2 de junho de 2015

Transmissões de Pittacus Lore


*Estas são transcrições (em português) das transmissões de áudio de Pittacus Lore. Para ouvi-las (em inglês), procure sobre isso no Google.

Transmissão #1

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, aprenderemos sobre a habilidade de Marina para curar e como se diferencia das pedras de cura.

Número Sete, a quem conhecem como Marina, tem um raro Legado: a habilidade de curar com apenas o toque. Como podem adivinhar, as pedras de cura que os lorienos usam na Terra foram tentativas de replicar esse Legado. Como os Legados da Garde, nossas pedras e cristais obtêm seu poder de Lorien, e em alguns casos podem ser utilizados para imitar Legados.
Mesmo que a pedra que Seis tem em sua Arca permita curar os outros, ela é apenas uma ferramenta que transmite de forma primitiva o poder excepcional que Número Sete pode utilizar sem nenhum esforço.
As pedras são objetos, incapazes de ajustar ou direcionar melhor a potência de Lorien, como Número Sete é capaz de fazer. O Legado é como um músculo, fica mais forte com o uso e o treinamento. Enquanto as pedras só curam feridas produzidas com intenção de machucar ou matar, Número Sete pode curar qualquer lástima que alguém tenha recebido sem merecer, assim como pode-se ver quando ela curou Carlotta Ricardo em O Poder dos Seis.
Com mais treinamento, não se sabe qual será o alcance do Legado de Número Sete.




Transmissão #2

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, Pittacus revela seus pensamentos acerca do Número Nove e sua atitude imprudente.

Passar um ano à mercê dos mogadorianos é uma tortura que poucos podem suportar. Não é surpresa que Número Nove precise de um tempo para se reajustar novamente ao mundo, dar-se conta por completo de que é capaz de unir-se à guerra contra os mogadorianos outra vez, apesar de parecer que se adaptou ao caos com bastante rapidez.
Geralmente, nós lorienos não gostamos de lutar. Em Lorien, a vida era pacífica. Desde os Cêpans, a Garde e até as Chimaera, todos vivíamos e trabalhávamos em uma coexistência harmoniosa, cada um contribuía com a sobrevivência de nosso planeta e nossa cultura ancestral. Mas isso foi antes da invasão dos mogadorianos. Antes de os mogadorianos queimarem nosso planeta até as cinzas, colocarem o coração do planeta em hibernação e forçarem os últimos de nosso povo à Terra para esperar... esperar até que fosse a hora de surgir novamente.
Nove se tornou imprudente. Deverá frear sua sede de sangue mogadoriano e aprender a desacelerar e trabalhar com o resto da Garde. Durante seu encarceramento, aprendeu muito sobre os mogadorianos – sua tecnologia, sua liderança. Deve lembrar de seu conhecimento nas próximas batalhas.
Nem eu nem ninguém pode culpar Nove por querer vingança. Se seu desejo de vingança aumenta sua força e o ajuda a lutar contra os mogadorianos mais uma vez, então ótimo. Se pudermos evitar que os mogadorianos destruam até o último de nós, ou pudermos evitar que inutilizem a Terra, como tentaram com Lorien, devemos usar qualquer coisa que nos dê força.





Transmissão #3

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, Pittacus fala do verdadeiro aliado do Número Quatro, Sam.

Quando enviamos as dez crianças lorienas à Terra, esperamos que pudessem encontrar aliados entre as pessoas, aliados que pudessem compreender que seu planeta está em perigo com os mogadorianos assim como o nosso. Encontramos um desses aliados no pai de Sam, Malcolm Goode. Assim como Sam, Malcolm sempre acreditou que havia vida além da Terra. Acreditava que algum dia chegariam à Terra. E, é claro, estava certo.
Depois das mortes de Números Um, Dois e Três, Henri estava mais preocupado que nunca pela segurança de seu Garde. Sabia que precisava de ajuda, e sabia que Malcolm Goode, um aliado dos lorienos, vivia em Paradise, Ohio. Quando fez de Paradise seu próximo destino, não sabia com exatidão quando John desenvolveria seus legados, quais eles seriam ou quão poderoso ele se tornaria. Henri e John ficaram muito bons em se esconder ao passar dos anos. Mas esconder-se nem sempre é suficiente. Henri teve a sabedoria para enxergar isso e buscar qualquer recurso que lhes ajudasse na luta contra os mogadorianos. Infelizmente não pôde encontrar Malcolm.
Apesar de Henri ter perdido, John encontrou um novo aliado em Sam, que lhe proveu coragem e confiança. Apesar de ser frágil e humano, Sam tem sido de muita ajuda para John e também para Seis. Não sei se ajudá-los irá auxiliá-lo na busca pelo seu pai, não sei o que se depara no futuro de Sam, apenas sei o que tem feito para ajudar os lorienos a manterem-se vivos na Terra.
Talvez tenha sido arriscado para Henri voltar a Paradise, talvez tenha sido arriscado para Sam acompanhar Quatro e Seis em sua busca. No entanto, os jovens lorienos estão desenvolvendo ao máximo sua força e seus poderes. Agora é a hora de assumir riscos. Agora é a hora de a guerra começar.




