4 de outubro de 2015

Capítulo 22

— Zoey? Você está bem?
Olhei para cima para os olhos castanhos de Damiem. Antes que eu pudesse responder, Darius falou.
— Ela não está. Zoey deve dormir; ela deve descansar, para restaurar a sua força.
— Como está a sua desagradável, feia, e enorme ferida? — Erin perguntou.
— Não parece que você está sangrando através dessa encantadora roupa de Hospital, por isso, eu assumo que esta cicatrizando direito — disse Shaunee.
— Estou melhor, mas eu estou tendo um problema com a minha força, ela está sumindo. É como se eu fosse um telefone celular descarregado.
— Você precisa descansar — Darius repetiu. — Seu ferimento foi quase fatal. Recuperação leva tempo.
— Nós não temos tempo! — Eu gritei frustrada. — Precisamos o inferno sair daqui e nos afastar de Kalona até que possamos descobrir como podemos vencê-lo.
— Sair daqui não vai ser tão fácil como foi na última vez — Damien disse.
Aphrodite roncou. — Como se isso fosse fácil!
— Ele está ciente que estamos contra ele agora — prosseguiu Damien. — Os Corvos Escarnecedores estão por toda parte. Na última noite eles estavam atacando pessoas ao acaso. Foi confusão, maciça, o que, nos ajudou a escapar. Hoje eles estão bem
organizados e em guarda por todos os lados.
— Vi eles em torno do perímetro. Ele duplicou os guardas que tínhamos antes — disse
Darius.
— Mas não há nenhum deles fora do dormitório, como você costumava ficar — eu disse a ele.
— É porque eles não se importam se estamos seguros. Só cuidando para que não
deixemos a escola — disse Damien.
— Por quê? — Perguntei cansada, esfregando minha têmpora onde minha cabeça estava começando a doer.
— O que eles estão planejando necessita apenas de isolamento — disse Darius.
— Eles não têm muitos pontos, tendo apenas tomado essa House of Night, versus tentar alguma coisa com o Conselho Superior? — Aphrodite disse.
Ela me perguntou, mas quando eu não podia dar a resposta tranquilizadora que ela estava esperando, obviamente, Darius falou.
— Talvez, mas é muito cedo para saber.
— Bem, a tempestade de gelo está ajudando com essa coisa de isolamento. Pode estar por todos os lados. O serviço de celular esta impossível. Exceto por poucos lugares que estão funcionando com geradores, Tulsa está no escuro — disse Damien.
— Pergunto-me se o Conselho Superior de Nyx sabe que Shekinah está morta — disse
Darius.
Olhei para Damien. — O que acontece quando a Alta Sacerdotisa de todos os Vampiros morre?
Damien franziu de tanto pensar. — Bem, se bem me lembro da aula de Sociologia Vampira, o Conselho de Nyx se reúne e elege uma nova Alta Sacerdotisa. Isso só acontece uma vez em cada três ou cinco centenas de anos. Uma vez eleita, uma Alta Sacerdotisa reina por toda sua vida. A eleição é um grande negócio, especialmente como este terá de ser.
Eu olhei para cima. — Não faz sentido que o Conselho de Nyx estaria muitooo interessados em como Shekinah de repente caiu morta?
Damien acenou. — Eu digo definitivamente.
— Então isso possa ser uma razão importante para Kalona querer manter a nossa House of Night isolada. Ele não quer a atenção do Conselho Superior — disse Aphrodite.
— Ou ele deseja a sua atenção, como em apresentar Neferet como a nova Alta Sacerdotisa de todos os vampiros, mas estão aumentando seu poder, para que possam ter a certeza dos votos do Conselho.
Houve um silêncio mortal na sala com todos olhando com horror pra mim.
— Nós não podemos permitir que isso aconteça — Darius finalmente falou.
— Nós não — eu disse bem, esperando que eles de algum modo suportasse minha declaração. — Ei, Kalona continua dizendo que ele é Erebus na terra? — Eu perguntei.
