8 de outubro de 2015

Capítulo 27 - Aurox

Aurox saiu do campus da House of Night rapidamente, certificando-se de que ele estava na frente do ônibus da escola. Pelos padrões humanos, já era tarde da noite e as estrelas estavam aparecendo. Ele estava satisfeito com as instruções de voz do seu veículo. Satisfeito por ter tempo para dirigir e pensar sem se preocupar em ser descoberto, caso tivesse que seguir o sempre atento Darius.
Neferet havia ordenado que ele impedisse o ritual que se aproximava e o feitiço de morte que Thanatos deveria fazer, apesar de ela ter deixado claro que ele não deveria matar nenhuma Sacerdotisa ao fazer isso.
Aurox não ficou surpreso por ter gostado dessa pequena advertência. Por um momento, enquanto Neferet estava dando ordens, ele achou que ela iria mandá-lo assassinar Zoey. Esse pensamento o fez sentir-se mal, apesar de, segunda a Sacerdotisa, ele não ter a capacidade de sentir nada.
Ele era um Receptáculo. As emoções dos outros alimentavam sua força, mas, depois de usadas, essas sensações deveriam se dissipar. Então por que, desde o momento em que ele esteve sozinho com Zoey quando ela estava chorando por causa da morte de sua mãe, ele ainda sentia tristeza, um desespero profundo, culpa e recentemente algo mais novo?
Aurox sentia solidão.
Ele quase podia ouvir a risada sarcástica da Sacerdotisa.
Sim, eu sinto! ele gritou e sua voz ecoou dentro do veículo veloz, como se ele estivesse sozinho em uma caverna; sempre sozinho. Eu sinto de verdade, apesar de a Sacerdotisa dizer que não ele deu um murro no painel do carro, sem se importar que a sua mão se machucou e que o revestimento do couro ficou danificado.
Eu sinto a tristeza dela. Eu sinto o medo dela. Eu sinto a solidão dela. Por quê? Por que Zoey Redbird me faz sentir?
Cada um de nós decide o que é através das escolhas que fazemos na vida. Parecia que a voz de Thanatos estava ali dentro do carro com ele. As nossas ações nos definem e vão continuar nos definindo até depois da morte.
Eu fui criado para servir Neferet ele disse. Thanatos poderia estar correta, mesmo se tratando de uma criatura como ele?
Mais palavras da Alta Sacerdotisa vieram até ele, como que respondendo à sua pergunta... o futuro não precisa ser ditado pelo passado.
Então a voz do veículo falou, dissipando a sabedoria de Thanatos. Ela disse para ele virar à direita e que em cerca de oitocentos metros ele chegaria ao seu destino. Aurox fez a curva, mas então ele guiou o carro para o fosso ao lado da pista e não parou até ter certeza de que havia estacionado bem longe do alcance dos faróis de carros que passassem por ali e de olhos curiosos. Ele saiu do carro e, movendo-se rápido e em silêncio,
Aurox seguiu paralelamente à estranha pista de cascalho, que levava a uma casa modesta. Ele parou antes de chegar à casa, não apenas porque precisava usar como esconderijo um pequeno pomar que ficava ao lado da casa e do grande campo de lavandas que a emoldurava. Ele parou ao ver o círculo chamuscado no meio das plantas adormecidas pelo inverno. Ele conhecia aquela queimadura. Não tinha sido pelo fogo que a terra fora carbonizada e as lavandas, destruídas. Havia sido por uma queimadura de frio... uma destruição gelada.
As Trevas estiveram aqui, Aurox disse a si mesmo. E então ele compreendeu.
Neferet e o touro branco fizeram esse malfeito. Eles mataram a mãe de Zoey Redbird.
Então alguma coisa deslizou dentro dele, como se uma roda que estava presa, lutando contra a lama, finalmente se libertasse. Aurox sentiu uma fraqueza nas pernas e se sentou pesadamente, apoiando as costas no tronco áspero de uma das arvores, esperando... observando... mas sem fazer nada.


