8 de outubro de 2015

Capítulo 14 - Zoey

Chamando você? Que diabos você quer dizer? Não estou ouvindo nada continuei olhando assustada em volta, esperando o bicho-papão pular em cima de mim.
Não ele balançou a cabeça. Você não pode ouvir. Nem eu mesmo realmente ouço. Meu pai consegue me chamar por meio de sangue imortal que nós compartilhamos. Eu achava que ele não seria mais capaz de fazer isso depois que Nyx me transformou ele olhou longe, parecendo totalmente infeliz. Mas eu não sou totalmente humano. Ainda sou uma mistura de besta, humano e imortal. Eu ainda compartilho o sangue com ele.
Ei, tudo bem. Você está fazendo o melhor que pode. Eu vejo o modo como você olha para Stevie Rae. Sei que você a ama. E Nyx em pessoa o perdoou.
Ele assentiu e passou a mão pelo rosto, o que me fez perceber que ele tinha começado a suar. Muito. Obviamente, ele percebeu que eu percebi e disse:
É difícil não responder ao seu chamado. Eu nunca resisti a ele antes.
Olha só, fique aqui. Vou chamar Stark, Darius e Stevie Rae. Daí você pode seguir o chamado de Kalona. Nós vamos todos com você para mostrar a ele que você realmente é um de nós e que ele tem que deixar você em paz.
Não! Eu não quero que todos saibam que ele está aqui. Principalmente Stevie Rae. Ela acha que eu tenho que dar as costas completamente a ele, mas é tão difícil! ele juntou as mãos, como se estivesse implorando que eu entendesse. Ele ainda é meu pai.
Apesar de não querer, eu estava começando a entender o que ele estava dizendo.
Minha mãe errou. Ela preferiu um cara em vez de mim, mas lá no fundo eu ainda a amava e queria que ela me amasse. Queria que ela me amasse de verdade. Acho que a parte mais difícil de ela estar morta é que não há mais nenhuma chance de ela ser minha mãe de novo.
Então você entende ele falou.
É, de certo modo acho que sim, mas eu também concordo com Stevie Rae. Veja bem, Rephaim, você pode se sentir como qualquer outro garoto que tem um pai completamente louco, mas o problema na sua casa é que o seu pai não é apenas um Zé Mané qualquer. Ele é um imortal perigoso que está do lado errado de uma batalha muito real do bem contra o mal.
Rephaim fechou os olhos, como se minhas palavras o tivesse ferido fisicamente. Mas ele assentiu e, quando abriu os olhos novamente e me encarou, pude ver a força da sua decisão.
Você está certa. Tenho que enfrentá-lo e fazê-lo entender que nós realmente temos caminhos separados. Venha comigo para que eu consiga fazer isso. Por favor, Zoey.
Tudo bem. Deixa só eu chamar Stark...
Só você. Sei que isso é idiota, mas não quero humilhar meu pai, e se eu fizer isso na frente de Stark vai ser um grande insulto.
Rephaim, eu não posso ir sozinha. Você está se esquecendo de que seu pai tentou me matar?
Neferet aprisionou o corpo dele e o obrigou a seguir você no Outromundo. Ele não queria. Ele nunca quis machucar você. Zoey, meu pai me disse que ele não ia matar você nem nenhuma Alta Sacerdotisa da Deusa.
É serio, se liga balancei minha cabeça incrédula. Kalona não hesitaria em matar qualquer um que se colocasse no caminho do que ele quer.
Você já foi próxima a ele quando ele escapou da terra. Você pode realmente dizer que nunca notou um vislumbre do guerreiro de Nyx ainda dentro dele?
Eu hesitei sem querer me lembrar do quanto fui tola antes de Heath ser morto.
Kalona matou Heath porque eu fui idiota o bastante em baixar a guarda perto dele.
Heath não era uma Alta Sacerdotisa a serviço de Nyx. E você não me respondeu. Diga sinceramente. Você percebeu de relance o que ele já foi um dia, não percebeu?
