2 de outubro de 2015

Capítulo 22

Diferente de quando Stevie Rae estava morrendo, eu não tive um segundo de dormência ou hesitação.
— Não! — Eu gritei, correndo até Erik e caindo de joelhos ao lado dele. Ele estava de quatro, gemendo de dor, com a cabeça quase tocando o chão. Eu não podia ver o rosto dele, mas eu podia ver que suor – ou talvez até sangue, embora eu não sentisse nenhum cheiro ainda – já estavam encharcando a camiseta dele. Eu sabia o que ia acontecer: sangue ia sair dos olhos dele, nariz, boca, e ele literalmente ia se afogar nos próprios fluidos. E, sim, ia ser tão horrível quanto soava. Nada podia impedir. Nada podia mudar isso. Tudo o que eu podia fazer era estar ali por ele e esperar que de alguma forma ele ficasse igual Stevie Rae e conseguisse manter parte da sua humanidade.
Eu pus minha mão no ombro trêmulo dele. Calor irradiou da camiseta dele, como se o corpo dele estivesse queimando de dentro para fora. Eu olhei ao redor freneticamente buscando ajuda. Como sempre, Damien estava onde eu precisava. — Pegue uma toalha e chame Neferet — eu disse. Damien saiu com Jack atrás dele.
Eu virei para Erik, mas antes de poder colocar ele nos meus braços a voz de Aphrodite se elevou ao som dos gemidos da multidão assustada.
— Zoey, ele não está morrendo. — Eu olhei para ela, sem entender o que ela estava dizendo. Ela pegou meu braço e me afastou de Erik. Eu comecei a lutar, mas as próximas palavras passaram por mim e me fizeram congelar. — Me escute! Ele não está morrendo. Ele está Mudando.
De repente Erik gritou, o corpo dele se curvou como se algo dentro do peito dele estivesse tentanto se libertar. As mãos dele estavam pressionadas contra o seu rosto. Ele ainda estava tremendo violentamente. Claramente, ele estava com dor e algo grande estava acontecendo com ele. Mas não havia sangue.
Aphrodite estava certa. Erik estava Mudando para um vampiro adulto.
Jack passou por mim e jogou várias toalhas na minha mão. Eu olhei para ele... O garoto estava chorando tanto que ele estava se afogando em si mesmo. Eu levantei e o abracei.
— Ele não está morrendo. Ele está Mudando — Minha voz soava estranha – rouca e dura – enquanto eu repetia as palavras de Aphrodite.
Então Neferet entrou na sala com Damien e vários outros guerreiros logo atrás dela. Ela correu até Erik. Eu observei o rosto dela de perto, e senti uma onda de alívio quando a expressão tensa e preocupada dela mudou instantaneamente para alegria. Neferet caiu graciosamente ao lado dele. Murmurando algo tão suavemente que eu não ouvi as palavras, ela gentilmente tocou o ombro dele. O corpo dele tremeu violentamente mais uma vez, e então ele começou a relaxar. O horrível tremor dele parou, e então ele começou a gemer. Devagar o corpo de Erik saiu da sua posição e ele se levantou. A cabeça dele ainda estava curvada em direção ao chão, então eu não podia ver o rosto dele.
Neferet sussurrou algo mais para ele e ele acenou em resposta. Então ela levantou e virou para nós. O sorriso dela era incrível, completamente cheio de alegria e uma beleza quase cegante. — Se alegrem calouros! Erik Night completou a Mudança. Levante, Erik, e me siga para o seu ritual de purificação e o início da sua nova vida!
Erik levantou e ergueu a cabeça. Eu arfei junto com todo mundo. O rosto dele estava iluminado. Parecia que alguém tinha acendido algo dentro dele. Ele era lindo antes, mas agora tudo estava instensificado. Os olhos dele estavam mais azuis, o cabelo grosso dele estava selvagem e preto e perigoso, ele até parecia mais alto. E a Marca dele estava completa. A lua crescente safira estava cheia. E emoldurando os olhos dele, junto com as sobrancelhas e pelas bochechas bem definidas, havia um padrão de nós entrelaçados que formavam a forma de uma máscara, me lembrando instantaneamente da linda Marca da professora Nolan. Eu me senti tonta com a firmeza disso.
O olhar de Erik tocou o meu por um segundo. Os lábios dele tremeram e ele sorriu um sorriso especial apenas para mim. Eu achei que meu coração ia parar. Então ele ergueu seus braços por cima da cabeça e disse numa voz cheia de poder e alegria, — Eu Mudei!
Todos começaram a gritar, embora ninguém a não ser Neferet e os outros vampiros se aproximaram dele. Então eles saíram da sala de recreação com um barulho de excitação e alegria.