— Sim — disse Erin.
— E mesmo que soe estúpido, toda mundo acredita nele — Shaunee disse.
— Você realmente viu Kalona hoje? — Perguntei a Shaunee. — Quero dizer, com exceção de quando nós chegamos aqui primeiro?
Ela balançou a cabeça, — Nope.
Eu olhei para ela e depois para Erin.
— Digo. Eu não quero vê-lo — disse ela.
— Não vê-lo — disse Damien.
— Nem eu, e tive boas oportunidades — disse Aphrodite.
— Sim, mas você pode ser a única — eu disse lentamente. Olhei das gêmeas para Damien. — Já disse que tem algum tipo de porcaria que ele usa em todos. Ele ainda trabalha em nós, ou, pelo menos, a não ser que olharmos para os olhos dele e vai ser uma luta muito difícil, e estamos prontos para ele. Não sabia que ele estava mau. inferno, quase vi Darius sufocar até à morte para que eu parasse e fosse pra cima dele.
— Aquele desgraçado sufocou você? — Aphrodite disse. — Puxa vida, que porra! Oh, e orda de nerds, no caso de vocês não perceberem, pela primeira vez, veja só: eu não estou no mínimo, pouco afetada pelo Macaco alado e aquela merda que estabelece em vocês. Eu não gosto dele. De todos.
— Isso é verdade — eu disse. — Percebemos hoje cedo. Você realmente não se sentiu atraída por ele como todos.
— O que isso significa? Ele é um velho fanfarrão. E ele nunca se veste adequadamente. E eu realmente não gosto de aves. Quero dizer, a gripe aviária e supostamente uma maneira pouco atrativa para morrer. Então, não. Ele é nada para mim.
— Eu me pergunto por que as coisas dele não funcionam em você? — Eu mencionei em voz alta.
— Porque ela é AA-normal? — Shaunee disse.
— Um grave aberração de pele humana em um vestido? — Erin acrescentou.
— Ou porque eu sou extremamente intuitiva, e vejo através das suas besteiras? Ah, isso significa que vejo através de vocês, também — disse Aphrodite.
— Ela pode ter alguma razão nisso — disse Damien, soando animado. — Nós todos sentimos o seu poder, mas podemos resistir, ao contrário dos outros calouros, certo?
Nós acenamos.
— Bem, em relação a isso nossa intuição nos diz sobre a física atração por ele, muito mais do que os outros calouros. Talvez a nossa habilidade extra-sensorial nos dê o poder de resistir ao feitiço de Kalona.
— Os calouros vermelhos disseram que não foram atraídos, assim como Aphrodite — eu
disse. — E todos eles têm habilidades psíquicas.
— Isso parece lógico, é o que acontece com os calouros, mas o que se passa com os vampiros adultos? — Darius disse.
— Não será que as habilidades psíquicas variam, tal como a nossas fazem? — Aphrodite disse. — Claro, todos os calouros dizem que os vampiros podem fazer coisas com a mente, mas não é verdade, não é?
— Não, não é verdade, embora muitos de nós sejamos altamente intuitivos — Darius
disse.
— São? — Eu perguntei.
Darius sorriu. — Somente quando se trata de proteger aqueles que jurei defender.
— Mas isso significa que há algo especialmente intuitivo sobre você — Damien disse, ainda soando animado. — Ok, então quais os outros vampiros há nesta House of Night são os mais intuitivos?
— Neferet — disse todos nós juntos.
— Nós já sabemos disso. Ela fez a sua decisão por Kalona, por isso não vou contar ela agora. Quem mais?
— Damien! Eu acho que sei algo! — Eu disse. Todos olharam pra mim, mas eu estava olhando para os gatos extra no quarto.
E, como por costume, Damien já sabia o que era. — Dragon, a Professora Anastasia, e a Professora Lenobia! Eles que eu considero como os mais intuitivos depois de Neferet.