Dragon                          

Procurar o endereço da casa da avó de Zoey havia sido fácil e rápido. A fazenda dela ficava a apenas pouco mais de uma hora da House of Night. Ele esperou até que o ônibus escolar deixasse o campus e então seguiu devagar, tomando cuidado para que o sempre vigilante Darius não reparasse nele pelo retrovisor. Dragon não precisava ficar perto do ônibus. Ele sabia aonde estava indo. Ele sabia o que precisava fazer.
O dever era tudo.
Sua função era manter a escola e os estudantes seguros.
Um dragão protege os seus.
Era tudo o que havia restado: o dragão.
Sua morte me arrastou
O dragão é só o que eu posso ser.
Suas próprias palavras o provocaram.
Eu estava dizendo a verdade! ele gritou para o vazio. Anastasia, você se foi. Não sobrou nada para mim além do dragão e do meu dever.
”Se você não for o meu companheiro, gentil e verdadeiro,
Como eu vou conseguir encontrá-lo de novo?”
A resposta de Anastasia parecia flutuar ao redor dele, trazida junto com o cheiro das terras férteis da margem do poderoso rio Mississipi e com uma brisa quente e úmida de verão, em que girassóis balançavam suas cabeças pesadas em aprovação.
Não! ele gritou, afastando a lembrança. Tudo isso se foi. Você se foi. Não me sobrou nada. Eu não escolhi isso, a sua Deusa fez essa escolha quando permitiu que você fosse tirada de mim porque há tantos anos eu fui misericordioso ele balançou a cabeça não vou cometer esse mesmo erro de novo.


Zoey

Enquanto nos aproximávamos da casa de vovó, eu ficava cada vez mais nervosa. Meu estômago estava me matando. Eu estava com dor de cabeça. Minha coroa de angélicas estava um lixo. Stark teve que me ajudar a terminá-la. Sem brincadeira. Stark. E ele não é exatamente o que você pode chamar de habilidoso com traçados.
Minha mãe é a verdade. Isso é tudo o que eu sei.
Lembrem-se Thanatos disse quando entramos na familiar estradinha de vovó. A intenção é importante. Nós estamos aqui para revelar a verdade para que possamos fazer justiça por uma vida que foi abreviada. Nada mais. Nada menos ela olhou para mim. Você consegue fazer isso. Não falta coragem a você.
Você tem certeza?
Ela sorriu apenas um pouco.
Sua alma foi despedaçada. Isso deveria ter sido uma sentença de morte, mas ainda assim você sobreviveu e voltou a ser você mesma, trazendo o seu guerreiro junto. Isso nunca foi feito antes. Não falta coragem a você ela repetiu.
Stark apertou minha mão. Eu balancei a cabeça como se tivesse concordando com ela, mas por dentro eu estava berrando uma verdade diferente: Se eu fosse realmente corajosa, teria sido capaz de salvar Heath, a minha alma nunca teria se despedaçado e Stark não precisaria ser resgatado!
Felizmente, antes que essas coisas escapassem pela minha boca e estragassem tudo o que Thanatos estava tentando nos ajudar a fazer, Darius parou o ônibus e abriu a porta.
Todos nós continuamos sentados ali. Finalmente, Thanatos falou:
Zoey, você precisa tocar a terra primeiro. Foi a sua mãe quem foi assassinada aqui.
Eu me levantei e, ainda agarrando a mão de Stark, desci os degraus do ônibus. Estacionamos em frente à casa de vovó. O micro-ônibus parecia estranhamente fora de lugar pequeno estacionamento de cascalho ao lado do seu Jeep.
Como eu sabia que vovó não iria ficar na casa dela durante o seu ritual de purificação de sete dias, acho que eu esperava que tudo estivesse escuro e com uma aparência estranha, mas não estava. Todos os cômodos estavam acesos. O lugar estava tão iluminado que eu tive que franzir os olhos para olhar direito para lá. As janelas reluziam como se o vidro tivesse sido recentemente polido. A grande varanda frontal estava acesa também, mostrando cadeiras de balanço confortáveis e mesinhas com jarros de limonada.