Transmissão #4

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, os Anciões lorienos discutem sobre a misteriosa décima criança loriena.

É certo que Crayton não é o Cêpan oficial de Ella. Como Ella era apenas um bebê quando deixou Lorien, um Cêpan ainda não havia lhe sido designado. Isto não quer dizer que Crayton não fora escolhido para ficar com ela. Aqueles que cuidam da Garde sempre são escolhidos, de uma maneira ou de outra.
Os mogadorianos atacaram nosso planeta durante a época de celebração: quando nossas duas luas estavam localizadas de lados opostos do horizonte, quando o povo de Lorien não estava em guarda. A prioridade dos lorienos foi salvar os garotos que estavam destinados a crescer algum dia para superar inclusive os Anciões. Dez crianças que salvariam nosso mundo e poderiam salvar o seu. Nove deles foram localizados rapidamente e se apressaram para o pátio de decolagem com seus Cêpans. Se foram na última nave que funcionava em Lorien.
A décima garota, a quem conhecem como Ella, era apenas um bebê sem Cêpan e ninguém a quem cuidar. Teria morrido em Lorien com os outros se não fosse por Crayton. Ele sabia de uma nave guardada em um de nossos museus, e acreditava que ainda poderia funcionar. Era um modelo um tanto primitivo de uma época anterior a quando aprendemos a aproveitar o poder dos cristais, mas estava certo: a nave realmente voava.
Onde vocês enxergam uma coincidência, eu vejo a perfeita escolha loriena para a Garde sem Cêpan.




Transmissão #5

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, aprendemos sobre o Lúmen do Número Quatro e como está conectado com Lorien.

Como viram, Número Quatro desenvolveu o Legado do Lúmen, mesmo que apenas tenha começado a conhecer seu potencial. Apesar de já ter demonstrado a habilidade de usá-lo para ser resistente ao fogo e gerar luz de seu corpo, esse é apenas o início do que pode fazer com o Lúmen; não há limite.
Há uma energia que flui através de Lorien e na vida presente lá. Esta é a energia com a qual os Gardes abastecem seus Legados. O Lúmen do Número Quatro lhe permite aproveitar diretamente esta energia, esta força de vida.
Ao passar dos milênios, a Garde desenvolveu seus Legados para proteger nosso planeta. Quando os mogadorianos atacaram Lorien e a Garde, tivemos que voar para a Terra. O planeta teve que se proteger sozinho até ficar em estado de hibernação. Enquanto na superfície o planeta parece destruído, incapaz de sustentar vida novamente, o núcleo espera pelo nosso retorno.
Quando a batalha contra os mogadorianos chegar ao seu fim, quando a Garde regressar triunfante, eles serão capazes de despertar Lorien.




Transmissão #6

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, Pittacus nos alerta a manter os olhos abertos aos mistérios do mundo que está bem a nossa frente.