— Não é coincidência que os seus gatos estão aqui conosco — disse Darius.
— Eles são um sinal, foram enviado para nós, deixando saber que estamos no caminho certo — disse Damien.
— Então, essa é a segunda razão porque não podemos sair daqui à noite — disse.
— A segunda razão? — Aphrodite disse.
— A primeira é que não há nenhuma maneira de eu poder controlar os elementos por tempo suficiente para manter todos os Corvos Escarnecedores cegos e eu estou muito cansada. E a segunda é se o Dragon e Professora Anastasia e Professora Lenobia podem realmente ver através do feitiço de Kalona, então talvez eles possam nos ajudar a livrar-se dele.
— O mundo está desmoronando. Isto prova para nos apressarmos um pouco — disse
Aphrodite.
— O mundo se desmoronar não é uma desculpa para ocupar maus hábitos — eu disse,
calmamente como a minha avó.
— Então, ficamos de acordo: Nós ficaremos aqui mais um dia. Zoey, você precisa dormir. Amanhã vocês todos assistem aulas, como fariam normalmente — Darius disse.
— Sim, concordo — eu disse. — Damien, você consegue ficar sozinho com Dragon tempo suficiente para ver se ele pode estar do nosso lado?
— Eu deveria ser capaz de vedação durante a minha aula amanhã.
— Quem tem aula com a professora Anastasia de Truques e Rituais?
As Gêmeas levantaram as mãos como bons alunos.
— Vocês podem verificar ela também?
— Definitivamente — disse Erin.
— Com certeza — disse Shaunee.
— Eu vou falar com Lenobia — eu disse.
— E Darius e eu iremos verificar onde os guardas desagradáveis Corvos Escarnecedores estão de prontidão ao redor dos muros — disse Aphrodite.
— Tenha cuidado — eu disse a ela.
— Ela vai ter — disse Darius.
— Acho que não importa o que aconteça, devemos ir amanhã. Ficar aqui mais tempo do que o absolutamente necessário considero errado — eu disse.
— Concordo. Se a sua força estiver de volta — disse Darius.
— É melhor — eu disse.
Houve uma pausa e, em seguida, Darius disse solenemente, — Quando escapar, Kalona virá atrás de você. Ele vai caçar você até que ele te encontre.
— Como você sabe ao certo? — Aphrodite disse.
— Diga a eles o que ele te chama — Darius disse para mim.
Eu suspirei. — Ele me chama de A-ya.
— Oh! — Erin disse.
— Merda! — Shaunee terminou.
— Agora essas são notícias realmente ruins — disse Damien.
— Ele realmente acredita que você é a virgem das mulheres Ghigua utilizada como armadilha para ele mais de mil anos atrás? — Aphrodite disse.
— Aparentemente.
— Você acha que iria ajudar se você dissesse a ele que você não é mais virgem? — Aphrodite abriu um sorriso confiante.
Eu rolei os olhos para ela e depois, porque Aphrodite fez uma sutil menção do meu estado não-virgem inadvertidamente fez meus pensamentos voltarem para os homens da minha vida, acrescentei, — Ei, me pergunto por que razão Stark esta tão sob o feitiço de Kalona. Ele tem um grande dom de Nyx, e antes de morrer ele parecia muito intuitivo.
— Stark é um absoluto idiota — disse Shaunee.
— Sim, entre o que ouvimos dos outros calouros, e sobre o que se passou com a Becca, podemos dizer definitivamente que ele é seriamente má notícia — disse Erin.
— Morrer e, em seguida, não estar morto poderiam ter mudado, mas o meu voto é que ele era um idiota antes de morrer e continua sendo depois de não estar morto — disse Aphrodite. — Temos todos de ficar longe, muito longe dele. Acho que a sua maldade esta ligada diretamente com Kalona e Neferet.
— Sim, ele é como um Corvo Escarnecedor sem asas — disse Erin.
— Eesh — Shaunee terminou.