E então vovó estava ali, puxando-me para dentro dos seus braços e enchendo o meu mundo com o aroma da minha infância.
Ah, u-we-tsi-a-ge-ya, ver você traz muita alegria para o meu coração! ela disse depois que finalmente nós duas conseguimos nos soltar uma da outra.
Ela estava usando seu antigo vestido de camurça favorito. Ela e sua mãe haviam bordado juntas as contas roxas e verdes que decoravam o corpete. Vovó sempre me contava a história de que, quando era garotinha, ela havia trocado com uma das Sábias da sua tribo um cinto, que ela tinha ficado bordando o inverno inteiro, pelas conchas e contas de vidro que ela havia colocado nas franjas das mangas e da bainha. Eu me lembro de que o vestido era de um branco tão puro como as nuvens, mas agora ele estava amarelo. Isso poderia ter feito ele se tornar velho e surrado, mas não. Aos meus olhos, fazia com que ele fosse mais amado e valioso do que qualquer etiqueta de preço em uma loja ou em um leilão disputado no eBay.
Eu também não pude deixar de perceber que vovó havia perdido peso e estava com sombras escuras embaixo dos seus olhos expressos.
Como você está, vovó?
Melhor agora, minha filha. E depois do ritual de hoje à noite, acho que vou me sentir melhor ainda. Vovó colocou sua mão em punho sobre o coração e se curvou respeitosamente para Thanatos. Abençoada seja, Alta Sacerdotisa.
Abençoada seja, Sylvia Redbird. É um prazer conhecê-la pessoalmente. Eu apenas gostaria que este momento pudesse acontecer em outra circunstância.
Eu também. Eu adoraria sentar e conversar com a Morte. Vovó falou, com um traço daquela velha faísca nos seus olhos.
Seria uma honra Thanatos respondeu. Apesar de eu não ter a pretensão de ser a Morte. Apenas tenho uma afinidade com ela.
Com ela? vovó perguntou.
É uma mãe quem nos traz a este mundo. Não faz sentido que também seja uma mãe quem nos chama para fazer a nossa passagem deste mundo para outro também?
Hum. Eu nunca tinha pensado nisso dessa forma Shaunee comentou.
Faz com que a coisa pareça até meio agradável Stevie Rae opinou.
Isso depende da sua mãe Aphrodite replicou.
Não, Profetisa. Isso depende da mãe Thanatos a corrigiu.
Bem, isso é uma boa notícia Damien disse. Minha mãe não é um pesadelo como a de Aphrodite, mas também não é exatamente acolhedora.
Esta conversa está interessante e tudo mais, mas será que nós não devemos nos concentrar no feitiço? Stark sugeriu. Alguém tem alguma dúvida?
Jovem guerreiro, você está certo Thanatos afirmou. Vamos começar. Sylvia, por favor, leve-nos até o local onde você descobriu o corpo de sua filha.
Muito bem Vovó teve que andar apenas alguns passos de onde nós estávamos.
O lugar era muito óbvio. Ali, na beirada do campo de lavandas que margeava o lado norte da casa de vovó, de costas para o seu gramado, havia um círculo perfeito de plantas queimadas. Todo o chão naquele ponto estava escurecido, morto e horrível. Até as plantas próximas ao círculo pareciam que estavam secas e morrendo.
Não há sangue Thanatos reparou, levantando a mão para o alto para sinalizar que nenhum de nós deveria entrar no círculo de destruição.
Isso foi uma das coisas estranhas que o xerife e seus policiais não conseguiram explicar vovó falou.
Thanatos se moveu de modo que ela ficou bem na frente de vovó. Ela colocou a mão no ombro dela, e eu vi vovó dar um suspiro profundo e ofegante, como se a Alta Sacerdotisa tivesse passado energia para ela através do seu toque.
