.
Damien corou. As Gêmeas fizeram barulhos de engasgo. Erik riu. Eu queria vomitar.
— Oh, sem problemas. Eu só estava procurando por umas, uh, coisas — eu disse.
— Mais coisas de novo? — Erik riu para mim.
Eu odeie que ele parecesse tão compreensivo e me apoiasse. Se ele soubesse que as coisas que eu estava pesquisando era ficar com Loren Blake... Oh, Deus. Não. Ele nunca, nunca poderia descobrir.
E, sim, eu percebi o quando insignificante e vadia era de a não muito tempo atrás eu estar sugando a cara de Loren e me sentindo quente e formigando por ele, mas agora eu estava praticamente sufocando numa onda de culpa.
Claramente eu precisava de terapia.
— Então trouxeram as velas? — eu perguntei as Gêmeas, resolvendo de uma vez por todas pensar na bagunça com Loren depois.
— É claro — Erin disse.
— Por favor. Foi fácil-fácil — Shaunee disse. — Até colocamos elas em seus lugares certos. — Ela apontou para trás de nós para uma boa área debaixo do carvalho. Eu podia ver as quatro velas representando os elementos nos lugares, com a quinta vela, representando o espírito, no meio do círculo.
— Eu trouxe os fósforos — Jack disse entusiasmado.
— Ok. Vamos nessa — eu disse. Nós cinco fomos para nossas velas. Damien me surpreendeu ficando um pouco para trás e sussurrando, — Se você quer que Jack saia, só me diga e eu falo para ele.
— Não — eu disse automaticamente, e então minha mente alcançou minha boca e eu acrescentei, — Não, Damien. Está tudo bem ele estar aqui. Ele é parte de nós. Ele pertence ao nosso grupo.
Damien me deu um sorriso agradecido e fez menção a Jack para que ele trouxesse os fósforos. Ele me entregou no meio do círculo.
— Eu ia pegar um isqueiro, mas daí eu pensei sobre isso e não parecia certo. — Ele explicou muito sério. — Eu acho que é melhor usar madeira de verdade. Sabe, fósforos de verdade. Um isqueiro é muito frio e moderno para um ritual ancestral. Então trouxe esses.
Ele me entregou uma coisa longa e cilíndrica. Quando eu só olhei para ele como um, bem, ponto de interrogação, ele tirou a parte de cima e me entregou a parte de baixo. — Vê, longos e totalmente chiques fósforos de lareiras. Eu consegui eles com a reitora do nosso dormitório. Você sabe, para lareiras.
Eu peguei os fósforos dele. Eles eram longos e grandes com uma cor violeta e pontas vermelhas. — São perfeitos — eu disse, feliz por deixar alguém feliz. — Se certifique de trazer eles amanhã para o ritual. Eu uso eles ao invés do isqueiro.
— Ótimo! — ele disse e então, dando um sorriso de satisfação para Damien, ele correu para sair do círculo e sentar confortavelmente debaixo da árvore, se recostando contra o tronco do carvalho.
— Ok, estão prontos?
Meus três amigos e namorado (graças a Deus só havia um namorado presente) falaram junto seus “sim’s.”
— Vamos só passar o básico e não deixar isso tudo complicado e envolvente. Vocês ficam nos lugares certos com o resto das Filhas e Filhos Negros. Então Jack vai ligar a música e eu entro, como no mês passado.
— O professor Blake vai recitar um poema de novo? — Damien perguntou.
— Oh, baby, eu espero que sim. — Shaunee disse.
— Aquele vampiro é tão boooommmm que ele quase faz a poesia ser interessante — Erin disse.
— Não! — eu surtei. Então quando todos me deram olhares estranhos (eu assumi que todos estavam me dando olhares estranhos – as Gêmeas e Damien fizeram, eu evitei olhar para Erik.) Eu continuei numa voz menos louca, — eu quero dizer, eu não acho que ele vai recitar nada. Eu não falei com ele sobre isso, mas tanto faz — eu disse de forma despreocupada, e então continuei com pressa. — Então eu me mexo rapidamente para o meio do círculo com a música, com ou sem poesia, até chegar no centro. Eu vou lançar o círculo, pedir para Nyx abençoar todos nós especificamente no início do ano novo, passar o vinho ao redor, então fechar o círculo e todos podemos comer. — Eu olhei para Damien, — Você cuidou da comida, certo?
— Yep, o chefe voltou das férias de inverno, e decidimos o menu ontem. Vamos ter Chili de um zilhão de jeitos diferentes. E — ele acrescentou em uma voz que dizia que ele estava sendo totalmente nojento, — vamos ter também, cerveja importada.
