3 de outubro de 2015

Capítulo 7

— Queremos falar com você, Z — Damien disse.
— E estamos felizes por ver que ela está indo embora — Shaunee disse, apontando para Aphrodite.
— Yeah, não deixe a porta te bater na bunda enquanto sai — Erin disse.
Eu vi a mágoa que passou no rosto de Aphrodite. — Ótimo. Estou saindo fora — ela disse.
— Aphrodite, você não vai a lugar nenhum — eu tive que esperar as Gêmeas fazerem seus sons de descrença antes de continuar. — Nyx está trabalhando forte na vida de Aphrodite. Vocês confiam no julgamento de Nyx? — Eu perguntei, olhando para meus amigos.
— Sim, é claro que sim — Damien falou por todos eles.
— Então vão ter que aceitar que Aphrodite é uma de nós — eu disse.
Então houve uma longa pausa em que as Gêmeas, Jack, e Damien dividiram olhares, e então Damien finalmente disse, — Eu suponho que realmente a gente tenha que admitir que Aphrodite é especial para Nyx, mas a verdade é que nenhum de nós confia nela.
— Eu confio nela — eu disse. Ok, talvez eu não confiasse nela 100%, mas Nyx estava trabalhando nela.
— O que é irônico, porque temos problema de confiança com você — Shaunee disse.
— Horda de nerds, vocês não fazem sentido — Aphrodite disse. — Sem pestanejar vocês estão todos Oh, sim! Confiamos em Nyx! E no outro minuto vocês dizem que tem problema de confiança com Zoey. Zoey é A Caloura. Ninguém – vampiro ou calouro – teve tantos dons feitos por Nyx. Dá pra fazer sentido? — Aphrodite virou os olhos.
— Aphrodite pode ter razão — Damien disse através do silêncio.
— Não brinca? — Aphrodite disse sarcasticamente. — Aqui tem outra notícia para a horda de nerds – minha última visão é de Zoey sendo morta e o mundo sendo jogado no caos total por causa disso. E adivinhem quem é responsável pelo assassinato da suposta amiga de vocês? — Ela pausou, erguendo uma sobrancelha para Damien e as Gêmeas antes de responder sua própria pergunta. — Todos vocês. Zoey é morta porque vocês viraram suas costas para ela.
— Ela teve uma visão da sua morte? — Damien perguntou. O rosto dele ficou repentinamente branco.
— Yeah, duas vezes na verdade. Mas as visões são bem confusas. Ela viu do meu ponto de vista, o que foi meio ruim. De qualquer forma, eu só tenho que ficar longe da água e — minhas palavras morreram quando eu quase disse Neferet. Graças a Deus, Aphrodite assumiu.
— Ela tem que ficar longe da água, e ela não pode ficar isolada — ela disse. — O que significa que vocês vão ter que se beijar e fazer as pazes. Mas façam enquanto eu não estou olhando, porque definitivamente vai me deixar enjoada.
— Você nos irritou, Z — Shaunee disse, parecendo quase tão pálida quanto Damien.
— Mas não queremos que você morra — Erin terminou, parecendo igualmente chateada.
— Eu vou morrer se você morrer — Jack disse, fungando. Então ele pegou a mão de Damien.
— Bem, então, vocês vão ter que superar e serem o bando de amiguinhos de novo — Aphrodite disse.
— Desde quando você se importa se Z vive ou morre? — Damien perguntou.
— Desde que estou trabalhando para Nyx, e não para mim mesma. E Nyx dá bola para Zoey; portanto, eu dou bola para Zoey. E é uma boa coisa. Vocês deveriam ser os melhores amigos dela, e um segredo ou dois e um estúpido mal entendido faz vocês largarem ela na mão. — Aphrodite olhou para mim e bufou, — Diabos, Zoey, com amigos como esses, é uma boa coisa não termos inimigos.
Damien virou para Aphrodite, balançando a cabeça e parecendo mais magoado do que com raiva. — O que realmente me confunde sobre isso é que está perfeitamente claro que você está escondendo coisas de nós e contando para ela.
