2 de outubro de 2015

Capítulo 25

Quando eu ouvi o som de passos se aproximando eu achei que deveria ser Darius voltando para me checar. Eu tentei me controlar, limpando o rosto com minha manga e tentando parar de chorar.
— Ah, merda, Aphrodite, você estava certa. Ela parece uma merda — Shaunee disse.
Eu olhei para cima para ver as Gêmeas se aproximando de mim com Aphrodite e Damien logo atrás.
— Z, você tem meleca no rosto — Erin me disse, então ela balançou a cabeça e disse a Shaunee, — Infelizmente, eu, também, devo dizer que Aphrodite tinha razão.
— Te disse — Aphrodite disse convencida.
— Eu não acho que é particularmente apropriado dar louvor a Aphrodite por ela estar certa que tem algo seriamente errado com Zoey.
— Damien, eu realmente queria... — Erin começou.
— ...Que você parasse com esse vocabulário de dicionário de merda — Shaunee terminou por ela.
— As duas podem cessar e desistir, e talvez comprar um dicionário? — Damien disse.
Eu sei que é estranho, mas eles brigando parecia maravilhoso.
— Vocês fazem um patético esquadrão de resgate — Aphrodite disse. — Aqui. — Ela me entregou uma bola de (espero) lenço limpo. — Eu sou mais madura do que vocês três, e isso é uma pena.
Damien bufou de raiva e moveu as Gêmeas para fora do caminho para sentar ao meu lado. Eu assoei o nariz e limpei o rosto antes de poder olhar para ele.
— Algo ruim aconteceu, não é? — ele disse.
Eu acenei.
— Bem, merda. Mais alguém está morto? — Erin disse.
— Não. — Minha voz quebrou e eu limpei a garganta e comecei de novo.
Dessa vez eu soava afixiada, mas um pouco mais como eu.
— Não, ninguém está morto. Não é nada disso.
— Vá em frente e nos conte — Damien disse, batendo levemente no meu ombro.
— Yeah, você sabe que tem pouca coisa que não podemos lidar juntos — Shaunee disse.
— Idem, Gêmea. — Erin disse.
— Eu posso vomitar devido a nerdisse disso — Aphrodite disse.
— Cala a boca! — As Gêmeas falaram juntas.
Eu olhei para cada um dos meus amigos. Por mais que eu não quisesse, eu tinha que contar a eles sobre Loren. Eu também tinha que contar sobre Stevie Rae. E eu tinha que fazer antes do que Neferet disse se tornasse realidade – antes das minhas mentiras e segredos irritassem todos tanto que eu perdesse deles.
— Eu fiz porcaria e compliquei as coisas, e não foi muito bonito — eu disse.
— Oh, tipo com a Aphrodite? — Erin disse.
— Sem problemas. Estamos nos acostumando com isso — Shaunee disse.
— Morram Gêmeas nerds — Aphrodite disse.
— Se vocês três calarem a boca, Zoey pode explicar qual o problema — Damien disse com uma exagerada paciência.
— Desculpe — as Gêmeas murmuraram.
Aphrodite só virou os olhos.
Eu respirei fundo e abri a boca para começar a horrível história quando a voz animada de Jack me interrompeu.
— Ok! Eu encontrei ele!
Jack olhou ao redor. O doce sorriso dele sumiu um pouco quando ele me viu, provando que eu realmente deveria parecer tão ruim quanto me sentia. Então ele correu para o lado de Damien, deixando Erik parado sozinho olhando para mim.
— Vá em frente, querida — Damien disse, batendo no meu ombro de novo. — Estamos todos aqui agora. Nos diga qual o problema.
Eu não podia falar. Tudo o que eu podia fazer era olhar para Erik. O rosto dele era bonito, mas era uma máscara ilegível. Ou pelo menos era ilegível até ele começar a falar, então a expressão em branco dele mudou para nojo. A voz profunda e expressiva dele era um desprezo.
— Você quer contar a eles, querida, ou eu devo?
