2 de outubro de 2015

Capítulo 20

Naturalmente, eu fui pega voltando para o campus. Eu já tinha flutuado de volta para o muro. (Sim, literalmente flutuado, que foi muito legal para expressar em palavras.) Eu estava voltando para o dormitório com o que eu considerei uma excelente velocidade quando eu praticamente dei um encontrão neles – um grupo de vampiros e veteranos protegidos por pelo menos uma dúzia de guerreiros montanhas (eu vi as Gêmeas e Damien no grupo, então Aphrodite tinha razão, Neferet tinha incluido meu Conselho de Prefeitos). Eu congelei, voltei para as sombras do grande carvalho, e segurei o fôlego, esperando que meu novo poder descoberto de invisibilidade (ou talvez névoa-bilidade seja um jeito melhor de descrever) me permitisse continuar sem ser vista. Infelizmente, enquanto eu observava, Neferet parou, o que fez o grupo todo parar. Ela virou a cabeça e eu juro que ela cheirou o ar como um cachorro. Então os olhos dela foram para a minha árvore – o lugar onde eu estava escondida – e pareceu me alcançar. E bem assim eu perdi a minha concentração. Minha pele tremeu e eu sabia que estava completamente visível de novo.
— Oh, Zoey! Aí está você. Eu estava perguntando a seus amigos — ela pausou tempo suficiente para dar as Gêmeas, Damien e (eek!) Erik um dos incríveis sorrisos dela — onde você poderia ter ido. — Ela trocou o sorriso por uma perfeita aparência de preocupação maternal. — Agora não é a hora para andar sozinha.
— Desculpe. Eu, uh, eu precisava... — eu parei, muito ciente que todos os olhos estavam em mim.
— Ela precisava ficar sozinha antes dos rituais — Shaunee disse, dando um passo a frente e colocando o braço ao meu redor.
— Yeah, ela sempre precisa ficar sozinha antes dos rituais. É um negócio da Zoey — Erin disse, se movendo para meu outro lado e pegando meu outro braço.
— Yep, nós chamamos de TSZ – Tempo Sozinho da Zoey — Damien disse, indo para trás de mim para colocar as mãos nos meus ombros. — Essa é a nossa Z.
Eu tive que lutar para não começar a chorar. Meus amigos eram os melhores. É claro, Neferet provavelmente sabia que eles estavam mentindo, mas eles fizeram isso de um jeito que pareceu que eu só estava fazendo travessuras de adolescentes (traduzindo, fugindo para terminar com meu namorado) versus uma enorme, e assustadora travessura (traduzindo, escondendo minha melhor amiga morta viva).
— Bem, eu quero que você se assegure de limitar seu tempo sozinha no futuro — Neferet disse em um tom de repreensão.
— Eu vou. Desculpe. — Eu murmurei.
— E agora, vamos para o ritual. — Independente, Neferet saiu com o grupo, fazendo os guerreiros se apressarem para irem com ela e deixando eu e meus amigos na poeira figurativa.
É claro, nós seguimos ela. O que mais podíamos fazer?
— Então, você fez a sujeira? — Shaunee sussurrou.
— Huh? — Eu pisquei chocada para ela. Como ela sabia que eu tinha dado uma de vadia com Heath. Dava para ver? Deus, eu ia morrer se desse pra ver!
Erin virou os olhos. — Heath. Terminar. Você com ele — ela sussurrou.
— Oh, isso. Bem, eu, uh –
— Eu estava preocupado com você hoje. — Erik se aproximou e quase tirou Shaunee do lugar dela perto de mim. Eu esperei que as Gêmeas reclamassem para ele, mas ao invés disso elas ergueram as sobrancelhas para nós e ficaram para trás com Damien. Eu ouvi Shaunee murmurrar, — Ele é tão boommmm. — Jeesh, eles podiam encarar Neferet, mas a gostosura de Erik era completamente diferente.
— Desculpa — eu disse hostilmente, me sentindo culpada sobre o quão bom foi quando ele pegou minha mão. — Eu não queria preocupar você. Eu só tinha, bem, coisas.
Erik riu e entrelaçou os dedos nos meus. — Eu queria que você tivesse se livrado dele – eu digo, dessa coisa em particular.
Eu mandei olhares afiados por cima dos ombros para as Gêmeas, que tentaram parecerem inocentes. — Traidoras! — eu murmurei.
— Não fique brava com elas. Eu usei minha injusta vantagem para driblar elas com suas fraquezas.
— Sapatos?
— Algo melhor que isso, pelo menos pelo presente momento, T.J e Cole.
