5 de outubro de 2015

Capítulo 32 - Zoey

— Leva 7 horas para chegar a Veneza — Lenobia explicou. Ela nos encontrou no checkpoint vip. — Quando pousarem, será tarde da noite lá. Tentem dormir o máximo que conseguirem no avião. O Alto Conselho vai se reunir depois do anoitecer, e é esperado que vocês estejam alertas.
— Como Stark vai lidar com o sol? — eu perguntei.
— Eu avisei as necessidades de Stark ao Alto Conselho. Eles me asseguraram que Stark ficará protegido do sol. Você deve saber que eles estão bem ansiosos em conhecer ele e extremamente curiosos sobre esse novo tipo de vampiro.
— Curiosos como em querendo me estudar como um rato de laboratório? — Stark disse.
— Não vamos deixar isso acontecer — Darius disse.
— Eu acho que devemos manter em mente que o Alto Conselho é formado pelas sete mais sábias e antigas Alta Sacerdotisas vivas hoje. Elas não se comportam de forma inumana, e nem são imprudentes — Lenobia disse.
— Então elas são todas meio como Shekinah? — Jack disse.
— Shekinah era a Vampira Alta Sacerdotiza, então era única, mas cada membro do conselho é eleito pelo corpo de vampiros, para sua posição. A posição é delas por 50 anos, e então um novo membro é eleito. Nenhum membro pode se reeleger. Os membros do conselho são de toda parte, e são conhecidos por sua sabedoria.
— O que significa que devem ser inteligentes o bastante para não cair na de Kalona e Neferet — eu disse.
— Não é com espertos que temos que nos preocupar — Aphrodite disse. — É com a escolha. Tem muitos vampiros espertos da nossa House of Night que ficaram do lado de Kalona e Neferet.
— Aphrodite tem razão — Damien disse.
— Então precisamos estar preparados para tudo — Darius disse.
— Exatamente o que penso — Stark concordou.
Lenobia acenou solenemente. — Lembrem-se, o resultado disso pode mudar o mundo como conhecemos.
— Bem, merda. Sem pressão nisso — Aphrodite disse. Lenobia deu a ela um olhar afiado, mas não disse nada. Ao invés disso ela me surpreendeu olhando para Jack.
— Acredito que você deveria permanecer aqui — ela disse a ele.
— Oh, de jeito nenhum! Eu vou onde Damien vai — Jack disse.
— Onde Damien está indo é perigoso — Lenobia disse.
— Então vou com ele em dobro!
— Eu acho que ele deveria ir — eu disse. — Ele é parte de nós. Além do mais — eu continuei, seguindo meu instinto e sabendo pela sensação de que estava certa dentro de mim, que estava dando voz a algo que Nyx queria que todos ouvissem, — Jack tem uma afinidade.
— O que? Eu tenho?
Eu sorri para ele. — Eu acho que você tem. Sua afinidade é com a magia do mundo moderno – tecnologia.
Damien sorriu. — É verdade! Jack entende qualquer coisa de audiovisual ou computação. Eu só pensei que ele fosse um gênio de informática, mas ele é um técnico genial da deusa ao quadrado.
— Ohminhadeusa! Quão legal é isso? — Jack disse.
— Então você tem razão, Zoey. Jack deveria ir com você. Nyx deu a ele esse dom por algum motivo, e esse motivo pode muito bem ser de grande uso para você.
— Yeah, e também — Eu estava me preparando para contar a ela sobre nosso outro viajante, quando Heath apareceu, sua mochila no ombro.
— Seu consorte vai também? — Lenobia terminou por mim, com uma sobrancelha erguida para Heath.
— Pode ter certeza! — Heath disse, colocando seu braço ao meu redor. — Nunca se sabe quando Zo pode precisar dar uma mordida.
— Ok, Heath, todo mundo sabe disso. — Eu podia sentir minhas bochechas esquentando e propositalmente mantive meu olhar em Stark.
— Como o consorte da Alta Sacerdotisa, você terá permissão de entrar na Câmara do Conselho — Lenobia disse a Heath. — Mas você não poderá falar.
— Tem muitas regras sobre como agir na Câmara do Conselho, não tem? — Damien disse.
Meu estômago se retorceu. — Regras?
— Tem — Lenobia disse. — É um antigo sistema designado para prevenir o caos, ainda sim, para dar chances iguais a quem fala. Você deve seguir as regras, ou será escoltado para fora da Câmara.
— Mas eu não sei as regras!
— É por isso que minha amiga, Erce, Mestra de cavalos para a ilha São Clemente, vai encontrar você no aeroporto. Ela vai levar vocês para seus quartos na ilha e relatar a vocês a etiqueta no Conselho.
— Eu não posso dizer nada?
— Você é incapacitado? — Aphrodite perguntou a Heath. — Foi isso que Lenobia acabou de te dizer.
