4 de outubro de 2015

Capítulo 5

— Então nós temos p.b. e j., bologna e queijo americano processado fatiado. — Jack falou a parte do ‘queijo americano processado fatiado’ como se ele estivesse nos oferecendo relutantemente vermes e lama. — E a preparação do meu pessoal gourmet Top Chef: maionese, manteiga de amendoim, e alface no pão de trigo.
— Okay, Jack. Horrível. — Shaunee disse.
— Você perdeu a sua maldita cabeça? — Erin disse.
— Gay branco é estranho — disse Kramisha, bloqueando um dos bologna e sanduíches de queijo.
As gêmeas acenaram e murmuraram — yep— assim que Kramisha se juntou a elas perto de uma caixa de ovos.
Jack olhou mortalmente ofendido — Acho que está bom, e vocês deveriam tentar experimentar as coisas antes de desrespeitar elas.
— Eu vou tentar uma delas — disse Shannon Compton docemente.
— Obrigado — Jack sorriu largamente e entregou um sanduíche embrulhado num papel toalha.
Houve o ruído de uma grande quantidade de papel assim que todos nós enchendo o quarto da Stevie Rae, pegamos sanduíches, e passamos sacos de batatas fritas. Fiquei surpreendida ao ver a quantidade de comida e batatas fritas e coca (yaay para coca!).
Fez uma estranha, surreal mistura com as garrafas de vinho tinto e bolsas de sangue que estavam sendo partilhados. Eu sentei na cama com Aphrodite e Darius e Stevie Rae, que estava parecendo melhor e melhor. Por um segundo, com os sons normais de crianças comendo e conversando, era fácil de imaginar que estávamos apenas em uma espécie de suja construção na House of Night e esquecer que estávamos em um túnel embaixo da cidade e que todas as nossas vidas estavam em um processo de nunca mais ser a mesma. Por um segundo, nós não éramos nada, apenas um grupo de crianças, alguns amigos, alguns não, e nós estávamos apenas ficando juntos.
— Diga-me o que sabe da criatura que veio da terra e os pássaros que o seguiram. — As palavras de Darius fizeram o todo apenas-ficando-juntos cair como um castelo de cartas.
— Infelizmente, não sabemos muito sobre ele como eu gostaria que soubéssemos, e que nós sabemos é o que veio da minha avó. — Eu engoli o aperto na garganta que a menção dele causou. — Vovó está em coma, então ela não pode nos ajudar agora
— Oh, Z! Eu sinto muito! O que aconteceu? — Stevie Rae chorou, tocando o meu braço.
— A versão oficial é que ela estava em um acidente de carro. A verdade é que o acidente foi causado por um Corvo Escarnecedor porque ela sabia também muito sobre eles — Eu disse.
— Corvos Escarnecedores - esses são os seres que saíram da terra depois que o homem com asas apareceu? — Darius disse.
Eu acenei. — Eles são seus filhos - o que aconteceu depois de ele ter estuprado as mulheres do povo da minha avó há mais de mil anos. Quando Kalona saiu da terra seus corpos foram devolvidos a eles.
— E você sabe essas coisas porque elas são criaturas da lenda Cherokee? — Darius disse.
— Na verdade, sabemos estas coisas, porque na visão que Aphrodite teve uns dias atrás ela estava mostrando que o que descobrimos era uma profecia sobre a volta de Kalona. Ela foi escrita com a letra da minha avó, então nós ligamos para ela - falamos para ela sobre isso. Ela reconheceu as referências e veio para a House of Night nos ajudar. — Eu pausei, firmando minha voz. — Que é o porquê dos Corvos Escarnecedores atacarem ela.
— Eu realmente desejo que nós tivéssemos essa profecia — Damien falou. — Eu gostaria de dar mais uma olhada nela agora que Kalona está efetivamente livre.
— É fácil — Aphrodite disse. Ela tomou uma longa golada de sua garrafa de vinho, soluçou um pouco e, em seguida, recitou:

Antigo dormindo, esperando ascensão
Quando poder da terra sangra um sagrado vermelho
A marca atinge a verdade: Rainha Tsi Sgili se erguerá
Ela será lavada do túmulo em que ele descansa.
Através da mão da morte ele está livre
Terrível beleza, sinal monstruoso
Reinar de novo eles irão
Mulheres se ajoelharão perante a escuridão dele
A música de Kalona é um som doce
Enquanto somos massacrados com uma fria excitação.