— Oh, por favor, garoto gay. Não vem com essa para cima de mim e tome seu lugar ao lado de Zoey. É simples o porque dela me contar coisas. Vampiros não podem ler minha mente.
Damien piscou surpreso. Então, com olhos bem abertos entendendo, ele olhou para mim. — Eles não podem ler sua mente também, podem?
— Não, não podem.
— Oh, merda! — Shaunee disse. — Quer dizer que nos contar algo é como contar a todos?
— Não pode ser tão fácil para vampiros lerem a mente dos calouros, Z — Erin disse. — Se fosse, muitos garotos iriam ficar encrencados o tempo todo.
— Espera, eles ignoram coisas como calouros saindo do campus e tudo mais — Damien disse devagar, como se ele estivesse somando 2 + 2 enquanto falava. — Os vampiros não se importam sobre pequenas regras quebradas e coisas típicas de adolescentes, então eles não ouvem tudo o tempo todo.
— Mas se eles acharem que tem algo acontecendo e que é mais do que uma ou outra regra quebrada, e tivessem uma ideia sobre um certo grupo de calouros que podem saber algo — eu disse.
— Eles vão focar seus pensamentos nesse grupo de calouros — Damien concluiu por mim. — Você realmente não pode nos contar certas coisas!
— Droga — Shaunee disse.
— Muito péssimo — Erin disse.
— Levou tempo, hein? — Aphrodite disse.
Damien a ignorou. — Isso tem algo a ver com Stevie Rae, não é?
Eu acenei.
— Hey, falando nisso — Shaunee disse.
— O que aconteceu com ela? — Erin perguntou.
— Nada aconteceu com ela — Aphrodite disse. — Ela me encontrou. Eu voltei ao normal quando a minha Marca voltou, e então eu voltei para cá.
— E para onde ela foi? — Damien perguntou.
— Eu pareço uma babá? Como diabos eu devo saber onde sua amiguinha vai? Tudo o que ela disse era que tinha que ir porque tinha problemas. Como se isso fosse um choque.
— Você vai ter problemas com meu punho no seu rosto se você começar a falar mal de Stevie Rae — Shaunee disse.
— Eu seguro ela para você, Gêmea — Erin disse.
— Vocês duas dividem um cérebro? — Aphrodite disse.
— Oh. Meu. Deus! Chega! — Eu gritei. — Eu posso morrer. Duas vezes. Alguma coisa estranha e fantasmagórica me atacou hoje, e agora estou me sentindo fudidamente assustada sobre isso. Eu não tenho certeza de que merda está acontecendo com Stevie Rae, e Neferet nos chamou para uma reunião do Conselho provavelmente para começar os planos sobre a guerra – uma guerra que totalmente não é a coisa certa a fazer. E vocês não param de brigar? Vocês estão me dando dor de cabeça e me irritando.
— É melhor ouvir ela. Eu contei dois palavrões e um quase palavrão no discurso dela. Ela está falando sério — Aphrodite disse.
Eu vi as Gêmeas realmente sorrirem. Jeesh. Porque eu não xingar é algo demais?
— Ok, Vamos tentar nos dar bem — Damien disse.
— Por Zoey — Jack disse, me dando um doce sorriso.
— Por Zoey — as Gêmeas falaram juntas.
Meu coração se apertou enquanto eu olhava para meus amigos. Eles iam cuidar da minha retaguarda. Não importa o que – eles ficariam do meu lado.
— Obrigado, gente — eu disse, limpando as lágrimas.
— Abraço grupal! — Jack disse.
— Ah, diabos não — Aphrodite disse.
— Essa é uma coisa que podemos concordar com Aphrodite — Erin disse.
— Yeah, hora de ir — Shaunee disse.
— Ah oh, Damien, temos que ir também. Você disse a Stark que iríamos checar se ele estava bem instalado antes da reunião — Jack disse.
— Oh, é verdade — Damien disse. — Tchau, Z. Te vejo logo.
Ele e Jack seguiram as Gêmeas para fora do meu quarto. Me dando tchau, eles encheram o corredor, então começaram a conversar sobre o quão lindo Stark era, me deixando com Aphrodite.
— Então, meus amigos não são tão ruins, huh? — eu disse.
Aphrodite virou seu olhar frio para mim. — Seus amigos são nerds — ela disse.
