30 de setembro de 2015

Capítulo 29

Neferet saiu das sombras para o gazebo, movendo-se rapidamente em direção a Heath e Erik. 
Primeiro, ela tocou o rosto de Erik e checou as marcas ensanguentadas em seus braços de onde ele lutou futilmente para tentar tirar os fantasmas de cima de Heath. Enquanto ela passava suas mãos nos ferimentos dele eu pude ver o sangue secar. Erik respirou aliviado, como se a dor dele tivesse desaparecido.
— Isso vai curar. Vá a enfermaria quando voltarmos para a escola e vou lhe dar uma pomada que vai aliviar a dor de seus ferimentos. — Ela bateu na bochecha dele e ele ficou vermelho.
— Você mostrou a bravura de um vampiro guerreiro quando você ficou para proteger o garoto. Estou orgulhosa de você, Erik Night, assim como a deusa.
Eu senti uma onda de prazer na aprovação dela, eu também estava orgulhosa dele. Então ouvi um murmúrio de concordância ao meu redor e percebi que as Filhas e Filhos das Trevas tinham retornado e estavam amontoados na escada do gazebo. A quanto tempo eles estavam assistindo? Neferet virou sua atenção para Heath, e eu esqueci de todo o resto. Ela levantou a perna rasgada e examinou as marcas ensanguentadas que haviam nos braços dele. Então ela colocou o rosto pálido e rígido dele em suas mãos e fechou os olhos. Eu vi o corpo dele endurecer ainda mais e ter uma convulsão, e então ele suspirou e, como Erik, ele relaxou.
Depois de um segundo, ele parecia estar dormindo pacificamente ao invés de lutando silenciosamente contra a morte. Ainda de joelhos ao lado dele, Neferet disse: — Ele vai se recuperar, e não vai lembrar de nada dessa noite exceto que ele ficou bêbado e se perdeu tentando encontrar sua quase ex-namorada. — Ela olhou para mim enquanto disse isso, e os olhos dela eram gentis e cheios de entendimento.
— Obrigado — eu sussurrei.
Neferet acenou brevemente para mim, antes de levantar e confrontar Aphrodite.
— Eu sou responsável pelo o que aconteceu aqui hoje à noite tanto quanto você. Eu sei do seu egoísmo a anos, mas eu escolhi ignorar, esperando que com o tempo e o toque da deusa você ficasse mais madura. Eu estava errada. — A voz de Neferet era tomou uma qualidade clara e poderosa de uma líder. — Aphrodite, eu oficialmente te libero da sua posição como líder das Filhas e Filhos das Trevas. Você não é mais uma Alta Sacerdotisa em treinamento. Você não é
diferente que qualquer outro calouro. — Com um movimento duro, Neferet ergueu sua mão, e arrancou o colocar de prata que estava pendura entre os peitos de Aphrodite.
Aphrodite não fez um som, mas o rosto dela estava branco e ela encarava Neferet sem piscar.
A Alta Sacerdotisa virou de costas para Aphrodite e se aproximou de mim. — Zoey Redbird, eu soube que você era especial no dia que Nyx me deixou ver que você seria Marcada. — Ela sorriu para mim e pôs um dedo debaixo do meu queixo, levantando minha mão para poder olhar melhor minhas novas adições a minha Marca. Então ela passou a mão no meu cabelo para o lado, para que as tatuagens aparecessem no meu pescoço, ombros, e costas. Eu ouvi as Filhas e Filhos das Trevas ofegarem quando eles, também, viram minhas estranhas Marcas.
— Extraordinário, realmente extraordinário — ela disse, deixando suas mãos caírem dos seus lados quando continuou. — Hoje à noite você mostrou a sabedoria da deusa em escolher te presentear com poderes especiais. Você mereceu sua posição como Líder das Filhas e Filhos das Trevas e como Alta Sacerdotisa em treinamento, através do seus próprios dons dados pela deusa assim como sua compaixão e sabedoria. — Ela me entregou o colar de Aphrodite. Pareceu quente e pesado na minha mão. — Use isso mais sabiamente que a sua antecessora. — Então ela fez um gesto realmente incrível. Neferet, Alta Sacerdotisa de Nyx, me saudou, seu punho por cima do coração, e fez uma formal reverência, como o sinal dos vampiros de respeito. Todos ao redor com exceção de Aphrodite a imitaram. Lágrimas borraram minha visão enquanto meus quatro amigos riam para mim e se curvavam com os outras Filhas e Filhos das Trevas.