Eu não disse nada. Acabei me lembrando e sentia muito cansada e realmente culpada. Eu o beijei. Novamente. E os meus amigos todos pensavam que ele era um monstro, obviamente porque ele era um monstro. E se ele é tão mau, que se parece com um é sério, como o inferno poderia achar que há algo de bom dentro dele?
— Ok, Z tem que dormir — disse Damien, levantando com Cameron ainda em seus braços. — Sabemos o que vamos fazer, então vamos fazê-lo e, em seguida, sair daqui.
Damien me abraçou. — Esqueça do poema de Kramisha — ele sussurrou. — Você não pode salvar a todos, especialmente se ele não quiser ser salvo.
Eu abracei de volta, mas não disse nada.
— Voltar aos túneis soa bom para mim. Temos todos de estar longe deste lugar.
Damien sorriu para mim e, infelizmente, deixou o quarto com as gêmeas, que se despediram, também, como o seu gato saindo depois delas.
— Vamos. — Aphrodite tomou a mão de Darius e puxou fora da cama. — Você não vai voltar para o seu quarto à noite.
— Eu não vou? — disse ele, sorrindo calorosamente para ela.
— Não, você não vai. Parece que está em falta os filhos de Erebus por aqui, então vou manter os meus olhos, e algumas outras partes do meu corpo, em você.
— Vomitar — eu disse, mas eu não podia deixar de sorrir.
— Você simplesmente durma — disse Aphrodite. — Você precisa ter todas as suas forças para lidar com o cara bagunça esperando por você. Tenho a sensação de Erik e Heath vão ser um grande trabalho para quem controla os elementos.
— Ei, obrigado, Aphrodite — eu disse sarcasticamente.
— Não agradeça. Eu só estou aqui para ajudar.
— Boa noite, Sacerdotisa. Desejo que tenhas um bom sono — Darius disse logo antes que Aphrodite puxasse ele para fora da sala. O último dos gatos seguiu ele, me deixando sozinha (finalmente) com a minha Nala.
Eu suspirei e peguei em meu bolso a garrafa de sangue escondida lá. Eu apertei como se fosse um daqueles yummy frios da Starbucks bebidas engarrafadas e abatidas. O sangue difundiu através do meu corpo quente, mas ele não me deu a arrancada elétrica que era de costume. Eu só estava muito esgotada. Eu me arrastei até a cama, tirando a estuporada roupa de hospital, e procurando em volta na minha gaveta a minha camisa favorita (aquelas com todos os símbolos do Batman sobre ela) e um velho mini shorts. Mesmo antes de eu colocar a camisa eu peguei um vislumbre de mim no espelho e congelei.
Essa era realmente eu? Parecia que tinha muito mais de dezessete. Todas as minhas tatuagens eram visíveis, e eram como o único sinal de vida no meu corpo de cadáver. Eu estava tão pálida! E os círculos debaixo dos meus olhos estavam realmente assustadores.
Lentamente, deixei o meu olhar à deriva para baixo para verificar a minha ferida. Foi horrível, e assim muito maléfico! Quero dizer, ele esticou todo o caminho de ombro a ombro. Não, não foi, tinha aberto os pontos mais hediondos como uma boca, mas era serrilhada, enrugada cristalmente vermelha que fez a ferida de Darius de faca nada parecido com o que ele gostava de lhe chamar.
Apalpei suavemente a ferida e tracejei a forma como ela foi ferida. Será que ficará sempre presente, uma cicatriz? Ok, eu percebo que era extremamente idiota, mas eu queria chorar. Não é porque todos os diabos estavam contra nós. Não porque Neferet tinha virado mega-perigosa. Não porque ela e Kalona poderiam muito bem me exterminar, o equilíbrio do bem e do mal no mundo conhecido. Não porque eu era uma bagunça confundida sobre Erik e Heath e Stark. Mas porque eu estava para ter uma maciça cicatriz feia, e eu provavelmente nunca serei capaz de usar um tomara que caia novamente. E que dizer se eu nunca deixar ninguém me ver, assim, nua de novo? Quero dizer, eu tive uma má experiência, mas certamente que algum dia eu iria estar em um grande relacionamento e eu quero que ele me veja nua. Certo? Eu olhei para meu corpo, parando na cicatriz e abafei um soluço. Errado.