Eu ri e dei nos ombros. — Então isso te faz uma nerd.
— Era o que eu temia — ela disse. — Falando em mim estar no inferno – venha ao meu quarto. Tem algo que você tem que me ajudar a descobrir antes da Reunião do Conselho.
Eu dei nos ombros. — Tudo bem. — Na verdade, eu estava me sentindo muito bem. Meus amigos estavam falando comigo de novo, e parece que todos tem uma chance de se dar bem. — Hey — eu disse enquanto andava pelo corredor até o quarto de Aphrodite. — Você notou que as Gêmeas falaram algo gentil para você antes de sairem?
— As Gêmeas são simbióticas, e eu espero que muito em breve as levem para fazer uma experiência científica nelas.
— Essa atitude não ajuda — eu disse.
— Podemos só nos focar no que é importante?
— Tipo?
— Eu, é claro, e no que eu preciso da sua ajuda. — Aphrodite abriu a porta do seu quarto, e entramos no que eu gosto de pensar que é o palácio dela. Eu quero dizer, jeesh, o lugar parece que foi decorado pelo Guia do Design de Gossip Girl – se existe tal coisa. O que, infelizmente, provavelmente tem. (Não que eu não adore Gossip Girl!)
— Aphrodite, alguém te disse que você pode ter um desvio de personalidade?
— Vários psicólogos bem pagos. Como se eu me importasse. — Aphrodite andou pelo quarto e abriu a porta do seu armário pintado a mão (e provavelmente uma antiguidade muito cara) que ficava na frente da cama dela talhada a mão (com certeza uma antiguidade muita cara). Enquanto ela mexia nele, ela disse, — Oh, por sinal, você tem que fazer um jeito para o Conselho achar tudo bem para você, e tragicamente, eu e – por mais que eu odeie dizer – sua horda de nerds também, sairmos do campus.
— Huh?
Aphrodite suspirou e virou seu rosto para mim. — Dá para me acompanhar? Temos que ser capazes de sair e entrar para descobrir o que diabos vamos fazer com Stevie Rae e os amigos nojentos dela.
— Eu já te disse que não vou deixar você falar assim sobre Stevie Rae. Nada está acontecendo com ela.
— Isso será discutido, mas já que você se recusa discutir isso agora, estou falando sobre os nojentos com quem ela anda. E se você estiver certa e Neferet queira usar eles contra os humanos? Não que eu particularmente goste de humanos, mas eu definitivamente não gosto de uma guerra. Então acho que você precisa checar isso.
— Eu? Porque eu? E porque eu tenho que descobrir um jeito para nos tirar da escola?
— Porque você é uma super caloura. Eu só uma ajudante muito mais atraente. Oh, e a sua horda de nerds são seus servos.
— Ótimo — eu disse.
— Hey, não se estresse sobre isso. Você vai pensar em algo. Você sempre pensa. — Eu pisquei surpresa para ela. — Sua confiança em mim é chocante. — E eu não estava brincando. Quero dizer, ela realmente parecia achar que eu poderia descobrir toda essa bagunça.
— Eu deveria. — Ela virou voltando a procurar algo no armário. — Eu sei mais do que qualquer um que recebeu um dom de Nyx. Você é poderosa, blá, blá, tanto faz. Então você vai descobrir. Finalmente! Deus, eu queria que houvesse uma empregada aqui. Eu nunca consigo achar nada quando eu me forço a limpar sozinha. — Aphrodite emergiu com uma vela verde dentro de um vidro bonito de cristal e um isqueiro chique.
— Você precisa que eu te ajude a descobrir algo sobre a vela?
— Não, gênia. Algo que eu realmente me pergunto sobre a escolha de Nyx. — Ela me entregou o isqueiro. — Eu quero que você me ajude a descobrir se eu perdi minha afinidade com a terra.

2 comentários:

  1. Até que enfim esses baitolas se tocaram, fala sério

    ResponderExcluir
  2. tomara que nao, ia ser uma desilusam total!!!!!!!!!!

    ass; aninha

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!