22 de setembro de 2015

Epílogo

Emily e Mike a chegaram a Xanadu no exato instante em que Apolo havia retornado do Olimpo para lhes dizer que Júpiter estava muito doente e que deviam voltar.
Mas agora tudo era diferente e, em vez disso, Apolo anunciou um banquete, planejado para celebrar a descoberta de Xanadu, e que os Três Grandes estavam a caminho.
Emily ficou em um silêncio atordoado, despreparada para a reação ao seu retorno. Até porque não houve reação, exceto pelo choque em relação ao súbito aparecimento do cachorro. Até onde todo mundo sabia, ela não havia saído dali.
Mas Emily saiu do seu torpor assim que pôs os olhos em Pegasus.
— Pegs! — Ela gritou e correu para o garanhão.
Jogou alegremente os braços ao redor de seu pescoço e o abraçou com força. Ele estava jovem, forte e magnífico, exatamente do jeito que ela se lembrava. Emily jurou que os dois nunca mais se separariam.
Emily também foi tomada pela emoção quando viu Paelen. Ela o abraçou com força e quase espremeu o que ele tinha de vida na essência.
— Também te amo, Paelen — disse ela, rindo. Em seguida, bateu nele por ter sido herói tão tolo ao se meter em dragões e morrer.
 Paelen olhou para Emily como se ela tivesse perdido a cabeça. Colocou a mão em sua testa para ver a temperatura e sugeriu que fizesse um longo repouso.
— Não estou louca, Paelen — gritou ela, com alegria. — Só estou feliz por você estar vivo e jovem novamente!
A alegria de Emily continuou enquanto cumprimentou cada um dos olímpicos que havia perdido. Diana estava ao lado do pai de Emily, parecendo tão jovem e bonita como sempre. Apolo estava forte e seguro. Estavam todos lá e eram todos jovens.
Emily tentou explicar tudo o que havia passado. Mas mesmo com Mike ao seu lado como prova e os pingentes de Pegasus, eles ainda não acreditavam nela.
Para Emily, o mais difícil era ver Joel novamente.
Riza havia lhe avisado que haveria um preço caro a se pagar quando ela voltasse. Emily nunca imaginou que seria ele. Ninguém acreditava nela. Nem mesmo Joel.
Tudo o que haviam compartilhado no passado se perdera. O beijo, o fato de terem finalmente admitido o que um sentia pelo outro – tudo se foi. Ele não se lembrava, porque, para ele, nada havia acontecido.
Os Três Grandes chegaram ao acampamento junto com os olímpicos que serviram na guerra, incluindo os Cem-braços, os Quatro Guerreiros e Prometeu.
— Eu já esperei tempo suficiente! Você precisa voltar à Terra e buscar minha Stella de volta. A forja não tem sido a mesma desde ela foi embora.
Emily sorriu para o olímpico rude.
— Eu vou, eu prometo.
Vesta chegou e abraçou Emily.
— Como esperei para falar com você sobre isso. Durou uma eternidade!
Todos no acampamento ficaram em um silêncio atordoado enquanto Júpiter finalmente contava a história completa da guerra Titã – incluindo a chegada de um grupo de viajantes do tempo, liderados por uma jovem e poderosa Xan – que os salvou da derrota.
— Esperei uma eternidade para contar essa história — Júpiter deu um forte abraço em Emily. — Agora que não deixamos ninguém para trás, podemos finalmente falar do nosso passado em comum e permitir que a verdadeira história seja conhecida por todos! — Ele a presenteou com dois livros muito antigos. — No calor da última batalha em Titus, você deixou isso para trás.
Os olhos de Emily se abriram.
— Os diários! Estava achando que haviam se perdido para sempre! — Ela deu os livros para o pai. — Olha só, papai, eu lhe disse que mantive um diário do tempo que passei por lá. O Agente B fez a mesma coisa!