Pela milionésima vez, eu desejei saber mentir. Suspirei.
Está bem, sim. Achei ter visto o que ele já foi um dia. Pensei que enxerguei nele o guerreiro de Nyx respondi honestamente e então acrescentei: Mas eu estava errada.
Acho que você não estava, pelo menos não completamente. Acho que esse guerreiro ainda está dentro dele. Afinal, depois de tudo, ele realmente permitiu que eu fosse livre para escolher meu próprio caminho.
Mas ele não está deixando que você se liberte dele. Ele está aqui, chamando por você.
E se ele estiver me chamando porque sente minha falta?! Rephaim gritou e passou a mão no seu rosto tenso e suado. Com uma voz mais controlada, ele continuou: Por favor, Zoey. Eu prometo a você que não vou permitir que meu pai a machuque, do mesmo modo que nunca vou deixar que ele machuque Stevie Rae. Por favor, venha comigo e seja testemunha de que eu rompi com ele, para que ninguém da House of Night possa questionar a minha lealdade então ele disse uma coisa que fez eu me transformar na Rainha da Idiotolândia. Ele não me viu desde que virei um garoto. Talvez, quando ele vir a prova do perdão de Nyx, o guerreiro dentro dele desperte. Nyx não gostaria que você desse mais uma chance ao seu guerreiro?
Olhei para ele e vi o que Stevie Rae deve ter visto quando se apaixonou por ele. Basicamente, ele era um garoto fofo que queria que seu pai o amasse.
Ah, que inferno eu disse. Tudo bem. Eu vou com você, desde que a gente não saia do campus. E saiba que, se eu ficar assustada, perturbada ou qualquer coisa assim, Stark vai sentir e vir correndo com seu arco que não pode errar, qualquer que seja o alvo para onde ele atire. E juro que ele vai atirar. Não posso fazer nada quanto a isso.
Rephaim pegou meu braço e começou a praticamente me arrastar em direção ao muro leste.
Não vou colocá-la em perigo. Você não vai sentir nenhuma dessas coisas.
Eu ia falar sobre galinhas nascerem com dentes, mas em vez disso poupei meu fôlego e corri para acompanhá-lo.
É claro que eu sabia onde estávamos indo. Fazia todo o sentido.
A árvore idiota pelo muro idiota falei de modo ofegante. Não estou gostando nada disso.
É fácil chegar lá e não costuma ter ninguém por perto Rephaim explicou. É por isso que ele está lá.
Isso não deixa as coisas nem um pouco melhores respondi.
Nós corremos pelo gramado. Olhei sobre o meu ombro. Pude ver a iluminação a gás do estábulo que alcançava aquela área do campus, e eu estava pensando que provavelmente eu deveria abdicar do meu reino na “Idiotolândia” e enviar um pedido de ajuda mental assustado para Stark quando de repente Rephaim diminuiu o passo e então parou.
Voltei minha atenção e meu olhar para o que estava acontecendo na minha frente e vi Kalona parado em pé ao lado da árvore rachada. Ele estava de costas para nós. Mais tarde eu tive tempo para pensar no fato que ele deveria pelo menos estar olhando para a direção de onde ele sabia que Rephaim viria, mas na hora a sua presença ofuscou tudo, e ele sabia disso.
Ele era alto, forte e, como sempre, estava nu da cintura para cima. Suas incríveis asas negras estavam dobradas em repouso, e parecia que um deus as havia feito com pedaços do céu da noite.
Eu tinha me esquecido de como ele era bonito, poderoso e majestoso. Cerrei os dentes e me sacudi mentalmente. Eu não havia me esquecido de como ele era perigoso.
Pai, eu estou aqui Rephaim disse com uma voz que soou tão pequena e infantil que eu coloquei minha mão na dele, que ainda segurava meu braço.
Kalona se virou. Seus olhos âmbar se arregalaram. Por um momento, seu rosto perdeu toda a expressão e ele pareceu completamente atordoado.