Eu só fiquei ali. Eu me sentia atordoada e chocada e mais do que apenas um pouco doente.
— Eles vão levar ele para ser ungido na cerimônia da deusa — Aphrodite disse. Ela estava parada ao meu lado e a voz dela soava tão fria quanto de repente eu me senti. — Calouros não sabem exatamente o que acontece durante essa unção. É um segredo de vampiros, e eles não permitem que seja revelado. — Ela deu nos ombros. — Tanto faz. Suponho que vamos descobrir um dia.
— Ou morrer — eu disse através dos lábios dormente.
— Ou morrer — ela concordou. Então ela olhou para mim. — Você está bem?
— Yeah. Ótima — eu disse automaticamente.
— Hey, Z! Isso não foi legal? — Jack disse.
— Cara, foi incrível. Eu ainda estou cambaleando! — Damien franziu para si mesmo com seu enorme vocabulário.
— Oh, baby! Agora Erik Night se juntou aos outros lindos vampiros como Brandon Routh, Josh Hartnett, e Jack Gyllenhaal.
— E Loren Blake, Gêmea. Não deixe a beleza dele de fora — Erin disse.
— Nem ia pensar nisso, Gêmea — Shaunee disse.
— É totalmente legal que o namorado de Z é um vampiro. Eu digo, um real — Jack disse.
Damien respirou fundo para dizer algo mais e então fechou a boca e parecia desconfortável.
— O que? — eu disse.
— Bem, é só que... uh... bem... — Ele hesitou.
— Deus, o que? Fala de uma vez! — Eu surtei.
Ele se esquivou com meu tom, me fazendo sentir uma idiota, mas me respondeu. — Bem, eu não sei muito, mas quando um calouro passa pela Mudança ele deixa a House of Night e começa sua vida como um vampiro adulto.
— O namorado de Zoey vai partir? — Jack disse.
— Relação a longa distância, Z — Erin disse rapidamente.
— Yeah, vocês dois vão dar um jeito. Fácil-Fácil — Shaunee disse.
Eu olhei das Gêmeas para Damien para Jack, e finalmente Aphrodite.
— Uma droga — ela disse. — Pelo menos para você. — Aphrodite ergueu a sobrancelha e deu nos ombros. — Me deixa feliz por ele ter me chutado. — Então ela jogou o cabelo para trás e foi até a comida que estava servida na outra sala.
— Se eu não posso chamar ela de vadia do inferno, podemos chamar ela de vaca? — Shaunee perguntou.
— Vaca odiosa seria minha escolha, Gêmea — Erin disse.
— Bem, ela está errada — Damien disse teimosamente. — Erik ainda é seu namorado, mesmo que ele passe a fazer coisas de vampiros.
Todos estavam olhando para mim, então tentei sorrir para eles. — Yeah, eu sei. Está tudo bem. É só que – tem muito para absorver, só isso. Vamos comer alguma coisa. — Antes deles poderem me confortar mais, eu fui até a sala com comida com eles seguindo atrás de mim como patinhos.
Pareceu levar uma eternidade as Filhas e Filhos Negros comerem e saírem, mas quando eu olhei para o relógio eu percebi que eles tinham comido rapidamente e foram embora cedo. Eles estavam muito excitados falando de Erik, e eu acenei e fiz barulhos para respostas semi-apropriadas, tentando esconder o quão atordoada e errada eu me sentia. Eu suponho que todos irem embora cedo foi uma prova de quão ruim eu me sai. Finalmente eu percebi que os únicos que restavam eram Jack e Damien e as Gêmeas. Eles estavam quietos jogando os restos fora e empacotando o lixo.
— Uh, gente, eu faço isso — eu disse.
— Nós estamos quase terminado, Z — Damien disse. — Verdade, tudo o que resta para guardar são as coisas na mesa de Nyx no meio do círculo.
— Eu faço isso — eu disse, tentando (e falhando pelo olhar deles) ser indiferente.
— Z, está tudo –
Eu levantei a mão e cortei Damien. — Estou cansada. E meio assustada em relação ao Erik. E, honestamente, eu preciso de um tempo sozinha. — Eu não queria soar uma vaca total, mas eu estava indo além do ponto que eu poderia continuar a manter um olhar feliz no rosto e continuar a fingir que eu não estava abalada com tudo acontecendo. E eu prefiro que meus amigos pensem que eu estou com TPM do que eu estar pronta para desmoronar. Eles lidam com as coisas. Eu realmente, realmente não queria que eles soubessem que eu não estava lidando com as coisas. — Gente, vocês poderiam me dar um tempo. Por favor?
— Sem problemas — as Gêmeas falaram juntas. — Até depois, Z.
— Está certo. Eu, uh, vejo você mais tarde também. — Damien disse.
— Tchau, Z — Jack disse.
Eu esperei até a porta fechar atrás de mim antes de andar devagar até o outro lado e usar o estúdio de dança e yoga. Tinha vários colchões suaves no canto e eu afundei neles. Minhas mãos estavam tremendo quando eu peguei meu telefone.

