2 de outubro de 2015

Capítulo 19

Sim, eu estava seriamente perturbada. Não apenas eu não tinha terminado com Heath, mas eu provavelmente tinha deixado nosso   ainda mais forte. Além do mais, eu posso ter causado a morte de dois homens. Eu tremi, me sentindo mais do que apenas um pouco enjoada. O que diabos tinha acontecido comigo? Eu bebi o sangue de Heath e estava sentindo o tesão (jeesh, eu estou me tornando uma vadia total), e então aqueles homens começaram a mexer com a gente e foi como se algo dentro de mim mudou de Zoey normal para Maluca Assassina Vampira Zoey. Foi isso que aconteceu? Vampiros surtam quando humanos que tiveram um Imprint são ameaçados?
Eu lembrei o quão fula eu fiquei nos túneis com os “amigos” de Stevie Rae (não que ela fosse amiguinha daqueles garotos mortos vivos) tinham atacado Heath. Ok, eu fui violenta, mas não tinha sentindo uma vontade poderosa de rasgar o rosto deles! Só de lembrar da raiva que passou por mim quando os dois homens começaram a vir até nós (Heath) para dar a nós (Heath) dificuldade era o suficiente para fazer minhas mãos começarem a tremer de novo.
Claramente tinha muitas coisas de vampiros que eu não sabia. Diabos, eu tenho feito anotações e memorizado alguns dos capítulos sobre Imprint e ânsia de sangue, mas eu estava começando a ver que havia várias coisas que o tão educacional livro tinha deixado de fora. Eu precisava de um vampiro adulto. Felizmente, eu conhecia um que com certeza ficaria feliz de ser voluntário para ser meu professor.
Eu tenho certeza que tem muitas coisas que ele ficaria feliz de me ensinar.
Eu pensei nessas coisas, o que foi fácil de fazer quando eu estava cheia do delicioso e sexy sangue de Heath. Meu corpo ainda estava formigando com o calor e poder e sensações que eu sabia que não conhecia, mas eu desejava mais. Muito mais.
Não havia como negar que Loren e eu tínhamos algo. Era diferente do que eu e Heath tínhamos, diferente até do que Erik e eu tínhamos. Droga. Eu tenho coisas de mais acontecendo na minha vida.
Basicamente, eu flutuei para o apartamento dos pais de Aphrodite meio excitada, e cheia de poder, ainda sim confusa e tão distraída por, bem, sexo que eu nem pensei no fato que parecia não haver nada mais do que névoa e escuridão até eu estar parada no meio da sala do apartamento observando Stevie Rae olhar com olhos vermelhos e molhados a TV e fungar. Eu olhei para a TV e percebi que ela estava assistindo um filme. Parecia com aquele sobre a mãe que sabia que estava morrendo de alguma doença horrível e tinha que correr contra o tempo (e comerciais) para encontrar uma nova família para seu zilhão de filhos.
— Em falar em deprimente — eu disse.
A cabeça de Stevie Rae virou enquanto ela tomava uma posição feral de defesa depois de pular atrás do sofá de onde ela assoviou e rosnou para mim.
— Ah, merda! — Eu instantaneamente afastei a escuridão e tudo mais, para ficar sólida, e visivel de novo. — Desculpe, Stevie Rae. Eu esqueci que dei uma de Bram Stoker.
Ela olhou por cima do sofá para mim, olhos brilhando e presas expostas, mas ela parou de assoviar.
— Uh, relaxe. Sou apenas eu. — Eu levantei a bolsa e balancei o sangue para que ele fizesse um barulho nojento. — Sua refeição sobre rodas.
Ela levantou e cerrou os olhos. — Você não deveria fazer isso.
Eu levantei minhas sobrancelhas para ela.
— Fazer o que? Trazer seu sangue ou me tornar névoa e escuridão.
Stevie Rae arrancou a bolsa que eu estava balançando na direção dela. — Me pegar de surpresa. Eu posso ser perigosa.
Eu suspirei e sentei no sofá, tentando ignorar o fato que ela já estava rasgando uma bolsa de sangue. — Se você me comer, do jeito que a minha vida é uma droga agora, você me faria um favor.
— Yeah. Eu aposto. Eu lembro o quão difícil é ficar viva. Cheia de drama de namoro e ohminhadeusa, o que eu deveria usar para aula. Realmente horrível, diferente do estresse de estar morta e morta viva mas ainda me sentindo morta. — Stevie Rae falou em um tom frio e sarcástico que era totalmente diferente do jeito que ela costumava soar, o que de repente me irritou pra caramba. Como se eu não tivesse estresse na minha vida só porque eu não estava morta? Ou morta viva? Ou algo assim.