Eu queria dizer algo. Eu queria dizer a ele para parar – para me perdoar – que ele estava certo e eu estava tão errada que estava me fazendo ficar doente. Mas a única coisa que saiu da minha boca foi um não sussurrado, tão suave que eu acho que nem Damien me ouviu. Logo eu percebi que não ia importar nem se eu gritasse. Erik tinha vindo ali para se vingar de mim, e nada iria impedir ele.
— Ótimo. Eu conto a eles. — Erik olhou para cada um dos meus amigos. — Nossa pequena Zoey tem estado fudendo com Loren Blake.
— O que! — As Gêmeas falaram juntas.
— Impossível, — Damien disse.
— Nu-uh — Jack disse.
Aphrodite não disse nada.
— É verdade. Eu os vi. Hoje. Na sala de recreação. Você sabe, quando todos acharam que ela estava tão-chateada porque eu Mudei? Yeah, Zoey, eu vi o quão chateada você estava. Tão chateada que você teve que sugar o sangue de Blake e montar nele como um cavalo.
— Loren Blake? — Shaunee disse, soando petrificada.
— O sr. Delicioso? O cara que temos falado em comer como se ele fosse uma barra de chocolate o semestre todo? — Imitando o tom de sua gêmea, Erin me deu um olhar chocado e petrificado. — Você deve ter achado que éramos completamente patéticas.
— Yeah, porque você não disse algo? — Shaunee disse.
— Porque se Zoey tivesse contado a vocês o quão apaixonados eles estão, vocês poderiam não achar legal ela me usar e fingir que estávamos juntos para poder dar umas escapadas com Blake. E de qualquer forma, ela provavelmente gostava de rir de vocês duas. — Erik disse cruelmente.
— Eu não estava usando você — eu disse a Erik, me surpreendendo com o quão forte minha voz de repente parecia. — E eu nunca ri de vocês duas, eu juro — eu disse as Gêmeas.
— É, e seu mundo é algo que elas podem confiar — Erik disse. — Ela é uma vadia mentirosa. Ela usou todos vocês como ela me usou.
— Ok, hora de você calar a boca — Aphrodite disse.
Erik riu. — Oh, isso é perfeito. Uma vadia defendendo a outra.
Os olhos de Aphrodite se estreitaram e ela ergueu a mão direita. Os galhos do carvalho que estavam mais próximos de Erik varreram em direção a ele e eu ouvi o som da madeira se quebrando. — Você não quer mais me irritar — ela disse. — Você diz se importar tanto com Zoey, mas você se virou contra ela como um retardado porque ela machucou seu pequeno ego. E eu posso verificar para as massas que ele é pequeno. Você fez o que queria, agora é hora de você ir embora.
Os olhos brilhantes e azuis de Erik viraram para mim, e por um segundo eu achei ter visto o velho Erik neles – o cara legal que estava apaixonado por mim – mas então a dor na expressão dele tirou a última gentileza dele. — Por mim tudo bem. Estou fora daqui — ele disse antes de ir embora.
Eu olhei para Aphrodite, — Obrigada — eu disse.
— Sem problemas. Eu sei o que é fazer uma merda legal e ver as pessoas ficarem contra você para sempre.
— Você realmente esteve com o professor Blake? — Damien perguntou.
Eu acenei.
— Puta — Shaunee disse.
— Merda — Erin disse.
— Ele é realmente, realmente bonito — Jack disse.
Eu respirei fundo e falei, — Loren Blake é o mais filho da puta que eu já conheci.
— Wow, você xingou. — Aphrodite disse.
— Então ele estava apenas te usando para sexo? — Damien disse. Ele voltou a dar tapinhas no meu ombro.
— Não exatamente. — Eu parei e passei minha mão no rosto como se eu pudesse de repente me fazer dizer a coisa certa. Era hora de contar a eles sobre Stevie Rae. Eu queria ter a chance de praticar o que ia dizer. Eu olhei para ver Aphrodite me observando e fiquei ridicularmente feliz por ela estar ali. Pelo menos ela poderia me apoiar e talvez ajudar Damien e as Gêmeas a entender.
Então um estranho som veio de algum lugar atrás de mim. Eu não tinha certeza que tinha ouvido algo até que Damien olhou por cima dos meus ombros e disse, — O que é isso?