Rephaim? É você mesmo, meu filho?
Senti o tremor que atravessou o corpo de Rephaim e apertei mais sua mão.
Sim, pai sua voz ficou mais forte enquanto ele falava. Sou eu, Rephaim, seu filho.
Eu sabia que o imortal já tinha fingido um monte de coisas. Sabia que ele estava do lado das Trevas e era um assassino, um mentiroso e um traidor. Mas acho que vou me lembrar pelo resto da minha vida do rosto de Kalona ao ver Rephaim naquele dia. Por um instante, Kalona sorriu, e tanta alegria encobriu seu ser que acabei soltando Rephaim. Fiquei parada ali, boquiaberta, pasma com a felicidade de Kalona. E percebi que na expressão dele o mesmo amor que eu vira no seu olhar para Nyx no Outromundo.
Nyx me perdoou Rephaim disse.
Aquelas três palavras apagaram a alegria de Kalona.
E então ela o presenteou com a forma de um garoto humano? o imortal falou com uma voz sem emoção.
Pude sentir a hesitação de Rephaim e eu sabia que ele ia fazer o que eu costumava fazer muito frequentemente (contar toda a verdade quando o melhor era ficar de boca fechada), então eu falei rapidamente por ele a versão mais curta e semicorreta da história.
Sim, ele é um garoto agora e está com a gente.
O olhar de Kalona se voltou para mim.
Zoey, você parece muito bem. Pensei que meu filho era companheiro da vermelha. Ela o esta compartilhando com você?
Eca, não. Aqui não é esse tipo de escola. Ele é meu amigo, só isso eu disse, afastando totalmente a lembrança de como Kalona havia ficado mexido quando viu Rephaim. Este é o verdadeiro Kalona, lembrei a mim mesma. E você não precisa ser tão ridículo. Você chamou Rephaim, não o contrário.
Sim, eu chamei meu filho. Não uma Alta Sacerdotisa Caloura.
Eu pedi que ela viesse comigo falar com você Rephaim explicou.
Você pediu para Zoey vir e não a Vermelha. Isso é porque ela já está se cansando de você?
Não, e o nome dela é Stevie Rae e não Vermelha. Eu sou o companheiro dela e vou continuar sendo toda aquela adoração pelo papai-herói tinha sumido da voz de Rephaim e eu gostei disso. Foi por isso que eu respondi ao seu chamado, porque eu precisava dizer a você, assim como eu disse a Nisroc, que vou trilhar o caminho da Deusa com Stevie Rae. É isso o que eu quero. É isso o que eu vou querer para sempre.
Sempre é um tempo muito longo Kalona falou.
Sim, eu sei. Passei uma boa parte dele fazendo tudo que você mandava.
Você passou esse tempo sendo meu filho!
Não, pai. Na verdade, não. Estou começando a entender que só há uma diferença real entre as Trevas e Luz, que é a capacidade de amar. Quando eu estava seguindo suas ordens, havia obrigação, medo e intimidação entre nós, mas muito pouco amor.
Eu esperei Kalona explodir, mas em vez disso os seus ombros desabaram e ele desviou os olhos, como se não quisesse continuar a sustentar o olhar firme de Rephaim.
Talvez as circunstâncias tenham me deixado mal preparado para ser pai ele disse devagar. Você é produto do ódio, do desespero e da luxúria. Acho que deixei que isso moldasse o nosso relacionamento.
Eu senti a esperança de Rephaim. Era como se ele a exalasse através da sua pele e da sua voz.
Isso não tem que continuar a moldar o nosso relacionamento ele disse também devagar.
Surpresa, reparei que os dois soavam incrivelmente parecidos. Dei uma olhada em Rephaim e reconheci a forma dos seus olhos, da sua boca, do seu queixo e, depois de ver a semelhança familiar, pensei em como não havia percebido antes. Não era de se espantar que Rephaim fosse tão bonito; ele parecia com o pai.