— Wow! Bem feito, você! — Jack falou, batendo suas mãos.
Aphrodite inclinou sua cabeça regiamente e disse, — Obrigada... Obrigada... Não é nada. Sério. — E ela se voltou para o seu vinho.
Eu fiz uma nota mental para manter um olho em sua bebida. Ok, yeah, ela tinha passado através de um monte de estresse ultimamente, e ser mordido-duas-vezes-por Stevie-Rae e, bizarramente o suficiente, tido um Imprint com ela não poderia ser particularmente bom para seus nervos, mas a última coisa que precisávamos era a Garota Visão se tornar na Garota Visão Bêbada.
Darius acenou pensativamente. — Kalona é o antigo dormindo, mas isso não explica o tipo de ser que ele é.
— A vovó disse que a maneira mais fácil para descrever ele é pensar nele como um anjo caído, um ser imortal que andava na terra, em tempos antigos. Parece que havia um monte de coisas que mostrava na mitologia de muitas culturas, como a Grécia Antiga e do Antigo Testamento.
— Yeah, de férias do céu ou tanto faz, eles decidiram que mulheres eram quentes, e então eles acasalaram com elas — disse Aphrodite, engolindo suas palavras um pouco.
— Acasalaram - que é uma irritante maneira de dizer que eles fu-
— Obrigada, Aphrodite. Eu pego daqui — Eu disse. Fiquei feliz que ela tinha parado em seu cumprido silêncio, mas não estava tão certa de que seu sarcasmo bêbado era muito melhor. Quietamente Damien me entregou um sanduíche e acenei para Aphrodite. Passei o sanduíche para ela dizendo-lhe, — comer qualquer coisa.— Então eu peguei o fio da história.
— Então Kalona começou ficando com mulheres Cherokee e se tornou bizarramente viciado em sexo. As mulheres o rejeitaram e ele começou a estuprar elas e a escravizar os homens da tribo. Um grupo de sábias mulheres chamado Ghigua fizeram uma virgem da terra para pegar ele.
— Huh? — Stevie Rae disse. — Você quer dizer como uma boneca de lama?
— Yeah, simplesmente a mais atraente. Cada uma das mulheres deu a boneca um dom especial, então deram vida a ela e a chamaram de A-ya. Kalona quis A-ya, e ela fugiu dele, conduzindo-o para o fundo de uma caverna. Ele a seguiu dentro da caverna, embora ele normalmente evitasse tudo o que era subterrâneo, e é onde elas conseguiram prender ele.
— É por isso que você nos trouxe aqui, para estes túneis — Darius disse.
Eu acenei.
— Então nós estamos pensando em Kalona como um perigo imortal e os Corvos Escarnecedores como seus servos. Quem é a outra criatura mencionada na profecia e também por Damien, a Rainha Tsi Sgili? — Darius disse.
— De acordo com vovó, a Tsi Sgili eram bruxas Cherokee realmente horríveis. Não pense nas legais Wiccas ou sacerdotisas. Elas não são boas, eram mais como demônios, na verdade, exceto que elas são mortais e conhecidas pelas suas habilidades psíquicas, especialmente a capacidade de matar com suas mentes — eu disse. — Neferet é a rainha que a profecia estava falando.
— Mas Neferet anunciou para a House of Night que Kalona é Erebus na terra, e seu consorte, como se ela tivesse se tornado a encarnação literal de Nyx — Darius falou devagar, como se ele estivesse raciocinando em voz alta.
— Ela está mentindo. Sério, ela foi dissuadida por Nyx — eu disse. — Eu soube isso por um tempo, mas agir abertamente contra ela tem sido muito próximo do impossível. Quero dizer, olha o que aconteceu à noite. Todo mundo viu Stevie Rae e os calouros vermelhos e não ligaram pra ela. Exceto por Shekinah, eles abertamente obedeceram sem pestanejar depois que ela ordenou Stark fazer o que ela mandou.
— Que é a razão pela qual ela transferiu Stark da House of Night de Chigago para a de Tulsa — Damien disse. Quando ele apenas pareceu confuso para todos, ele explicou.
— Stark é James Stark, o calouro que ganhou a medalha de ouro dos Jogos de Verão no arco. Neferet queria ele aqui, então ela pôde usá-lo para atingir Stevie Rae.
— Faz sentido — disse Aphrodite. — Nós já sabemos que Neferet tem alguma coisa para fazer com os calouros morto-vivos. É óbvio que ela queria usá-lo, e seu plano funcionou, porque ele é definitivamente morto-vivo e sob seu controle. — Ela parecia satisfeita com seus poderes de dedução e abriu a garrafa de vinho para uma outra longa bebida.