— Eu nem tenho certeza que você terá sequer permissão para entrar na Câmara do Conselho — Lenobia disse a Aphrodite.
— O que? Mas eu... — As palavras dela morreram. A verdade era que, tecnicamente, Aphrodite era humana. Uma humana anormal, mas ainda sim.
— Erce está requerendo que você esteja presente — Lenobia continuou. — Veremos se eles te admitem ou não.
— Porque vocês não vão indo para o avião? Eu preciso conversar com Lenobia por um segundo.
— Vocês partem pelo portão 26 — Lenobia disse. — Abençoados sejam, e que Nyx esteja perto de vocês.
— Abençoado seja! — todo mundo disse, e então foram em direção a segurança.
— Como estão os calouros feridos? — eu peguntei.
— Muito melhores. Obrigado pelo que fez por eles — ela disse. Eu dispensei o agradecimento.
— Só estou feliz por eles estarem melhor. E quanto a Dragon?
— Em profundo luto.
— Sinto por isso — eu disse.
— Derrote Kalona. Impeça Neferet. Isso irá ajudar Dragon. — Eu ignorei o pânico que crescia dentro de mim e mudei de assunto.
— O que você vai fazer com os calouros vermelhos?
— Considerei isso, e o que eu acredito que devemos fazer é honrar a vontade da Alta Sacerdotisa deles. Eu vou falar com Stevie Rae quando voltar para escola e vamos decidir o que ela acha ser melhor para seu povo. Parecia estranho ouvir Lenobia chamar Stevie Rae de Alta Sacerdotisa, mas um estranho bom.
— Você precisa saber que existem mais calouros vermelhos além dos que estão com Stevie Rae. — Lenobia acenou.
— Darius me informou.
— O que você vai fazer em relação a eles?
— Como os outros, essa decisão deve incluir Stevie Rae. É uma situação difícil. Não sabemos exatamente o que eles se tornaram – ou não se tornaram. — Lenobia pôs sua mão no meu ombro. — Zoey, você não deve permitir o que está acontecendo aqui te distrair. Se concentre em Kalona e Neferet e no Alto Conselho. Confie que vou cuidar da House of Night.
Eu suspirei. — Ok, eu vou. Ou pelo menos vou tentar.
Ela sorriu. — Eu informei o Alto Conselho que consideramos você nossa Alta Sacerdotisa.
Eu senti uma pequena onda de choque. — Sério?
— Sério. Você é, Zoey. Você mereceu. E você está ligada a Nyx de uma forma que nenhum outro calouro ou vampiro esteve. Continue seguindo a deusa e nos orgulhe — ela disse.
— Vou tentar ao máximo.
— E é isso que pedimos de você. Abençoada seja, Zoey Redbird.
— Abençoada seja — eu disse. Então eu segui minha turma até o portão 26, tentando não pensar muito sobre o fato que de que uma Alta Sacerdotisa de Nyx não tinha que ficar sonhando com o guerreiro de sua deusa.
— Vovó, oi! Como está se sentindo?
— Oh, Zoey Passarinha! Estou melhor hoje. Eu acho que o fim da tempestade me fortaleceu. Gelo é lindo, mas apenas em pequenas doses — disse vovó.
— Hey, você não pense que isso significa que você pode voltar para fazenda de lavanda. Por favor, prometa que você vai deixar a Irmã Mary Angela cuidar de você por um tempo.
— Oh, não tema, u-we-tsi-a-ge-ya. Eu prefiro a companhia da boa Irmã. Você virá me ver hoje à noite? Como estão as coisas na escola?
— Bem, vovó, é por isso que estou ligando. Estou me aprontando para ir para Veneza no jato da escola. Kalona e Neferet estão lá, e parece que eles estão mexendo com o Alto Conselho.
— Isso é ruim, u-we-tsi-a-ge-ya. Você não vai entrar nessa batalha sozinha, vai?
— De jeito nenhum, vovó. A turma toda está comigo, além de Heath.
— Bom. Não se sinta envergonhada de usar a conexão dele com você; é a ordem natural das coisas.
Lágrimas queimaram contra minha garganta. O constante amor de vovó, não importava o quão vampiro-monstrosa minha vida tenha se tornado, era a fundação para todo meu mundo. —Eu te amo, vovó — eu falei.
— E eu também te amo, u-we-tsi-a-ge-ya. Não se preocupe com uma velha mulher. Se foque no que precisa fazer. Estarei aqui quando você ganhar a batalha.
— Você soa tão confiante.
— Tenho confiança em você, u-we-tsi-a-ge-ya, e tenho certeza que você tem a deusa em seu favor.
— Vovó, eu tive um sonho muito estranho sobre Kalona. — Eu baixei minha voz, embora eu tenha me afastado de onde o resto do pessoal estava esperando no portão para nosso avião estar pronto para embarcarmos. — Eu vi que Kalona nem sempre foi mal. Ele costumava ser guerreiro de Nyx. — Vovó ficou quieta por vários minutos.