Você deseja um novo começo entre nós, assim como a sua nova vida — Kalona concluiu.
Ele não havia formulado a frase como uma pergunta, mas Rephaim a respondeu assim mesmo.
Sim, pai.
Kalona olhou para mim.
E os seus novos amigos? Acho que eles não vão aceitar nunca o fato de que eu e você não somos inimigos.
Bem, eu não posso falar por todos os novos amigos dele, mas pessoalmente eu não me importo com o tipo de relacionamento que ele tenha com você, desde que você nos deixe em paz eu afirmei. É com Neferet que você tem que se preocupar. Se você realmente não está mais com ela, então posso jurar que ela não vai aceitar o fato de que você e Rephaim não são inimigos.
Neferet não tem controle sobre mim! a voz poderosa de Kalona roçou minha pele e eu estremeci com a familiaridade do seu toque gelado.
Sim, tanto faz eu disse com indiferença forçada. Não estou falando sobre controle. Estou falando do fato de você e ela estarem do mesmo lado, e ela está afundada nas Trevas. Ela não vai deixar alguém com seu poder do lado de fora do jogo.
Neferet perdeu a possibilidade de ter qualquer aliança comigo quando aprisionou meu corpo e usou meu espírito. Você deveria saber, Zoey Redbird, que Neferet tem um novo Consorte.
Revirei os olhos.
Aurox não é Consorte dela. Ele é só mais um dos seus subordinados.
Eu não estava falando da criatura dela. Eu estava falando do touro branco.
Encarei Kalona.
Você não pode estar falando sério.
Ele está Rephaim disse.
E por que você iria me contar isso? Nós não somos amigos. Não somos aliados eu falei com firmeza.
Nós poderíamos ser. Temos um inimigo comum Kalona sugeriu.
Acho que não podemos. Você está irritado com Neferet, pelo menos nesta fração de segundo. Eu estou lutando contra as Trevas em geral. E esse é o lado em que você normalmente está.
Ele pediu um novo começo Rephaim interveio.
Levantei os meus olhos para o garoto realmente fofo, esperançoso e ingênuo que estava do meu lado.
Rephaim, Kalona não virou do bem de repente tudo o que eu podia pensar era: Stevie Rae vai me matar se eu levá-lo de volta para ela com uma atitude sobre o pai dele do tipo “tudo está maravilhoso, bonito e perfeito”. A gente não consegue fazer com que as outras pessoas sejam como a gente quer, só porque a gente quer muito.
Eu não tenho a intenção de ser do bem Kalona disse. Assim como também não tenho nenhum interesse específico em ser do mal. Simplesmente desejo a queda da Tsi Sgili. Ela me feriu, e eu quero cobrar minha vingança.
Então, o que isso significa exatamente? perguntei.
Significa que nós temos um inimigo comum. Vou ajudar você a livrar a House of Night da Tsi Sgili, que se disfarça de Alta Sacerdotisa de Nyx, e da criatura dela, Aurox.
Pai, você se apresentaria ao Conselho Supremo, para contar o que você souber sobre Neferet?
Que beneficio isso iria trazer? Kalona perguntou rapidamente. Eu não tenho provas para sustentar minhas acusações. Eu iria acusá-la de tomar o touro branco como Consorte. Ela negaria. Eu presumo que ela tenha apresentado a sua criatura como um presente divino, certo?
Sim, certo respondi. Aurox é supostamente um presente de Nyx.
Deixe-me adivinhar... a Deusa não apareceu e denunciou a criatura de Neferet.
Você sabe que isso não aconteceu afirmei.
É claro que não Kalona balançou a cabeça em óbvia contrariedade. E porque a sua Deusa permanece em silêncio, não há nenhuma prova de Nyx. Seria a minha palavra contra a de Neferet, e o Conselho já acredita que ela me baniu do seu lado. Elas iriam pensar que eu estou mentindo para me vingar.
E você não está? perguntei. Quero dizer, você não disse que é isso o que você quer vingança?