Ok, eu seriamente necessitava parar de pensar sobre isso, e eu estava para encerrar definitivamente a olhar para mim nua. Ele apenas não pode ser bom para mim. Inferno! Provavelmente não era bom para ninguém!
Eu apressadamente puxei a camisa sobre a minha cabeça e murmurei — Aphrodite deve estar certa sobre mim. Juro que eu não vou fazer isso de novo.
Nala estava esperando por mim na minha cama em seu lugar habitual no meu travesseiro. Eu deslizei sobre os lençóis e me enrolei com eles, amei como ela virou contra mim e o seu ronronar motor. Acho que deveria ter medo de adormecer, com a última visita de Kalona no meu sonho, mas eu estava muito cansada para pensar, muito cansada para me importar. Eu apenas fechei os olhos e fiquei grata a escuridão.
Quando o sonho começou, não era um pasto, e por isso, estupidamente, fiquei imediatamente aliviada e relaxada. Eu estava em uma incrivelmente bela ilha, olhando para fora através de uma lagoa em um horizonte que parecia familiar, embora eu soubesse que eu nunca estive lá antes. A água tinha um peixinho, salgado cheiro. Havia uma profundidade e uma riqueza, uma sensação de amplidão que reconheci como pertencente ao oceano, embora eu nunca tenha ido até à costa. O sol estava no seu esplendor e o céu estava iluminado com um brilho forte que me lembrou das folhas de outono. Eu estava sentada em um banco de mármore cor marrom. Foi intricadamente esculpidos com videiras e flores e senti que ela pertencia a um outro tempo e lugar. Corri o meu lado bom em toda a volta dele, que ainda estava quente a partir do dia úmido. Foi como se eu realmente estivesse lá, e não sonhando com tudo. Eu olhei por cima do ombro, e os meus olhos se alargaram. Uau! Atrás de mim tinha um belo palácio com portas e janelas de arco, todas as cortinas brancas, pilares incríveis como de noiva, como lustres lindos através da janelas e na luxuosa entrada.
Foi o suficiente para levar o meu fôlego, e fiquei muito satisfeita com a minha cabeça para fazer tudo, mas eu também estava confusa. Tudo parecia tão real. E tão familiar. Por quê?
Eu virei meu rosto de volta para a vista da lagoa, olhando através de uma catedral com cúpulas e poucos barcos e muitas outras coisas incríveis que não há nenhuma maneira que eu poderia ter imaginado tudo sobre o meu próprio sonho. A suave brisa da noite estava saindo da água, trazendo distintamente ricos aromas da água escura. Eu respirava profundamente, desfrutando a umidade do mesmo. Claro, algumas pessoas poderiam dizer que era meio fedido, mas eu não penso assim, eu estava - Macacos me mordam! Um terrível sentimento de medo passou por todos os pelos do meu corpo. Eu sabia o porquê parecia familiar.
Aphrodite havia descrito este lugar para mim há poucos dias. Não em detalhes. Ela não tinha sido capaz de se lembrar de tudo, mas o que ela tinha sido capaz de dizer tinha feito uma distinta e inquietante impressão. Tanto é assim que eu reconheci a água e o palácio e os antigos objetos.
Este é o lugar que Aphrodite tinha vislumbrado na segunda visão que tinha tido da minha morte.

2 comentários:

  1. Tentativa de omicidio enquanto ela dorme, Aphrodite viu a visão da Zoey por isso não pode perceber a realidade.
    Sozinha por estar dormindo.
    muito criativo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos admitir que esses vilões são uns gênios!
      A-D-O-R-O quando eles são gênios! ♥

      Excluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!