5 de outubro de 2015

Capítulo 20 - Zoey

— Sou a favor de voltarmos para onde pertencemos, mas sua avó deveria ficar aqui — Aphrodite disse de repente.
— Não sabemos com o que vamos ter que lidar na House of Night.
— Sua visão mostrou outra coisa? — eu perguntei, notando que ela estava olhando para Stevie Rae ou invés de mim. Aphrodite balançou a cabeça devagar.
— Não, eu te contei tudo que vi na minha visão. Eu só tenho um pressentimento, só isso.
Stevie Rae riu nervosa. — Bem, nossa, Aphrodite, estamos todos nos sentindo nervosos e inquietos, o que faz sentido. Acabamos de afastar um superbicho papão, mas não é motivo para assustar Zoey.
— Não estou assustando ela, alegrinha — Aphrodite disse. — Só estou sendo cuidadosa.
— É uma sábia antecipação de perigo — Darius disse pensativo.
Já que não havia nada errado em ter cuidado, eu abri a boca para concordar com os dois quando Stevie Rae virou para Darius e numa voz fria disse, — Só porque você fez seu Juramento de Guerreiro a ela não significa que tem que concordar com tudo que ela diz.
— O que? — Stark disse. — Você deu a Aphrodite seu juramento?
— Mesmo? — Damien disse.
— Wow, tão legal — Jack disse.
Erik bufou da mesa atrás de nós. — Estou chocando que Zoey tenha permitido e não tenha apenas te acrescentado a sua coleção particular.
Eu aguentei o bastante. Eu gritei para ele, — Oh, vá pro inferno, Erik!
— Zoey! — A Irmã Mary Angela ofegou.
— Desculpe — eu murmurei.
— Não se desculpe — Aphrodite disse, olhando para Stevie Rae. — Inferno não é um palavrão. É um lugar. E algumas pessoas precisam ser mandadas para lá.
— O que? — Stevie Rae disse inocentemente. — Você não queria que todos soubessem sobre você e Darius?
— Meus assuntos são meus assuntos — Aphrodite disse.
— Como eu estava dizendo antes — Kramisha acenou. — Não é certo colocar seus assuntos pessoais em público.
Ela virou seus olhos escuros para Stevie Rae. — Eu sei que você é nossa Alta Sacerdotisa e tudo mais, então eu não quero ser desrespeitosa, mas eu acho que você foi criada para ser melhor que isso.
Stevie Rae pareceu instantaneamente arrependida. — Você tem razão, Kramisha. Eu acho que eu não achei que fosse nada demais. Eu quero dizer, todo mundo ia descobrir mais cedo ou mais tarde. — Ela sorriu para mim e deu de ombros. — O juramento de um guerreiro não é exatamente algo que você possa esconder.
— Não estou interessada em suas desculpas, não sou Zoey. Eu não vou acreditar automaticamente em tudo que você diz.
— Ok, chega! — eu gritei. Raiva e frustração acrescentaram poder as minhas palavras, e eu vi vários garotos se encolherem. — Todos vocês precisam ouvir e entender uma coisa. Não podemos ter uma grande luta, com o fim do mundo, contra o mal e ainda discutir uns com os outros! Stevie Rae e Aphrodite – superem o fato de que vocês tem um Imprint e aprendam a não constranger uma a outra. — Eu vi mágoa nos olhos de Aphrodite e choque nos de Stevie Rae, mas continuei.
— Stevie Rae, não esconda coisas importantes de mim, mesmo que ache que tem bom motivo. — Eu olhei para Erik, que tinha virado em sua cadeira para poder me encarar. — E Erik, temos problemas muito maiores do que você ficar irritado porque eu larguei você. — Eu ouvi Stark rir e olhei para ele. — Você também não tem passe livre. — Stark ergueu sua mão como se estivesse se rendendo.
— Só estou rindo porque Erik o Grande foi colocado em seu lugar.
— O que é uma droga já que você pode sentir o quanto tudo isso com você, Erik e Heath está me magoando. — O sorriso convencido de Stark sumiu. — Darius, está uma confusão gelada lá fora, mas você acha que pode dirigir o Hummer de volta para a House of Night? — eu perguntei.
— Sim — disse o guerreiro.
— Quem cavalga bem? — Instantaneamente várias mãos se ergueram como se eu fosse uma professora maldosa e todos estivessem com medo de ter problemas. — Shaunne, você e Erin podem montar o cavalo que trouxe vocês aqui. — Eu olhei ao redor para os garotos ainda de mão erguida. — Johnny B, você e Kramisha podem ir em outra égua?
— Yep, podemos — ele disse. Kramisha acenou, e os dois abaixaram as mãos.
— Stark, você cavalga comigo na Persephone — eu disse sem olhar para ele. — Damien, Jack, Aphrodite, Shannoncompton, Vênus, e... — Eu encarei a morena cujo nome eu não conseguia lembrar.
— Sophie — Stevie Rae disse hesitante, como se ela estivesse com medo que eu fosse cortar a cabeça dela.
— E Sophie. Vocês vão com Darius no Hummer. — Eu olhei para Stevie Rae. — Pode se certificar que o resto dos calouros vermelhos e Erik cheguem na House of Night em segurança?
— Se é isso que você quer que eu faça, então é o que eu farei — ela disse.
— Bom. Terminem o café e vamos para casa. — Eu levantei e olhei para todas as freiras. — Eu aprecio vocês terem nos ajudado mais do que serei algum dia capaz de expressar. Enquanto eu viver, as Irmãs Beneditinas terão uma Alta Sacerdotisa como amiga.
Então eu virei e parti. Enquanto eu passava por Stark, eu vi ele começar a levantar, mas eu olhei nos olhos dele e balancei a cabeça. — Vou dizer tchau para vovó – sozinha.