— A professora Nolan foi morta ontem a noite. Parece que alguém das Pessoas de Fé crucificou ela e decapitou ela e deixou o corpo dela perto da porta escondida do portão leste com um adorável bilhete sobre não poder haver uma bruxa viva. Eu acho que meu padrasto-perdedor pode estar envolvido, mas não posso dizer mais nada porque minha mãe está acobertando ele, e se eu delatar ele ela provavelmente vai pra cadeia para sempre. Eu acabei de sugar o sangue de Heath e fui interrompida por dois otários que eu acho que matei acidentalmente, e Loren Blake e eu estávamos ficando. Então, como foi o seu dia?
A velha Stevie Rae pulou dentro dos olhos vermelhos. — Ohminhadeusa — ela disse.
— Yeah.
— Você tem ficado com Loren Blake? — Como sempre, Stevie Rae ficou excitada com a fofoca poderosa. — Como que foi?
Eu suspirei e vi ela pegar outra bolsa de sangue. — Foi incrível. Eu sei que isso vai soar ridículo, mas eu acho que podemos realmente ter algo juntos.
— Assim como Romeu e Julieta — ela disse entre goles.
— Uh, Stevie Rae, vamos usar uma analogia diferente, ok? R&J não terminou muito bem.
— Eu aposto que ele tem um gosto bom — ela disse.
— Huh?
— O sangue dele.
— Eu não saberia.
— Ainda — ela disse, e pegou outro saco de sangue.
— Falando nisso. É melhor você diminuir a beberagem de sangue. Neferet chamou os Vampiros Filhos de Erebus e está muito difícil de sair da escola agora. Eu não tenho certeza se vou ser capaz de voltar aqui com mais sangue.
Um calafrio passou pelo corpo de Stevie Rae. Ela parecia quase normal, mas nas minhas palavras a expressão dela se achatou e os olhos dela se arredondaram.
— Eu não posso aguentar muito tempo.
Ela falou numa voz tão baixa e contida que eu quase não ouvi ela.
— Isso é algo importante, Stevie Rae? Eu quero dizer, você não pode só fazer um racionamento ou algo assim?
— Não é assim! Eu posso me sentir me perdendo... mais e mais a cada dia... a cada hora.
— O que é se perder?
— Minha humanidade! — Ela praticamente chorou.
— Mas, querida — eu me aproximei e coloquei meus braços ao redor dela, ignorando o jeito estranho que ela cheirava e o fato que o corpo dela estava tão duro quanto uma pedra. — Você está melhor. Estou aqui agora. Vamos dar um jeito nisso.
Stevie Rae me olhou nos olhos. — Agora, eu posso sentir o seu pulso. Eu sei cada vez que eu seu coração bate. Tem algo dentro de mim que está gritando para abrir sua garganta e tomar seu sangue. E é algo que está ficando mais forte. — Ela se afastou de mim, se movendo para se pressionar contra o sofá. — Eu posso colocar o rosto da antiga Stevie Rae, mas é apenas parte do monstro em mim. Eu só faço isso para poder te caçar.
Eu respirei fundo e me recusei a desviar o olhar. — Ok, eu sei que parte disso pode ser verdade. Mas eu não acredito em tudo, e eu não quero acreditar em tudo. Sua humanidade ainda está aí, dentro de você. Yeah, pode estar ficando fraca, mas ainda está aí. Isso significa que ainda somos melhores amigas. Além do mais, pense nisso. Você não tem que me caçar. Olá – estou bem aqui. Não exatamente escondida.
— Eu acho que você está em perigo estando comigo — ela sussurrou.
Eu sorri. — Sou mais durona do que você acha, Stevie Rae. — Me movendo devagar para não assustar ela, em pus minha mão sobre a dela. — Tire poder da terra. Eu acredito que você é diferente do resto dos, uh — eu parei, tentando descobrir um jeito de chamar eles.
— Nojentos garotos mortos vivos? — Stevie Rae sugeriu.
— Yeah. Você é diferente dos nojentos garotos mortos vivos porque você tem uma afinidade com a terra. Se agarre nisso e ela vai te ajudar a lutar com o que quer que seja que está dentro de você.
— Escuridão... é tudo escuridão dentro de mim — ela disse.
— Não é tudo escuridão. A terra está aí, também.
— Ok... ok... — ela ofegou. — A terra. Eu lembro. Eu vou tentar.
— Você pode suportar isso, Stevie Rae. Você pode suportar isso.
— Me ajude — ela disse, de repente apertando minha mão tão forte que eu quase chorei. — Por favor, Zoey, me ajude.
— Eu vou. Eu prometo.
— Logo. Tem que ser logo.
— Será. Eu prometo — eu repeti, sem ter ideia de como manter minha promessa.
— O que você vai fazer? — Stevie Rae perguntou, olhos se trancando desesperadamente nos meus.