Mas mesmo no centro de uma perfeita felicidade eu senti a sombra da confusão. Como eu pude ter duvidado que poderia contar qualquer coisa a Neferet?
— Volte para a escola. Eu vou cuidar do que precisa ser feito aqui. — Neferet me disse. Ela me abraçou rapidamente e sussurrou no meu ouvido: — estou muito orgulhosa de você Zoey Passarinha.
Então ela me deu um pequeno empurrão na direção de meus amigos. — Deem boas-vindas a nova Líder das Filhas e Filhos das Trevas! — ela disse.
Damien, Stevie Rae, Shaunee e Erin lideraram a torcida. E então todos me rodearam e pareceu que eu fui levada do gazebo em uma exuberante onda de risada e congratulações. Eu acenei e sorri para meus novos “amigos,” mas eu não fui enganada. Silenciosamente lembrei a mim mesma que apenas momentos antes eles estavam concordando com tudo que Aphrodite disse.
Definitivamente eu iria precisar de um tempo para mudar as coisas.
Chegamos na ponte e eu lembrei meus novos protegidos que tínhamos que ser silenciosos enquanto voltávamos através da escuridão para a escola, e eu fiz um gesto para que eles fossem na frente. Quando Stevie Rae, Damien, e as Gêmeas começaram a cruzar a ponte eu sussurrei: — Não, vocês andam comigo.
Rindo tanto que eles pareciam bobos, os quatro pararam perto de mim. Eu encontrei o alegre olhar de Stevie Rae. — Você não deveria ter se voluntariado para ser um refrigerador. Eu sei o quanto você estava assustada. — O sorriso de Stevie Rae sumiu com a repreensão em minha voz.
— Mas se eu não tivesse feito isso, não saberíamos onde o ritual seria Zoey. Eu fiz isso para poder avisar Damien, e as Gêmeas que eles deveriam nos encontrar aqui. Sabíamos que você precisava de nós.
Eu levantei a mão e ela parou de falar, mas ela parecia que iria chorar. Eu sorri gentilmente para ela. — Você não me deixou terminar. Eu ia dizer que você não deveria ter feito, mas fico tão feliz que tenha feito! — Eu a abracei, e sorri através das lágrimas para os outros três.
— Obrigado - fico feliz que todos tenham estado lá.
— Hey Z, é o que amigos fazem — Damien falou.
— Yep — Shaunee concordou.
— Exato — disse Erin.
E eles se fecharam ao meu redor em um enorme e sufocante abraço grupal - que eu totalmente amei.
— Hey, posso participar?
Eu olhei para cima para ver Erik parado ali perto.
— Bem, sim, você absolutamente pode — Damien disse alegremente.
Stevie Rae se dissolveu em risadinhas, e Shaunee suspirou e disse: — Desista, Damien. Time errado, lembra? — Então Erin me tirou do centro do grupo e empurrou em direção a Erik. — Dê um abraço no cara. Ele tentou salvar seu namorado hoje à noite — ela disse.
— Meu ex-namorado — eu corrigi rapidamente, pulando nos braços de Erik, mais que um pouco sobrepujada pela mistura do cheiro que o sangue fresco que ainda estava nela e o fato de que ele estava, bem, me abraçando. Então, para acrescentar em cima de tudo, Erik me beijou com tanta força que eu juro que eu pensei que o topo da minha cabeça ia sair voando.
— Por favor, apenas por favor — eu ouvi Shaunee dizer.
— Arranjem um quarto! — Erin brincou.
Damien riu e eu me afastei dos braços de Erik. — Estou faminta — Stevie Rae disse. — Esse negócio de refrigerador me deixou faminta.
— Bem, vamos pegar algo para você comer então — eu disse.
Meus amigos andaram por cima da ponte e eu ouvi Shaunee irritar Damien sobre se eles deveriam comer pizza ou sanduíches.
— Se importa se eu andar com você? — Erik perguntou.
— Nah, estou me acostumando — eu disse, sorrindo para ele.
Ele riu e andou na ponte. Então pela escuridão atrás de mim eu ouvi um muito distinto e muito irritado, "me-eeh-uf-ow!”