Eu podia ver que tinha magoado ele, mas ele só me saudou com respeito e disse, — Como quiser, minha senhora. — Ignorando o silêncio que eu deixei, eu saí do refeitório, sozinha.
— Então, u-we-tsi-a-ge-ya, você irritou todo mundo? — Vovó disse depois de me ouvir contar tudo enquanto eu balançava para frente e para trás ao lado da cama dela.
— Bem, não todo mundo. Eu magoei algumas pessoas ao invés de deixar eles com raiva.
Vovó me estudou por um longo tempo. Quando ela finalmente falou suas palavras eram tipicamente simples, mas diretas. — Isso não é do seu feitio, então você deve ter tido um bom motivo para agir de forma tão incomum.
— Bem, estou assustada e confusa. Ontem eu me sentia como uma Alta Sacerdotisa. Hoje, sou apenas uma garota de novo. Eu tenho problema com namorados e uma melhor amiga que parece estar escondendo coisas de mim.
— E tudo isso significa que nem você ou Stevie Rae são perfeitas — vovó disse.
— Mas como eu sei que isso é tudo que significa? E se eu sou uma vadia superficial e Stevie Rae virou má?
— Somente o tempo vai mostrar se sua confiança em Stevie Rae foi precipitada. E eu acho que você deveria parar de ser tão dura consigo mesma por se sentir atraída por mais de um garoto. Você está fazendo bons julgamentos sobre os relacionamentos em sua vida. Pelo que você disse, o comportamento de Erik era controlador e grosseiro. Tem muitas moças que teriam ignorado isso porque ele é, como você colocou, tão quente! — Vovó fez uma má imitação de adolescentes. — Você vai aprender a balancear Heath e Stark, muitas Alta Sacerdotisas aprendem. Ou não vai, e vai decidir o homem que é certo para você. Mas, querida, isso é algo que você tem muitos, muitos anos para decidir.
— Eu suponho que você tenha razão — eu disse.
— É claro que tenho razão. Sou velha. O que significa que eu também posso ver que tem mais incomodando você do que os garotos ou Stevie Rae. O que foi, Zoey Passarinha?
— Eu tive uma memória de A-ya, vovó. — A afiada inspiração de vovó foi a única indicação de seu choque.
— A memória envolvia Kalona?
— Sim.
— Agradável ou não?
— Os dois! Começou assustadora, mas conforme fui ficando mais e mais próxima de A-ya, mudou. Ela amava ele, vovó. E eu podia sentir isso.
Vovó acenou e falou devagar. — Sim, u-we-tsi-age-ya, isso faz sentido. A-ya foi criada para amar ele.
— Isso me assusta e me faz sentir fora de controle! — eu chorei.
— Sssh, filha — vovó acalmou. — Todos somos afetados por nosso passado, mas está ao nosso alcance impedir que isso dite o que faremos.
— Mesmo num nível de alma?
— Especialmente na alma. Se pergunte de onde seus dons se originam.
— Bem, de Nyx — eu disse.
— E a deusa deu os dons a seu corpo ou a sua alma?
— Minha alma, é claro. Meu corpo é só uma casca para minha alma. — Eu estava surpresa com a firmeza em minha voz. Eu pisquei surpresa. — Eu tenho que lembrar que é minha alma agora, e tratar A-ya como eu trataria uma antiga memória do meu passado.
Vovó sorriu. — Ah, aí, eu sabia que você ia encontrar o centro de novo. Quando você comete um erro, seja ele dessa vida ou não, aprenda com ele – eles vão se tornar oportunidades.
Não se meu erro permitir que Kalona queime o mundo, eu pensei, e quase disse em voz alta, mas então vovó fechou os olhos. Ela parecia tão cansada e machucada e velha que fez meu estômago se apertar e eu me sentia mais do que um pouco enjoada.
— Desculpe por soltar tudo isso em você, vovó — eu disse. Ela abriu os olhos de novo e deu tapinhas na minha mão.
— Nunca se desculpe por falar o que pensa para mim, u-we-tsi-a-ge-ya. — Eu beijei vovó levemente na testa, tomando cuidado para não machucar nenhum dos seus cortes e contusões.
— Eu te amo, vovó.
— E eu amo você, u-we-tsi-a-ge-ya. Vá com a deusa, e a benção dos nossos ancestrais.
Minha mão tinha acabado de tocar na maçaneta quando uma voz passou entre nós, soando mais forte e sábia do que nunca.
— Segure a verdade, u-we-tsi-a-ge-ya. Nunca esqueça, como nosso povo sempre soube, existe um profundo poder em palavras que falam a verdade.
— Vou tentar meu melhor, vovó.
— E é isso que eu sempre peço de você, minha Zoey Passarinha.

5 comentários:

  1. Esse Erik é um bundão, tem razão dele não ter ficado com a Z ou com a Aprodite, ninguém suporta esse mané que fica escondido atrás dessa falsa perfeição. ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aposto que aquela venus vai amar ele e eu acho q ela é uma das que apoiam Neferet então eu acho q o Erick vai passar para o lado do mal

      Excluir
  2. esse Erik e muito chato ... zoey e Aprodite tinham razao quando chutaram ele .. oh cara sem noçao

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei da Zoey colocando todo mundo no seu lugar, não sei pq todo mundo ficou tão chocado, tipo, hellooo! Ela é uma Alta Sacerdotisa!

    ResponderExcluir
  4. E o Erik não podia ser mais desagradável, tô pegando um ranço desse garoto.

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!