Não quero que ela seja repreendida por um despacho do Conselho, que tenha uma punição leve e seja enviada para um lugar ermo para supostamente servir à Deusa. Quero que ela seja destruída.
O ódio frio na voz dele me fez estremecer de novo, mas eu não podia argumentar com a sua lógica. Eu não queria matar Neferet. Que inferno, eu não queria matar ninguém. Mas eu sabia no funcho do coração que, se ela não fosse destruída, iria acabar causando dor e sofrimento inimagináveis para todos nós.
Você vai ter que explicar nos mínimos detalhes. Você está falando em matar Neferet?
Eu não posso matá-la, ela virou imortal o olhar intenso dele sustentou o meu. Só Neferet pode causar a sua própria destruição.
Meu cérebro parecia que ia explodir.
Não tenho a menor ideia de como levá-la a fazer isso.
Eu posso ter alguma ideia Kalona afirmou. Ela se uniu ao touro branco. Neferet acredita que pode controlar o poder dele. Ela está muito errada.
Ele é a chave para a destruição dela? Rephaim perguntou.
Talvez. Nós devemos observar e esperar por um tempo. Ver o que ela está fazendo, qual vai ser o seu próximo passo Kalona disse. Isso vai ser fácil com vocês vivendo aqui na House of Night com ela. Observe-a bem, meu filho.
Nós não estamos vivendo aqui ele falou antes que eu pudesse impedi-lo. Estou morando com Stevie Rae, Zoey e o resto deles na estação.
Vocês estão lá? Que interessante. Todos os calouros vermelhos estão na estação com vocês?
Não, Neferet trouxe os outros calouros vermelhos, os que não fazem parte do grupo de Stevie Rae, para a House of Night. Agora eles estão aqui Rephaim contou.
Franzi a testa para Rephaim e olhei para ele com cara de por favor, fique quieto.
Isso pode ser interessante. Eles interferem no equilíbrio entre Luz e Trevas nesta escola.
Sim Rephaim disse. Há também uma caloura que consegue...
Que consegue ficar de boca fechada e não contar os nossos assuntos para todo mundo terminei por Rephaim, fuzilando-o com os olhos. Kalona sorriu deliberadamente.
Você não confia em mim, pequena A-ya?
Senti meu coração congelar por inteiro.
Não. Eu não confio em você. E não me chame mais por esse nome. Eu não sou A-ya.
Ela está dentro de você ele respondeu. Posso senti-la.
Ela é uma parte do que eu sou hoje, então pode parar. O seu tempo com ela acabou.
Pode ser que um dia você aprenda que vidas passadas retornem ao presente ele disse.
Por que você não prende a respiração até isso acontecer? falei com falsa delicadeza.
Kalona riu alto.
Você ainda me diverte.
E você ainda me enoja afirmei.
Será que não podemos ter uma espécie de paz entre nós? Rephaim perguntou.
Nós podemos ter uma trégua respondi, voltando-me para Rephaim e o forçando a sustentar meu olhar. Mas isso não é paz. Também não quero dizer que vamos confiar nele e contar nossos assuntos para ele. Você precisa ter isso claro na sua cabeça, Rephaim, ou você tem que ir embora com ele agora mesmo.
Eu vou ficar com Stevie Rae ele disse.
Então se lembre de que lado você está eu o adverti.
Você pode ficar tranquila que eu não vou deixar que ele se esqueça disso Kalona falou.
Bem, e você deve saber que Rephaim tem um monte de amigos que se importam com ele, e nós não vamos deixar que ele seja usado por você.
Kalona me ignorou e se dirigiu ao seu filho.
Se você precisar de mim olhe para o oeste e siga o nosso sangue ele começou a abrir as asas. Lembre-se de que você é meu filho, porque eu garanto que aqueles que estão em volta de você nunca vão se esquecer disso ele subiu ao céu e, com poucas e poderosas batidas das suas asas, Kalona desapareceu na noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!