Contei-lhes a história de Lorien e a nossa guerra contra os mogadorianos para que não permitam que o que aconteceu conosco ocorra com vocês. Acreditem que nossa história é ficção, fantasia, uma série de livros que busca entreter as pessoas do seu planeta. Não poderiam estar mais equivocados. Pelo seu bem, escutem com atenção.
Seu mundo está cheio de mistérios as quais não podem dar explicações razoáveis: Stonehenge, o monstro do Lago Ness, os círculos nas plantações e inclusive OVNIs. Tenho a explicação para todas essas coisas. os alienígenas tem visitado seu planeta desde que ele existe. E ainda estamos aqui, escondidos entre vocês. Isto não é ficção, e estes livros tampouco são ficção.
Me dou conta que pensam que tudo isso é uma brincadeira. Quando digo “alienígena”, imaginam pequenos seres verdes e a Área 51 em Roswell, Novo México. Acreditam que todas as histórias desse lugar são um truque para atrair turistas a esse lugar no meio do nada. De certa forma, estão corretos. A armação da Área 51 para os turistas é uma tentativa do governo para fazê-los perder o rastro da verdade. Tentam convencê-los de que não podemos viver entre vocês pela suposta aparência dos alienígenas. Eles sabem que se acreditaram que tudo isso é uma farsa ou brincadeira, nem sequer sentiriam a necessidade de investigar mais fundo enquanto seu governo decide ao passar dos anos que não pode continuar ignorante a esses acontecimentos estranhos. Para tanto, construíram uma base secreta a apenas alguns quilômetros de onde está a Área 51, um centro de investigações subterrâneo onde seu governo faz investigações de tudo, desde os círculos nas plantações até notícias de pessoas que podem fazer coisas extraordinárias. Gente como a Garde. Não sabe onde fica o lugar? Bem, isso é exatamente o que eles querem. Querem que vivam felizes e despreocupados. Querem que sejam ignorantes a respeito de nós até que, talvez, seja tarde demais. Não sabem que estão fazendo mais mal que bem.
A história que estou lhes contando é real. Esta guerra é real. Somos sua única esperança. E precisamos de sua ajuda.




Transmissão secreta

As transmissões de Pittacus Lore revelam os segredos dos lorienos e seus guardiões. Nesta transmissão, Pittacus discute sobre Número Seis, como era em Lorien quanto criança, e o que pensa sobre em quem ela se transformou.

De todos os jovens Gardes que fizeram a viagem à Terra, o caminho de Seis foi, talvez, o mais duro. Lamento dizer que não teve muita infância, outra coisa que os mogadorianos lhe tomaram.
Em Lorien, Seis era sempre cheia de energia; era uma menina atlética, sempre correndo, brincando, superando a todos... e metendo-se em problemas. À luz dos eventos mais recentes, possivelmente não é uma surpresa. Desde o momento que pôde correr a qualquer lugar, adorava correr lá fora sempre que chovia; está aí sua fixação em convocar tempestades tão poderosas. Seis tem uma conexão com a chuva, com o clima, que poucos podem entender.
Determinada é a palavra que melhor descreve Seis, tanto em Lorien quanto aqui na Terra. Quando pequena, podia ser um tanto impaciente, um pouco teimosa. Como uma jovem que deve lutar pela sobrevivência de sua espécie, pela sobrevivência de seu planeta, a determinação tem lhe servido muito bem.
Lamento muito que Seis teve que suportar um período tão brutal de encarceramento nas mãos dos mogadorianos. O que me alegra é que o feitiço a salvara nessa ocasião. Esse feitiço se quebrou agora que os Gardes restantes começaram a unir forças, porém todas as provações que Seis sofreu apenas a deixaram mais forte. Estou orgulhoso da grande guerreira em que ela se transformou. A guerra está prestes a eclodir outra vez, e às vezes não tenho certeza de que podemos vencer. Mas quando penso em Seis e em sua força, tenho a esperança de que talvez prevaleçamos.

23 comentários:

  1. Oua... eu quase acredito q os loreanos existem agora kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Haha top. Podia ter falado dos guardes e seus cepans mortos e do traidor que quer se redimir.

    ResponderExcluir
  3. Karina... Tava vendo no wikipedia um pouco mais sobre os livros da serie (again....) e vi (pela primeira vez PK não tinha percebido antes) que o seu blog é citado... E ainda ta com um link que trás direto para "Os arquivos perdidos"..
    VC já viu ou VC q pôs lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís! Eu tinha visto sim, outro leitor daqui do blog me apontou... fiquei tãaao feliz, o blog sendo apontado como fonte >.<
      Não fui eu quem colocou lá, numca editei pagina alguma do Wikipédia

      Excluir
  4. Karina, muito bom seu trabalho, parabéns!

    Só que na página do soundcloud tem mais duas transmissões que não estão aí:
    1) Pittacus Lore Decides: The Mogadorian Fighter Challenge
    2) Pittacus Lore Fall of Five Fan Question

    não sei se eles publicaram depois que você transcreveu ou se eles não são importantes.
    pode esclarecer?