Vc tah bem?

Eu digitei e enviei para o celular que eu comprei para Stevie Rae. Pareceu uma eternidade até ela responder.

To lgl

Aguente firme – eu respondi.

Depressa – ela respondeu.

Eu sei

Eu fechei meu telefone, me inclinando contra a parede, e, sentindo como se o mundo todo estivesse sendo pressionado contra meus ombros. Eu comecei a chorar.
Eu chorei e tremi enquanto abraçava minhas pernas com tanta força no meu peito e me balançava para frente e para trás. Eu sabia o que estava errado comigo. Eu estava surpresa por mais ninguém, nenhum dos meus amigos, descobrir.
Eu achei que Erik estava morrendo, e eu lembrei da noite em que Stevie Rae morreu nos meus braços. Tudo estava acontecendo de novo – o sangue, a tristeza, e horror. Ela me cegou completamente. Eu quero dizer, eu pensei que tudo que tinha acontecido com Stevie Rae estava acontecendo de novo. Afinal de contas, ela não estava realmente morta.
Eu estive me enganando.
Eu estava chorando tanto que eu não sabia que ele estava ali até ele tocar meu ombro. Eu olhei para cima, limpando as lágrimas dos olhos, tentando pensar em algo reassegurante para dizer para qualquer que fosse o amigo que tinha voltado por mim.
— Eu pude sentir que você precisava de mim — Loren disse.
Chorando eu me aninhei nos braços dele. Ele sentou ao meu lado, me colocando no seu colo. Me segurando com força ele murmurou palavras doces, me dizendo que tudo ficaria bem e como ele nunca ia me soltar. Quando eu finalmente me controlei e apenas soluçava ao invés de chorar, Loren me entregou um dos seus lenços.
— Obrigado — eu murmurei enquanto assoprava o nariz e limpava o rosto. Eu tentei não me olhar no espelho das paredes ao nosso redor, mas não pude impedir de ter um deslumbre dos meus olhos inchados e meu nariz vermelho. — Oh, que ótimo. Eu pareço uma merda.
Loren riu e me mexeu no colo dele para poder olhar para mim. Ele gentilmente colocou meu cabelo para trás. — Você parece uma deusa que ficou entristecida e estressada e que está sofrendo.
Eu senti uma pequena risada histérica borbulhar em algum lugar dentro do meu peito. — Eu não acho que deusas tem meleca no nariz.
Ele sorriu. — Oh, eu não teria muita certeza sobre isso. — Então a expressão dele sossegou. — Quando Erik Mudou você achou que ele estava morrendo, não foi?
Eu acenei, com medo de que se eu falasse algo e começasse a chorar de novo.
A mandíbula de Loren se prendeu e se soltou. — Eu disse a Aphrodite várias vezes que todos os calouros, e não só os quintanistas e sextanistas, devem saber como a Mudança se manifesta no estágio final para que não fiquem assustados quando eles testemunharem.
— Dói tanto quanto parece?
— É doloroso, mas é uma boa dor – se isso faz sentido. Pense nisso como músculos doloridos depois que você malha. Eles doem, mas não é uma dor ruim.
— Parece muito mais do que músculos doloridos — eu disse.
— Não é tão ruim – mais chocante do que doloroso na verdade. As sensações passam pelo seu corpo e tudo fica hipersensível. — As mãos dele acariciaram o meu rosto e seus dedos passaram devagar pelas linhas da minha Marca. — Você mesma vai experimentar algum dia.
— Eu espero que sim.
Nenhum de nós disse nada por um segundo, embora ele tenha continuado a acariciar meu rosto e tracejar as decorações da minha Marca do lado do meu pescoço. O toque dele fez meu corpo relaxar e formigar ao mesmo tempo.
— Mas algo mais está te chateando não é? — Loren falou gentilmente. A voz dele era profunda e musical e hipnoticamente linda. — É mais do que apenas a Mudança de Erik trazer a você a memória da sua amiga morta.