— Acho que sou apenas sortuda, sua mira não estava tão boa, agora que ele morreu e depois voltou — Stevie Rae disse.
— Não é isso — A minha boca falou antes que eu pudesse me calar. — Ele errou o seu coração de propósito.
— O que você quer dizer? — Stevie Rae perguntou.
— Antes de Stark morrer, ele me contou sobre seu dom de Nyx. Ele nunca erra. Ele não pode. Ele sempre acerta a marca que ele mira.
— Então, se ele não matou Stevie Rae de propósito, isso deve significar que ele não está totalmente sob a influência da Neferet — Damien disse.
— Ele disse seu nome — disse Erik. Seus penetrantes olhos azuis pareciam ver profundamente dentro de mim. — Eu me lembro disso distintamente. Antes dele acertar Stevie Rae ele definitivamente reconheceu você. Ele mesmo disse que voltou por você.
— Eu estava com ele quando ele morreu — Eu disse, voltando para o olhar questionador de Erik e tentando não parecer tão culpada quanto eu me sentia por ser atraída ainda por um outro cara além dele. — Antes dele morrer eu disse para Stark que calouros na nossa House of Night estavam voltando dos mortos. Isso é o que ele estava falando.
— Bem, havia obviamente uma ligação entre vocês dois — Darius disse. — E isso provavelmente salvou a vida de Stevie Rae
— Mas Stark definitivamente não era ele mesmo — eu disse, olhando para longe de Erik. Tinha sido apenas há alguns dias que eu beijei Stark e ele tinha morrido nos meus braços, mas parecia como se muito tempo tivesse passado. — Ele estava, obviamente, sob a influência de Neferet, mesmo se estivesse tentando resistir a ela.
— Yeah, é como se ela tivesse colocado um feitiço sobre ele, ou algo assim — disse Jack.
— Aguenta aí, isso me lembra uma coisa — Damien disse. — Eu definitivamente notei como quase todos agiram intimidados e ainda um pouco desorientado quando Kalona apareceu.
Vênus bufou, soando muito parecida como Aphrodite em seus mais sarcásticos (e menos atraente). — Todos exceto nós. — Ela fez um gesto que abrangeu todos os calouros vermelhos. — Sabíamos que ele era mau e totalmente cheio de tretas a partir do segundo vimos ele.
— Como? — Eu perguntei abruptamente. — Como é que vocês souberam? Todos os outros calouros, bem, exceto nós, realmente caiu de joelhos com a visão dele. Mesmo os guerreiros filhos de Erebus não se moveram contra ele. — Eu me senti atraída por ele, também, mas eu não queria admitir isso na frente de Vênus.
Vênus encolheu os ombros. — Foi apenas óbvio. Ele era quente e tudo mais, mas qual é! Ele explodiu do solo depois de Stevie Rae sangrar por todo ele.
Eu observei ela de perto, pensando que talvez a razão pela qual ela reconheceu o mal de Kalona era porque ela era muito familiarizada com o mal.
— Olha, ele tinha asas. Isso não está certo — Kramisha acrescentado, fragmentando a minha atenção. — Minha mãe me disse para não confiar em nenhum menino branco, mesmo um lindo. Estou pensando ‘um lindo menino branco com asas saindo da terra em uma bagunça de sangue e coisas como feios rabos pássaro é o problema em dobro.
— Ela tem um ponto — disse Jack, esquecendo, obviamente, que ele era um bonito garoto branco.
— Eu tenho que compartilhar uma coisa — disse Damien. Nós conseguimos tirar nossa atenção de Kramisha para ele. — Se eu não estivesse no meio de um círculo completo, cercado por vocês com Aphrodite gritando para nós para ficarmos juntos e sair de lá, eu poderia ter caído de joelhos, também.
Senti uma ponta de inquietação. — E vocês? — Perguntei às gêmeas.
— Ele era quente — disse Shaunee.
— Certamente — disse Erin. Ela olhou Shaunee. Sua gêmea acenou, então ela continuou, — Ele já teria pegado a nós, também. Se Aphrodite não tivesse ficado gritando desatraentemente para nós mantermos o círculo juntos, ainda poderíamos estar lá, no meio dessa bagunça.
— O que não seria bom — disse Shaunee.
— Isso é tudo que estou dizendo — Kramisha acrescentou.