Eu compreendo que isso é difícil. Mas a pergunta é necessária. Qual foi exatamente a causa da morte da sua filha?
Vovó respirou fundo de novo e então respondeu com uma voz forte e clara:
O pescoço da minha filha estava cortado.
E mesmo assim não encontraram nenhum sangue na terra em volta do corpo dela?
Não. Nem aqui, nem na varanda, nem na casa.
E no corpo dela? Ainda havia sangue no seu corpo?
O relatório do médico-legista diz que não. Ele também disse que isso era impossível. Que algo além de um corte no pescoço aconteceu com Linda, mas tudo o que ele tinha eram perguntas e não respostas. Tem sido assim com todo mundo.
Sylvia Redbird, nós estamos aqui para trazer as respostas, se você for forte o suficiente para vê-las.
Vovó empinou o queixo.
Eu sou.
Então que assim seja. Todos os rituais de vampiros começam com um altar para a nossa Deusa no seu centro Thanatos disse para nós. Eu estava pensando que todos nós já sabíamos disso, e então as próximas palavras dela suspenderam a questão na minha mente. Sylvia, eu gostaria de pedir que você representasse o altar bem no meio do ritual. Você deseja fazer isso?
Sim.
Então assim será. Você vai entrar no solo maculado ao meu lado e me mostrar exatamente onde você encontrou a sua filha. Esse vai ser o lugar do nosso altar e o centro, o coração e o espírito do nosso círculo ela olhou para o restante de nós. Ninguém mais deve entrar. O círculo de Nyx ainda não está traçado, mas a nossa intenção é claramente instigar esse espaço ela olhou para Stark, Darius e Rephaim. Guerreiros, formem um triângulo do lado de fora e cerquem o círculo Thanatos apontou para a frente. Rephaim, aquela direção é o norte. O seu lugar é lá. Stark, pegue a posição leste. Darius, o seu lugar é no oeste.
Onde você quer que eu fique? Aphrodite perguntou.
Do lado de fora do círculo, protegendo a única posição que sobrou: o sul.
Ela não é uma guerreira Darius interveio.
Não, ela é algo mais poderoso, uma Profetisa da nossa Deusa. Você duvida da força dela?
Aphrodite colocou as mãos no quadril e levantou uma sobrancelha loira para ele.
Não. Eu nunca duvidaria da força dela Darius respondeu.
E então, depois de se curvarem para Thanatos, ele, Aphrodite e os outros guerreiros foram ocupar seus lugares do lado de fora do círculo. Thanatos pegou a mão de vovó e, carregando a sua cesta de feitiçaria, perguntou:
Você está pronta,Sylvia?
Vovó assentiu e disse sim em Cherokee.
Uh.
Juntas, elas entraram no círculo de destruição. Vovó levou Thanatos até um local apenas um pouco mais para o sul em relação ao centro.
Ela apontou:
Sente-se onde a sua filha já repousou. Encare o norte, a direção do elemento terra. Você representará o espírito de Nyx, neste círculo que vamos recuperar da destruição e tomar como nosso através da verdade revelada.
Vovó assentiu solenemente. Ela se sentou com graça, fazendo seu vestido de camurça tremular levemente. Ela estava encarando o norte, de costas para nós, mas percebi que o seu queixo estava empinado e que os seus ombros estavam firmes e eretos.
Naquele momento, achei que meu coração ia explodir de tanto orgulho que eu sentia dela.
Thanatos posicionou sua cesta ao lado de vovó. Ela a abriu e tirou de lá de dentro um bonito pedaço de veludo igual ao do seu manto. Ela sacudiu o quadrado de tecido e o colocou no chão na frente de vovó. Então ela pegou as coroas de angélicas que nós havíamos trançado. Fiquei surpresa ao ver como elas ficavam bonitas empilhadas juntas, com as flores brancas quase brilhando contra o veludo cor de safira. Em seguida ela levantou um saco de veludo negro que eu tinha certeza de já ter visto Anastasia usando durante a aula. Se eu estivesse certa, ele estaria cheio de sal. Ela colocou o saco e as cinco velas que representavam os elementos no tecido também. Tudo estava ao alcance de vovó.