— Parece bom — eu sorri em apreciação para ele. Sim, parecia estranho e vagamente ilegal que menores vão beber cerveja em um evento da escola. A verdade é que devido a Mudança física que acontece dentro dos nossos corpos, álcool não nos afeta mais – ou pelo menos não o suficiente para nos fazer agir como adolescentes típicos (em outras palavras, não vamos ficar bêbados e usar isso como desculpa para transar).
— Hey, Z, você não vai anunciar no ritual quem está comandado para o Conselho dos Prefeitos esse ano? — Erik perguntou.
— Você tem razão. Eu esqueci que precisava fazer isso — Eu suspirei. — Então, sim, antes de fechar o círculo eu vou anunciar os dois garotos escolhidos.
— E quem são eles? — Damien perguntou.
— Eu, uh, ainda não escolhi dois. Vou fazer minha decisão final hoje a noite — eu menti. Na verdade, eu não tinha tido ideia de nenhum nome ainda. Eu nem pensei nisso desde que um dos dois estaria substituindo Stevie Rae no conselho. Então eu lembrei que deveria deixar meu Conselho atual me ajudar a decidir que novos garotos íamos escolher. — Uh, gente. Eu acho que amanhã antes do ritual podemos nos encontrar e decidir os nomes.
— Hey, Z, não se estresse — Erik disse. — Só escolha dois. Vamos aceitar eles.
Eu senti uma enorme onda de alivio. — Tem certeza?
Meus amigos falaram juntos um “ok” e “para mim parece bom.” Cada um deles, claramente tendo total confiança em mim. Ugh.
— Ok, ótimo. Então, vocês estão tranquilos com a ordem do ritual? — eu perguntei.
Eles acenaram.
— Ok. Vamos praticar o círculo. — Como sempre, não importava o estresse e besteiras que estivessem acontecendo na minha vida. Quando eu lançava o círculo e chamava os cinco elementos dos quais eu tinha uma ligação, ou afinidade, a sensação de excitação e prazer que meu dom me dava (graças a Deus) sobrepujava todo o resto. Eu tirei um longo fósforo e o passei contra o papel lixa do fundo do cilindro. Ele acendeu e eu disse, — eu chamo o ar para o nosso círculo. Nós respiramos contigo nossas primeiras respirações, então é o certo que você seja o primeiro elemento a ser chamado. Venha até nós, ar! — Eu toquei o fósforo na vela amarela que Damien segurava e a acendi, e ela continuou acesa, mesmo com o enorme vento que circulava Damien e eu como se estivéssemos no centro de um mini-tornado.
Damien e eu rimos um para o outro. — Eu acho que nunca vou superar o quão incrível isso é — ele disse suavemente.
— Eu também não — eu disse, e apaguei o fósforo.
Então me movi na direção do relógio, ao redor do círculo para Shaunee e sua vela vermelha. Eu podia ouvir Shaunee sussurrando algo que eu reconheci, enquanto pegava o próximo fósforo, como uma antiga música de Jim Morrison, — Acenda meu Fogo. — Eu sorri para ela. — Fogo nos aquece com sua chama apaixonada. Eu chamo o fogo para o nosso círculo! — Como sempre, eu mal tive que acender a vela de Shaunee. Ela acendeu instantaneamente, passando luz e calor contra nossas peles.
— Eu não poderia ter ficado mais quente se estivesse no fogo — Shaunee disse.
— Bem, Nyx com certeza te deu o elemento certo — eu disse a ela.
Então eu fui até Erin, que estava praticamente vibrando de excitação. Meu fósforo ainda estava acesso, então eu simplesmente sorri e disse a Erin — Água é o balanço perfeito com a chama, assim como Erin é a Gêmea perfeita para Shaunee. Eu chamo a água para o nosso círculo! — Eu toquei o fósforo na vela azul e fui instantaneamente engolfada pelo cheiro e som do mar. Eu juro que podia sentir o calor, da água tropical tocando nas minhas pernas, esfriando o que o fogo tinha acabado de esquentar.
— Eu realmente amo água — Erin disse feliz.
Então respirei fundo me fortificando, me certificando que meu rosto ficasse com um calmo sorriso, e andei até onde Erik estava parado na cabeça do círculo e segurando a vela verde que representava o quarto elemento que era terra.
— Está pronto? — eu perguntei a ele.
Erik parecia um pouco pálido, mas acenou e a voz dele era forte quando ele disse, — Sim. Estou pronto.