Finalmente, ela disse, — isso parece mais como uma visão do que um sonho. — Eu podia sentir que ela estava certa.
— Uma visão! Então isso significa que é verdade?
— Não necessariamente, mas dá mais importância ao que você viu ao invés de um simples sonho. Parecia verdadeiro?
Eu mordi o lábio, então admiti, — Sim, parecia que eu estava vendo a verdade.
— Lembre de misturar sua sensação com o bom senso. Ouça seu coração, mente, e alma.
— Estou tentando.
— Pese seus sentimentos com lógica e razão. Você não é A-ya. Você é Zoey Redbird, e você tem livre arbítrio. Caso se torne demais, olhe para seus amigos, especialmente Heath e Stark. Eles estão conectados com você, também Zoey, e não com o fantasma de uma antiga virgem Cherokee.
— Você tem razão, vovó. Eu vou lembrar. Eu sou eu, e isso não vai mudar.
— Zo! Estamos embarcando! — Heath chamou.
— Eu preciso ir, vovó. Te amo!
— Eu também de amo, u-we-tsi-a-ge-ya.
Eu entrei no avião me sentindo renovada pelo amor de minha avó. Ela tinha razão. Eu precisava balancear o que eu sabia sobre Kalona e o que eu pensava que talvez soubesse sobre ele.
Minha atitude positiva foi reforçada pelo jato legal que iríamos voar. Era de primeira classe com enormes assentos de couro até janelas super grossas, que eu imediatamente abaixei. — O sol não está lá fora agora, nerd — Aphrodite disse.
— Só estou cuidando disso agora caso eu esqueça — eu fiz citações no ar ao redor da palavra — de fechar mais tarde.
— Eu não vou queimar seu guerreiro — Aphrodite disse. — Então meu guerreiro teria coisa demais para fazer.
— Eu nunca estarei muito ocupado para você — Darius disse, sentando ao lado dela e erguendo o braço que os separava para que eles pudessem se aninhar.
— Vômito — Erin disse.
— Indo para o fim do avião para não termos um enjoo “Afrodinal” — Shaunee disse.
— Tem serviço de bebida nesse avião? — Damien perguntou.
— Espero que sim. Eu to afim de uma Coca — eu disse, adorando que todos soavam tão normal quanto eu de repente me sentia.
— Lenobia disse que estaríamos por conta própria nesse voo, mas aposto que se você fuçar por aí depois que estivermos no ar, vai encontrar algo para beber — Darius disse. — Eu sei onde eles guardam a Coca — Stark disse. — Esse é o avião que eu voei para vir de Chicago para cá. Vou pegar assim que decolarmos. — Então ele gesticulou para o assento vazio perto dele. — Senta comigo?
— Hey, Zo! — Heath me chamou mais no fundo do avião. — Eu guardei um lugar pra você aqui.
Eu suspirei. — Quer saber, eu acho que vou sentar aqui sozinha e tentar dormir. Fuso horário é matador — eu disse, escolhendo um assento no meio do caminho entre Heath e Stark.
— Vou tomar Xanax. Eu sei como voar — Aphrodite disse. — Vou estar pronta pra ir para as lojas no segundo que pousarmos em Veneza.
— Lojas? — Shaunee chamou.
— Compras? — Erin disse.
— Talvez devêssemos nos juntar a Aphrodite — Shaunee disse.
— Excelente ideia, Gêmea — Erin concordou. Eu sorri para mim mesma enquanto as Gêmeas se moviam para o assento na frente de Aphrodite, que fez uma careta para elas, mas se lançou rapidamente numa lista de possibilidade de compras em Veneza.
— Aqui. — Stark me entregou um cobertor e travesseiro. — Fica frio no avião às vezes, especialmente quando você está tentando dormir.
— Obrigado — eu disse. Eu queria dizer a ele que eu teria gostado de me aninhar contra ele, mas que eu não ia gostar de ver como isso faria Heath se sentir (que agora estava num grande debate com Jack sobre se Computador ou Macs – da Apple – são melhores).
— Hey, está tudo bem. Eu entendo — Stark disse, baixando sua voz.
— Você é o melhor guerreiro do mundo. — Ele sorriu aquele sorriso arrogante que eu gostava tanto e beijou minha testa.
— Vá dormir. Vou manter uma orelha psíquica em seus sentimentos. Se as coisas ficarem estranhas, eu te acordo.
— Estou contando com isso — eu disse.
Eu me aninhei com o cobertor e travesseiro que meu guerreiro tinha me trazido, e adormeci quase antes de estarmos no ar. Se eu sonhei, eu não lembrei de nada.

2 comentários:

  1. Provavelmente o Stark será o escolhido no final das contas. Tadinho do meu Heath

    ResponderExcluir
  2. espero que sim pra mim so existe o stark .........acho que me apaixonei

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!