— Isso foi muito esperto da sua parte — eu disse.
— E nada difícil de conseguir. T.J e Cole acham que as Gêmeas são sexys — Erik disse, usando seu excelente sotaque escocês e provando, de novo, que nerd para filmes ele era (alô – Austin Powers).
— T.J e Cole chamaram as Gêmeas de muito sexys com esse horrível sotaque?
Ele apertou minha mão brincando. — Meu sotaque não foi horrível.
— Você tem razão. Não foi. — Eu sorri para seus profundos olhos azuis e me perguntei onde como eu tinha chego numa posição em que eu trai ele com duas pessoas.
— Você está bem hoje, Zoey?
Eu sabia pela nossas mãos dadas que Erik podia sentir o choque que passou pelo meu corpo com o som da voz de Loren.
— Estou bem. Obrigado — eu disse.
— Você dormiu bem ontem a noite? Eu imaginei como você lidou depois que eu sai do dormitório. — Loren deu a Erik o que foi obviamente um sorriso de eu-sou-muito-mais-velho-que-você e explicou, — Zoey passou por um belo choque ontem.
— Yeah, eu sei. — Erik atirou as palavras. Eu podia sentir a tensão entre eles e me perguntei um pouco frenéticamente se mais alguém podia notar. Quando eu ouvi Shaunee sussurrar, “Droga, garota!” E Ein “Um-hum!” Eu tive que me forçar a não gemer. Claramente todo mundo (tradução: as Gêmeas) notaram.
Então chegamos a um grupo de adultos que agora estavam parados perto do que eu percebi ser a porta escondida do muro leste. Ignorando a potencialmente explosiva situação com o namorado eu me coloquei bem no meio, e disse, — Hey! Porque paramos aqui?
— Neferet vai oferecer uma reza para o espírito da professora Nolan, e também lançar um feitiço protetor ao redor da escola. — Loren disse. A voz dele soava muito amigável e os olhos dele pareciam quentes demais e se trancaram nos meus. Deus, ele era lindo. Eu lembrei como os lábios dele pareciam contra os meus e...
E então eu percebi o que ele tinha acabado de dizer.
— Mas o sangue dela e tudo mais ainda não estão... — Eu parei indefesa, fazendo um gesto vago para a área gramada do outro lado do muro, a horrível área gramada onde o sangue da professora Nolan tinha sido derramado ontem.
— Não, não se preocupe. Neferet limpou — Loren disse gentilmente
Por um segundo eu pensei que ele fosse me tocar bem ali na frente de todos. Eu senti Erik ficar tenso, como se ele também estivesse esperando isso, então a voz solene mas poderosa de Neferet atravessou nosso pequeno drama, chamando a atenção de todos para ela.
— Vamos passar pela porta para o lado da atrocidade. Fazer uma posição crescente do lado da estátua da nossa adorada deusa, que eu coloquei no lugar exato onde o corpo da professora Nolan foi descoberto. Eu peço que centrem seus corações e mentes em mandar energias positivas para a nossa irmã caída enquanto seu espírito se liberta para ir até Nyx. Calouros — o olhar dela passou por nós, — Eu quero que cada um vá até a vela que representa seu elemento. — Os olhos de Neferet eram bondosos, a voz gentil. — Eu sei que é incomum usar novatos em um ritual adulto, mas nunca antes a House of Night teve tantas jovens pessoas extraordinárias de uma só vez, e eu acredito que é apenas o certo que eu use suas afinidades para acrescentar poder para o que eu peço a Nyx. — Eu podia praticamente sentir Damien e as Gêmeas vibrando de excitação. — Vocês podem fazer isso por mim, por nós, novatos?
Damien e as Gêmeas acenaram feitos loucos. Os olhos verdes de Neferet passaram para mim. Eu acenei uma vez. A Alta Sacertodisa sorriu, e eu me perguntei se mais alguém podia ver através da beleza exterior dela, a pessoa fria e calculista.
Parecendo satisfeita, Neferet virou e passou pela porta seguida de perto pelo resto de nós. Eu me preparei para algo horrível, ou pelo menos algum sangue, mas Loren estava certo. A área que estava totalmente horrível ontem tinha sido completamente limpa, e eu me perguntei brevemente como os policiais de Tulsa tinham reunido as evidências, e então me balancei. Certamente Neferet tinha esperado eles fazerem seu trabalho antes de limpar tudo. Não tinha?