Quando eu não disse nada, ele se inclinou para frente e me beijou na testa, tocando seus lábios suavemente na lua crescente. Eu tremi.
— Você pode falar comigo, Zoey. Já tem tanta coisa entre nós que você tem que saber que pode confiar em mim.
Os lábios dele acariciaram os meus. Seria muito bom contar a Loren sobre Stevie Rae. Ele podia me ajudar, e só Deus sabe o quanto eu precisava da ajuda dele. Especialmente agora que eu meio que decidi que Stevie Rae pode ser curada se eu pedir a Nyx, o que, é claro, significa que vai haver um círculo envolvido, e isso significa pegar Damien, as Gêmeas, Aphrodite, e eu e levar até Stevie Rae ou trazer Stevie Rae até nós. O feitiço protetor de Neferet não ia ajudar nisso, mas talvez Loren soubesse de algum segredo de vampiro para contornar isso. Eu tentei ouvir meus pressentimentos – tentei decidir se meus instintos ainda estavam gritando para mim manter a boca fechada – mas tudo o que eu pude sentir foram as mãos e lábios de Loren.
— Fale comigo — ele sussurrou contra a minha boca.
— Eu-eu quero... — Eu sussurrei sem fôlego. — Mas é muito complicado.
— Me deixe te ajudar, amor. Juntos não existe nada que não possamos fazer. — Ele me beijou mais e foi mais quente.
Eu queria contar a ele, mas minha cabeça estava girando e era difícil para eu pensar, muito menos falar.
— Eu vou te mostrar o quanto podemos dividir... o quão completamente juntos podemos ficar — ele disse.
Loren pegou a mão que estava passando no meu cabelo e ergueu a camisa, os botões abriram, expondo o peito dele. Então ele passou a unha devagar em seu peito, deixando para trás uma linha escarlate perfeita. O cheiro do sangue dele passou por mim.
— Beba — ele disse.
Eu não pude me impedir. Eu baixei no peito dele e provei. O sangue dele passou por mim. Era diferente do de Heath – não tão quente, não tão rico. Mas era mais poderoso. Ele passou dentro de mim, junto com um desejo que era vermelho e urgente. Eu me movi contra o corpo dele, querendo mais e mais.
— Agora é a minha vez. Eu tenho que provar você! — Loren disse.
Antes de eu poder perceber o que ele estava fazendo ele puxou meu vestido. Eu não tive tempo para surtar pelo fato que ele estava me vendo com nada a não ser sutiã e calcinha porque ele passou sua unha e cortou o meu seio. Eu arfei com a afiada dor, e então os lábios dele estavam em mim e ele estava bebendo meu sangue e a dor foi substituída por ondas de um incrível prazer tão intenso que tudo o que eu pude fazer foi gemer. Loren tirou suas roupas, enquanto bebia de mim, e eu o ajudei. Tudo o que eu sabia era o que eu tinha que fazer com ele. Tudo era calor e sensações e desejo. As mãos dele e boca estavam em toda parte e ainda sim eu não conseguia ter o bastante dele.
Então aconteceu. O batimento cardíaco dele estava na minha pele e eu podia sentir meu pulso batendo com o dele. Eu podia sentir a paixão dele junto com a minha e ouvir o desejo dele rugindo dentro do meu coração. E então, em algum lugar no fundo da minha mente confusa eu ouvi Heath gritar, “Zoey! Não!”
Meu corpo se afastou dos braços de Loren. — Ssh — ele sussurrou. — Está tudo bem. É melhor desse jeito, amor, muito melhor. Ter um Imprint com um humano é muito difícil – tem muitas ramificações.
Minha respiração estava ficando mais rápida e dificil.
— Está quebrado? Meu Imprint com Heath foi quebrado?
— Foi. Nosso Imprint o substituiu. — Ele virou para eu ficar debaixo do corpo dele. — Agora vamos terminar. Me deixe fazer amor com você, querida.
— Sim — eu sussurrei.
Meus lábios encontraram o peito de Loren de novo, e eu bebi dele, Loren fez amor comigo até nosso mundo explodir em sangue e paixão.