— Mais uma vez eu salvei membros da horda de nerds — Aphrodite desprezou.
— Apenas coma seu sanduíche — Eu disse a ela. Então me virei para Erik. — E você? Ele fez você querer...? — Minha voz morreu, eu não sabia como falar isso.
— Ficar e adorar ele? — Erik completou, e eu acenou. — Bem, eu senti o seu poder. Mas, lembre-se, eu já sabia que algo estava errado com Neferet. Se ela estava com ele, eu percebi que eu não queria nada com ele. Então eu apenas me manti focado em outras coisas.
Nossos olhos se encontraram e se detiveram. Claro, Erik sabia que não estava tudo certo com Neferet, porque ele me viu confrontá-la. Ponto, então ele tinha percebido que eu só enganei ele e estava com o Vamp poeta Laureate, Loren Blake, porque Neferet tinha mandado ele me seduzir e me isolar dos meus amigos.
— Então os calouros vermelhos não são afetados por Kalona como os calouros normais são — Darius estava dizendo. — Embora pareça que os calouros comuns podem controlar o efeito que tem sobre eles, se preciso. E o que Erik estava descrevendo, juntamente com a minha reação a ele, me diz que talvez vampiros são menos suscetíveis a ele do que calouros. — Ele pausa e olhou para Jack. — Você quis ficar e adorar Kalona?
Jack sacudiu sua cabeça. — Nope. Mas eu realmente não olhei muito para ele. Quero dizer, eu estava muito preocupado com Stevie Rae, e então eu só estava pensando em ficar com Damien. Então, Duquesa estava perturbada com S-T-A-R-K. — Ele soletrou o nome enquanto ele acariciava Duquesa. — E eu tinha que cuidar dela.
— Por que você não foi afetado por ele? — Perguntei a Darius.
Eu vi seus olhos voar para Aphrodite, que estava embriagada mordendo um sanduíche.
— Eu tinha outras coisas em minha mente. — Ele pausou. — Entretanto eu senti sua atração. E lembre-se, eu estou em uma posição ligeiramente diferente da dos meus irmãos guerreiros. Nenhum deles foi tão íntimo com o seu grupo. Quando um Filho de Erebus assume uma tarefa de proteção, tal como eu fiz quando comecei a escoltar você e Aphrodite, torna-se um forte vínculo. — Ele me deu um sorriso caloroso. — Muitas vezes uma Alta Sacerdotisa é protegida pelo mesmo grupo de guerreiros por toda sua vida. Não é por acaso que estamos com o nome do consorte fiel de nossa Deusa, Erebus.
Eu sorria de volta para ele e esperava que Aphrodite não fosse uma vaca e quebrasse seu honroso coração.
— O que você acha que está acontecendo lá agora? — Jack perguntou subitamente.
Todos olharam para o curvado teto do pequeno quarto no túnel, e eu sabia que eu não era a única feliz com a espessura da camada de terra entre nós e — lá em cima.—
— Não sei — eu disse, usando a verdadeira resposta ao invés de uma coisa sem sentido, como eu tenho certeza que tudo vai ficar bem. Eu achei difícil, escolhendo cuidadosamente minhas palavras. — Sabemos que um antigo imortal está livre do aprisionamento da terra. Sabemos que ele traz com ele criaturas que são como demônios, e que da última vez que ele andou na terra, ele violou as mulheres e fez dos homens seus escravos. Sabemos que a nossa Alta Sacerdotisa e talvez até os que deixamos na House of Night têm, bem, por falta de uma melhor descrição, passaram para o lado negro.
Dentro da pausa do silêncio que se seguiu a minhas palavras Erik disse, — Uma analogia com Star Wars sempre funciona.
Eu sorri largamente para ele, então calmamente eu continuei. — O que não sabemos é o quanto de danos Kalona e os Corvos Escarnecedores têm feito na comunidade. Erik disse que havia algum tipo de tempestade elétrica em curso juntamente com chuva e gelo, mas que talvez não tenha sido causado por meios sobrenaturais. Esta é Oklahoma, e o tempo pode ser totalmente bizarro.
— Ooooooo-klahoma! Casa dos tornados e das tempestades de gelo que chutam os traseiros — disse Aphrodite.