No ponto onde tinha estado o corpo da professora Nolan agora havia uma linda estátua e que parecia ter sido feita de ônix. As mãos dela estavam erguidas. E nelas ela segurava uma vela verde simbolizando a terra. Damien e as Gêmeas se moveram para ficar atrás de suas velas que representavam seus elementos. Eu não queria, mas tomei meu lugar na vela púrpura que simbolizava espírito. Eu podia ver que os guerreiros se espalharam ao nosso redor. Com as costas para nosso grupo eles olharam para noite, preparados e alertas.
Sem qualquer teatro usual (que sempre era legal de ver), Neferet andou até Damien, que estava segurando a vela amarela nervosamente, e ergueu o isqueiro cerimonial.
— Ele nós enche e nos dá vida. Eu chamo o vento para o nosso círculo. — A voz de Neferet era forte e clara, obviamente aumentada pelo poder da Alta Sacerdotisa. Ela tocou o isqueiro na vela e instantaneamente o vento passou ao redor de Damien e ela. As costas de Neferet estavam para mim, então eu não podia ver o rosto dela, mas o sorriso de Damien era enorme. Eu tentei não ficar de mal humor. O círculo sagrado não era o lugar certo para eu ficar fula, mas eu não podia me impedir de ficar irritada. Porque eu era a única que podia ver a falsidade de Neferet?
Ela se moveu até Shaunee. — Ele é quente e nos auxilia. Eu chamo o fogo para o nosso círculo. — E como eu tinha experimentado várias vezes antes, a vela vermelha de Shaunee pegou fogo antes do isqueiro a tocar. O sorriso de Shaunee era quase tão brilhante quanto seu elemento.
Neferet seguiu o círculo até Erin. — Ela nos acalma e limpa. Eu chamo a água para o nosso círculo. — Quando a vela foi acessa eu ouvi as ondas à distância e senti o cheiro do mar salgado na brisa da noite.
Eu observei cuidadosamente enquanto Neferet se moveu para ficar diante da estátua de Nyx e da vela verde. A Alta Sacerdotisa curvou a cabeça. — A caloura que personificava esse elemento pereceu, e é o certo que a posição da terra fique vazia hoje à noite, e que fique no ponto onde o corpo da nossa adorável Patrícia Nolan recentimente descansou. Ele nos sustenta. É de onde nascemos e de onde, algum dia, retornaremos. Eu chamo a terra para o nosso círculo. — Neferet acendeu a vela verde, e embora queimasse forte eu não senti nem um pouquinho do cheiro de campinas ou flores selvagens.
Então Neferet parou na minha frente. Eu não sei que tipo de expressão ela mostrou para Damien e as Gêmeas, mas para mim o rosto dela era forte e firme, e incrivelmente bonito. Ela me lembrava uma das antigas guerreiras amazonas, e eu quase esqueci que ela era perigosa.
— É nossa essência. Eu chamo o espírito para o nosso círculo. — Neferet acendeu minha vela púrpura e eu senti minha alma se acender com um formigamento passando por mim. A Alta Sacerdotisa não parou para dividir nenhum tipo de olhar especial comigo, ao invés disso ela começou a multidão. Andando dentro do círculo, fazendo contato visual com os vampiros que nos cercavam, ela foi direto ao ponto. — Não acontece a mais de cem anos – não tão abertamente – não tão brutalmente. Humanos mataram um de nós. Nesse caso eles acordaram não um gigante adormecido, mas provocaram um leopardo que eles acreditam que foi manchado. — A voz de Neferet aumentou, poderosa com a raiva. — Ela não está manchada! — Os cabelos do meu braço se ergueram. Neferet era incrível. Como alguém tão abençoado por Nyx tinha ficado tão má como eu sabia que ela tinha virado? — Eles acreditam que nossas presas não mais funcionam e que nossas garras foram removidas como um gato gordo. De novo, eles estão errados. — Ela ergueu os braços acima da cabeça. — Desse círculo sagrado, lançado no lugar do assassinato, chamamos nossa deusa, Nyx, a linda personificação da Noite. Pedimos que ela dê boas vindas a Patrícia Nolan no seu seio, embora seja décadas cedo demais para ela ter partido. Também pedimos a Nyx que lance sua raiva, com a doçura de sua fúria divina, para nos dar um feitiço de proteção para que não sejamos pegos na teia dos humanos assassinos. — Enquanto ela falava o feitiço de Neferet voltou para a estátua de Nyx.