Eu disse a única coisa que veio na minha mente. — Eu vou lançar um círculo e pedir a ajuda de Nyx.
Stevie Rae piscou. — Só isso?
— Bem, nosso círculo é poderoso e Nyx é uma deusa. O que mais você precisa? — Eu soava mais segura do que eu me sentia.
— Você quer que eu represente a terra de novo? — A voz dela tremeu.
— Não. Sim. — Eu parei culpada, me perguntando o que eu deveria fazer em relação à Aphrodite. Ficou claro quando ela manifestou a terra que ela deveria se juntar ao nosso círculo. Mas Stevie Rae surtaria se ela descobrisse que o seu lugar foi substituído por alguém que ela considerava sua inimiga? Além do mais, ninguém a não ser Aphrodite sabia sobre Stevie Rae, e é assim que eu preciso manter até estar pronta para Neferet saber sobre ela. Problemas. Eu definitivamente tinha problemas. — Uh, eu não tenho certeza. Me deixe pensar sobre isso, ok?
A expressão de Stevie Rae mudou de novo. Agora ela parecia quebrada, e derrotada. — Você não quer que eu faça mais parte do seu círculo.
— Não é isso! É só que você precisa ser curada, então vai ser melhor se você estiver no centro do círculo comigo ao invés de ficar no lugar normal. — Eu suspirei e balancei a cabeça. — Eu preciso fazer mais pesquisas.
— Faça rápido, ok?
— Eu vou. E você tem que prometer que vai tomar o sangue com calma e ficar aqui e se concentrar na sua conexão com a terra — eu disse.
— Ok. Eu vou tentar.
Eu apertei a mão dela e então me soltei do aperto dela. — Desculpe, eu preciso ir. Neferet vai fazer um ritual especial para a professora Nolan, então eu tenho o ritual da Lua Cheia. — E eu ia ter que ir na biblioteca de novo e catar algum ritual que pudesse ajudar Stevie Rae. E eu não fazia ideia do que fazer em relação ao Loren. E Erik provavelmente ia ficar bravo comigo por sair. E eu não tinha terminado com Heath. Jeesh, minha cabeça dói. De novo.
— Já faz um mês.
— Huh? — eu estava parada, e distraida com meu pensamento sobre tudo que eu tinha que lidar.
— Eu morri durante o ritual da Lua Cheia, e isso foi um mês atrás.
Isso chamou minha atenção. — É verdade. Já faz um mês. Eu me pergunto...
— Se isso pode significar algo? Se hoje a noite pode ser a noite certa para consertar o que aconteceu comigo?
— Não! O lugar está cheio de guerreiros. Eles te pegariam com certeza.
— Talvez eles devessem — ela disse devagar. — Talvez todos devessem saber sobre mim.
Eu esfreguei a cabeça, tentando entender o que eu estava pressentindo. Eu estive tentando manter Stevie Rae em segredo a tanto tempo que eu não sabia dizer se eu deveria manter ela escondida, ou se o que eu estava sentindo era apenas ecos e confusão (e provavelmente algum desespero e depressão também).
— Eu não sei sobre isso. Eu – eu preciso de um pouco mais de tempo, ok?
Stevie Rae deu nos ombros. — Ok. Mas eu não acho que tem o suficiente de mim para durar mais um mês.
— Eu sei. Vou me apressar. — Eu disse estupidamente. Eu me curvei e abracei ela rapidamente. — Tchau. Não se preocupe. Eu volto logo. Prometo.
— Se você descobrir, só me mande uma mensagem ou algo assim e eu vou. Ok?
— Ok. — Eu virei para a porta. — Eu te amo, Stevie Rae. Não esqueça disso. Ainda seremos amigas.
Ela não disse nada, mas acenou, parecendo fria. Eu chamei a noite e a névoa e mágica e sai na escuridão.

7 comentários:

  1. estanho no capitulo anterior disse que Heath ficou dois meses fora agora fala que se passou um mes desde o ritual da lua to confusa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não. O Heath quis dizer que ficou mais maduro nos últimos dois meses, por causa da Zoey e tal... (:

      Excluir
  2. Com esse negocio da Stevie Rae , sobre essa (velocidade não humana) , sobre o sol e tals .. é a msma coisa d Diarios de Um Vampiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esses vampiros vermelhos são mais como os originais, né?

      Excluir
  3. Amei esse capítulo <3 Adoro a amizade da Zoey e da Stevie Rae

    ResponderExcluir
  4. Tomara que ela consiga consertar a Stevie Rae <3

    ResponderExcluir
  5. Espero que tudo de certo e a Stevie Rae consiga voltar ao normal!!

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!