Eu abafei um suspiro e ignorei a Garota Visão Bêbada Imprinted. — Mas então, novamente, sobre o lado ‘o que nós sabemos’ é o fato de que nós estamos muito seguros aqui. Temos comida e abrigo e outras coisas. — Pelo menos eu esperava que nós estivéssemos bem aqui. Eu bati de leve na cama, que realmente tinha alguma graciosa linha verde luz nela. — Hey, falando do 'e outras coisas.’ Como é que vocês obter essas coisas aqui embaixo? — Eu perguntei a Stevie Rae. — Não que eu estou tentando ser ruim, mas esta cama e sua mesa e geladeira e outras coisas é uma séria melhoria dos trapos sujos e outras grosserias que vi aqui há um mês ou algo assim.
Ela me deu seu lindo sorriso Stevie Rae e disse, — Isso é sobretudo graças a Aphrodite.
— Aphrodite? — Eu perguntei, levantando minha sobrancelha e olhando para ela juntamente com todos os outros.
— O que posso dizer? Eu me tornei o pôster de criança para faça-bem feitores. Graças a Deus eu sou atraente — disse Aphrodite e então arrotou como um cara. —Oops, scusa — ela murmurou.
— Scusa? — disse Jack.
— Italiano, idiota — disse Aphrodite. — Amplie seus horizontes gay.
— Então o que é que Aphrodite tem a ver com as coisas que você tem aqui? — Eu interrompi o que iria ser tornar certamente uma séria discussão.
— Ela comprou isto. Na verdade, foi ideia dela — Stevie Rae disse.
— Scusa? — Eu disse, nem tentando abafar o meu sorriso.
— Eu fiquei aqui por dois dias. Você esperava que eu vivesse em um casebre? Não, dificilmente. Tenha cartões de crédito, vá decorar. Penso que isso está no topo da minha família, juntamente com um martini seco — disse ela. — Existe Pottery Barn na Utica Square descendo a rua. Eles entregam. Então Home Depot, que também não é longe daqui, embora eu não tinha conhecimento disso até que um dos malucos vermelhos me iluminou porque eu não faço compras em lojas de decoração.
— Eles não são malucos — disse Stevie Rae.
— Oh, me morda — disse Aphrodite.
— Ela já fez — disse Vênus.
Aphrodite deu um confuso olhar penetrante na sua direção, mas antes que ela pudesse dar uma bêbada resposta, o garoto chamado Dallas disse: — Eu sabia que a Home Depot estava lá. — Meus amigos e eu olhamos para ele. Ele encolheu os ombros — Eu sou bom em construir coisas.
— Home Depot e Pottery Barn entregam aqui em baixo? — Erik disse.
— Bem, não tecnicamente — disse Stevie Rae. — Mas eles entregam ao Tribuna Lofts que estão praticamente na porta ao lado. E com um pouco de, hum, persuasão amigável trouxeram as coisas aqui e depois esqueceram totalmente, uma vez que deixaram. Então, ta-da! Novos itens.
— Eu ainda não entendo. Como os seres humanos poderiam ter sido persuadidos a virem aqui? — Darius disse.
Eu suspirei. — Algo que você deve saber sobre os vampiros vermelhos...
— E calouros vermelhos, também, só não é tão forte com eles — Stevie Rae me interrompeu.
— E calouros vermelhos — eu corrigi. — Eles têm uma coisa de controle da mente que eles podem fazer com os humanos.
— Isso soa muito mais fraco do que o que é — Stevie Rae assegurou Darius rapidamente.
— Eu só tirei a memórias dos caras da entrega. Eu não controlei a mente dele. Nós não vamos utilizar os nossos poderes para ser odiosos e todas as coisas. — Ela deu ao grupo de calouros vermelhos uma olhada. — Certo?
O grupo murmurou — Certo— , mas eu notei que Vênus não disse nada, e Kramisha olhou ao redor da sala culposamente.
— Eles podem controlar as mentes dos seres humanos. Eles não podem suportar a luz solar diretamente. Os seus poderes de recuperação são excelentes. Eles precisam ficar perto da terra para se sentir realmente confortáveis — disse Darius. — Estou deixando mais alguma coisa de fora?
— Sim — disse Aphrodite. — Eles mordem.

7 comentários:

  1. Estou simplesmente apaixonada pela Aphrodite....

    ResponderExcluir
  2. Aphrodite vc e incrível. Simplesmente a alegria do livro

    ResponderExcluir
  3. Amei a Aphrodite bebada kkk
    ASS:Leticia

    ResponderExcluir
  4. Já estou vendo que essa putiane da Vênus vai me dar nos nervos

    ResponderExcluir
  5. Já estou vendo que essa putiane da Vênus vai me dar nos nervos

    ResponderExcluir
  6. *sim eles mordem* me acabei de rir kkkkkkkkkk

    as: aninha

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!