    Parabéns de novo e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É, acho que na época em que postei ainda não tinha saído esses... mas postarei assim que puder!

      Excluir
    2. esses dois que o carinha ai comentou ja foi postado?

      Excluir
    3. Ainda não, Michael. Eu não tenho conhecimento em inglês o suficiente pra ouvir e traduzir, preciso que haja uma transcrição para depois eu passar para o português...

      Excluir
    4. Karina, estou traduzindo os audios, só faltam alguns detalhes, provavelmente amanhã eu termino, aí como faço para te mandar? Tem algum e-mail ou algum tipo de in-box? Li todos os livros por aqui, quero ajudar xP

      Excluir
    5. Sim Odair, seria perfeito se vc pudesse me mandar! *-* e-mail: livroson-line@hotmail.com

      Excluir
    6. E então, foi enviado pra você????
      Se não manda o link dos áudios que eu traduzo e te mando. Quero muito poder ajudar com as postagens...

      Excluir
    7. Eu vi mais abaixo nos comentários... obrigado, mas se precisar de ajuda pra traduzir textos ou áudios é só mandar mensagem, vou acompanhar essa página e serei notificado sempre que responder esse comentário... obrigado e parabéns parabéns pelo seu trabalho

      Excluir
  5. É o fim! Agora é só esperar pelo próximo...

    ResponderExcluir
  6. Realmente a Seis é uma grande Guerreira, assim como o Nove (apesar de suas brincadeiras), ambos sofreram demais nas mãos dos Mogadorianos. :/

    ResponderExcluir
  7. 1) Pittacus Lore Decides: The Mogadorian Fighter Challenge
    2) Pittacus Lore Fall of Five Fan Question
    Karina quando sera postado estes dois??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Flavia, eu até desisti de postar... O Odair me enviou, mas tipo, não tem nada a ver com as transmissões anteriores. Segundo ele, a tradução seria o seguinte:

      "Pittacus Lore A Queda dos Cinco, pergunta de um fã
      Aramis ou Aron terá uma participação importante na história dos Gardes e na sobrevivência das pessoas leais. Seus caminhos eventualmente se cruzarão e como isso acontecerá poderá te surpreender.
      Tudo o que posso te dizer é que Aramis é uma das pessoas mais incomuns que eu já encontrei, entre os mogadorianos ou humanos."

      "Pittacus Lore Decides: The Mogadorian Fighter Challenge
      Uma batalha muito interessante Doctor Who Vs Superman, um alienígena recém exilado na comunidade da Terra. Não espere que eu tenha muito respeito pelo Superman, ele é arrogante, ele não é lá muito inteligente e seu traje é completamente absurdo, o traje faz de todos nós os homens maus e ele é literalmente o único alienígena no universo que fez um traje desses.
      Doctor Who por outro lado muito, muito respeitado, incrivelmente inteligente, um mestre do planejamento. Ele não parece cometer muitos erros, pouquíssimos erros.
      Acredito que esta batalha acabaria nos primeiros dez segundos, se Superman tivesse uma oportunidade de derrotar Doctor Who imediatamente, ele o faria. Mas se Doctor Who for capaz de montar um ataque, algo como um ataque sorrateiro ou uma armadilha ele colocaria Superman despreparado e o desarmaria imediatamente, provavelmente usando kriptonita ou certamente usando kriptonita Doctor Who ganharia.
      Concordo com _______ e concordo com quem você escolheria como vencedor, Tom Bayker, Doctor Who poderia derrotar Superman por causa de seu cérebro. Superman tem força, mas Doctor Who tem cérebro.
      Vencedor, Doctor Who."

      Excluir
    2. Pelo que entendi do audio,é comparações entre os alien, quem venceria quem entre superman e doctor who. Parece estranho abordar esse assunto, por isso pareceu uma tradução errada

      Excluir
  8. Oi, está faltando essa parte: Pittacus Lore Decides: The Mogadorian Fighter Challenge.
    Tem como traduzir, por favor. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O comentário acima é a tradução que um leitor nosso, o Odair, fez da trasmissão

      Excluir
  9. O lúmen é realmente um dos mais poderosos legados de meu conhecimento até agora *-*

    ResponderExcluir
  10. Parabéns karina, você e seu blog são maravilhosos!!! :)

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)