Eu levantei o fósforo que ainda queimava e — Ouch! Merda! — me sentindo como uma retardada e não como uma Alta Sacerdotisa em treinamento e a única caloura que já tinha sentindo uma afinidade com os cinco elementos, eu derrubei o fósforo que eu deixei queimar demais e queimei o dedo. Eu olhei com timidez para Erik e para o resto. — Desculpa, gente.
Eles deram nos ombros devido a minha natureza nerd natural. Eu estava me virando de volta para Erik e buscando no cilindro o próximo fósforo quando o que eu vi – ou melhor, o que eu não vi – se registrou na minha mente.
Não havia um rastro de luz entre Damien, Shaunee, e Erin. Suas velas estavam acesas. Os elementos manifestados. Mas a conexão que sentíamos desde do nosso primeiro circulo juntos, que era tão poderoso como visível e lindo, construído de luz, estava faltando. Sem ter certeza do que fazer, eu mandei um apelo silêncioso para Nyx. “Por favor, deusa, me mostre o que fazer para reformar o círculo sem Stevie Rae!” Então acendi o fósforo e olhei de forma encorajadora para Erik.
— Terra que nos suporta e nutre. Como o quarto elemento eu te chamo para o nosso círculo!
Eu peguei o longo fósforo e o encostei na vela verde. A reação de Erik foi instantânea. Ele chorou de dor enquanto a vela verde voava da mão dele para longe do círculo até uma sombra grossa da árvore. Erik estava esfregando sua mão e murmurando algo sobre se sentir como se tivesse sido picado, ao mesmo tempo que um xingamento estava vindo da escuridão enquanto alguém que estava, aparentemente, muito irritado, vinha em nossa direção.
— Merda! Ouch! Droga! O que –
Aphrodite emergiu da escuridão segurando a vela verde apagada e esfregando uma marca vermelha que estava na testa que já estava se enchendo.
— Oh, maravilha. Eu deveria ter descoberto. Me dizem para vir aqui na — ela parou, olhou ao redor das árvores e grama, então enrugou o nariz perfeito — selvagem cercado por natureza, e o que eu encontro além de insetos e sujeira? A horda de nerds jogando merdas em mim — ela disse.
— Eu só queria ter pensando nisso — Erin disse com doçura.
— Aphrodite, você é uma vadia odiosa do inferno — Shaunee disse tão docemente quanto.
— Nerds, não falem comigo.
Ignorando a briga delas eu disse — quem te disse para vir aqui?
Aphrodite me olhou nos olhos. — Nyx — ela disse.
— Por favor!
— Tanto faz!
— Dificilmente!
Damien e as Gêmeas todas falaram juntos. Eu notei que Erik estava suspeitosamente silêncioso. Eu levantei uma mão. — Chega! — Eu surtei e eles calaram a boca.
— Porque Nyx te disse para vir aqui? — eu perguntei a Aphrodite.
Ainda me olhando nos olhos, ela se aproximou de mim. Mal olhando para Erik ela disse, — Saia do caminho, ex-namorado fracassado. — Me surpreendendo, Erik saiu do caminho dela para que ela pudesse tomar o lugar da terra. — Chame a terra e acenda, e você vai ver — Aphrodite disse.
Antes de alguém poder protestar eu segui meu instinto, já sabendo pela premonição que ela estava me dando o que estava para acontecer. — Terra que nos suporta e nutre. Como o quarto elemento eu chamo a terra para nosso círculo! — Eu repeti e toquei meu fósforo na vela verde. Ela acendeu instantaneamente, cercando Aphrodite e eu com o cheiro e sons de uma campina toda florida no verão.
Aphrodite falou suavemente. — Nyx decidiu que eu precisava de mais merda na minha já horrível vida. Então agora eu tenho uma afinidade pela terra. É irônico o bastante para você?

10 comentários:

  1. Kkkkk.... pra mim é
    Ana.

    ResponderExcluir
  2. Eu to tomando nojo da zoy vadia affs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tome nojo dela, ela tá sendo enganada.

      Excluir
    2. Please, just please! Pare de julgar e acompanhe a história direito!

      Excluir
  3. ELEMENTAR MEU CARO.. ELEMENTAR
    LANNY

    ResponderExcluir
  4. vdd.... Aquele Black.... Q vai se *****

    ResponderExcluir
  5. ah Nyx sua safadjenha! auhsuahs A Aphrodite merece, se o grupo da Zoey não a acolher, ninguém vai.

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!