— Sinto muito não ter acreditado em você — Joel pediu desculpas quando ele e Paelen encontraram um momento para ficar a sós com Emily. — Foi uma história tão frenética, e, honestamente, você nunca desapareceu.
— Entendo — disse Emily com tristeza enquanto olhava para os dois jovens que admitiam tê-la amado, mas que não sabiam que ela estava a par de tudo. — Só gostaria que pudessem lembrar para que pudéssemos conversar sobre isso. Passamos por tanta coisa juntos.
Joel se aproximou de Pegasus e lhe deu um tapinha na mão.
— Se Paelen e Pegasus realmente morreram, eu não quero me lembrar de nada.
Paelen deu seu sorriso torto e empurrou Joel.
— Você só não quer lembrar que eu era um herói que combatia dragões!
— Aposto que fui um herói também!
 —Vocês dois foram meus heróis — disse Emily. Ela sorriu para Paelen. — Mesmo que você ainda seja um ladrão.
— Eu não sou um ladrão! — insistiu Paelen.
— Ah, não? — Emily estendeu a mão e o anel de safira. — Vulcano me disse que você roubou metade das ferramentas da forja. E depois roubou isso de Minerva para me dar.
Paelen examinou o anel.
— Não me lembro disso.
— Mas eu sim, Paelen — disse ela enquanto beijava na bochecha. — Lembro-me de tudo.


Com os horrores da guerra ainda frescos na mente, Emily não conseguia dormir. Seus sonhos estavam cheios de Titãs das Sombras, dragões e da morte de Pegasus. Toda noite ela revivia todas as coisas terríveis que vira no Tártaro.
Em cada pesadelo, Pegasus lhe vinha. Emily costumava subir em suas costas e levar Mike junto. Eles viajavam para a praia prateada ao lado do lago calmo. Enquanto as estrelas brilhavam, lançando seu clarão de diamante na água, passavam longas noites caminhando ao longo da costa. Emily jogava um pedaço de pau para que Mike fosse buscar enquanto contava histórias do passado para Pegasus; e sobre como pensar nele e na praia prateada a libertara do Vácuo Energético.
Emily se sentia grata por ter Pegasus de volta à sua vida.
— Senti tanto a sua falta, Pegs. Foi uma agonia quando você me deixou.
Pegasus relinchou baixinho e encostou seu rosto no dela.
Os dois se sentaram juntos e em silêncio, até que, calmamente, Emily enfiou a mão na túnica e tirou de dentro o diário do Agente B. Dentro, ela encontrou o pingente de Pegasus que pertencia ao agente, bem onde ela o havia deixado há tanto tempo. Ela o mostrou para o garanhão.
— Ele também gostava de você, Pegs, e nunca tirou isso. Quero que você conheça o Agente B. Quero que entenda o que ele fez por nós.
Ela acendeu a mão e abriu as velhas páginas desbotadas do diário do Agente B. Até aquele instante, ela não havia sido capaz de lê-lo. Mas quando virou a primeira página, encontrou um bilhete para ela.

Minha querida Emily,
Se você está lendo isso e eu estou vivo, que vergonha! Feche o diário agora mesmo e o jogue fora.
Mas se você estiver lendo isso porque eu estou morto, por favor, continue... Emily Jacobs, você é talvez a garota mais teimosa que já conheci. Pode ser irritante além da medida, irracional e exasperada. Mas também é uma das pessoas mais leais e solidárias que eu tive o prazer de conhecer.
Já estamos lutando lado a lado há meses. Sofremos juntos, sangramos juntos e, às vezes, chegamos até a rir juntos.
Enquanto estamos diante do nosso maior desafio até agora tenho a estranha sensação de que não vou sobreviver. Se eu não permanecer vivo, se é verdade que morri, eu lhe peço, por favor, para que venha me encontrar em Londres. Encontre-me e me afaste da UCP.
Deixe-me conhecê-los novamente. Deixe-me chamar você, Pegasus, Joel, os olímpicos e aquele vira-lata sarnento do Mike de meus amigos. Por favor, Emily encontre-me e salve-me de mim mesmo.
Atenciosamente.
Benedict Richard Williams
P.S. É aqui onde você vai me encontrar.