— É a porta escondida — Aphrodite disse. — Está abrindo.
Uma terrível premonição passou pela minha espinha. Eu estava levantando, fazendo Nala reclamar alto e as Gêmeas me deram olhares mau humorados de confusão quando a voz de Stevie Rae saiu pelo outro lado da porta.
— Zoey? Sou eu.
Eu me dirigi a porta escondida gritando, — Não, Stevie Rae! Fique no –
E, franzindo para mim, Stevie Rae entrou pela porta escondida no muro que cercava a escola. — Zoey? Eu – Ela começou a dizer, então ela notou todos que estavam atrás de mim, e congelou.
No chão ao meu lado Nala uivou, e com as costas arqueadas ela começou a correr até Stevie Rae, assoviando e babando como uma gata maluca. Graças a Deus, meus reflexos de caloura me permitiram agarrar ela antes dela me passar. — Nala, não! É apenas Stevie Rae — eu disse, lutando contra o ataque de loucura dela e tentando não ser arranhada nem mordida. Stevie Rae tinha se afastado e estava curvada de forma defensiva nas sombras do muro. Tudo que eu podia ver claramente dela eram os olhos vermelhos brilhantes.
— Stevie Rae? — Damien soava estrangulado.
Com um comando de “Se comporte, Nala” eu larguei minha gata para poder me concentrar nos meus amigos, mas antes de eu virar para olhar para eles eu fui até Stevie Rae. Ela não correu de mim, mas ela definitivamente parecia capaz de fugir a qualquer segundo. E ela também parecia uma merda. O rosto dela estava magro e pálido. Ela não tinha penteado o cabelo e ele parecia um emaranhado de nó. Na verdade, a única coisa brilhante e saudável nela eram os assustadores olhos vermelhos – e eu já sabia que isso não era um bom sinal.
— Como você está? — Eu perguntei numa voz calma e baixa.
— Nada bem. — Ela disse. Os olhos dela olhavam por cima dos meus ombros, e ela se contraiu. — É difícil ver eles de novo, especialmente quando eu sinto que estou me perdendo.
— Você não vai se perder — eu disse firmemente. — Se segure. Eles não sabem sobre você.
— Você não contou a eles? — Parecia que eu tinha batido em Stevie Rae.
— Longa história — eu disse rapidamente. — Hey, porque você está aqui?
A testa dela se enrugou. — Porque você me mandou uma mensagem e me disse para te encontrar aqui.
Eu fechei meus olhos e senti a nova onda de dor. Loren. Ele pegou meu telefone. Ele mandou a mensagem para Stevie Rae. Ou mais precisamente, Neferet provavelmente tinha digitado. Ela não sabia que eu estava aqui, mas ela sabia – graças a Loren – que eu não tinha contado a meus amigos sobre Stevie Rae. Ela também sabia que Loren não tinha intenção de se certificar que Erik não contasse a ninguém sobre nós. Ela sabia que ele ia enlouquecer e contar ao mundo (ou pelo menos a meus amigos) sobre Loren e eu, e que o segredo ia vazar. Stevie Rae ser descoberta no campus seria outro segredo meu descoberto. Eu quase podia ouvir meus amigos pensando: Como podemos confiar em Zoey de novo? E eu senti me afastando ainda mais deles.
Dois pontos para Neferet. Zero pontos para Zoey.
Eu peguei a mão sem vontade de Stevie Rae, e embora eu tivesse que puxar com força, comecei a andar com ela até onde Damien, as Gêmeas, Jack, e Aphrodite estavam parados – quatro de cinco olhando para Stevie Rae com a boca aberta. É melhor acabar com isso antes de sermos atrapalhadas por vampiros guerreiros e a escola toda descobrir tudo e minha vida explodir.
— Stevie Rae não está morta — eu disse a eles.
— Yeah, eu estou — Stevie Rae disse.
Eu suspirei. — Stevie Rae. Não vamos discutir isso de novo. Você está andando e falando. E você é feita de carne — eu juntei nossas mãos demonstrando. — Então você não está morta.