Thanatos nos encarou. Sua voz alcançou a noite facilmente, como se até os insetos e os pássaros em volta de nós tivessem feito uma pausa para escutá-la.
O traçado deste círculo vai ser incomum, já que o nosso ritual é na verdade um feitiço com um ritual dentro de um círculo, mas vamos começar com o ar e terminar com o espírito. Quando eu chamar cada um de vocês, aproximem-se do altar. Entreguem para Sylvia o item que simboliza a verdade que vocês desejem revelar. Falem a sua verdade para ela. Por sua vez, ela vai dar a cada um a vela apropriada. Então ocupem a sua posição no círculo.
E então você vai invocar os elementos? perguntei, sem saber ao certo se eu iria liderar o traçado do circulo ou não.
Você e eu vamos traçar juntas, jovem Sacerdotisa ela explicou. Eu vou fazer o encantamento e segurá-lo com sal. Você vai acender as velas. Na hora em que o espírito for chamado e o círculo estiver pronto, minha intenção é que as minhas próximas palavras, com a ajuda de todos os elementos, principalmente da terra, realizem o nosso feitiço e invoquem a morte.
Certo eu disse. Olhei para os meus amigos e eles assentiram. Estamos prontos.
Damien, venha para o altar e represente o seu elemento, o ar.
Escutei Damien respirar fundo antes de entrar no círculo de lavandas destruídas e se aproximar de vovó.
O que você deseja revelar para o espírito? Thanatos perguntou.
Damien colocou a mão dentro da bolsa masculina que sempre estava pendurada no seu ombro e pegou um estojo de pó compacto da MAC. Ele o abriu e a luz da lua o atingiu, mostrando uma superfície fragmentada e um reflexo estilhaçado. Quando ele o entregou para vovó, revelou:
Eu trouxe um espelho quebrado porque, apesar de eu aparentar e agir como se estivesse bem, secretamente me pergunto se a morte de Jack quebrou para sempre algo dentro de mim.
Vovó colocou o pó compacto sobre o tecido do altar e deu a Damien a vela amarela do ar. Ela tocou a mão dele e disse:
Eu escutei você, meu filho.
Damien se moveu para o lado direito de vovó e ocupou o lugar leste na beirada do círculo.
Minha vez Shaunee falou em voz baixa e foi até vovó.
Quando chegou ao meio do circulo, ela entregou para vovó uma longa pena branca que estava guardando entre as mãos.
Esta pena simboliza que, apesar de por muito tempo eu ter tido medo de ficar sozinha, quero me libertar desse medo.
Vovó colocou a pena ao lado do espelho quebrado de Damien e deu a vela vermelha para Shaunee.
Eu escutei você, minha filha ela disse, tocando-a com carinho e gentileza, como havia feito com Damien.
Erin não disse nada. Ela andou rapidamente até vovó e entregou para ela a pequena sacola térmica que havia levado para o ônibus. Vovó a abriu, colocou a mão dentro dela e pegou um cubo de gelo.
Isso sou eu por dentro. Estou gelada, como se realmente eu não tivesse nenhum sentimento.
Vovó pegou o gelo e o colocou junto com os outros itens no tecido do altar. Ela deu a vela azul para Erin, tocando-a gentilmente e dizendo:
Eu escutei você, minha filha.
Com nenhuma expressão no rosto, Erin foi para a beirada oeste do círculo.
Deseje-me sorte Stevie Rae sussurrou.
Boa sorte eu falei baixinho.
Ela se dirigiu até vovó e sorriu para ela.
Oi, vovó.
Olá, filha da terra vovó retribuiu o seu sorriso. O que você deseja me revelar?