Emily leu o endereço em Londres. Ela olhou para Pegasus.
— Seu nome era Benedict. Durante todo esse tempo, eu sempre o chamei de Agente B — ela releu a mensagem. — Vamos fazer isso, Pegs. Vamos voltar e encontrá-lo e levá-lo para longe da UCP.
Emily folheou as páginas do diário. Ela viu que o Agente B não só havia escrito textos no livro, como também fizera belos esboços com caneta e tinta. A jovem começou a sorrir.
O Agente B havia feito um esboço que mostrava os jovens e belos Três Grandes, ao lado de Chiron. Outro desenho mostrava Paelen montado sobre Brue – a Mãe da Floresta já havia começado a assumir sua face feroz e a imagem mostrava seu pelo desgrenhado e os dentes longos e afiados. Outra ilustração revelava Emily e Joel em uma batalha contra os Titãs das Sombras. O velho Pegasus estava do seu lado enquanto Mike aparecia do outro. Ela levantou a página para que Pegasus a visse.
— Olha só, está cheia de desenhos.
Emily encontrou outro esboço que a pegou pelo coração. Era um momento de silêncio entre ela e um Pegasus já bem idoso. Nele, Emily estava com uma escova na mão e gentilmente dava um trato no garanhão. Ela se lembrava de ter feito isso não muito tempo antes de ele morrer. Emily acariciou a imagem e suspirou com tristeza. Fechou o diário e olhou para o rosto jovem e robusto de Pegasus.
— Eu estava com tanto medo de que não fosse mais ver você novamente — disse ela delicadamente. — Não posso viver sem você. Mas o Agente B tinha razão. Não importa o que vai acontecer, Pegs, nada vai nos separar novamente!

12 comentários:

  1. Deve ter uma continuacao. Ta, eu amei a serie. Mas esse ultimo capitulo, me pareceu que tava faltando alguma coisa. O problema e que eu to DPL depois de acabar A Selecao, que tem um final perfeito e muito romance. Dai eu to querendo, pelo menos um pouco de romance. A garota ama eles dois, mas parece a America. Ama mais um do que o outro quando ta a sos com ele. Se nao tiver o quinto livro, eu vo fica muito p*** .
    -Sinead

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é.nao aguento o final de uma serie.
      -hentiquetf

      Excluir
    2. Tem sim, o 5 e o 6
      Acho que é "As origens do Olimpo" e o outro ainda esta en ingles provavelmente estará no Brasil no começo de 2017

      Excluir
    3. Sabe o que eu achei que iria acontecer no começo desse livro?
      Riza gostar do Joel e Emily do Paelen, okay sería esquisito, mas faria completo sentido

      Excluir
    4. Seria que nem 'A Hospedeira'! Ficaria incrível!

      Excluir
  2. Tem q ter mais um livro, n pode acabar assim...
    Podiam escrever um em q ela vai procurar as outras partes de Riza né???
    Ameeeeei a série.
    ♡♥

    ResponderExcluir
  3. Igual ao ultimo da serie os heroi do olimpo
    "leo e calipso partiram para o desconhecido

    ResponderExcluir
  4. Sim precisa necessita ter outro livro 😍 quero muuuiiitttooo 💕 Amei a serie amei tudo cada página cada detalhe cada palavra escrita OMG 😍 Preciso da continuação enquanto espero anciosamente 💔

    ResponderExcluir
  5. vai ter continuação, ainda bem, essa Kate é uma ótima escritora, até se iguala a Rick, ai, muito perfeito...

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso,incrível..quero mais quero mais quero mais kkk Amei tudo do começo ao fim ..aguardando o quinto agr.. Huuruum

    ResponderExcluir
  7. Poxa tem que ter o último livro,quero ver a Emily falar com o agente B e ver a reação dele mediante tal surpresa,e como ficou a história de sttela e a família mesmo assim gostei!

    ResponderExcluir
  8. Eu amei a série de verdade mais faltou muitos detalhes né ! Acho que deveria ter um fim mais caprichado .... mesmo assim achei uma história linda e não parei de ler um segundo rs ❤️❤️❤️

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!