— Vá em frente, eu já alcanço vocês — eu disse a Erik e então voltei até as sombras no gramado de Philbrook. — Nala? Gatinha, gatinha, gatinha... — Eu chamei. E então, uma distinta bola de pelo saiu dos arbustos, reclamando o tempo todo. Eu me abaixei e a peguei e ela instantaneamente começou a ronronar. — Bem, garota boba, porque você me seguiu até aqui, se você não gosta de andar tão longe? Como se você já não tivesse passado por coisas o suficiente hoje — eu murmurei, mas antes de voltar para a ponte, Aphrodite saiu das sombras e bloqueou meu caminho.
— Você pode ter ganhado hoje, mas isso não acabou — ela me disse. Ela me fez sentir muito cansada.
— Eu não estava tentando “ganhar” nada. Eu só estava tentando acertar as coisas.”
— E é isso que você acha que fez? — Os olhos dela passavam nervosamente para trás e para frente do caminho que levava ao gazebo, como se alguém tivesse seguindo ela. — Você realmente não sabe o que aconteceu aqui hoje à noite. Você apenas está sendo usada – todos estamos. Somos bonecos, é o que todos somos. — Ela com raiva limpou o rosto e eu percebi que ela estava chorando.
— Aphrodite, não tem que ser assim entre nós — eu disse suavemente.
— Sim precisa! — Ela surtou. — É o papel que deveríamos interpretar. Você verá... Você verá...
Aphrodite começou a se afastar.
Uma ideia apareceu inesperadamente na minha memória. Era Aphrodite durante sua visão.
Como se estivesse acontecendo de novo, eu podia ouvir ela dizer, ”Eles estão mortos! Não.
Não. Isso não pode ser! Não é certo. Não. Não é natural! Eu não entendo... Eu não... Você... Você sabe. “O grito de terror dela ecoou na minha mente”. Eu pensei em Elizabeth... Em Elliott... O fato de que eles tinham aparecido para mim. Muito do que ela disse fazia sentido.
— Aphrodite, espere! — Ela olhou por cima dos ombros para mim. — A visão que você teve hoje no escritório de Neferet, sobre o que era?
Devagar ela balançou a cabeça. — É apenas o começo. Vai ficar muito pior. — Ela virou e de repente hesitou. O caminho dela estava bloqueado por cinco garotos – meus amigos.
— Está tudo bem — eu disse a eles. — Deixem-na ir.
Shaunee e Erin abriram espaço. Aphrodite levantou a cabeça, virou o cabelo, e passou por elas como se mandasse no mundo. Eu a observei se afastar, meu estômago se apertando. Aphrodite sabia algo sobre Elizabeth e Elliott, e eventualmente eu teria que descobrir o que era.
— Hey — Stevie Rae disse.
Eu olhei para minha colega de quarto e minha nova melhor amiga.
— Aconteça o que acontecer, estaremos juntas.
Eu senti o nó no meu estomago se soltar. — Vamos — eu disse. Cercada por meus amigos, todos fomos para casa.

12 comentários:

  1. Oh, meu core.
    Adorei!!! <3

    ResponderExcluir
  2. Vadia finalmente se lascou tava na hora .-. Fora isso owwnnn mds amo a Nala *-*

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto da aphodite.. 💜
    E não gosto da Negrete...
    Amooo muito essa saga e perfeita 💕💙💕

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é Negrete ? Buguei '-'

      Excluir
    2. Tb gosto da Aphodite, mais odeio a Neferit.😁
      ASS:Vicry

      Excluir
  4. Aaaaaaaah Meus Deeeeeeuses amei... Estou apaixonada *-*

    ResponderExcluir
  5. Sério... Agora estou entendendo a Aphodite. Tá tá...
    Isso ainda vai dar uma treta...

    ResponderExcluir
  6. Eu sou praticamente a única que deu pulinhos e comemorou depois do que aconteceu? WoW ... Animada para o próximos livros !!!!!

    ResponderExcluir
  7. A Aphrodite sabe dos alunos que morreram, e é coisa da Neferete, sabia.

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus o que será que vem por aí???

    ResponderExcluir
  9. MDS será o que vem por aí???

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Os comentários estão demorando alguns dias para serem aprovados... a situação será normalizada assim que possível. Boa leitura!