Stevie Rae tirou um pedaço de papel do bolso da sua calça jeans. Era preto, tipo uma cartolina que costumamos usar para recortar coisa na aula de artes no ensino fundamental. Ela entregou o papel para vovó, dizendo:
Este papel é como o meu medo de perder Rephaim para algo escuro e assustador que eu realmente não compreendo.
Vovó desdobrou o papel preto e o alisou sobre o tecido do altar. Ela deu a vela verde para Stevie Rae e falou:
Eu escutei você, minha filha.
Antes que Stevie Rae ocupasse o seu lugar no norte, Thanatos pegou as coroas trançadas com angélicas e as colocou na cabeça dela.
A verdade revelada pela terra através de ti. Assim como nós podemos pedir, e que assim seja.
Obrigada. Vou dar tudo de mim Stevie Rae agradeceu solenemente e então ocupou o seu lugar no círculo.
Era a minha vez.
Nyx, por favor, ajude-me a ser forte o bastante para lidar com o que eu vou ver hoje. Fui até vovó. Ela sorriu e me perguntou:
O que você tem a revelar para mim, u-we-tsi-a-ge-ya?
Eu havia deixado a minha bolsa no ônibus, mas antes de sair eu tinha pegado o símbolo que estava dentro dela. Era um desses elásticos que não deveriam arrancar o cabelo quando você usa, mas que nunca funcionam direito. Eu o entreguei para vovó.
Quase o tempo todo, eu me sinto como se estivesse sendo puxada em várias direções diferentes. Às vezes, eu acho que vou arrebentar como um elástico de cabelo e me despedaçar inteira de novo. Desta vez para sempre.
Vovó colocou o prendedor de cabelo devagar sobre o tecido do altar. Quando ela me deu a vela roxa, segurou minhas mãos entre as suas. A voz dela tremeu só um pouco quando ela disse:
Eu escutei você, minha filha.
Então eu me coloquei atrás de vovó, no centro do círculo, e olhei para Thanatos para saber qual era o próximo passo.
A Alta Sacerdotisa pegou na cesta de feitiçaria uma caixa comprida de palitos de fósforo. Ela levantou o sal e falou:
Você pode deixar a sua vela no altar. A sua avó vai servir como protetora do espírito até você invocar o seu elemento.
Coloquei a vela no meio do pequeno círculo que vovó havia feito com as coisas que cada uma de nós entregou para ela. Eu me inclinei e beijei sua bochecha macia.
Não importa o que a gente veja hoje, lembre-se de que eu amo você e que nós ainda temos uma à outra eu disse.
Vovó me abraçou e eu pensei que ela ia beijar minha bochecha. Em vez disso, ela sussurrou:
U-we-tsi-a-ge-ya, tome cuidado. Sinto que olhos estão nos observando das sombras.
Antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, Thanatos estava me entregando os fósforos e dando as ultimas instruções para mim:
Eu vou ficar à sua esquerda para que você lidere o traçado físico do círculo. Mas, quando nos aproximarmos de cada elemento, eu vou chamá-lo. O feitiço de revelação é entremeado dentro do chamado do elemento. Enquanto no movemos ao redor do círculo, eu vou amarrar o feitiço com sal e invocar a morte, se ela escutar Thanatos levantou a voz, dirigindo suas palavras os meus amigos que estavam à espera. Com um círculo forte assim, eu espero uma resposta muito concreta à minha invocação. Preparem-se e lembrem-se, este ritual não é algo feito para vocês, mas sim algo feito com vocês então ela levantou as mãos e entoou: Vamos começar o que pretendemos finalizar: nós buscamos a verdade para que esta terra e estas pessoas possam assim se curar.
Juntas, Thanatos e eu caminhamos até Damien, que estava agarrando sua vela amarela com as duas mãos e parecia tão nervoso quanto eu.
Muito bem, aí vamos nós, eu pensei. Por favor, Nyx, ajude-me. Eu não posso fazer isto sem você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!