20 comentários:

  1. Infelizmente agora eu vi ter que concordar com a maldita da Anã que puta tu é Zoey affffffff

    ResponderExcluir
  2. Zoey, assim não tem como te defender, manaaaa! -_- Olha as merdas que cê tá fazendo! Esse boy pode ser gostoso o tanto que for, mas não presta! Acorda mana, acorda!! --'

    ResponderExcluir
  3. Kklklkkkkkkkkkkkkkkkk Stivie Rae eu amooo seus comentarios ja falei? Ameeeeiii em especial esse kkkkkkk moss a Zoey agora foi longe tipo nada contra o gostoso e quente Loren mas poxa o lindinho do Erik acabou de mudar poxa nao podia terminar primeiro? Ela é hipocrita chama a Afrodith de vadia mais q eu saiba ela ta agindo pior...

    ResponderExcluir
  4. Zoey, se controla, garota! (Î_Î)
    Agora fiquei com pena do Heath! (Ó.Ò)
    Ainda acho q ela deve ficar com ele. Alguma coisa no Erik me diz q n vai dar certo. E Loren me parece meio suspeito... (>.Q)
    Provavelmente to muito enganada.

    ResponderExcluir
  5. Garotas preferem os canalhas mais velhos , fazer o que ne >?<

    ResponderExcluir
  6. zoey q vadia q vc ta se transformando... sempre achei q vc e o erick seriam o casal perfeito...mas a zoey com o loren eu axo q n ,tem algo suspeito nele

    ResponderExcluir
  7. Ohminhadeusa pq merdas tu fez isso Z . So eu que tenho mas impressao dobre ele ?

    ResponderExcluir
  8. Ohminhadeusa pq merdas tu fez isso Z . So eu que tenho mas impressao dobre ele ?

    ResponderExcluir
  9. Cara .Ela pode ter um imprint com o Erik !!!!
    Ele é vampiro agora !!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Assim, ta na hora da Z apreder a viver sozinha. Chega de tanto macho mana vai viver.

    ResponderExcluir
  11. so tenho uma palavra :COCÔ
    ASS:LETICIA

    ResponderExcluir
  12. Maior merda isso!!
    Tô decepcionada com vc zoey!
    Quando tem sangue envolvido a garota pira! Muito fraca...
    Cadê a Deusa Nyx pra botar juízo nela?! aff
    Krai se ela teve um imprint com Loren e ele estiver com Neferet ele vai poder controlar zoey?! Ai acabou com tudo !!!

    ResponderExcluir
  13. CARAMBA QUE MERDA FOI ESSA? COM ELE NAO POXA.. QUERIA QUE FOSSE COM HEATH
    LANNY

    ResponderExcluir
  14. Serio ja deu com esse negocio de se pegar com o cara mais bonito do momento. Cade so honra, se orgulho de ser virjem e de permanescer assim?

    ResponderExcluir
  15. Parem de julgar o Loren! Querem um spoiler? Ok. Loren não é do mal suas idiotas, ele gosta da Zoey!

    ResponderExcluir
  16. Isso pareceu meio um estupro, ele nem deixou a guria pensar, ele sabe que o sangue confunde a mente dela e já foi enfiando goela abaixo, AAAAAAAAAAH Tô com muita raiva! Não acredito que o Loren quebrou o imprint do Heath,e agora ela tem um imprint por ele! PORR* com esse imprint ele vai saber onde ela tá sempre que quiser.

    Ainda bem que o Erik Mudou, veio em boa hora isso, agora ele vai se afastar.

    ResponderExcluir
  17. PELO MENOS ESPERO QUE ELA PERCA ESSE CABAÇO DE UMA VEZ!

    ResponderExcluir
  18. Nãooooooooooo! Tu não podes tarir assim o Erik!! Não podes!!

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!