“Nos proteja com a noite;
Acima de toda essa escuridão que nos deleitamos.”

Quando ela virou o rosto para a multidão eu vi que agora ela segurava uma pequena faca com uma curva na lâmina parecendo muito afiada.

“Ao redor desse círculo nós pedimos.
Que a cortina de Nyx seja lançada.”

Com uma mão ela ergueu a faca. Com a outra ela fez formas intricandas no ar que ao redor dela ficou brilhoso e semi-substancial enquanto ela continuava o encantamento.

“Todos que entrarem ou saírem eu devo detectar,
Vampiros, calouros, humanos, tudo será checado.
Se mal for querido
A minha vontade ele deve se curvar.”

Então em um rápido e feroz gesto, Neferet cortou seu pulso, tão profundamente que o sangue dela instantaneamente começou a pingar, vermelho e rico, quente e delicioso. O cheiro passou por mim, automaticamente fazendo minha boca salivar. Com uma forte determinação, a Alta Sacerdotisa andou pela circunferência do círculo para que o sangue dela caísse ao nosso redor em um arco escarlate na grama que recentimente tinha sido encharcada com o sangue da professora Nolan. Finalmente ela voltou para a estatua de Nyx. Neferet ergueu seu rosto para a noite e completou o feitiço.

“Meu sangue te amarra,
Então um grão será.”

Eu juro que o ar da noite passou ao nosso redor, por um segundo eu podia ver algo se assentar nos muros da escola, como uma escura e transparente cortina. Ela fez um feitiço que vai dizer a ela não só se algo perigoso entrar na escola, mas quando mais alguém tentar sair. Eu tive que morder a parte de dentro da minha bochecha para me impedir de gemer. De jeito nenhum a cortina da nossa deusa ia ser enganada pelo meu pequeno truque a la Bram Stoker. Como diabos eu vou escapar para levar sangue para Stevie Rae?
Completamente preocupada com meu próprio drama, eu mal notei quando Neferet fechou o círculo. Desajeitosamente, eu deixei a maré de pessoas me carregar de volta pela porta. Eu só voltei ao normal quando a voz profunda de Loren soou surpresa no meu ouvido.
— Eu te encontro na sala de recreação daqui um tempo. — Eu olhei para ele. Meu rosto deveria ser um ponto de interrogação porque ele acrescentou, — Seu Ritual de Lua Cheia. Eu sou seu poeta hoje a noite para a abertura do seu círculo, lembra?
Antes de eu poder dizer qualquer coisa a voz de Shaunee passou, — Sempre estamos ansiosas para ouvir você recitar poesia, professor Blake.
— Yeah, não iríamos perder. Nem mesmo por uma liquidação de sapatos na Saks — Erin acrescentou, olhos brilhando.
— Então vejo vocês lá — Loren disse, os olhos dele nunca deixando meu rosto. Ele sorriu, me deu uma pequena reverência, e se apressou para longe.
— De-li-ci-o-soo — Erin disse.
— Idem, Gêmea. — Shaunee disse.
— Eu acho ele nojento.
Olhamos para trás para ver Erik encarando as costas de Loren.
— Oh, de jeito nenhum! — Shaunee disse.
— O delicioso Loren Blake está apenas sendo amigável — Erin disse, virando os olhos para Erik como se ele fosse maluco.
— Olá! Não vire o psicótico e ciumento namorado em cima da Z — Shaunee disse.
— Uh, eu tenho que trocar de roupa — eu disse, sem querer sequer comentar o óbvio ciúmes de Erik. — Vocês poderia ir para a sala de recreação e se certificar que tudo ficará pronto? Eu vou correr para o dormitório e volto num segundo.
— Sem problemas — as Gêmeas falaram juntas.
— Vamos cuidar das coisas de último minuto — Damien disse.
Erik não disse nada. Eu sorri rapidamente e, eu esperei, que não fosse um sorriso culpado, e sai pela calçada em direção ao dormitório. Eu podia sentir olhos em mim e sabia com um terrível sentimento que eu ia ter que fazer algo sobre Erik e Loren (e Heath). Mas o que diabos eu ia fazer?
Eu era louca por Heath. E o sangue dele.
Erik era um cara incrível que eu realmente, realmente gostava.
Loren era completamente delicioso.
Jeesh, eu sou uma droga.

8 comentários:

  1. É minha filha é sim....
    Ana

    ResponderExcluir
  2. Cala boca anã sua nojenta Zoey e muito melhor que você ela éba escolhida de nyx

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez eu morro com esses comentarios da stivie Rae mas bora combinar ja ta chato esse draminha da Z.....affe ela é a escolhida gente pelamor de Deus.....

    ResponderExcluir
  4. Vaamos resolver isso logo né Z? Afee, supera!! Amo Zoey com o Erik...

    ResponderExcluir
  5. Pra mim Zoey deve ficar com o Erik . Loren só quer transar com ela =/, e ela só quer o sangue d Heath .

    ResponderExcluir
  6. Só quero ver como a Zoey vai poder sair dessa escola agora. A Neferet foi muito esperta de lançar esse feitiço

    ResponderExcluir
  7. eu não culpo a zoey na verdade acho q o loren usa algun truque com ela e quanto ao heath ela não tem controle pois afinal eles tiveram aquela coisa imprint na verdade ela sempre tenta fazer o certo mas por conta desses altos e baixos ela não consegue

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!