Em algum lugar no meio da minha discussão com Stevie Rae choros se registraram. Eram as Gêmeas. Elas estavam paradas olhando para Stevie Rae, mas estavam se agarrando e balbuciando feito bebês. Eu comecei a dizer algo a elas, mas Damien me interrompeu.
— Como? — O rosto dele estava branco, completamente drenado de cor. Ele deu um passo hesitante para frente. — Como isso é possível?
— Eu morri — A voz de Stevie Rae era tão pálida e sem vida como o rosto de Damien. — Então acordei assim, o que, como você já pode notar, não é como eu costumava ser.
— Você tem um cheiro engraçado — Jack disse.
Stevie Rae virou os olhos brilhantes para ele. — E você cheira a jantar.
— Pare! — Eu puxei a mão de Stevie Rae. — Eles são seus amigos você não deveria estar assustando eles.
Ela soltou a mão do meu aperto. — É o que eu tenho tentando te dizer todo esse tempo, Zoey. Eles não são meus amigos. Você não é minha amiga. Agora não. Não depois do que aconteceu comigo. Eu sei que você acha que pode consertar isso, mas a única razão de eu ter vindo aqui hoje foi para te dizer que tem que acabar agora. Então, de uma vez por todas, ou me conserta, ou me deixa em paz e me deixa terminar de me tornar a coisa ruim que eu já deveria ser.
— Não temos tempo para isso. Neferet colocou um feitiço no perímetro da escola para saber se qualquer humano, vampiro ou calouro vem e sai daqui. Você cruzou o perímetro, então a qualquer segundo os filhos de Erebus vão aparecer. Eu acho que você deve ir. Eu vou até você o mais rápido que puder, e podemos terminar isso.
— Hey, Zoey. Eu odeio de contradizer, já que hoje você está cheia de merdas, mas eu não acho que os guerreiros vão vir porque Neferet sabe que Stevie Rae está aqui — Aphrodite disse.
— Huh? — eu disse.
— Aphrodite tem razão — Damien disse devagar, como se o cérebro dele estivesse começando a trabalhar de novo. — Neferet lançou um feitiço no perímetro para dizer a ela se qualquer humano, calouro ou vampiro aparecer. Stevie Rae não é nada disso, então o feitiço não vai funcionar nela.
— Porque ela está aqui? — Stevie Rae disse, apontando os olhos vermelhos para Aphrodite.
Aphrodite virou os olhos, mas eu notei que ela deu vários passos para trás para haver mais espaço entre ela e Stevie Rae.
E então as Gêmeas de repente ficaram na frente de Stevie Rae. Shaunee e Erin ainda estavam chorando, mas quietas agora, como se nem estivessem cientes disso.
— Você está viva — Shaunee disse.
— Sentimos tanto a sua falta — Erin disse.
Elas jogaram seus braços ao redor de Stevie Rae, que ficou parada sem se mexer, como uma estátua. Em alguma parte no meio do abraço Damien se juntou a elas. Stevie Rae não se soltou. Ela não jogou os braços ao redor deles. Ela fechou os olhos e ficou perfeitamente parada. Eu vi uma lágrima de sangue sair pelos olhos dela e rolar pelas bochechas.

4 comentários:

  1. chorando o rio estige enteiro

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Stevie eu te amo <3
    Erik saiu um belo de um vingativo. Mas não posso culpá-lo, o coitado foi chifrado, mas mesmo assim. Não gosto desse tom dele com a Z.

    ELES PRECISAM FAZER A MERDA DO CÍRCULO ANTES QUE ALGUÉM APAREÇA!

    ResponderExcluir
  3. sabe eu meio q entendo erik ele estava magoado e rancorozo por ver a garota que ele gostava com outro cara é certo q não justifica mas deve ter doído bastante

    ResponderExcluir
  4. Já vendo que vou ser apedrejada por isso mas... to feliz que acabou entre o Erik e a Zoey. Não gosto nem um pouco dele!

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!